01.07.2021
* Me rendi: têm velas na minha wishlist! ♥

Gente! :) Eu nunca fui a louca das velas. Acho legal e tals, mas não era uma coisa que mega me atraia. Até que olhando os stories de uma amiga ontem, pronto: coloquei na minha wishlist um item que nunca imaginei hahaha.

Muita gente que eu sigo, ama a protagonista do post de hoje. E, cá entre nós, fica bem legal na decor e pelo que eu pesquisei: ajuda na insônia, ansiedade e inspiração. Fora o cheirinho que fica no ambiente! Então, decidi olhar algumas lojas e trazer esse tema para vocês. Vamos lá? ♥

Crédito das Imagens: Insta/Site Ms. Eyre’s Shop, Litterae, Kammi e Estúdio Papel
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Para começar: essa de Gilmore Girls, que tem aroma de café. Aliás, por culpa dessa vela, que coloquei na cabeça que eu quero uma hahaha. Vocês sabem do meu amor por essa série e tudo que eu vejo dela, não tem jeito… Vai para a minha listinha de desejos. Essa é da Ms. Eyre’s Shop e a marca vende outras bem literárias. :)

A 2ª também tem bem a cara de leitora, da louca da papelaria e tals. Essas são da loja Litterae e pelo que eu entendi cada tema, tem uma essência. Quanto à terceira é de um cheirinho que eu amo muito: de vanilla, da Kammi. Algumas meninas do grupinho das Opheliers são apaixonadas e tô entrando no clima hahaha.

Por fim, mas não menos importante: essa com aroma de manga, flor de laranjeira e jasmim branco, da Estúdio Papel. Fiquei bem apaixonada, principalmente pela embalagem.

Crédito: aqui.

Mais informações: Os valores são bem variados e tudo vai depender do que você tem em mente. Como eu ainda quero experimentar, acho que o investimento será menor. Acho que é um ótimo presente e cheguei à conclusão que tem a ver com livros também. Confesso que meu único medo e tacar fogo em casa, mas acho que dá para resolver esse receio hahaha. :)

Enfim, vocês curtem velas? Contem aí. E me indiquem outras lojas. No mais, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol.

Post Antigo: Doces Magnólias
Fan Page ♥ Instagram  


2
30.06.2021
* PJ Leu: Cartas de uma pandemia! ♥

Ei, Gente! :) Na pandemia, a maioria dos livros não aborda sobre o momento em que estamos passando. É bom que a gente sai um pouco desse foco, mas quando escrevem histórias sobre, dá a sensação de que não estamos sozinhas, né?

Em uma live, conheci a Tati, que organizou “Cartas de uma pandemia“, publicado pela Editora Claraboia. Elas me enviaram a versão e-book e foi uma leitura bem importante e acho que pode ser válida para vocês também. Vamos lá? Boa resenha! ♥

Livro: Cartas de uma pandemia | Organizadoras: Tatiana Lazzarotto e Tainã Bispo | Editora Claraboia
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 4,5 livros

Sinopse: Se você pudesse escrever uma carta para si mesma antes da pandemia ser decretada, o que diria? Tatiana Lazzarotto e Tainã Bispo, da Editora Claraboia, perguntaram nas redes sociais e o resultado é esse livro “Cartas de uma pandemia”. São relatos marcantes, de pessoas de diversos lugares e pontos de vistas.

Opinião da Pequena: Quando soube desse livro de cartas sobre esse momento tão doido, coloquei na minha listinha. Imaginava que seria um tema tenso, mas embarquei. Afinal, por mais que eu ame histórias leves, é bom ler algo que fale do cenário atual. Bom no sentido de não se sentir sozinha, sabe?

Algumas cartas me marcaram mais, mas todas foram relevantes. Simples frases, como “você vai sentir falta de dividir um copo”, “que não temos controle de nada“, “usar um batom vermelho”, são palavras que nos identificamos, mesmo adaptando para a nossa realidade. :’)

Outros testemunhos tem um cunho mais poético, falam de perdas, em alguns a pegada é mais política. Temos também a visão de uma criança. Aliás, a inocência dos pequenos é valiosa! Brasileiros de fora, daqui mesmo. Diferentes visões e realidades, porém, com o mesmo desejo: que esse presente se torne um passado bem distante. Mas que os aprendizados não fiquem de fora do futuro.

A Pequena que vos bloga e a tão desejada primeira dose.
Dá para notar o meu sorriso de orelha a orelha, né?

E se eu pudesse escrever uma carta para a Carol, de março de 2020, diria: “Aproveita cada segundinho do show do Maroon 5. Não reclame de ter de sair e querer ficar em casa. Os próximos meses, você vai ficar no seu lar doce lar, mas não por opção. Em compensação: vai estreitar laços com as pessoas que mais ama e entender o quanto a máscara protege. (Lembra quando você viu a sua sogra com máscara no aniversário e achou diferente?)

Ela assusta no começo, incomoda, mas é necessária. E sabe o medo de vacina? Acredite, você nunca vai desejar tanto tomar uma e quando for a sua vez, vai sorrir de orelha a orelha, mesmo com uma agulha no meio. Esse momento é ideal para praticar a empatia, mas saiba que nem todos irão, por mais que enfrentem esse vírus cara a cara. Mas isso, não temos o controle. Faça a sua parte e valorize os mínimos detalhes. Até nos momentos mais difíceis. Vai passar!

Enfim, não é uma leitura simples. Em contrapartida, acho que vale cada carta. Apesar de ser um assunto que remete à tristeza, de alguma forma nos dá uma esperança. Tá todo mundo no mesmo barco. Alguns na mesma direção, outros em caminhos opostos. Mas acredito que a maioria deseja o mesmo: a vida normal, mas com mais empatia e vivendo um dia de cada vez. Recomendo! :)

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica. E quem quiser embarcar, pode comprar através do meu link na Amazon. E obrigada Tati e Editora Claraboia. Parabéns pelo trabalho! ^^

Beijos, Carol.

P.S: Apesar de ter sido uma cortesia da Editora, não é um post de parceria. Li porque é um assunto que faz total sentido, mesmo eu curtindo outros tipos de leitura. ♥

Post Antigo: Quarentena da Pequena
Fan Page ♥ Instagram   


3
29.06.2021
* Para assistir: Luca! ♥

Ei, Gente! :) Para essa terça-feira chuvosa (pelo menos no Rio de Janeiro tá assim e por aí?), separei uma dica de filme que vi ontem: Luca, a nova animação da Pixar, disponível no Disney+. Pega a pipoca e o lencinho, que é emocionante essa história. Boa sessão! ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Para começar, aquele resuminho de sempre: Luca é um jovem monstro marinho que nunca foi para longe do mar. Até o dia em que conhece Alberto, da mesma espécie. Os dois compartilham aventuras em pleno verão da Itália, sem contar que não são humanos, e participam de uma competição que vai mudar para sempre a vida deles. Será que vai dar certo? ;-)

Eu não estava muito animada para assistir. Mas ainda bem que o namô insistiu. :) O filme é fofo, com ótimas sacadas e uma lição que mexe profundamente com a gente e as diferenças de cada um. Meio clichê, porém, faz sentindo de um jeito que nunca fez. Pelo menos, para mim!

Crédito da Imagem: Filmelier

O Luca é um personagem que conquista de cara. Sua avó, a mesma coisa! E seus pais na cidade são as melhores “pessoas”. Alberto tem um desfecho emocionante. E a Giulietta é incrível e as suas gírias são as melhores (Palmas para a Santa Gorgonzola. Vou aderir no meu dia a dia hahaha)! E o que falar do gatinho Maquiavel? Hilário, gente! Amei que temos a icônica vespa nessa história e me deu muita saudade da Suíça italiana e das músicas que eu escutava lá.

A história tem total sentindo. No comecinho parece meio sem graça, mas melhora depois. É para os adultos, mas tem uma parte bem lúdica e colorida, do jeitinho que a criançada gosta. Os sobrinhos do meu namorado ficaram grudadinhos na TV.

A moral da história? Nem todos vão te aceitar do jeito que você é e tá fora do nosso controle isso. Mas sempre tem aquele pessoal que te recebe de braços abertos, independente de qualquer coisa. E é nessas pessoas que a gente tem que jogar a nossa atenção. Amei muito o final e deu um quentinho no coração. O pai da Giulietta é SEM PALAVRAS. ♥

Crédito da Imagem: Filmelier

Ah! Como ontem foi o Dia do Orgulho LGBTQ+ , achei bem propício esse filme. Não sei se é exatamente a proposta da Pixar e Disney, mas acredito que se encaixa bem. É muito legal ver que aos poucos, as coisas estão mudando. Pelo menos, eu tenho essa impressão.

Enfim, viva a diferença, independente de qual seja. Seja do jeitinho que você é! E qualquer coisa pede “silêncio ao Bruno” (quem assistiu vai entender essa referência) bem alto. Não é fácil e nem todo mundo vai aceitar por inúmeros motivos. Porém, preste atenção em quem te faz se sentir bem. Sei que na prática, a teoria é outra. Mas acho válido tentar. ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo muito.

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – Jojo Rabbit
Fan Page ♥ Instagram 


3
28.06.2021
* Book Haul de Março a Junho! – Parte 2 ♥

Ei, Gente! :) E a parte 2 do mais recente book haul está aqui. Alguns recebidos da Arqueiro da Sextante e outros que nunca imaginei ter na minha estante. Enfim, vamos lá? ♥

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Dando continuidade a esse post, o primeiro recebido da vez foi “A liberdade é uma escolha“, da Edith Eva Eger, publicado pela Sextante (parceira do blog). Ainda não consegui embarcar, mas toda vez que olho para essa capa é meio que um convite para saber mais sobre essa escolha.

E desde a live com a Fê, estou querendo ler poemas e poesias. Eis que a Sextante publica uma autora brasileira que traz esse tipo de leitura: “Tudo nela é de se amar“, da Luciene Nascimento. Acho que quando acabar o livro atual, vou ler. :)

Falando em escritores nacionais, tem esse “Caçadas de vida e de morte“, do João Gilberto Rodrigues da Cunha, publicado pela Arqueiro (parceira do blog). Confesso que não é muito o meu gênero (policial), mas pode ser que eu leia por conta do próximo livro que vou mostrar nesse book haul (se eu me empolgar).

Já contei por aqui que a minha mãe não é muito de ler. Mas influenciada pela minha bisavó, ela leu há um tempinho Agatha Christie e adorou. Então, se a minha mãe leu e curtiu é porque a autora deve ser incrível mesmo. Já tinha vontade de ler, porém, quando ela me contou isso, foi um incentivo a mais. Ai vi esse título “Um corpo na biblioteca” (para ter a ver um pouco com livros e tals hahaha) e acrescentei na listinha de niver e ganhei. Se eu vou gostar? Espero que sim! Só recebi boas indicações no Insta (Obrigada, Deise). ♥

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

E para finalizar: os três lançamentos mais recentes da série “Romances de hoje“, da Arqueiro. Romances contemporâneos mega leves e incríveis! :)

Lições Inesperadas sobre o amor (Lucy Dillon)
Os segredos da felicidade (Lucy Diamond)
Um novo capítulo para o amor (Jenny Colgan)

Os dois primeiros já li e resenhei cada um aqui no blog. :) O da Jenny, já está na minha listinha para embarcar o quanto antes.

É isso, pessoal. Meu book haul mais atual. Quem quiser comprar algum, só clicar no nome de cada, que vai direcionar para o link do PJ na Amazon. Vocês não pagam nada mais por isso e ajudam MUITO. ^^

Ah! E qual o livro que ficou incrível na estante de vocês? No mais, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: PJ Leu – A Pequena Livraria dos Sonhos
Fan Page ♥ Instagram 


3
24.06.2021
* Alguns insights da Palestra Novas Tendências para as Redes Sociais! ♥

Ei, Gente! :) Essa semana, teve uma palestra online sobre as novas tendências para as redes sociais. Como o meu trabalho é basicamente esse, me inscrevi e aproveitei cada segundinho.

E como eu adoro compartilhar o que eu aprendo, trouxe alguns insights dessa aula, que foi feita pela Carla (Agência Forrest) e disponibilizada pelo Instituto Gênesis PUC Rio. Vamos lá? Boa leitura! ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

1. A gente não tem muita ideia do que o futuro reserva. Mas sabemos que ele é plural e temos de ficar de olho no agora. Então, as tendências são baseadas no que estamos vivenciando. Pode ser que amanhã, tudo mude. Por isso, é uma área que a gente sempre tem que estudar. :)

2. E o que está sendo bem visto? Primeiro, a sua autenticidade. Um espírito acolhedor, de casa, também. Por exemplo, uma live programada na sua sala é super bem-vinda. Mas a bagunça tem de ser harmoniosa, digamos assim.

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

3. Áudio veio com tudo e aos poucos está ganhando espaço. Mas para quem ama se comunicar através da escrita, a Newsletter de conteúdo é uma tendência forte. Não importa se você entrega 1x por mês ou por semana. O importante é a qualidade!

4. O formato publi mudou. Só postar a foto do produto não engaja tanto quanto antes. Mas uma publicidade através de um meme não só é relevante, como traz um conteúdo leve e divertido! E o que a gente mais precisa no momento, além da vacina, é rir. E meme é justamente isso, né? ♥

***

Queria que essa “aula” tivesse mais tempo. Porque esse tema abrange tantas coisas! E a Carla é uma mega professora, gente! Assisti uma palestra em 2019, na Firjan (do Rio), é foi uma virada de chave para mim.

O que eu gosto é que o foco não é número de seguidores e tals. O objetivo é engajar através de um conteúdo que seja relevante para o seu público. Melhor 5 seguidores fiéis do que 1 milhão que nem interage e se resume a um simples número. :)

Crédito da Imagem: Thais

E o que eu sempre aprendo é que não tem uma fórmula secreta e única. Tudo vai depender do seu objetivo, da sua persona (público-alvo) e lembrar que é um trabalho de formiguinha e contínuo.

Aliás, para finalizar, um insight que fez a diferença para mim foi: não colocar muito peso em uma crítica ofensiva e nem em um elogio que fez o seu dia. O equilíbrio é fundamental!

É isso, gente. Espero que esse post ajude de alguma forma. No mais, podem opinar à vontade!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Coisas que aprendi com o Insta Consciente!
Fan Page ♥ Instagram    


5

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2021