22.10.2020
* Memórias: Uma viagem, um livro e uma música! ♥

Ei, Gente! :) Quinta-feira é dia de TBT, então, decidi compartilhar uma viagem que eu fiz há um tempinho, um livro que me marcou e que não falo com tanta frequência por aqui e uma música que escutei ontem e trouxe lembranças boas. Vamos lá? Bom post. ♥

Uma viagem: Eu amo tantos lugares, mas acho que Verona é uma daquelas viagens que gerou uma expectativa gigante e conseguiu superá-la. Amei desde os pontos turísticos, escrever cartas e até as pessoas que vivem lá. É tudo tão fofo, romântico e sei lá… De arrancar suspiros. Eu tenho uma teoria: se eu não fui a Julieta em outras vidas, acho que fui a melhor amiga dela hahaha! Aqui no PJ têm alguns posts que falo sobre, então, só clicar na caixinha de busca e boa leitura.

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Um livro: A minha lista de livros favoritos é bem grande. Acho que não saberia responder quais são os três que eu salvaria caso tivesse um incêndio na minha (imaginária) biblioteca particular hahaha. Mas o primeiro que passou pela minha cabeça e que vi na estante do Skoob foi “Extraordinário“. É aquela leitura que deixa a vida mais leve e inspira nos pequenos detalhes. Acho que todo mundo deveria ser aplaudido de pé uma vez na vida e ler essa história também!

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Uma música: Ontem eu assisti “Cats” na TV e quando chegou a parte da música “Memory“, meu Deus. Deu aquele quentinho no coração, sabem? Um monte de lembranças veio na hora e agradeci baixinho pelos momentos com o meu pai e a minha mãe e as minhas irmãs na infância. Me fez tão bem escutar e agora quero ter uma playlist com várias versões e tal, que eu acho que deve ter. ♥

Crédito da Imagem – Pinterest – Music Notes

***

É isso, pessoal. Agora me contem uma viagem, um livro e uma música que estão sempre no TBT de vocês. ;-) No mais, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – Nossa Música!
Fan Page ♥ Instagram 


0
20.10.2020
* Top 3: Plot Twist Literário! ♥

Ei, Gente! :) Mais uma vez sumidinha, mas a cada comentário que eu leio é um incentivo para escrever aqui no blog. Obrigada de coração e até o fim da semana, vou colocar todos as visitas em dia! ♥

Para hoje, selecionei três livros que tiveram aquele plot twist (olha eu usando mais uma gíria literária, que a propósito teve post sobre aqui hahaha) que eu não esperava mesmo. Vamos lá? Bom post. ;-)

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. A Gaiola de Ouro (Camilla Läckberg – Editora Arqueiro)
Sinopse:
Jack e Faye começaram a namorar na faculdade. Quando ele decide criar uma empresa, ela deixa os estudos e passa a trabalhar de dia, dedicando as noites a traçar a estratégia do novo negócio. A companhia se torna um sucesso bilionário, mas Faye fica apenas cuidando da filha em casa e sendo exibida pelo marido. Um dia, Faye descobre que ele tem um caso e a bela fachada de sua vida desmorona. Mas Jack está prestes a receber o que merece, e muito mais.
Plot Twist sem spoiler: Thriller psicológico não é muito o meu estilo, mas não posso negar que prende bastante. Não conseguia parar de ler e a reviravolta foi sinistra. Todos os capítulos todos instigam, mas as cenas finais são surpreendentes e de ficar: oi? Como assim, produção?? Para saber mais detalhes, tem resenha aqui.

2. Um presente da Tiffany (Melissa Hill – Editora Intrínseca)
Sinopse: É véspera de Natal em Nova York e dois homens estão em busca de um presente perfeito da loja Tiffany. Gary escolhe uma pulseira de última hora para a namorada Rachel. Já Ethan procura algo especial para Vanessa, a mulher com quem pretende casar e reconstruir a vida. Tudo ok, porém, após um acidente, as sacolas com os dois presentes são trocadas. Ou seja? Rachel acaba ganhando o anel que deveria ser da Vanessa e vice-versa. Consertar essa história? Um pouco difícil, mas a magia da clássica marca está no ar.
Plot Twist sem spoiler: Vocês sabem que eu amo um clichê, mas essa história vai muito além! Um dos melhores chick-lit que já li na minha vida, porque o plot twist é simplesmente perfeito e fez todo sentido. Me surpreendeu positivamente e recomendo para quem deseja um final diferente. Pelo menos, eu amei. Tem resenha aqui.

3. Daqui a cinco anos (Rebecca Serle – Editora Paralela)
Sinopse: Dannie Kohan é aquela personagem que sabe responder exatamente como se vê daqui a cinco anos. O emprego no escritório de advocacia dos sonhos, o noivado com o namorado, entre outros planos. Totalmente pé no chão, a protagonista tem esse jeito de ser até no dia em que acorda e percebe que está em uma realidade diferente, que acontece cinco anos depois de dormir. Ela encontra um outro apartamento, uma aliança que não é sua e um homem que não conhece. Mas quando desperta novamente, tudo volta ao normal. Quatro anos e meio depois, ela vê o cara misterioso daquela noite doida e tem uma surpresa nada agradável.
Plot Twist sem spoiler: Cada livro que eu leio, eu tento encaixar todas as peças. Como uma boa leitora, amo quando acerto hahaha. Mas, em muitos casos, gosto de me surpreender quando nada daquilo que imaginei está de acordo com a ideia do autor. Essa história se encaixa totalmente nesse quesito e me ganhou pela reviravolta. Para saber mais, fiz resenha aqui.

***

É isso, pessoal. :) Agora me contem: qual história que tem um plot twist inesquecível? No mais, podem opinar à vontade! ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: Top 3 – Calhamaço
Fan Page ♥ Instagram   


1
14.10.2020
* Para assistir: Um dia de chuva em Nova York! ♥

Ei, Gente! :) Ontem eu assisti ao filmeUm dia de chuva em Nova York“, que está disponível no Now (Net). É uma história poética e confusa, mas que vale a pena. Então, segue uma resenha para vocês. Boa sessão! ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Para começar, segue um resumo do resumo: Ashleigh e Gatsby viajam para NY. Ela, jornalista, vai para fazer uma entrevista com um renomado diretor de cinema. Ele, vai acompanhá-la. A intenção é que o trabalho seja rápido e depois os dois possam aproveitar a viagem e fazer passeios para lá de românticos. Mas não é bem assim que as coisas acontecem…

Ashleigh fica mais tempo do que o previsto com o diretor e esse mundo cinematográfico. Gatsby acaba encontrando a irmã de uma antiga namorada. Então, esse dia de chuva mostra novas paixões e oportunidades que ambos não perdem! ;-)

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Não era bem a história que eu imaginava. Mas não deixa de ter o seu lado poético. É o típico filme do Woody Allen mesmo! As coisas acontecem bem rápido e em algumas partes a gente fica meio perdida.

Segundo o meu namorado, ainda bem que a gente não viu no cine, porque se não ele teria dormido hahaha. Concordo em partes, o ritmo é meio lento (apesar de a gente piscar e tudo mudar hahaha) e mais uma vez: confuso. Porém, fiquei muito curiosa para saber o que aconteceria. E imaginei vários finais! Ou seja, me prendeu, apesar dos pesares.

Eu achei que ia me simpatizar mais pelo casal Gatsby e Ashleigh. No começo, sim. Ele é um romântico incurável e ela tem uma inocência nítida. Mas os dois têm algumas atitudes meio duvidosas. Aliás, no caso deles, o “felizes para sempre” acontece de uma forma bem diferente.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Quase não reconheci o Jude Law e queria que o personagem dele tivesse sido mais explorado. Algumas cenas foram meio desnecessárias! E temos Selena Gomes na pele de Chan, que é bem despojada e com um estilo de vida que inspira. A mãe do protagonista me surpreendeu e acredito que ele tenha tido a mesma sensação.

Quase tudo fez sentido. É cinema, né? Então, o que acontece em frações de segundos por lá, acho que não aconteceria na vida real. Claro, que a gente tem de aproveitar as oportunidades e ser feliz, mas tive a impressão que, mais do que nunca, os relacionamentos estão meio descartáveis.

Em contrapartida, achei o desfecho fofo e me deu vontade de andar por NY em um dia bem cinzento e com aquela chuvinha poética. Ah! Destaque para as cenas da risada da cunhada do Gatsby e pela história da nota do beijo e tal. E ele cantando e tocando piano dá um quentinho no coração!

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Não é o melhor filme da vida, mas faz a gente refletir sobre o amor e a família. Nada acontece por acaso, mas, às vezes, eu queria acontecesse hahaha. Enfim, eu ainda estou digerindo a história… Porém, recomendo sim. ♥

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! No mais, podem opinar à vontade!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Filmes com cenários incríveis
Fan Page ♥  Instagram


9
12.10.2020
* 12 livros que marcaram a infância dos leitores do PJ! ♥

Ei, Gente! :) Para comemorar o Dia das Crianças e o Dia Nacional da Leitura, pedi indicações de livros que marcaram a infância dos leitores lá no Insta do PJ. Separei alguns clássicos e outros que não conhecia. Vamos lá? Bom post. ♥

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Vamos começar pelos clássicos? Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, marcou muita infância. Inclusive a minha! Aliás, eu amo todas as princesas da Disney, mas a personagem que sempre me identifiquei muito: Alice. ♥ Outra história que indicaram é “O Pequeno Príncipe“, de Antoine De Saint-exupéry. Eu ainda não li, juro, mas sempre quando vejo algo dele, lembro da minha mãe. E o que falar de “O mágico de Oz“, de L. Frank Baum? Não sei se cheguei a ler, mas a história na telinha me conquistou!

Pedro Bandeira é um autor brasileiro que marca gerações. A droga da obediência e outras histórias deixaram o mundo dos livros bem mais legal. Ziraldo é outro, né? Amava “O menino maluquinho” e eu não lembro de “Uma professora muito maluquinha“, mas fiquei bem curiosa. Outro clássico que faz parte da infância: A bolsa amarela, da Lygia Bojunga. Sei que tem muita gente que leu, porém, confesso que não lembro se fez parte da minha infância hehehe.

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Recebi indicações de uns títulos bem fofinhos também e que eu quero ler, independente da minha idade hahaha. As cores de Laurinha, do Pedro Bandeira. Como não amar esse livro só pela capa? ♥ Marcelo, marmelo e martelo, da Ruth Rocha, é outro clássico que lembrei agora que fez parte da minha estante. Sopa de letrinhas, da Teresa Noronha, me lembrou da comida que eu mais amava quando era criança hahaha.

Eu tinha medo de bruxa, mas acho que ia adorar a “Bruxa Onilda vai a Paris“, de Enric Larreula e Roser Capdevila. Pode embarcar nessa e em outras histórias da personagem agora? ;-) Listas Fabulosas, da Eva Furnari, tem cara de ser bem engraçadinho e lúdico. Por fim, selecionei “A ilha de chocolate“, da série “Salve-se quem puder“, da Karen Dolby (acho que têm outros autores também). Eu amei o nome e queria mergulhar nessa ilha em busca do melhor chocolate!

***

É isso, pessoal. :) Um livro que marcou muito a infância era um do cachorrinho, que tinha uma minhoca e acho que aquele brinquedo de mola. Mas nunca lembrei o nome! Quem souber, me ajuda, por favorzinho! E um que eu teria adorado ler quando criança, é a história “A fada mamãe e eu“, da diva Sophie Kinsella. Que a propósito, embarquei no último Dia das Crianças e que tem resenha aqui. ♥

E me contem: qual título remete à fase mais inocente da sua vida? No mais, podem opinar à vontade. E obrigada a todos que me ajudaram nesse post. Nem todos são de autores nacionais, mas dá para ter uma ideia de escritores que ajudam na leitura nacional. ;-)

E Feliz Dia da Criança para todos, independente da sua idade. E sempre que for possível, incentive a leitura infantil, que faz toda a diferença nesse mundo. ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: Filmes infantis que eu amo!
Fan Page ♥  Instagram


8
09.10.2020
* 5 livros que ajudaram na minha jornada! ♥

Ei, Gente! :) Livros são muito mais que uma simples distração. Todos, sem exceção, acrescentam em algo na nossa vida. Alguns mais, outros menos! Conversando com a Vanessa, do blog lindão Parafraseando com Vanessa, tivemos a ideia de fazer um post em conjunto sobre cinco histórias que ajudaram na nossa jornada. Seja na parte profissional, pessoal ou como leitora mesmo hahaha. ♥

Claro que ficou faltando muito livro, mas como tinha de escolher cinco, separei alguns que surgiram na minha cabeça primeiro. Então, vamos lá? Boa leitura!

Para começar: Menina de 20, da Sophie Kinsella. Já falei muito sobre esse livro aqui no blog. A gente aprende sobre o valor da amizade, da família e de outras coisas que realmente importam! Décadas diferentes e com muitas semelhanças. Bate uma saudade quando a história chega ao fim e faz a gente lembrar de momentos incríveis com pessoas que já não estão mais aqui fisicamente. Marcou a minha jornada pessoal e como leitora. Através dele, vi o poder de uma boa comédia romântica literária. ♥

O segundo: Enfim, 30, da Camila Fremder e Jana Rosa. Um livro para quem está quase na casa dos 30 ou já chegou! Com ele, aprendi que os trinta são os novos vinte hahaha. Li quando estava quase lá e me ajudou a não entrar em crise, de uma forma divertida e leve! Foi como uma terapia e recebi essa idade, com medo, mas muito mais tranquila.

O terceiro é Girl Boss, da Sophia Amoruso. Com a trajetória dela, descobri que o difícil não quer dizer impossível e que uma verdadeira Girl Boss tem de trabalhar duro para alcançar seus objetivos! Preguiça não pode fazer parte desse mundo! Me ajudou muito na trajetória profissional e até hoje dá aquele help. ;-)

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

O quarto da minha listinha: Corajosa sim, Perfeita não, da Reshma Saujani. Foi o primeiro livro desse ano e vocês não tem noção do quanto acrescentou na minha vida no geral. São páginas repletas que mostram o poder da coragem e o quanto a busca pela perfeição atrapalha. Também aprendi que o fracasso tem o seu lado bom e que as coisas não mudam da noite para o dia, mas uma sementinha da coragem, com certeza, foi plantada e está rendendo bons frutos.

Por última, mas não menos importante: Escolha sua vida, da Paula Abreu. Suas palavras me ajudaram a enxergar que é possível trabalhar com o que gostamos e que cada um tem a sua visão do que é felicidade e sucesso. O importante é ir atrás do que queremos, mas sabendo que algumas coisas vamos ter de abrir mão e tá tudo bem. ♥

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

É isso, pessoal. :) Quem quiser saber mais sobre os livros, é só clicar em cima do nome de cada um! E não deixam de conferir os escolhidos da Van. Já anotei alguns na minha listinha!

Ah! E mais um recado: recentemente, ela fez uma entrevista comigo incrível e que me incentivou bastante! Quem ainda não conferiu, corre aqui. ;-)

E contem para a gente: um livro que acrescentou muito na jornada de vocês! No mais, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: Top 3 Literário – Girl Power
Fan Page ♥  Instagram


10

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2020