24.05.2024

Ei, Gente! :)

Eu sei que cada vez mais o digital toma conta do nosso dia a dia. E muitas vezes, isso acaba facilitando a vida mesmo. Mas posso dizer? Para mim, nada melhor do que anotar as coisas em um caderno, caderneta e afins! Além de me ajudar a tirar as coisas do papel, funciona como uma terapia extra.

Se você também tem esse jeitinho, trouxe algumas opções para usar no seu dia a dia. Se gosta do digital, em breve, vai ter post também. Então, vamos lá? Boa leitura! ♥

Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Para começar: os clássicos cadernos universitários! Eu amava esses na época da facul, pós… E volta e meia fico com vontade de comprar. O último que desejei fortemente foi esse da Animativa com o tema de uma das séries que mais amo: F.R.I.E.N.D.S. Ah! Essa marca a gente acha em lojas como Americanas, Kalunga e por aí vai! ;-)

Um que eu uso mais é um modelo menor que, normalmente, cabe na bolsa e tem um elástico para fechar melhor, digamos assim. É pautado e tem capa estampada e/ou com frase motivacional, como esse da Lovely Papelaria. Anoto coisas de cursos extras, ideias para o futuro e por aí vai. ♥

Crédito da Montagem: Pequena Jornalista
Crédito das imagens: 1. Divulgação / 2. Lovely Papelaria

Bloco de notas eu também não vivo sem. :) Inclusive, adorei esse da Criare. Geralmente, uso para anotar o que tenho que incluir no planner, essas coisas. E quando uso uma bolsa menor, adoro esses de tamanho A6. Esse da Bee Mine tem até divisórias, que pode ser útil para anotar coisas diferentes, como compras de mercado, freelas e afins.

Crédito da Montagem: Pequena Jornalista
Crédito das imagens: 1. Criare / 2. Bee Mine

Outros que eu adoro são aqueles que a gente meio que pode fazer bullet journal ou um diário de leitura. Esse da Melanie tem uma das capas mais delicadas que já vi. Por fim, apesar de gostar de caderno com capa dura, os “flexíveis” eu curto mais para o dia a dia. Esse da A.Craft é perfeito e a gente pode escolher o miolo pontilhado, quadriculado, liso ou pautado pelo que eu entendi. E tem cada capa fofa! Para deixar sempre perto do computador! ;-)

Crédito da Montagem: Pequena Jornalista
Crédito das imagens: 1. Feito por Melanie / 2. A.Craft

É isso, pessoal. Esses do post estão na minha wishlist. :) Por enquanto, tenho usado alguns que já tenho em casa. Mas em breve, quero comprar outras para o meu estoque.

E muito importante: sempre arrumo uma utilidade para os meus cadernos! Porém, normalmente, faço um para anotar coisas de cursos, outro para diário de leitura, mais um para deixar do lado do laptop e por aí vai!

Agora me contem: qual que vocês estão de olho no momento? E podem indicar outras lojas, ok? No mais, fiquem à vontade para comentar. ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: Escolhidos 2024
Skoob ♥ Instagram

carol
compartilhe
23.05.2024

Ei, Gente! :)

Mais um texto da minha autoria para vocês. Dessa vez com alguns desabafos da versão adulta dessa pequena que vos bloga!

Boa leitura! ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

“Sim! Eu sei que já sou adulta há séculos. Mas só depois de casada que essa skin veio com força total. Agora eu entendo quando os meus pais falavam para aproveitar. Que o dever da escola era a menor das preocupações…

Boletos pagos antes do vencimento. Pressão para ter filho. Aliás, parece que essa é uma preocupação constante das pessoas. O “oi, tudo bem?” foi substituído por “quando vem o de vocês?” com sucesso absoluto. E se você não tem uma criança, saiba que pode ser excluído de muitas programações que antes era incluído facilmente. A vontade de retrucar é grande, mas o seu jeito de ser não deixa!

Antes eu tinha que arrumar só o meu quarto. Hoje? Todos os cômodos de uma casa! Itens fofinhos de papelaria deixaram de ser prioridade! Aquele livro que está na sua lista… Melhor torcer para alguém te dar de niver (mesmo sabendo que provavelmente não, até porque ninguém tem bola de cristal).

Você sabe que não é para se comparar com os outros, mas a sua cabecinha definitivamente não entende isso e a grama do vizinho parece sempre mais verde. Não desmerecendo as vitórias dos outros, mas meu DEUS: quando que os humilhados serão exaltados? kkkkring ;p

E uma pergunta, só para matar a curiosidade: quando que o azeite virou item de luxo? Sempre foi assim? Falando nisso, eu até gosto de fazer compras para casa, juro. Porém, morro de saudade da época que a programação do fim de semana era ir ao cine. Não que a gente tenha deixado de ir, mas digamos que os planos para sábado e domingo tem se resumido basicamente a tour pelos mercados do bairro que moramos.

Tem muita coisa legal na vida de adulto sim. Mas tem muito perrengue! Nunca uma frase fez tanto sentido: enquanto houver vida, haverá louça. É até profundo, né? Só que eu acabei de lavar uma gigantesca que a Carol do passado deixou e já tem uma quantidade considerável esperando a Carol do futuro lavar (de novo e de novo). Um ciclo sem fim.

A louça do dia
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Eu gosto das coisas que conquistei. Da pessoa que venho me tornando, mas sei que ela precisa aprender muito. Sei que esperar perfeição é uma injeção de (des)ânimo. Porém, às vezes, só queria que fosse mais fácil. E, sim, tenho muito privilégio na vida! E sou muito grata! Em contrapartida, a sensação é caraca, mesmo assim é difícil, né?

Enfim, tá tudo bem por aqui. Apesar dos desafios diários, das notícias que deixam a gente triste (já ajudou o Rio Grande do Sul?)… Li em uma história assim: “você tem 86.400 segundos hoje, já usou um deles para sorrir?“. E aí que fez todo sentido! O desconforto não foi embora completamente, mas ler isso deixou o coração quentinho! Tentando focar nas coisas boas e escrever textos para o blog com essas questões que parecem maiores do que são…

Euzinha depois de terminar o texto! =D
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Sei lá, essa sensação não tão boa alivia quando coloco em forma de palavras!” (Texto por Carol Daixum) ♥

***

É isso, pessoal. Ressaltando que tá tudo bem por aqui, ok? E agora que postei, espero que ajude de alguma forma quem está do outro lado da tela do computador. No mais, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol.

Post Antigo: Filmes e meu pai!
Skoob ♥ Instagram

carol
compartilhe
22.05.2024

Ei, Gente! :)

O Clubinho do PJ já leu quase 30 livros nesses dois anos (completos) de existência. Aliás, sempre rola enquete para saber qual será a nossa próxima leitura e volta meia temos uma autora brasileira na listinha! Afinal, temos muitas escritoras incríveis pertinho da gente.

A ideia é ler mais, ok? Porém, fico bem feliz de ter embarcado com as meninas por histórias que essas mulheres escreveram. E se você tem por objetivo consumir mais a leitura nacional, seguem algumas sugestões que já lemos no Clubinho.

Vamos lá? Bom post! ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

1. Giulia Paim
Livro: Serviço de Atendimento aos Corações Partidos
Observação da Pequena: Foi a 1ª autora do Clubinho e posso dizer que começamos com o pé direito! Fora que a Giulia topou participar do encontrinho e foi tão incrível esse dia! E a história é bem fofa, leve do jeitinho que gostamos!

2. Juliana Cirqueira
Livro: Vivendo nas entrelinhas
Observação da Pequena: A segunda foi a Ju Cirqueira, do Nuvem Literária. Seu livro de estreia tinha uma premissa menos fofinha, mas a leveza da sua escrita fez total diferença! E fiquei tão feliz quando recebi uma mensagem da Ju falando que topava participar do encontro final da leitura. E as meninas também! :’)

3. Rebecca Carvalho
Livro: Sal e Açúcar
Observação da Pequena: Faz quase um ano que a gente embarcou nessa leitura! E para quem deseja entrar no clima de festa junina, fica a dica! Apesar de algumas ressalvas, adoramos a escrita da Rebecca. Ela não conseguiu participar do encontrinho, pois não mora no Brasil, mas quando nos falamos ela foi bem acessível.

4. Camila Alkimim
Conto: Meu dorama da vida real
Observação da Pequena: O primeiro conto do Clubinho foi da Camila! E apesar de não ter muito Natal, a premissa ter a ver com dorama nos conquistou. Até para quem não é dorameira de plantão (oi! hahaha). E a autora não conseguiu participar do encontrinho, mas mandou um vídeo muito fofo para a gente! ♥

**

Também tivemos a participação da Ray Tavares no Clubinho, mas no caso a gente leu o primeiro livro que ela traduziu. :) Foi bem legal a conversa e em breve vamos ler algum livro dela!

Falando nisso, ainda estamos terminando o livro de maio. Em contrapartida, já adianto que o próximo da listinha é de uma escritora brasileira e tem dorama no meio. \o/ O escolhido foi “Amor e Tradução“, da Kristal Moreira. Semana que vem, já devo ter mais informações e conto para vocês! Fiquem de olho.

Crédito da Imagem: Amazon

Agora quero saber: qual autora nacional vocês gostariam de ler no Clubinho? No mais, podem opinar à vontade!

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: 50 autores nacionais
Skoob ♥ Instagram

carol
compartilhe
21.05.2024

Ei, Gente! :)

Prontos para terceira resenha desse mês? Feliz que estou conseguindo finalizar as leituras uhul \o/! E dessa vez eu vou falar sobre “A incrível lavanderia dos corações“, de Yun Jungeun.

Publicado pela Intrínseca, é uma história que se encaixa no gênero ficção de cura, mas com um toque de magia. Vamos lá? Bom post. ♥

Livro: A incrível lavanderia dos corações | Autora:  Yun Jungeun | Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 205 (livro físico) | Nota: 4 livros
Crédito da imagem: Pequena Jornalista

Sinopse: Na calada da noite, no topo da colina mais alta da Vila dos Cravos, uma construção surge em meio a um redemoinho de pétalas vermelhas. Assim nasce a Lavanderia dos Corações. Nesse local tão curioso, uma mulher enigmática chamada Jieun aguarda seus visitantes, sempre com um chá quentinho e a promessa de saírem com o espírito renovado.

Tanto a lavanderia quanto a protagonista são, digamos, mágicas. Apesar de seu passado doloroso, Jieun está disposta a transformar a sua história e colocar em prática os dons incríveis com que nasceu. Aliás, quem bebe o seu chá tem a oportunidade de tomar uma decisão que mudará a própria vida: apagar ou não suas lembranças mais tristes?

Opinião da Pequena: Assim que vi na livraria, coloquei na minha lista de próximas leituras. E quando recebi da Intrínseca, acabei furando a fila hahaha. Afinal, esse gênero tem me conquistado bastante!

Não é o meu favorito, confesso, mas foi uma leitura valiosa e que trouxe lições necessárias para alguns dias mais chatinhos que passei! Aliás, obrigada por isso Yun.

A premissa é bem legal e o toque de magia é um diferencial desse título. No comecinho, fiquei meio perdida, mas depois deu tudo certo e funcionou direitinho! Ah! Nesses livros orientais, os nomes dos personagens acabam me confundindo um pouco e acabo tendo de voltar algumas páginas, porém, é uma dificuldade minha mesmo. ;-) Até com a família do meu marido (que é oriental) passo por isso hahaha!

Voltando: todos coadjuvantes têm a sua importância. Mas a parte da influenciadora achei incrível e bem atual. Falando nisso, queria que ela tivesse aparecido mais. Autora, se tiver lendo esse post (hahaha), faz uma história só da Eunbyeol, por favorzinho!

Adorei o propósito da lavanderia e seria muito útil na vida real. Em contrapartida, deu para entender a moral de tudo, sabem? Dito isso, uma das lições mais importantes que tirei é que tanto os momentos bons e ruins são essenciais para tornar o que somos no presente. Aliás, o dia de hoje deve ser levado em consideração, até mais do que ontem e o amanhã.

Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Enfim, anotei várias páginas com trechos que me deram uma outra visão da vida ou relembraram o que estava escondidinho. No mais, a capa é linda e faz jus ao conteúdo. Acho que a autora enrolou um pouquinho no final, deixando meio repetitivo talvez, mas vale a leitura!

Ah! Quer garantir A incrível lavanderia dos corações? Não esqueça de usar o meu link de associado. Isso ajuda muito o PJ! E como sempre, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol.

Post Antigo: A Pequena Livraria dos Sonhos
Skoob ♥ Instagram

carol
compartilhe