10.08.2022

Ei, Gente! :)

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Estava aqui pensando nas minhas manias literárias e vendo algumas características do meu lado leitora. Coisas que eu fazia e hoje não faço mais. Coisas que nunca imaginei fazer e tô pagando a língua.

Por exemplo, antigamente: qualquer leitura nova, estava lá na última página lendo a última frase do livro. Hoje, com medo de pegar spoiler, abandonei esse toque hahaha. Mas, às vezes, rola uma curiosidade hahaha!

Ler mais de um livro ao mesmo tempo? A sensação que eu tinha era que misturaria todas as histórias e criaria uma fanfic. Porém, com o Clubinho do PJ, tive que adotar esse hábito. Não estou conseguindo 100%, mas cada leitura, lembro direitinho onde eu parei. \o/

Uma coisa que não mudou: o amor por capítulos curtos. Os grandes me dão nervoso, já que não consigo deixar a leitura para depois no meio, sabem? Hoje em dia, até tento relaxar, mas sei lá… Parar no meio de um capítulo me dá a sensação de que algo não está certo!

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Adoro anotar as páginas que mais me marcaram e transcrever no meu diário de leitura. Livros na primeira pessoa ocupam o topo do meu coração. Autores nacionais cada vez mais merecem a minha admiração. Mas na real: todos eles são dignos de toda a euforia do leitor.

Chick lit continua sendo o meu gênero favorito, porém, tenho a mente mais aberta para outros tipos de enredo. Em contrapartida, terror não leio nem me dando todas as bibliotecas do mundo! Leitura coletiva me ganhou de vez, mas ler no meu tempo sempre vai ter um espaço na minha rotina.

Enfim, essa sou eu. Algumas coisas intactas e outras novidades que me transformaram em uma leitora melhor, de acordo com a minha perspectiva.

Agora me contem: que tipo de leitor é você? No mais, podem opinar à vontade. ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: Mania peculiar do leitor
Fan Page ♥ Instagram   

carol
compartilhe
09.08.2022

Ei, Gente! :)

Eu não sou muito de assistir dorama, mas a senhora Netflix me conquistou com “Uma advogada extraordinária“. Nem todos os episódios estão disponíveis (são 16 ao todo) e ainda vou começar a assistir o 5º… Porém, já queria deixar as minhas primeiras impressões.

Vamos lá? Pega a pipoca e boa série! ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Para começar, aquele mini resuminho do que se trata: Woo Young Woo é uma advogada de 27 anos com transtorno espectro autista. Recém-contrata por um renomado escritório de advocacia, essa jovem brilhante enfrenta desafios dentro e fora do tribunal. No decorrer de cada capítulo dessa história, notamos o seu crescimento e como essa nova fase irá fazer a diferença em sua vida! ♥

Crédito da Imagem: Max Séries

Por aqui, a gente começou a assistir sem pretensão alguma. Mas já nas primeiras cenas, nos encantamos com a Dra. Young Woo. Acho que o diferencial é mostrar que a protagonista tem noção de suas “limitações”, em contrapartida, o jeito que ela encara a vida é inspirador.

Os personagens são para lá de carismáticos, com algumas exceções. Não são episódios curtinhos e, em alguns momentos, dá uma leve vontade de avançar. Sempre quando a sua admiração por baleias surge, é bem fofinho. Apesar de meio tosco (como é produzido essa parte), é uma característica que acaba conquistando a gente, de um jeito ou de outro hahaha!

Os casos que ela e a equipe pegam são bem interessantes e a gente nota que, apesar da cultura diferente da Coréia do Sul, todos os lugares enfrentam problemas na justiça. Um dos que mais me chamou a atenção foi a história dos três irmãos. O plot twist foi sem palavras! Amei o desfecho e traz mensagens bem valiosas.

Crédito da Imagem: A Odisseia

O seu pai, até o momento, é incrível. Agora a sua amiga é a melhor! O episódio em que a conhecemos mesmo é mega divertido e a Dra. Young Woo tem muita sorte de tê-la e vice-versa. Ah! O foco não é romance, mas tem esse lado e o grau de fofurice é encantador. Sério, dá vontade de guardar o crush em um potinho!

E gente, juro, nem tô colocando os nomes aqui porque o risco de errar algum é imenso hahaha! Ainda tem muita água para rolar, contudo, já posso dizer que tô adorando esse dorama. Dá para ter uma ideia do que as pessoas com TEA passam e isso ensina tanto, sabe? Sério, a gente tem muito o que aprender mesmo. Enfim, recomendo. Ao menos, os 4 primeiros episódios. ;-)

No mais, amo cada ilustração ao fim de cada parte do dorama. Enfim… Já assistiu? Conta o que achou (sem spoilers). Ainda não? Fica a dica! Quando eu finalizar, volto aqui para mostrar a opinião completa.

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para conhecer a cultura chinesa
Fan Page ♥ Instagram   

carol
compartilhe
05.08.2022

Ei, Gente! :)

Eu amo marcador de livro. Mas como estou fazendo diário de leitura, entrei na fase “a louca dos adesivos literários“. Infelizmente, não encontro muitas opções por aí. Porém, felizmente, algumas papelarias pensam em nós, leitores, e criam cartelas lindas e exclusivas do tema e não apenas um em um milhão, sabem? Eu adoro, claro, mas quando é dedicado a esse mundinho, meio que aquece o coração.

Então, se você gosta do item ou da ideia, confira esse post e vem se apaixonar comigo! ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Ano passado, eu encontrei na Miss Planner uma cartela fofa com vários adesivos de uma pilha de livros. Não era exatamente o que eu tinha em mente, mas funcionou direitinho e já usei tanto, que faltam 4 para acabar. Até que esse ano, ela lançou outra cartela. Eu ainda não comprei, estou tentando economizar, porém, está na minha wishlist de leitora.

Crédito da Imagem: Miss Planner

Daí, fuxicando o Insta da Life Paper, encontrei a cartela literária perfeita e que me representava muito! Veio direitinho e ainda vieram duas. Dá peninha de usar, mas como eu sempre quis, estou usando. Olhem que perfeição! E na montagem a seguir, tem um dos produtos recém-lançados pela Miss Planner também, que é a Pink Livros (adorei o nome). ♥

Crédito das Imagens: Life Paper e Miss Planner
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Daí, eu conversando com a Mi, da Peônia, sugeri para ela criar uma cartela do tema. E para a minha surpresa chegou hoje aqui em casa e o meu coração de leitora está totalmente encantado. Muito fofo e têm frases perfeitas de livros (inclusive uma das minhas favoritas de Harry Potter) e algumas ilustrações muito amorzinho! Obrigada por ter abraçado a ideia e ter preparado esse carinho em forma de adesivo.

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Aliás, quem quiser garantir a da Peônia, tem cupom de desconto para os leitores do blog: carol10 ;-)! E se alguém tiver sugestão de outras marcas que tenham esse tipo de produto, me conta nos comentários. No mais, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: Todo leitor precisa de…
Fan Page ♥ Instagram   

carol
04.08.2022

Ei, Gente! :)

Para essa quinta, ainda com a temática de chick lit, decidi responder uma Tag que vi no blog Literatura Presente: Redes sociais. Vou responder só com livro desse gênero, ok? Ah! E como é dia de TBT e algumas ficaram no passado, achei tudo a ver a escolha.

Vamos lá? Boa leitura! ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

1. Twitter: um livro que você compartilha com todo mundo.
R:
Vou colocar “Amar é relativo“, da Sophie Kinsella. Afinal, li com as meninas do Clubinho do PJ.

2. Facebook: um livro que você gostou muito e foi recomendado por outras pessoas.
R: Quase rivais
, da J. Sterling. Li algumas resenhas pela blogosfera e fiquei bem curiosa e adorei.

3. Tumblr: um livro que você leu antes de criar o blog e ainda não fez post sobre.
R:
O casamento de mentirinha de Kate Simpson, da Mina Ford. Li no comecinho da faculdade e eu lembro de ter curtido muito! Aliás, ainda vou fazer resenhas de alguns livros que li antes de criar o PJ.

4. Myspace: um livro que você não tem a intenção de reler.
R:
Quase um romance, da Megan Maxwell. Me decepcionou e é um chick lit que não rolou para mim.

5. Instagram: um livro com uma capa bonita.
R:
Achei a capa de “Confissões de uma ex-namorada” bem fofa. Aliás, está na minha lista esse novo romance (chick lit) da Renata Lustosa.

6. Youtube: um livro que você gostaria de ver uma adaptação para o cinema.
R:
Um dos últimos que eu li desse gênero que foi “Um pequeno café de Copenhague“, da Julie Caplin.

7. Skype: um livro com personagens que você gostaria de conversar.
R:
Com o Nico, do “Serviço de Atendimento aos Corações Partidos“, da Giulia Paim. Ele provavelmente teria uns bons conselhos para tudo nessa vida.

Crédito de todas as imagens (livros):
Amazon ♥

***

É isso, pessoal. Agora me contem: qual personagem se empolgaria nas dancinhas do Tik Tok? Só para incrementar essa tag hahaha. No mais, podem opinar à vontade. ;-)

Ah! Tem resenha da maioria das histórias. Quer garantir algum desses ou todos? Compre através do meu link de associado, sem pagar nada mais por isso. A pequena blogueira agradece! ^^

Beijos, Carol.

Post Antigo: Romances de hoje
Fan Page ♥ Instagram

carol
compartilhe