21.08.2021
* Beda 21 – Para assistir: Diários de Intercâmbio! ♥

Ei, Gente! :) Essa semana, foi bem corrida e estressante. Ao mesmo tempo em que o blog completava 12 anos, eu estava doidinha com outros trabalhos freelas e uma prova de inglês. Então, tudo o que eu queria ontem, era ficar deitada, assistindo algo bem leve e que o meu lado de riso solto voltasse com tudo! :’)

Eis que o noivinho fez a escolha certa: Diários de Intercâmbio, um filme nacional bem leve e fofinho. Tá disponível na Netflix! Peguem a pipoca e o refri, que a sessão PJ vai começar! ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

A história é a seguinte: Barbara e Taila são amigas que trabalham no aeroporto do Rio de Janeiro e decidem fazer intercâmbio nos EUA. Uma é doida para viajar para fora, a outra fica com pé atrás, já que não é muito fã dos Estados Unidos. Mas embarcam nessa, sem imaginar os desafios que vão enfrentar. Woodstock é o destino! Aprender inglês era ideia, rever amores também! Na bagagem, aprendem outras coisitas a mais que não estavam nos planos. ;-)

E o que eu achei? De início, a gente só ri. Depois, vai aprendendo, rindo, suspirando, acha algumas coisas estranhas… Mas, sério! É ótimo para lavar a alma e matar a saudade de viajar. As coisas vão acontecendo em um ritmo bom, com personagens divertidos e que mostram a importância de ir atrás dos sonhos e se aventurar. Tudo bem amar o seu país, mas explorar o mundo não faz mal algum.

Crédito da Imagem: Observatório do Cinema

A Taila, na minha humilde opinião, roubou a cena. Ela é hilária e a gente só ria. Com o inglês fajuto, a implicância dela com os EUA e o amor por nióbio hahaha. Quanto a Barbara, ela nos dá uma aula do que não falar em uma entrevista de visto americano ;p. E ela se arrisca, sem medo de ser feliz.

No mais, é um filme que faz pensar no sonho de morar fora. Tudo poderia ser tão mais fácil. A gente entende que é importante defender o país, mas a sensação é que parece um crime querer explorar o mundo. Sem fazer mal a ninguém. Só viver a vida em busca de boas oportunidades!

Acho que o desfecho poderia ser um pouco diferente de um “quarteto” amoroso. No mais, Lucas é bem fofo, Brad e apesar da família da Taila ser meio doida, acho que eles tem um bom coração. Mas a filha, meu Deus! Porém, sem spoiler. Juro!

Crédito da Imagem: Epipoca

Já a família da Barbara é bem rígida, mas surpreende e eu to apaixonada pela criança. Já sei qual canção de ninar vou cantar para a minha filha quando eu for mãe hahaha. As aulas de inglês são divertidas, algumas coisas não acredito que aconteceriam na vida real… Mas é filme! E cumpriu direitinho o papel dele: fazer a gente sonhar, independente de qualquer coisa.

Ah! Amei a trilha sonora, virei fã da Thati Lopes e a Larissa Manoela, sei que divide opiniões, mas eu sempre me divirto com as histórias que ela faz parte. Enfim… Têm lições, analogias com intercâmbio. Faz a gente terminar o dia com chave de ouro. Recomendo!

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: Um dia de chuva em NY
Fan Page ♥ Instagram   


1
16.06.2021
* Para assistir: Din e o Dragão genial! ♥

Ei, Gente! :) Desculpa o sumiço ontem. O corre foi grande hahaha. Mas vou tentar compensar no finde. Enfim, vamos ao post do dia? Um filme mega fofo: Din e o Dragão Genial, que está disponível na Netflix. Pega a pipoca e o refri que a sessão já vai começar! ♥

Crédito da Imagem: Netflix

Para começar, aquele resuminho básico: Din é um jovem estudante de origem humilde de Xangai, com grandes sonhos. Principalmente, reencontrar uma amiga de infância, a Li Na.

Um dia, conhece Long, um dragão irreverente que consegue realizar desejos. A partir do segundo pedido, ambos partem para uma aventura que levará muita diversão e aprendizados de ouro sobre a vida! :)

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

É um filme que tem um toque de Alladin, mas digamos que seja uma versão oriental, que não deixa nada a desejar. Juro! Prende do início ao fim. Rende doces e divertidas risadas. Faz a gente se questionar sobre o sentido da vida e o que realmente importa no nosso dia a dia.

Long é aquele amigo sensacional em formato de dragão. Din é um menino de ouro, no sentindo mais puro da palavra! Li Na é aquela que parece ter a vida dos sonhos, mas mostra muito mais. E os outros personagens, incluindo a vizinhança do Din, dão um verdadeiro toque a mais na história! Falando nisso, destaque para a cena da novela hahaha.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Aliás, às vezes, a gente imagina que pedir riqueza material seria um pedido que resolveria todos os nossos problemas. Ele até resolve, claro. Mas a vida, por mais clichê que pareça, vai muito além. A propósito é um filme que fala sobre amizade e família de uma forma bem leve, divertida e que entra na nossa cabeça de um jeito diferente. Pelo menos, foi assim comigo.

Tudo tem conexão e tirando o fato de que eu imagina um desfecho diferente para uns dois personagens meio vilões, eu amei cada cena. Destaque para a mãe do Din, que lembrou a mãe do meu boy e o pai da Li Na, que de alguma forma lembrou o meu pai. E o final foi incrível e com uma música bem bonitinha. E, sim, temos doguinhos muito fofos!!!

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

No mais, é tudo bem colorido e um filme perfeito para assistir com a família depois do almoço de domingo ou na sua própria companhia. E acho que nunca mais vou duvidar de alguém que fala que é “dos deuses” e tô chocada sobre a curiosidade do salgadinho de camarão hahaha.

E não sei vocês, mas eu tenho a impressão de que a cada ano que passa, animações (produções no geral) orientais tem aparecido com mais frequência. Vocês também estão sentindo isso ou eu que tô convivendo mais com chineses? ;p

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Enfim: Recomendo e Muito! ♥ Quem já viu, comenta o que achou. Quem ainda, fica a dica.

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – Abominável
Fan Page ♥ Instagram


3
17.05.2021
* Para assistir: A família Mitchell e a revolta das máquinas! ♥

Ei, Gente! :) Para começar a semana, que tal uma dica de filme de animação mega divertido e repleto de lições valiosas? Anotem aí: A família Mitchell e a revolta das máquinas, que está disponível na Netflix. ♥

Crédito da Imagem: Netflix

Um resuminho da história: Katie, a filha mais velha da família Mitchell, é aceita na faculdade de cinema que sempre sonhou em entrar. Tudo pronto, até que o seu pai decide levar todos de carro para o “novo lar” dela. Uma despedida perfeita, né? Só que nesse meio tempo, uma revolução das máquinas começa e os planos deles vão por água abaixo. Agora, eles vão ter de unir força e ferramentas para salvar o mundo. ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Eu amo animação e acho que essa é uma das melhores que já assisti. ♥ Primeiro, que a gente se identifica, ao menos, em algum momento com essa família. A propósito, ela é longe de ser perfeita, mas a imperfeição também aquece o coração, sabem?

A parte da revolta dos robôs é engraçada, mas ao mesmo tempo um pouco assustadora. Faz a gente refletir sobre o uso excessivo de celular e afins. Depois desse filme, acho que agora mesmo não vou querer usar a Siri e outras inteligências artificiais (ou algo do tipo) hahaha. Mas até nesse mundinho, existem “pessoas” que se salvam. Destaque para duas máquinas que estão mega certas com um rótulo que machucam também hahaha. (Aliás, é uma das melhores partes, na minha humilde opinião).

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

A Senhora Mitchell é uma das minhas favoritas. Lembrei muito da minha mãe e do seu jeito de querer apaziguar a relação de todos. O filho mais novo vai pelo mesmo caminho. O pai não é tão bom com as palavras e a filha não entende muito bem onde tudo começou a dar “errado”… Mas tem males que vem para o bem e nessa aventura, tudo vai fazer sentido e mostra que sempre vale a pena tentar nos mínimos detalhes. E que uma hora ou outra a gente consegue encontrar o grupo perfeito!

O filme é bem colorido, faz o telespectador chorar de rir e refletir na mesma medida. Histórias assim sempre são bem-vindas, né? Ainda mais em uma pandemia. E quem diria que a família imperfeita teria um papel de salvar o mundo e a família super instagramável contaria com essa ajuda?

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

No mais, eu amei o doguinho Mitchell, que entrou na listinha de cachorros fictícios que eu queria ter na vida real e vou lembrar de sempre ter uma ferramenta na bolsa. Aliás, alguns presentes parecem ser inúteis, porém são bem úteis em missões robóticas.

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo muito! :)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – Abominável
Fan Page ♥ Instagram


4
10.05.2021
* Para assistir: Sombra e Ossos! ♥

Ei, Gente! :) Para começar a semana, que tal começar uma nova série da Netflix, inspirada em uma trilogia literária (e dois spin-offs)? Sombra e Ossos, estreou no final de abril (se eu não me engano) e me prendeu do início ao fim. Vamos lá? Peguem a pipoca! ♥

Crédito da Imagem: Netflix

Para começar, um resuminho do que se trata: O Reino de Ravka está dividido em dois por uma barreira assustadora. Alina Starkov é uma órfã que foi recrutada pelo Primeiro Exército do czar para acompanhar figuras mágicas, os Grishas, que conseguem combater forças malignas. Mas para unir o seu país e lutar contra o mal, ela terá de aprender muito, inclusive a controlar seus poderes, ter confiança nela e um pé atrás com outras pessoas.

O que eu achei? No comecinho do primeiro episódio, assisti só de curiosidade e para acompanhar o namô. Mas apesar de cada parte da 1ª temporada ser longa e me confundir, me prendeu muito. Acho que já tinha lido resenha sobre essa trilogia criada pela autora Leigh Bardugo, porém, por ser fantasia achei que não fosse gostar. E parece que o jogo virou e tô mega curiosa para ler os livros hahaha.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Não sei se a série, que conta com 8 episódios (relativamente longos), segue a risca a história literária. Porém, achei ela muito bem feita e um atrativo para quem quer se arriscar em uma fantasia que mistura romance, figuras mágicas e guerra entre o bem e o mal.

Como disse, me perdi em algumas partes, mas o lado bom foi que despertou curiosidade para saber mais sobre esse universo. Bom para encarar outros gêneros de livros, né? Adorei os atores principais, mas Jasper foi o que eu mais gostei. Ele tem o tom da comédia na medida certa. Alina é uma protagonista que inspira e Darkling é de arrancar suspiros. Aliás, muitas vezes a gente se vê questionando quem é o vilão e o mocinho. Mal também não fica de fora e talvez seja meu atual crush de série e livro hahaha.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Adorei o figurino, principalmente dos Grishas. Algumas cenas são bem escuras e dá para entender, mas não sei se era a minha TV ou ficou realmente muito escuro hehehe. Ah! Não sei se chega a ser um Game of Thrones atual, mas sei que é bem produzida, muita reviravolta, faz sentido e acredito que tenha uma segunda temporada. :) Então, recomendo!

Já assistiu? Já leu? Conta o que achou. No mais, podem opinar à vontade! ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: Enola Holmes
Fan Page ♥ Instagram 


2
15.02.2021
* Para assistir: Para todos os garotos 3 – Agora e para sempre! ♥

Ei, Gente! :) Para essa segunda de Carnaval, separei uma dica de filme bem fofa: Para todos os garotos 3 – Agora e para sempre, disponível na Netflix. Vamos lá? Pega a pipoca e o mate, que a sessão romântica vai começar. ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Bom, se você ainda não assistiu os outros dois, acho melhor pular esse post e voltar depois. ;-)

Decidiu ficar? Então, vou contar um pouco do que se trata a história da vez. Lara Jean está ansiosa para saber se passou nas faculdades, principalmente na que o namorado, Peter, foi aceito! Mas quando a resposta vem, muitas coisas mudam. E agora: como ficam os planos, namoro e tal?

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Em primeiro lugar, eu queria dizer que foi a minha adaptação favorita dessa trilogia. Eu não li o segundo e o terceiro livro, mas eu acho que finalizou muito bem e aqueceu o coração!

Deu muita vontade de viajar. Seja para a Coreia ou para New York. Os atores deram vida aos personagens do mesmo jeitinho que a gente viu lá no primeiro filme. É quase impossível não shipar a Lara Jean e o Peter e ficar triste com alguns acontecimentos.

E como todos os outros, tirei lições valiosas e relembrei de algumas: crescer não é fácil e toda escolha gera uma renuncia. Mas se der para conciliar os dois desejos, melhor ainda! E assim, por mais que a gente tente planejar tudo tim tim por tim tim, o plano b muitas vezes tem de ser acionado ou criado de última hora. E acontece com todo mundo! O futuro não tem como prever e o melhor é esperar sempre o melhor.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Amei que as cartas recebem o seu devido valor e a Lara Jean é a prova de que vê o lado bom de tudo, no seu tempo, claro. Peter é fofo e sem palavras! As irmãs da protagonista são as melhores, mas a minha favorita é a Kitty. Aliás, amei tudo o que aconteceu com ela. Quem não ama Harry Potter? E a madrasta é bem “mãedrasta” e o pai: um dos melhores do mundo cinematográfico.

A cena com o pai do Peter é bem emocionante e tudo acontece naturalmente. Aliás, achei que cada cena se encaixou direitinho e acredito que se finalizar nesse terceiro, já tá perfeito. Acho que se tiver continuação, pode meio que estragar, sabe? Mas… Sei lá! Pode ser que eu mude de opinião hahaha. E vocês?

Crédito das Imagens: Adoro Cinema

Ah! Destaque para a trilha sonora e a música do casal principal (Beginning Middle End). ♥ Amei os figurinos da Lara Jean e a cena do casamento é bem incrível. Enfim, é uma história leve, divertida, com acontecimentos tristes, mas com um desfecho de morrer de amores. Recomendo muito!!

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! ^^ E te dedico namô lindo. Ah! Eu vi que não fiz resenha sobre o segundo filme. Mas se alguém quiser um TBT Pipoca desse, só falar. ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para todos os garotos que já amei
Fan Page ♥  Instagram 


2

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2021