13.08.2021
* Beda 13 – PJ Entrevista: Anna Carolina Ribeiro! ♥

Ei, Gente! :) Quem gosta de ler autores nacionais? Sempre bom conhecer e apoiar a literatura nacional. Então, para o post de hoje, eu trouxe uma entrevista com a minha quase xará: Anna Carolina Ribeiro, que lançou recentemente o livro “Lua em Escorpião“. Vamos lá? ♥

Crédito da Imagem: Divulgação

1. Uma curiosidade sobre o livro “Lua em escorpião” que quase ninguém sabe? R: Lua em Escorpião é um livro bem pessoal, fala muito sobre o mundo a partir do que eu sinto. O título de um dos poemas (Amor Fati) está inclusive gravado em mim em uma tatuagem. É em latim e significa “amor ao destino” e é também o nome de uma das minhas músicas favoritas de um grupo de hip-hop coreano chamado “Epik High”. Parte do poema é inspirado na letra dessa música, que é baseada no conceito
filosófico de Nietzsche. Tanto Nietzsche quanto Epik High e eu falamos sobre como amor fati é uma aceitação do passado e das possibilidades do futuro como eles são, para que a partir disso, a gente tenha autonomia sobre a nossa própria vida e o nosso próprio destino. Acho que esse é um dos poucos fatos que nunca falei sobre o livro.

2. Por que o leitor deve ler? R: O subtítulo do livro é “versos sobre desejos profundos” e os poemas são sobre muitos tipos de desejos diferentes: amorosos, coletivos, individuais, existenciais. E todo mundo pode se identificar com um deles, alguns ou todos esses desejos. São coisas muito profundamente humanas, que em algum momento passam pela cabeça de todo mundo. Então, talvez a pessoa que lê vai identificar a si mesma e se sentir menos sozinha, ou vai entender que muita gente passa pelas mesmas emoções, então tá tudo bem passar por essas questões! Acho que “Lua em Escorpião” pode conversar com todo mundo em algum momento, mas principalmente com quem se sente de alguma forma limitada e em busca de se expandir.

3. A parte doce e não doce assim de ser escritora no Brasil? R: A parte doce é poder criar algo único e particular de quem nasceu e criou aqui. A literatura e a arte são universais, mas tem universos mais próximos de nós. Como leitora, gosto muito de me ver nos mundos e palavras de quem está próximo de mim, então é muito bom, como escritora, poder oferecer essa mesma experiência a quem me lê. E o Brasil é um país tão rico e tem tanto a oferecer! A parte não tão doce é que a cultura está sendo ainda menos valorizada nos últimos tempos por quem tem condições de ampliar o acesso das pessoas a ela. Em um mundo em que a arte é mercadoria, a escrita tem sido subvalorizada e a leitura tem se tornado cada vez menos acessível e elitizada e isso acaba sendo bem amargo para quem precisa sobreviver da venda de livros e não se encaixa nesses padrões. Acabei de chegar no universo literário de publicações e me considero escritora recente. mas não é difícil perceber que não é uma carreira fácil.

Crédito da Imagem: Divulgação

4. De onde surgiu a ideia do título? Falando nisso, como foi o processo de escrita? R: Escrevi os poemas como parte de um exercício de retomada do meu contato com a poesia, porque eu vinha escrevendo, mas a última vez em que tinha me dedicado tinha sido na minha adolescência. Me programei a escrever um poema por semana durante o ano de 2020, sem nem sonhar com o pesadelo da pandemia que acabou me dando ainda mais tempo para escrever durante o ano. Para organizar essa minha retomada e também para direcionar o que eu já vinha escrevendo para algum modo de publicação, fiz uma mentoria de escrita com a Fernanda Rodrigues no fim do ano passado, e quando ela viu alguns dos poemas que eu tinha escrito nesse processo, me disse que tinha ali material para um livro. Fiquei bem surpresa, mas me empolguei e comecei a selecionar o que poderia ir para o livro, editei alguns poemas, ordenei para que houvesse uma linha guiando a leitura e assim surgiu Lua em Escorpião! O livro ganhou esse nome porque notei que a maioria dos poemas selecionados para compor a obra eram sobre minhas emoções e desejos. Segundo a astrologia, as minhas emoções são guiadas pelo signo de escorpião, que é um signo cheio de desejos bem profundos. Daí surgiu o título e também o subtítulo. Mas não necessariamente os poemas precisam ser lidos por esse viés astrológico. Emoções são emoções para todo mundo, mesmo para quem não acredite que os planetas registram os padrões delas.

5. Escritores e/ou livros que influenciam no seu dia a dia como escritora? R: Nossa, tanta gente! Tenho certeza que vou ser injusta e esquecer algumas pessoas aqui, mas vou falar dos principais que me influenciam na poesia neste momento: Manoel de Barros, Mário Quintana, Drummond, Neruda Rupi Kaur, Ryane Leão, Jarid Arraes. Também tem pessoas mais próximas que vem produzindo bastante na internet: Roque Marciano, Larissa Fonseca e também Lucila Neves e Leidiane Holmedal, que são minhas amigas e a Fernanda Rodrigues, que brinco que é a mãe da House of Rodrigues, de onde saem muitas escritoras fantásticas!

Crédito da Imagem: Divulgação

Pergunta Bônus: Se tivesse um incêndio na sua biblioteca, qual livro salvaria? R: Eu salvaria “Jung e o Tarô“, que é um dos livros que estou lendo no momento e quero muito terminar de ler! Ele é um livro cheio de insights que fazem a gente mergulhar dentro da gente e voltar renovados para superfície. Quando a gente submerge desta leitura, a gente sai com outro olhar para o mundo e para vida, e eu estou amando cada página. Ele demanda muito tempo, tanto que estou nessa leitura desde março, porque
a cada parágrafo tem uma reflexão. Não dá para ler sem parar para olhar o teto e repensar a vida inteira várias vezes! E não tem fogo que me impeça de chegar ao final da jornada dessa leitura!

***

Como não amar essa entrevista? Desde o dia em que a Fê Rodrigues, que a Anna cita na entrevista, falou do lançamento… Eu fiquei apaixonada pelo título. Nunca fui muito de ler poesia, mas esse curso de escrita está me ajudando muito a explorar esse universo. :)

Todo sucesso do mundo, Anna. Quero ler em breve! E obrigada por ter topado responder. Aliás, o livro está esgotado no site da Editora Penalux. Porém, a protagonista do post do dia, ainda tem uns exemplares. Ficou curiosa? Só entrar em contato com ela pelo Insta (@annacaribee). ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Entrevista – Fernanda Rodrigues
Fan Page ♥ Instagram 


4
12.08.2021
* Beda 12 – O que é sucesso para você? ♥

Ei, Gente! :) Mais uma tarefa do curso de escrita para compartilhar com vocês. Espero que gostem! Esse exercício serviu para refletir sobre o que é sucesso para mim. Vamos lá? ♥

Crédito da Imagem: Pinterest

“Sucesso é conseguir riscar os itens das tarefas do dia.
Conseguir nadar, sem me entregar totalmente à preguiça.

Sucesso é no final do dia dormir com a minha cachorrinha e não ter insônia. Sucesso é me escutar e não só levar em consideração a opinião do outro. Um sucesso que ainda não alcancei, a propósito. ;p

Sucesso é trabalhar com o que eu gosto, mas saber que isso significa ter momentos tensos.

Sucesso é ser feliz, mesmo com as imperfeições do dia a dia.”
(Por Carol Daixum)

Crédito da Imagem: Pinterest

Reler essas palavras me fez um bem danado. Essa semana não tem sido a mais fácil. Mas esse texto me trouxe o ânimo, que estava escondidinho!

E o que é sucesso para vocês? No mais, podem opinar à vontade! ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: O que é poesia?
Fan Page ♥ Instagram 


3
11.08.2021
* Beda 11 – Um livro, um filme e uma série para conhecer a cultura chinesa! ♥

Ei, Gente! :) Sou suspeita, mas a China me conquistou totalmente nos últimos 3 anos. Não conhecia nada antes de conhecer o meu noivinho e essa relação me fez quebrar barreiras, que nem imaginava ter. ♥

A gente precisa conhecer antes para não acreditar em estereótipos que não fazem mais sentido e talvez nunca tenham feito. Há diferenças na cultura, mas nada é por acaso, por mais que a gente não entenda bem.

E com a pandemia, infelizmente o preconceito aumenta. Mas se a gente parar para pensar, não dá para julgar uma população inteira por conta do que a gente nem sabe o que rolou nos bastidores, de fato. É a mesma coisa de dizer que todo brasileiro é corrupto e tal.

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Enfim, voltando ao tema do post: separei um filme, um livro (que ainda não li) e uma série para quem quiser conhecer um pouco mais da China. Vamos lá? Bom post. :)

Filme: Din e o Dragão Genial.
Observação da Pequena: É uma animação tão amor, disponível na Netflix. Com um toque de Alladin, mas na versão oriental. Prende do início ao fim e conquista crianças e adultos. Rende doces e divertidas risadas. Faz a gente se questionar sobre o sentido da vida e o que realmente importa no nosso dia a dia. Para saber mais, tem resenha aqui.

Crédito da Imagem: Papo de Cinema

Livro: Férias em Taipei, da Abigail Hing Wen.
Observação da Pequena: Foi a minha mais recente comprinha literária e estou louca para embarcar. A propósito, conta a história de Ever Wong está prestes a viver um verão inesquecível. Seus pais a mandam para 8 semanas em Taiwan. O que parecia ser uma viagem tediosa, surpreende mais do que ela imaginava. :)

Crédito da Imagem: Amazon

Série: Jardim de Meteoros
Observação da Pequena: Foi a primeira série/novela que assisti da China. Me prendeu muito no comecinho, mas por ser longa, acabou sendo um pouco cansativa. Mas vale a pena para conhecer a história, que tem uma pegada teen, porém, conquista a todos! Adorei a trilha sonora, as roupas da protagonista e deu saudade de assistir o comecinho. Ah! É um remake (tem a primeira versão, que é antiga, e está disponível na Netflix também (a última versão) .

Crédito da Imagem: Global Geek

***

Gente, eu não sei se eu que tenho andado mais com descendentes de chineses ou se realmente a China tem recebido mais atenção dos escritores, roteiristas e diretores. Ou seja, opção é o que não falta.

Outras indicações são bem-vindas. No mais, podem opinar à vontade. :)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Um filme, um look e um comercial
Fan Page ♥ Instagram   


1
10.08.2021
* Beda 10 – Presentes literários são elogios? ♥

Ei, Gente! :) Quem nunca escutou que “dar um livro de presente chega a ser um elogio“? Eu sempre concordei com essa teoria. Afinal, sou uma leitora assídua e com muito orgulho! ♥

Crédito da Imagem: Aqui.

Mas e quando a pessoa ainda não tem o hábito de ler? Será que vale sempre presentear com histórias literárias, mesmo sabendo que a maioria vai ter outro destino, menos o da leitura?

Não quero problematizar nada, viu? Porém, acho que a insistência a qualquer custo, pode ter o efeito contrário, por experiência própria hahaha. A gente está lá achando que super está incentivando e, no fim, só está sendo a “chata” que só dá livro hahaha.

Para criança, eu mega concordo. Incentivar, desde pequeno, vale MUITO. Mas para uma pessoa mais vivida, pode ser que esse costume seja visto como chatice e não como um elogio.

Crédito da Imagem: Aqui.

Então, nada de mimos literários para a amiga que diz que ler dá sono? Pode dar, mas vai com cuidado. Por exemplo, ela ficou de olho em tal título e comentou com você por alto? Pode ser uma ÓTIMA oportunidade. Nunca tentou presentear? Vale a tentativa! Ou seja, avalie bem a situação.

Mas se a irmã, o papagaio, seja quem for, for um leitor de carteirinha: pode apostar, que é o melhor presente e um VERDADEIRO ELOGIO!! E, às vezes, rola até um mimo que tenha a ver com esse mundinho e não, necessariamente, um livro. Vale camisa personalizada, marcador de livros e por aí vai. ;-)

Crédito da Imagem: Pinterest

Agora me contem: o que acham disso tudo? Podem opinar à vontade.

Beijos, Carol.

Post Antigo: Todo leitor precisa de…
Fan Page ♥ Instagram   


2
09.08.2021
* Beda 09 – Leitura Coletiva de Niver do PJ? Temos. ♥

Ei, Gente! :) Além do Beda (post todos os dias), para comemorar as 12 primaveras do blog, vamos ter a 2ª Leitura Coletiva do PJ. E já temos data para embarcar no livro “Um novo capítulo para o amor“, da Jenny Colgan. Yay! ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Agora, algumas informações relevantes, pessoal. A Leitura Coletiva é uma forma de não ter mais aquela sensação de “não tenho com quem comentar o livro”.

Todos os dias, a gente vai comentar os capítulos que a gente leu pelo grupo do WhatsApp (ainda estou vendo o melhor horário). Mas sem pressão para ler juntinho, sem atraso. Vai no seu tempo, só cuidado com os spoilers, ok? E, claro, vale lembrar do objetivo de uma LC. ;-)

Ah! São 96 capítulos, mas não se assustem: são curtos! Por isso, coloquei 7 capítulos por dia. Mas como disse: sem pressão, viu? E vamos aos outros detalhes:

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
P.S: Link já disponibilizei!!

É sobre o que o livro? Zoe é uma mãe solteira que corta um verdadeiro dobrado para sustentar a si mesma e a seu filhinho de 4 anos, Hari. Quando o valor do aluguel de seu apartamento em Londres se torna exorbitante, Zoe fica sem saber o que fazer. Então, a tia do menino sugere que ela se mude para a Escócia para ajudar a gerenciar uma pequena livraria. No entanto, ao descobrir que seu novo chefe, o temperamental livreiro Ramsay Urquart, é um poço de hostilidade, e que os filhos dele são mais do que malcriados, Zoe se pergunta se tomou a decisão certa. Só que o pequeno Hari encontrou seu primeiro amigo de verdade. Sem falar que é em lugares assim que os sonhos começam…

Quando? Começa dia 23 de agosto e vai até 5 de setembro. 14 dias!

Como faço para participar? Ainda falta um tempinho, mas se quiser já entrar no Grupo do WhatsApp (exclusivo para essa LC), será bem-vindo: https://chat.whatsapp.com/JeV24yK1FPzDX2tLpdrZ1B,

Posso participar sem entrar no grupo? Infelizmente, não. :( Eu também não sou fã de grupos que acabam mandando mensagens nada a ver com o objetivo. Mas prometo, no que depender de mim, não será um grupo Spam, sabe?

Onde eu posso ler? Coloquei a leitura mais para frente para ter tempo do livro físico chegar. Mas fique à vontade para ler no e-book, se for viável. E não esqueça de comprar pelo link (aqui) do blog para ajudar, viu? :)

Crédito da Imagem: Amazon

Bônus: No último dia, 5 de setembro, vai ter um sorteio exclusivo para o pessoal ATIVO nos comentários do grupo do WhatsApp. O que vale: um livro da coleção Romances de Hoje (em parceria com a Editora Arqueiro) e um marcador do blog. Em breve, divulgo mais informações por lá! ;-)

Dúvidas? Pode perguntar nos comentários e divulgue para os amigos leitores!!! E fique de olho no Insta do Blog para acompanhar as novidades. Vamos comemorar o niver do PJ em grande estilo e fazendo o que a gente ama: ler. ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – A Adorável loja de chocolates de Paris
Fan Page ♥ Instagram 


3

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2021