12.07.2017

Ei, Gente! E a dica literária da semana é Dois a dois, do autor Nicholas Sparks O livro, que foi publicado pela editora Arqueiro (parceira do blog), é de arrancar suspiros e, claro, lágrimas. Mas vale cada página! Boa resenha e segurem o choro hahaha! ;-)

unnamedLivro: Dois a dois | Editora: Arqueiro | Autor: Nicholas Sparks
Crédito da imagem: Arqueiro

Sinopse: Com uma carreira bem-sucedida, uma linda esposa e uma adorável filha de 6 anos, Russell Green tem uma vida de dar inveja. Ele está tão certo de que essa paz reinará para sempre que não percebe quando a situação começa a sair dos trilhos. Em questão de meses, Russell perde o emprego e a confiança da esposa, que se afasta dele e se vê obrigada a voltar a trabalhar. Precisando lutar para se adaptar a uma nova realidade, ele se desdobra para cuidar da filhinha, London, e começa a reinventar a vida profissional e afetiva – e a se abrir para antigas e novas emoções.

Minha opinião: É o meu primeiro livro do Nicholas Sparks. E meu Deus: por que não entrei nesse universo antes? A escrita dele é tão boa, que não dá vontade de parar um segundo. É o típico livro que te prende do início ao fim!  A cada capítulo, bate aquela curiosidade de saber o que acontece nas próximas páginas. Ok, que às vezes eu acho que esse autor não tem muita piedade dos leitores, porque é cada lágrima que escorre. Mas isso é um mero detalhe hahaha!

Amei a trama e como o autor desenvolveu a história. Tudo vai se encaixando, sem deixar furos! O livro despertou as mais variadas sensações. Desde suspiro até “como existe um ser que faz isso?”. Fiquei com muita raiva da mulher dele! Mas acho que se ela não tivesse feito o que fez, Russ não teria aprendido tanto. Principalmente, a dor e a delícia de ser pai! Aliás, London é encantadora. E o pai dela, mais ainda. Ele é aquele tipo de pessoa que não tem noção da força que tem, mas ainda bem que a família e uma amiga em especial está ali para lembrá-lo disso todos os dias.

A irmã de Russ tem um papel importantíssimo na história. Se todas as pessoas tivessem um terço do amor e carinho que ela carrega e distribui, o mundo seria um lugar bem melhor! Acho que de todos os conselhos que ela deu para ele, só um não concordei. Os outros me fizeram refletir bastante! Russ teve o azar de encontrar gente que não tem um pingo de caráter, mas em compensação tem uma família de ouro. E isso: não tem preço!

Um livro que te faz pensar o real valor da família e da vida. E o verdadeiro amor e todas as suas formas! Destaque também para a capa. Podem acreditar, não é só mais uma capa. Tem toda uma história (linda, por sinal) por trás. Aliás, é uma das minhas partes favoritas! :’) Espero do fundo do meu coração que essa história vá para as telinhas. Merece! Enfim, sem dúvida, entrou para o hall dos meus livros favoritos e ocupa um lugar bem especial na minha vidinha de leitora.

unnamed (1)Crédito da imagem: Instagram @artiscando! 

Recomendo. MUITO! 

É isso, gente! Podem opinar à vontade!

Beijos, Carol.

Última resenha: A pequena livraria dos corações solitários

Fan Page ♥ Instagram 

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

13 Comentários