07.11.2016

E a dica literária da semana é: Muito amor por favor, dos autores nacionais Arthur Aguiar, Frederico Elboni, Ique Carvalho e Matheus Rocha. O livro, que foi publicado pela editora Sextante (parceira do blog), é repleto de textos sobre um sentimento em quatro elementos.

livro-muito-amor-por-favor-pj-leu-1Livro: Muito amor por favor | Editora: Sextante | Preço: R$ 29,90
Crédito da Imagem: Site Editora Sextante 

Sinopse: Muito amor por favor é a expressão do sentimento de amor do ponto de vista de quatro jovens, que escrevem sobre relacionamentos reais e atuais. Eles falam sobre viver a dois com intensidade e peito aberto, abraçando igualmente a dor e a felicidade. Através de textos, cada autor explica à sua maneira sobre como é amar, estar apaixonado, e experimentar a verdade das relações em todos os seus aspectos, representados nos elementos da natureza: água, ar, fogo e terra.

As características de cada tipo de amor vão além, mas é basicamente assim: Arthur escreve sobre o amor “água”, aquele que pode ser agradavelmente quente ou ferir se ficar gelado. Frederico fala sobre o amor “ar”, aquele que é leve, eleva e que faz com que os pombinhos flutuem. Ique mostra como é o amor “fogo”, aquele que arde, arrebata, aquece a alma e, às vezes, incendeia até doer. Matheus conta como é o amor “terra”, aquele estável, certo, seguro e que pode também provocar terremotos e abalar estruturas.

Minha opinião: Estava bem ansiosa para ler. Tanto que esse livro furou a vez de outros! Não é ruim, pelo contrário. Mas confesso que esperava um pouco mais. A primeira parte foi a minha favorita. Ique, que fala sobre o fogo, me conquistou com suas histórias e lições que o pai deixou para ele. Sem palavras para o texto “Amor que dói, amor que cauteriza feridas”… De arrancar suspiros, lágrimas e deixar lições valiosas. Obrigada, Ique!  Depois vem o Matheus e o amor terra. A escrita dele é ainda mais intensa nesse livro e envolve a gente. Aí vem o Arthur com a água e me surpreendi positivamente, mas como nem tudo são flores… Tive a impressão de que alguns textos entraram no livro só para tapar buraco. Ou talvez não tenha entendido direito mesmo. E depois veio o Frederico com o amor “ar” e finalizou o livro de um jeito apaixonante e me identifiquei bastante!

Resumindo: o livro começa mega bem, depois cai um pouco e finaliza com chave de ouro! Por esse motivo, a leitura não fluiu como eu imaginei. Mas é a minha opinião, viu gente? Acho que vale a leitura pelos aprendizados e cada um interpreta da sua maneira. E também tem aquela história do momento. Talvez se eu reler, toque de um jeito diferente. Ah! Destaque para capa. Uma das mais lindas que vi esse ano!

pj-leu-muito-amor-por-favor-quoteMelhor trecho!

Já leu? Conta o que achou! Ainda não? Fica a dica! =)

Beijos, Carol.

* Para ler a resenha do livro “Eu sou as escolhas que faço”, clique aqui

Fan Page ♥ Instagram

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 Comentários