29.11.2021
* PJ Leu: Ponto! ♥

Ei, Gente! Têm momentos na vida que uma pausa para respirar evita estresses a mais. Nessas horas, ler um livro (com esse objetivo) é bem-vindo também. E o PJ Leu da vez é “Ponto“, de Kieran E. Scott, publicado pela Editora Sextante (parceira do blog). Vamos lá? Boa resenha. ♥

Livro: Ponto | Autor: Kieran E. Scott| Editora: Sextante
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 4 livros

Sinopse: Para quem está se sentindo ansioso, o “Ponto” é o livro ideal para ajudar. Ilustrado, as páginas ajudam o leitor, de um jeito prático e original, a encontrar calma em momentos assim. Independente da idade, o que vale é respirar fundo através dessa leitura.

Opinião da Pequena: Eu sou uma pessoa ansiosa. Têm horas, que a ansiedade ataca mais. Têm horas, que menos. E como toda ajuda é bem-vinda, pedi esse livro no último pedido do ano da Sextante/Arqueiro. Ainda bem!

Confesso que a minha expectativa era bem diferente, mas o que encontrei não me decepcionou. É aquela leitura de cabeceira, sabem? Para momentos ansiosos e que a gente precisa de S.O.S.

Eu aprendo constantemente a importância da respiração. Claro, que na prática, a teoria não é tão simples… Mas com o “Ponto“, o exercício ganha um guia que facilita a “inspirar e expirar” como manda o figurino!

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Também percebemos no que podemos nos transformar nesse meio tempo ao respirar calmamente. Falando nisso, as ilustrações dão asas às imaginação. Seja você adulto, adolescente, criança ou mais experiente!

Recomendo. Não ler só uma vez, mas sempre que precisar! Queria que tivesse mais dicas, porém, curti do jeitinho que veio também. ;-)

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica e se quiser comprar, meu link de associado é esse (você não paga nada a mais por isso e me ajuda muito). No mais, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: 5 livros que me ajudaram
Fan Page ♥  Instagram


2
26.10.2021
* PJ Leu: A liberdade é uma escolha! ♥

Ei, Gente! :) Sabem aquele livro que faz o leitor olhar para os problemas de um outro jeito? “A liberdade é uma escolha“, da autora Edith Eva Eger, é assim. Sem spoiler, trouxe o que achei dessa leitura. Boa resenha! ♥

Livro: A liberdade é uma escolha | Autora: Edith Eva Eger | Editora: Sextante
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros

Sinopse: Edith Eva Eger apresenta nesse livro ensinamentos práticos que vão ajudar o leitor a identificar as próprias prisões mentais e desenvolver algumas estratégias para optar pela liberdade delas. Independente do que acontece de não tão bom no dia a dia, a forma como lidamos com essas situações que vale. Capítulos que mostram que é possível tirar lições valiosas através da dor.

Opinião da Pequena: Quando eu pedi esse livro, não sabia exatamente do que se tratava. Folheei os capítulos, mas deixei de lado. Tinha na cabeça que eu iria ler na hora certa. E foi isso que aconteceu!

Edith Eva Eger não é respeitada por acaso. Suas palavras têm poder. De esperança! Independente da situação. A leitura me trouxe uma paz, que não sei explicar.

Cada história que ela contou, dos pacientes e dela, dá um aperto no coração. Mas logo em seguida, consegui ver que a forma de lidar com os problemas é que faz a diferença. E saber que, nos mínimos detalhes, a gente tem a opção de se libertar dessas prisões mentais, é acolhedor.

Claro que não é simples e a mudança não acontece da noite para o dia, mas aos poucos e com o tempo, a gente vai conseguindo. Se libertar. Perdoar. Acreditar! A dor pode ser a ponte para aprendizados. Todo mundo passa por situações devastadoras. Ninguém está imune!

A leitura é fluida, rápida e pode ser importante em vários capítulos da vida. É o tipo de livro que é sempre bom ter na cabeceira, sabem? Talvez ler aos poucos, também seja uma boa opção. No seu ritmo!

A gente encontra estratégias em cada parte de “A liberdade é uma escolha”. Trechos ganham destaques em algumas páginas. Bom para anotar no caderninho e praticar no dia a dia, aos poucos mesmo. É possível mudar de perspectiva em vários sentidos. Por exemplo, a nossa percepção sobre o tempo, o verbo “tentar” e outras coisas!

**

Enfim, já leu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo e MUITO!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Garota pare de mentir pra você mesma!
Fan Page ♥ Instagram   


5
20.07.2021
* PJ Leu: Tudo nela é de se amar! ♥

Ei, Gente! :) Uma das metas desse ano era ler mais poemas. E eis que li o primeiro do ano: Tudo nela é de se amar, da Luciene Nascimento (autora brasileira). Publicado pela Sextante (parceira do blog), é um livro que traz palavras de uma jornada da mulher negra. Boa resenha! ♥

Livro: Tudo nela é de se amar | Autora: Luciene Nascimento | Editora Sextante
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 4 livros

Sinopse: Poemas e poesias que mostram como a autora compreende a sua identidade. Palavras sobre autoestima, posicionamento, saúde mental e muito mais. Um livro com temas que abrem caminho para todos, com estrofes leves e singelas ilustrações.

Opinião da Pequena: A minha meta era ler, ao menos, um livro desse gênero esse ano. E sério, mega me inspirou para embarcar em outros poemas.

O que eu mais gostei é que os temas não são tão simples, mas através das palavras da autora, o pesado virou leve, na medida do possível. Foi uma nova forma de entender o racismo e o motivo dele ser tão prejudicial. A forma como ele descreve um black power de uma criança é linda e todas tinham de ter a simples ideia de como o seu “travesseiro” as leva para perto do céu. Só lendo para entender!

A maioria dos poemas é seguida de um texto explicativo e ilustrações que fazem todo o sentido. Falando nessa parte do cabelo ainda, me identifiquei com o pensamento dela: não há regras, ou melhor, há! Respeitar o seu desejo, independentemente da referência que a gente tem.

Crédito da imagem: Pequena Jornalista

Adorei as inspirações em forma de senhorinhas no ponto de ônibus. Também é um convite para quem ama escrever e quer escrever mais. Com amor!

Algumas partes, fiquei meio confusa, perdida. Talvez por não ser a minha realidade. Mas espero conseguir, cada vez mais, fazer a minha parte para que a mudança seja real.

Também acho que é um livro perfeito para deixar na mesa de cabeceira e ir absorvendo palavra por palavra. Aos poucos! No mais, queria anotar quase todas as páginas para voltar depois e ler novamente o que trouxe leveza e reflexão.

Crédito da imagem: Pequena Jornalista

O título é lindo e tem tudo a ver com o conteúdo! Recomendo. Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica e pode comprar aqui no meu link.

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – Minha História
Fan Page ♥ Instagram  


6
02.03.2021
* PJ Leu: A vida perfeita não existe! ♥

Ei, Gente! :) E a minha última leitura de fevereiro foi: A vida perfeita não existe, da autora brasileira Daiana Garbin. O livro publicado pela Editora Sextante (parceira do blog) é meio que um complemento de vários livros desse estilo, como “Corajosa sim, perfeita não“. Vamos lá? Boa resenha. ♥

Livro: A vida perfeita não existe | Autora: Daiana Garbin | Editora: Sextante
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros

Sinopse: Nesse livro, a autora divide com o leitor sua jornada à procura de respostas. Com base em estudos, pesquisas, entrevistas com especialistas e depoimentos de leitores, ela traça um panorama da frustração que sentimos ao perseguir um tipo de felicidade irreal e mostra como encontrar coragem para adotar uma nova atitude em relação à vida.

Opinião da Pequena: Desde o ano passado, estou ansiosa para ler esse livro. Li o primeiro da Daiana e mexeu muito comigo, então, acreditava que esse seria no mesmo esquema. E posso falar? Foi melhor do que eu esperava, tirando algumas ressalvas.

Recebi da Sextante no final de 2020 e assim que rolou, embarquei. E foi na hora certa! Quando eu comecei a ler, estava em uma semana ruim. Sabem aqueles sentimentos que a gente quer passar longe, mas quando menos espera: eles estão lá invadindo a nossa vida, sem pedir licença?

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Sentir ciúme, por exemplo, é uma das coisas que mais me deixa triste. Inveja então, meu Deus! Raiva, angústia, frustração nem fala…. Mas essas sensações são comuns e isso não significa que a gente seja uma pessoa horrível. Todo mundo já sentiu, sente ou irá sentir. Faz parte da vida. E a Daiana meio que normaliza esses sentimentos no sentido de acolher cada um. Sem julgamento. Entender o motivo disso acontecer e como você pode lidar, no seu tempo, com esses momentos.

São palavras duras, mas escritas com carinho e que plantam uma sementinha na gente. Claro que ninguém vai mudar da noite para o dia. Porém, é um processo possível de acontecer. Ao menos, é mais real do que aquela felicidade plena todos os dias da vida! A propósito, como o próprio nome do livro diz “A vida perfeita não existe“. E a gente tem que se acostumar que existem coisas que não temos controle e o que podemos controlar, pode colaborar para que a gente possa lidar com essa realidade.

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Não é possível ser feliz o tempo todo. A infelicidade existe e a gente pode aprender muito com essa tão temida palavra! Aqui entra novamente a questão do acolhimento. Uma vez, eu li que para darmos valor a um dia bom é preciso lidar com um dia ruim. Entendem? ;-)

Também aprendi com esse livro sobre ressentimento e o quanto essa sensação pode nos ensinar e ser prejudicial à nossa saúde mental, se não resolvemos questões que estejam ligadas a ela. Li sobre nos tratar com bondade e respeito e a coragem para mudar essa relação com a vida no geral. Nas últimas páginas, achei alguns parágrafos meio repetitivos, mas acho que foi com a intenção de frisar bem a mensagem principal.

No mais, é uma leitura que flui bem e você tem vontade de devorar. O gênero é autoajuda, mas sem fórmula mágica. A escrita é delicada, afinal, o tema pede isso. E acredito que seja um que o leitor tenha de ter para sempre na estante. Acho que pode colaborar em várias situações e fases. Por quê? Bom, esse processo não termina nunca. Então, reler é uma boa.

Ah! Quem conhece a autora por conta de temas sobre transtornos alimentares, entre outros relacionados ao corpo, ela também aborda sobre esses assuntos nesse livro. E ajuda muito também! ;-) Enfim, recomendo.

Crédito da Imagem: Amazon

Nas últimas páginas, ela também aborda sobre a pandemia e é uma ajuda extra para todos. Obrigada, Daiana. Obrigada, Sextante! Enfim… Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! :)

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Entrevista – Daiana Garbin
Fan Page ♥ Instagram  


5
12.05.2020
* Dica da Pequena: Corre que tem muito e-book até amanhã (13.05.2020)! ♥

Ei, Gente! :) Quarentena com livros fica bem melhor, né? O mais legal é que várias editoras estão disponibilizando e-books com desconto. Inclusive, a Arqueiro e Sextante, que são parceiras do PJ. Pensando nisso, separei alguns dos meus gêneros favoritos que entraram nessa listinha. Vamos lá? ♥

Para começar: romances de época. Como não se apaixonar por essas histórias? É uma forma de viajar no tempo e conhecer personagens fortes, engraçadas e que inspiram os leitores. E têm vários da Julia Quinn (que eu amo) e outras autoras (que eu preciso conhecer).

Lembrando que História de um grande amor já apareceu por aqui e em breve quero ler o segundo da trilogia Bevelstoke: O que acontece em Londres, da Julinha (a íntima hahaha). Para quem quiser ver a lista completa dos romances de época que estão com 60% de desconto até amanhã, dia 13 de maio, só clicar nesse link.

Nessa seleção de e-books também entraram romances adolescentes, que particularmente a leitora teen que habita em mim ama hahaha. E têm autores nacionais, como a Thalita Rebouças. Enfim, independente da pegada, são histórias que ajudam a todos ou, pelo menos, faz a gente relembrar de momentos antigos e olhar para eles com outros olhos. Aliás, aqui no PJ você encontra várias resenhas dessa listinha, viu? ;-)

Mas talvez essa seja uma ótima oportunidade para embarcar em livros de autoajuda. Se você tiver um pé atrás, dê uma chance! Alguns vão além da teoria e realmente dão aquela luz no fim do túnel, porém, sem prometer milagres. Ruth Manus com Mulheres não são chatas, Mulheres estão exaustas é um ótimo exemplo. Para saber mais, só clicar aqui!

Credito das Imagens: Arqueiro e Sextante

***

É isso, pessoal. :) Para conferir essas e outras promoções, só dar um pulinho nas redes sociais da Arqueiro e da Sextante. Ah! Vale lembrar que é só até amanhã, ok? E quem tiver dicas de outros e-books em promoção ou de graça, fica à vontade para compartilhar nos comentários. ^^

Beijos, Carol.

Post Antigo: Top 5 – Julia Quinn
Fan Page ♥ Instagram


10

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2022