21.06.2022

Ei, Gente! :)

Dia 2 de julho vai começar a Bienal do Livro, na Terra da Garoa. E, claro, já estou preparando a minha wishlist literária para não chegar na hora e surtar hahaha.

Então, para a listinha de desejos não ficar só na cabeça, resolvi compartilhar com vocês. Aliás, essa será a versão de autores nacionais. Depois faço a de autores gringos.

Vamos lá? Boa leitura! ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

1. A caixa de música (Lu Piras – Editora VR)
Sinopse:
No final do século 19, Carolina tem o sonho de se tornar estilista. Num acordo com um coronel do café, o pai da moça a promete em casamento a um homem que ela não ama. Beatriz é estudante de moda na mesma cidade, mas em nosso tempo: o século 21. Ela deseja participar de um importante desfile que poderá abrir muitas portas para sua carreira. Às vésperas do evento, a pandemia de Covid-19 faz o mundo parar. Vivendo em séculos diferentes, Carolina e Beatriz não se conhecem, mas estão misteriosamente conectadas por uma caixa de música, que dará a cada uma a chance de revolucionar a própria vida, mudando seus destinos para sempre.
Observação da Pequena: Por algum motivo me lembrou do livro “Menina de 20” e eu quero muito encontrá-lo por lá e quem sabe, de quebra, conhecer a autora?

2. O coração atrás da porta (Bianca Briones – Bertrand Brasil)
Sinopse:
Julia é auxiliar de enfermagem e acha que Eduardo é o amor da sua vida. Ela planeja constituir uma família, ter filhos… Mas, ao poucos, Eduardo vai fazendo com que o relacionamento, antes já abusivo, vire um pesadelo. A vida de Daniel está desmoronando diante de seus olhos. Ele é escritor e precisa encontrar forças para enfrentar as recentes perdas. Em luto, Daniel se isola do mundo e se entrega à depressão. Em meio às dores e aos problemas de cada um, a pandemia do novo coronavírus chega para complicar ainda mais a situação deles. Apesar de levarem vidas completamente diferentes, quis o destino que Julia e Daniel acabassem morando porta a porta.
Observação da Pequena: A capa me conquistou. Mas a história me chamou a atenção, afinal, essas que se passam na pandemia faz com que a gente não se sinta só, sabem?

3. Eu, Cupido (Julia Braga – Companhia Editora Nacional)
Sinopse:
Liliana Rodrigues parece imune às armadilhas do amor romântico. Ela não acredita que pode despertar ou nutrir qualquer sentimento amoroso por alguém, por isso está sempre se esquivando do amor. Seu melhor amigo, Augusto, diz que ela não leva nada a sério, principalmente os sentimentos dele. O que Liliana não espera em sua vida é a aparição, em pleno Dia dos Namorados, de um cupido – ele mesmo, em carne e osso, a mitológica figura que faz as pessoas se apaixonarem. Seu nome é Paco e ele vem com a missão de quebrar as barreiras de Liliana e juntar o casal, mas ele não tem ideia de que sua missão vai ter mais reviravoltas do que pode imaginar.
Observação da Pequena: Esse está na minha listinha há séculos e cada vez que leio a sinopse, a vontade de ler só aumenta.

Crédito das Imagens: Travessa e Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

4. O que dizem as estrelas (Luly Trigo – Seguinte)
Sinopse:
Nesta antologia, você vai encontrar doze histórias, cada uma acompanhando um protagonista de um signo solar diferente — todos eles moradores do mesmo prédio, o edifício Cosmos. Ali, os conflitos são vários: mudança de casa, problemas na escola, desentendimentos com os amigos, romances surgindo e chegando ao fim… Enquanto mergulha nos dramas de cada personagem, você vai perceber que os signos do zodíaco são repletos de nuances, luzes e sombras, que podem nos ajudar a entender quem realmente somos.
Observação da Pequena: comentei que não sou a louca dos signos, mas esse livro de contos está na minha listinha há mil anos hahaha. Quero muito encontrar a Luly por lá para ganhar uma dedicatória e finalmente embarcar nessas histórias.

5. Ladeira abaixo (Aimee Oliveira – Companhia Editora Nacional)
Sinopse:
Antônia Vasquez mora numa ladeira de Santa Tereza e ultimamente sua vida parece acompanhar o movimento que ela faz todos os dias ao sair de casa: uma descida íngreme. Ela se desdobra em mil para pagar a faculdade, dar conta dos estudos, cruzar a cidade de uma ponta à outra para ir ao trabalho e, ainda por cima, tomar conta de dona Fifi, sua avó, que está apresentando os primeiros sintomas de Alzheimer. Como se não bastasse, um dia, em meio aos tantos transportes públicos que utiliza, ela dá o azar de pegar o mesmo que Gregório, seu ex-melhor amigo. E, pior ainda, acaba desenvolvendo um crush nele. Não existe espaço para uma paixonite na rotina de Antônia. Mas como explicar isso para o coração?
Observação da Pequena: Chegou o meu momento, Gente! Finalmente vou ter um livro físico dessa autora incrível. Se você ama histórias leves e divertidas, é com ela mesmo! ♥

***

É isso, pessoal. :) Nem sempre a gente encontra descontos imperdíveis na Bienal. Por isso, sugiro anotar quanto que tá na Amazon e nas livrarias físicas para saber se vale ou não! Mas se tratando de autoras brasileiras, sempre vale. Afinal, a gente pode encontrá-las nos corredores e, de quebra, ganhar dedicatórias e tals.

Agora me contem: vão na Bienal? Já estão preparando a wishlist? No mais, podem opinar à vontade. ;-)

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: Comprinhas Bienal do Livro
Fan Page ♥ Instagram 

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 Comentários