25.01.2022

Ei, Gente! :) Finalmente o momento “resenha da 2ª temporada de Emily em Paris” chegou. Meio atrasada, mas antes tarde do que nunca. Se você ainda não assistiu a 1ª, sugiro deixar esse post para depois. Afinal, às vezes, pode rolar um pequeno spoiler. Vamos lá? Boa leitura! ♥

Crédito de onde peguei a imagem:
Tracklist

Para começar, nessa continuação temos algumas respostas para algumas perguntas que ficaram no ar na primeira parte. Aliás, acho que a nossa protagonista evoluiu e está ainda mais disposta a viver a sua vida na charmosa cidade luz.

Falando nisso, as aulas de francês são bem engraçadas e um novo personagem nos conquista. Ao menos, me conquistou. Irritante no começo, mas a cada episódio o charme de Alfie faz a gente fica in love hahaha. Quanto ao Gabriel, sempre fiquei com um pé atrás, mas nessa temporada cheguei a conclusão que ele é o significado de boy lixo.

Crédito de onde peguei a Imagem: Adoro Cinema (NETFLIX/ STEPHANIE BRANCHU)

Camille eu achava legal e tal. E dá para entender algumas atitudes, com certeza. Em contrapartida, acho que ela se perdeu e não sei se curto mais não a amizade dela com a Emily. E a Mindy é sem comentários, GENTE! Essa sim é amiga de verdade. E adorei que ela ganhou mais destaque e a história dela em paralelo prende a atenção. Principalmente, o casal de cantores.

Mais uma vez é uma série que dá para a gente tirar sacadas profissionais. Nem sempre a ética vai estar lá, mas a nossa atitude não pode depender disso. Têm chefes que achamos um amorzinho e bum: a decepção chega. E outros que parecem seguidoras da Miranda Prestley (O Diabo veste Prada), porém, aos trancos e barrancos, a surpresa positiva vem!

Crédito de onde peguei a Imagem: Adoro Cinema (NETFLIX/ STEPHANIE BRANCHU)

Destaque para o Luc, que ganhou mais espaço. A trilha sonora e os lookinhos da Emily! Por algum motivo, lembrou um pouco a Becky Bloom, que acho que elas seriam amigas também hahaha. Ah! E eu achei que dessa vez, a vibe meio “Sex and the City” ficou para trás. Tá bem mais romântica e fofinha.

Confesso que gostei mais da primeira temporada. Mas essa foi boa também! Leve e divertida, só não devorei os 10 episódios de uma vez só porque eu não queria acabasse e a falta de tempo não deixava. E ainda acho que deveria dura mais. 20 ou 30 minutos eu acho bem pouco, mas talvez ajude a manter o ritmo e a não ter enrolação.

Crédito de onde peguei a Imagem: Adoro Cinema (NETFLIX/ STEPHANIE BRANCHU)
Crédito de onde peguei a Imagem: Adoro Cinema (Netflix/ Carole Bethuel)

Ansiosa para a season 3 (e 4). Sim, pelo que eu vi a Netflix já confirmou mais duas temporadas! E se a gente teve respostas nessa, precisamos de outras na próxima. Enfim, já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo. No mais, pode opinar à vontade.

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: Para assistir – Emily em Paris 1
Fan Page ♥ Instagram  

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

7 Comentários