16.08.2020

Ei, Gente! :) Eu já tinha visto no catálogo da Netflix que tinha esse filme, mas depois do post da Chris, do blog Inventando com a Mamãe, me deu mais vontade de assistir “Solteiramente“. E ontem foi dia de pegar a pipoca e me divertir com essa história. Vamos lá? Boa sessão! ♥

Crédito da Imagem: Filmmelier

Antes de mais nada, o filme conta a história da Dineo, que tem por objetivo encontrar o seu príncipe encantado e casar com ele. Porém, seus relacionamentos nunca vão para a frente. E tudo só piora quando a protagonista conhece Lunga, que a princípio parece o homem ideal. Mas tudo vai por água abaixo, quando ela descobre umas coisinhas. Até que ela tem de ver como é a vida de solteira e ainda bem que conta com a ajuda da melhor amiga Noni. ;-)

Sabe aquele filme que vai te prendendo por partes? Comigo, funcionou assim. :) Algumas cenas são meio chatinhas e outras um pouco apelativas. Mas a gente se diverte com muitos trechos e conhece a África do Sul e se apaixona por esse lugar. Descobri o quanto eu era meio “ignorante” em relação a esse país.

Crédito da Imagem: Cinema 10

A premissa é meio clichê, mas com uma mensagem final importantíssima. Às vezes, a gente está tão presa em querer se apaixonar por alguém e tal, que acaba aceitando qualquer um. Mesmo que aquela pessoa seja a mais errada. E quando a gente menos espera, por mais mimi que pareça, a gente se surpreende e se apaixona da forma mais incrível e aos poucos.

O filme também mostra muito a relação com as redes sociais. Tudo tem de postar e como não temos filtro. E apesar de uma Carol (eu) antiga ter se identificado com a Dineo e adorado ela, mesmo com os poréns, acredito que quem ganhou todas as cenas do filme foi a Noni. Ela é a melhor, gente! Foi a minha personagem favorita e o barman meu crush da história. ♥

Crédito da Imagem: A Odisseia

Destaque para a cena do casamento e do karaokê. São as minhas favoritas. O filme é em inglês, mas algumas palavras acredito que seja na linguagem local. Enfim, adorei dar uma chance a “Solteiramente” e conhecer histórias de outras nacionalidades, que são bem-vindas!

A gente ri, algumas partes tem vontade de falar umas poucas e boas para o Lunga e tirar altas selfies com a Dineo e a Noni. Sente um pouco de raiva da mãe da protagonista e sente um orgulho gigantesco da cena final. Ideal para assistir com amigos, o namorado (e ver o quanto amadureceu) ou na sua própria companhia. Recomendo! ;-)

Crédito da Imagem: A Odisseia

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – Juntos e Misturados!
Fan Page ♥ Instagram 

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

9 Comentários

  • Oi Carol, eu achei interessante do filme mostrar esse outro ponto de vista da África. Normalmente nos apresentam uma África linda com belas paisagens, mas pobre e selvagem. Esse filme mostra uma África do Sul moderna, urbana, descolada. O tema é clichê, mas também mostra questões para pensarmos. E eu gostei do colorido do filme e das músicas.
    beijos
    Chris

    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

  • Amei a dica, agora estou louca para ver esse filme.
    Gosto muito dessas histórias de descobertas ao decorrer do livro e em como de alguma forma faz algo estralar na gente.
    Meninaa, eu sou doida para conhecer a África do sul desde que assisti ‘Juntos e misturados’, parece ser um lugar tão lindo e que ainda é tão ‘desconhecido’ para a maioria.
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

  • Pensei em assistir e depois desisti e fui ver outros filmes na plataforma, mas agora vendo seu post me deu vontade de ver.
    Acho que vou dar uma chance porque adoro filmes assim e não sabia que era na África do Sul, preciso ver.
    Beijos!
    Pam Lepletier

  • Quando vi o trailer achei que era uma série, e não gostei muito da amiga da protagonista, que parece ser uma personagem muito estereotipada. Mas, eu achei legal que o filme se passa na África do Sul, eu também percebi que era “ignorante” depois que assisti a série Água e Sangue, que também é sul africana, aliás, fica a dica para assistir também.
    Quando possível vou dar uma chance e assistir Solteiramente.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

  • carol

    Nana: Imagina. Espero que goste. :)
    Chris: Com certeza, Chris. Obrigada pela sua indicação. Eu amei! ♥
    Tay: Pois é, desde esse filme eu já fiquei curiosa. Mas agora com esse, preciso conhecer também. Depois que assistir, me conta. :)
    Pathy: Faz a diferença esse detalhe. Espero que goste. Depois me conta! ♥
    Laura: Acho que ele é um pouco mais recente no catálogo. Assiste, que você vai aprender muito com as personagens. Eu aprendi bastante. Também já me identifiquei muito com ela na vida. :)
    Pam: Também estava na mesma, mas valeu muito a pena. Espero que goste! ♥
    Leslie: Não conhecia essa série. Vou procurar mais informações. E eu também tinha meio virado a cara para ela no começo, mas acabou virando a minha personagem favorita. :)

  • Não conhecia o filme. Grato por conhecer.

    Bom fim de semana!

    OBS.: O JOVEM JORNALISTA está em quarentena de 22 de julho à 31 de agosto, mas comentarei nos blogs amigos nesse período. Mesmo nesse período, temos dois novos posts. Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia