14.11.2016

Ei, gente! E a dica literária da semana é A Garota Italiana, da autora Lucinda Riley. O livro, que foi publicado pela editora Arqueiro (parceira do blog), é ideal para quem não dispensa um romance. Vamos lá? ;-)

a-garota-italiana-pj Livro: A Garota Italiana | Editora: Arqueiro | Autora: Lucinda Riley | Preço: R$ 49,90
Crédito da Imagem: Site Editora Arqueiro

Sinopse: Aos 11 anos, Rosanna Menici vê sua vida transformada para sempre quando conhece Roberto Rossini, um cantor de ópera. Depois desse encontro, ela se deixa guiar pelo próprio talento e embarca em uma viagem que, ao longo dos anos, a leva de uma vida simples em Nápoles (Itália) para os palcos das mais famosas óperas do mundo. Então, seu caminho cruza novamente com o de Roberto e os dois passam a dividir holofotes e a encantar as plateias onde quer que se apresentem. Além disso, passam a sentir um amor avassalador um pelo outro. Mas como nem tudo são flores, segredos do passado ameaçam a felicidade do casal e o relacionamento começa afetar a carreira de Rosanna e a vida de todos à sua volta.

Minha opinião: É um romance que prende do início ao fim, mas por ser uma história pesada, faz com que a gente tenha que dar uma paradinha e não correr com a leitura. Mesmo que a curiosidade esteja nos matando para saber o final. O casal protagonista é ok, porém a obsessão que um tem pelo outro, acaba dando raiva. Aliás, cuidado: muitas vezes a obsessão pode ser confundida com amor e, na minha humilde opinião, isso não é legal. Mas cada um pode interpretar de um jeito! Torci muito para que o final fosse diferente e que Rosanna seguisse um outro caminho, mas nem tudo é como a gente deseja, né? Mas fiquei bem feliz como a história fluiu com outro casal, que amei desde o início. E mudando um pouco de assunto: amei muito o Luca! Que pessoa mais doce, amiga e forte. Rosanna e Carlotta tem muita sorte de ter um irmão assim!

Ah! Não é uma história que me fez abraçar o livro no final, mas com certeza trouxe lições valiosas. Por exemplo? Muitas vezes agimos estranhamente em “nome do amor” e as consequências podem ser nada legais. Mas isso não significa que a culpa seja de alguém. Muitas atitudes me deram raiva e fiquei xingando mentalmente, mas no final entendi que nada acontece por acaso e o importante é seguir em frente da sua maneira. E todos os personagens do livro sabem disso, mesmo aos trancos e barrancos. Roberto e Rosanna que o digam!

Destaque para os cenários do livro. Fiquei sonhando com cada lugar e bateu uma saudade e adorei ler algumas coisas italianas no livro! É a minha língua favorita do mundo! Enfim, é um romance bem escrito e todas as peças vão se encaixando no decorrer da história. Foi o primeiro livro da autora que li e vou querer ler outros. Recomendo, gente! 

Já leu? Conta o que achou, mas sem spoiler. ;-)

Para ler a penúltima resenha literária que rolou no PJ, clique aqui.

Beijos, Carol.

Fan Page ♥  Instagram

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

13 Comentários