08.04.2022

Ei, Gente! :)

Esse não é o livro mais famoso da autora. Mas a história que mais amei da Taylor Jenkins Reid foi “Em outra vida, talvez?“, da Record. E já que agora ganhou uma nova capa (linda!!!), espero que seja mais reconhecido.

Quer saber por qual motivo essa leitura vale a pena? Trouxe cinco para vocês. Bom post! ♥

Crédito das Imagens: Amazon / Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Sabe aquela história de mundos paralelos e tal? Normalmente, eu vejo que os estilos são mais para quem curte ficção científica. Porém, esse livro tem um (grande) toque de chick lit. Fala sobre outras vidas junto com a “vida real” (deu para entender? hahaha), mas de um jeito leve e bem divertido!

2. Temos a prova de que uma decisão pode mudar todo o rumo de uma história. Hannah, a protagonista, mostra isso nos capítulos intercalados, onde conhecemos os dois lados de um simples atitude.

3. Quem nunca teve a sensação de “eu conheço aquela pessoa de algum lugar”? “Em outra vida, talvez?”, a gente tem algumas possíveis respostas para que isso aconteça. Mesmo que seja ficção hahaha!

4. Cada realidade tem o seu valor. Aliás, tudo tem o lado bom e situações que arrancam suspiros dos leitores. Personagem cativantes e que nos ensinam o poder de uma escolha.

5. Ambas as capas são perfeitas. Mas o conteúdo é ainda melhor! Inclusive, o título tem tudo a ver com a premissa e as páginas. ♥

Nova Capa / Crédito da Imagem: Amazon
Capa Antiga / Crédito da Imagem: Amazon

É isso, pessoal. :) Quem já leu, conta o que achou. E se ainda não embarcou, juro que vale a pena. Ainda mais se você ama romance no estilo chick lit. Aliás, tem resenha completa dessa leitura aqui.

Aproveita e me contem: qual é a capa favorita de vocês? Confesso que eu tenho apego pela primeira, mas se desse, eu compraria a nova hahaha. No mais, podem opinar à vontade!

Beijos, Carol. ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Post Antigo: Top 5 – Taylor Jenkins Reid
Fan Page ♥ Instagram

carol
compartilhe

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 comentário