07.05.2021

Ei, Gente! :) Sumi alguns dias, mas é que eu estava sem a menor inspiração… Porém, hoje tô aqui para compartilhar alguns livros que lembram a minha mãe e de algumas leitoras que compartilharam lá no Insta comigo (obrigada, meninas! ^^).

Aliás, a minha mãe não é uma leitora assídua. Porém, sempre me incentiva a ler e quando eu indico algum livro fortemente, ela vai e embarca. Outro dia, descobri que ela já leu Agatha Christie e, desde então, quero me aventurar em alguma história dessa autora. Porque se a minha mãe leu e gostou: pode ter certeza, é bem bom. Enfim, vamos lá? ♥

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. O Matuto (Zibia Gasparetto)
Sinopse:
Um matuto que não sabia ler e nem escrever, herdeiro de enorme fortuna, parecia ser uma presa fácil para um advogado que planejava ludibriá-lo para o tio do rapaz, que, julgando-o morto, pretendia ficar com sua herança. Os fatos, porém, surpreendem a ambos.
A filha que lembrou: Aline Goulart, que tinha uma listinha, mas falou que esse era o que ela mais recordava. Confessor que não conhecia esse livro e fiquei com vontade de ler.

2. O meu pé de laranja lima (José Mauro de Vasconcellos)
Sinopse:
Zezé tem 6 anos e mora num bairro modesto, na zona norte do Rio de Janeiro. O pai está desempregado, e a família passa por dificuldades. O menino vive aprontando, tem a imaginação fértil… As surras que lhe aplicam seu pai e sua irmã mais velha são seu suplício, a ponto de fazê-lo querer desistir da vida. No entanto, o apego ao mundo que criou felizmente sempre fala mais alto. Só não há remédio para a dor, para a perda. E Zezé muito cedo descobrirá isso.
A(s) filha(s) que indicaram: Duas amigas leitoras (Juju e Diane) que falaram sobre esse livro. Confesso que não lembro de ter embarcado nessa história e acho que vou chorar bastante. Mas é um clássico que acho que no futuro vale a pena.

3. O Pequeno Príncipe (Antoine de Saint-Exupéry)
Sinopse:  
Um piloto cai com seu avião no deserto do Saara e encontra um pequeno príncipe, que o leva a uma jornada filosófica e poética através de planetas que encerram a solidão humana. 
A filha que indicou: A Pequena Blogueira que vos bloga. :) Minha mãe ama essa história e acha um absurdo eu ainda não ter embarcado (parece que o jogo virou, não é mesmo? hahaha). Qualquer coisa do Pequeno Príncipe lembro logo dela e juro que vou tentar embarcar sem falta esse ano! ♥

***

Crédito da Imagem: Bia Pof

É isso, pessoal. Agora me contem: qual livro lembra a sua mãe (ou a pessoa que cumpre esse papel muito bem)? No mais, podem opinar à vontade. :)

Eu vou tentar voltar ainda no fim de semana com mais posts, porém, não sei se consigo mesmo. Então, já vou desejar um Feliz Dia das Mães para todas as mães que sabem o significado do verdadeiro amor incondicional e são perfeitas nas imperfeições. De sangue ou não, todas são de coração! Aliás, te amo mãe! Obrigada por ser a minha mãe e pai ao mesmo tempo. Você merece o mundo todos os dias (até nos momentos que o drama prevalece hahaha)! ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: Mães Literárias que merecem destaque!
Fan Page ♥ Instagram

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

8 Comentários