23.03.2016

E a dica literária da semana é 1 Milhão de Motivos para Casar, da autora Gemma Townley, publicado pela editora Record. Uma literatura chic leve e bem divertida. Justamente como manda o figurino. Vamos lá?

Sinopse: Jessica Wild foi criada pela avó materna, uma senhora muito rígida e que acredita piamente que a autossuficiência é o que realmente importa. E não para por aí. Para a sua avó, a felicidade não é tudo na vida. Consequência: a protagonista nunca acreditou muito na ideia do “felizes para sempre”. Sua prioridade é se tornar uma mulher independente e bem-sucedida.

Porém, sua amiga Grace, uma doce velhinha que ela conheceu na casa de repouso onde sua avó ficava, pensa totalmente ao contrário. Sendo assim, vive perguntando sobre a vida amorosa de Jess. Até que um dia, ela responde que tem um namorado lindo: Anthony Milton, seu chefe mega charmoso. E a mentirinha vai além. Ele a pediu em casamento em uma viagem romântica e de tão romântica, os dois resolveram se casar escondidos, durante a viagem mesmo. Jessica, desde então, sustenta a história que ela inventou… Até que um dia, Grace morre e deixa sua fortuna para ela. Mas com um porém: o testamento deixa bem claro que a herança para “Jessica Milton” e não para “Jessica Wild”.

Como ela vive endividada, a grana iria ajudá-la bastante. Solução? Ir à caça, ou melhor, atrás de seu chefe e fazer com que ele case com ela o mais rápido possível…. Tarefa nada fácil, já que ele é um mulherengo. Hora de separar a maquiagem, salto alto, decotes e conseguir realizar com sucesso a sua nova meta: o Projeto Casamento. Será que ela consegue?  ;-)

2cdd31a4-5c1a-4d92-9a6e-3dfafd2fdff1Agradecimento especial: Emily, do grupo lindão Meg’s Army Books Club. Ela que me deu o livro no nosso amigo oculto! 

Minha opinião: O livro garante doces risadas e prende do início ao fim, mesmo que a gente imagine o final. Apesar da Jess ser uma mulher indiferente ao clichê “felizes para sempre”, acabei me identificando bastante com ela. Tudo bem que às vezes eu ficava “criatura, por que você falou isso?” hahaha. Fiquei com muita raiva da avó dela, mas depois acabei percebendo que tem gente que dá esses conselhos não por mal ou por recalque, mas sim porque fica com medo do resultado final. Achei compreensível a atitude dela. Já Grace, é a amiga (mais velha) que todo mundo sonha (pelo menos eu sonho haha). O oposto da avó, mas ela já sonha bastante. Acho que na vida amorosa, a melhor coisa é o equilíbrio. Tem que ter os pés no chão, mas voar um pouco não faz mal. E meu Deus, que encrenca que ela meteu a Jess hahaha. A parte boa é que rendeu boas gargalhadas e ótimas lições. Anthony não me conquistou muito não. Beleza não é tudo, né? Já Max…. Ai meu Deus! 

Mega indico a leitura, principalmente, para quem não dispensa uma comédia romântica. É o tipo de livro que torço para ter a continuação (ou filme ou os dois), mas não sei se vai rolar. Quem sabe, né? A escrita da Gemma é bem leve. Dá para perceber que o talento está no DNA (contei que ela é irmã da Sophie Kinsella? ela é! ) Quanto à capa: uma das minhas favoritas. A princípio, o título meio que faz com que a gente pense numa história completamente diferente. Mas ela pode ser surpreendente. ;-)

Alguém já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica, viu? 

Beijos, Carol. 

Quem ainda não respondeu a pesquisa de público do PJ, clique aqui. Juro que não é demorada! Quem já respondeu, muito obrigada!! 

Fan Page ♥  Instagram 

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 Comentários