11.02.2012

Olá, Meninas!

Tudo bem? Espero que sim! =)

Que tal uma nova tag no blog? Onde eu possa indicar livros que eu li e amei? Pois é, a seção Pequena Blogueira Leu, será assim. Livros e muitos livros! Não prometo nada de Shakespeare e tal, mas muito livro à la “O Diabo Veste Prada”. Mas chega de blá-blá-blá e vamos ao que interessa.

Para começar, escolhi Menina de 20, da autora Sophie Kinsella, que escreveu “Os delírios de consumo de Becky Bloom”. A história é sobre as aventuras de Lara Lington com a sua tia-avó Sadie. Até aí, tudo normal. Só que Sadie é um fantasma de 20 poucos anos, que apareceu para Lara (20 poucos anos também) no dia do seu velório com um grande pedido: achar um colar que foi dela por mais de 75 anos. Entre “tapas e beijos”, as duas aprendem muito uma com a outra, principalmente, a importância da família e da amizade. Um livro divertido e emocionante, que faz a gente chorar de tanto rir e… chorar mesmo. ♥

* Informações:
– Autora: Sophie Kinsella
–  Editora: Record
– Preço: Na Saraiva eu comprei por R$ 35,00. Mas eu tinha cupom de desconto, que ganhei na Bienal do Livro. 
* Frases:
– “É assim que as coisas são. E não pode perder tempo pensando no que poderia ser. Precisa olhar para o que é.”
– “Não pense demais. Não procure problemas que não existem. Apenas se arrisque.”
– “É fácil dispensar a família. É fácil não dar valor. Mas sua família é sua história. Sua família faz parte de quem você é.”
– “Ela não vai voltar. Seguiu em frente.” ♥
* Observações:
– Para quem gosta dos anos 20, é um prato cheio. Sadie adorava dançar o Charleston e sabe tudo sobre a moda dessa época.
– Não é o foco principal do livro, mas tem muito romance. 
– No começo, eu achei meio chatinho. Mas no meio da história tudo mudou. Quando acaba, a gente fica com gostinho de quero mais. 

Enfim, terminei 2011 com chave de ouro.
Livro perfeito, meninas! Morro de medo dessas histórias de fantasma, mas fiquei com vontade de ter esse dom de ver espírito. Brincadeirinha hehehe. E para quem já perdeu alguém muito importante, prepare um lencinho. Bate uma saudade imensa, mas uma saudade boa.

A minha maior saudade:
Meu pai! =’)

That’s all.

Quem já leu, conta o que achou.
Ainda não leu? Fica a dica! ;)

Xoxo, C.

* P.S: Crédito das fotos -> Pequena Blogueira. ;)

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

15 Comentários