06.04.2020
* Para assistir: Virgin River! ♥

Ei, Gente! :) Semana passada embarquei em uma série chamada Virgin River, que foi indicação da Kaka, do blog Rainhas da Pechincha. É um drama, mas contado de uma forma leve, na medida do possível. Não é muito divulgado pela Netflix, mas espero que isso mude. Então, vamos lá? ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Para começar, aquele resuminho sobre a história. :) Melinda Monroe é uma enfermeira de Los Angeles, que recebe uma proposta de trabalho em uma cidade pequena chamada Virgin River.

Tudo indica que esse emprego veio a calhar, já que Mel precisa dar um up na sua vida, depois de alguns acontecimentos que deixaram marcas. Porém, logo percebe que a mudança será mais difícil do que imagina.

Mesmo respirando novos ares, conhecendo pessoas, nada acontece do jeito que ela imagina. Aliás, a nossa protagonista percebe que alguns sentimentos sempre vão acompanhá-la, onde quer que ela esteja. ;-)

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

E o que eu achei? É a típica série que eu amo, que tem uma pitada de Gilmore Girls e Hart Of Dixie. A história é bem interessante e prende do início ao fim. Às vezes tem um pouco de enrolação, mas aos poucos a gente vai descobrindo e se adaptando. Aliás, amo cenários onde a mocinha vai para cidade pequena e tem o mocinho e toda uma vizinhança divertida e tal. Deixa tudo mais legal e a gente ficar querendo ir de um episódio para o outro. Mas atenção! Como são só 10, vai aos poucos para não sentir saudade como a pequena que vos bloga hahaha.

Quanto aos personagens… Amei o Jack e ele me lembrou o Luke, de GG. Porém, com mais dramas hahaha. É um homão da p**** e de arrancar suspiros! Algumas atitudes não foram legais, mas outras fizeram com que o mesmo virasse meu novo crush de séries hahaha. Sobre a Mel: ela é bem Girl Power.. Dona de si, mas tem cicatrizes, que tenta superar no seu tempo. Às vezes dá uma escapulida, mas é uma personagem bem inspiração. E espero que ela não me decepcione.

Dr. Doc é um dos melhores personagens, mesmo rabugento. Aliás, o ator era de Hart Of Dixie e eu não tenho nem palavras! Ele é divertido e tem os melhores conselhos. Hope também é uma das minhas favoritas. Ela é engraçada, teimosa e adora se meter na vida alheia. Mas juro que as intenções são as melhores! E destaque para a irmã da Mel, que lembrou muito a minha mais nova.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

No mais, têm alguns sustos e situações que deixam a gente de queixo caído. E tem muito romance, daquele que a gente shippa mesmo! E aqueles dramas que acontecem muito nessas histórias e na vida real também. Do tipo: quando tudo parece se ajeitar, vem o destino e mostra que não é bem assim que a banda toca hahaha.

Ah! No decorrer de cada episódio, a gente tira lições. Como falar sobre os nossos sentimentos, saber que felicidade é uma questão de perspectiva e tal. Então, fiquem de olho nesse detalhe! E, sim, vai ter 2ª temporada (pelo que eu pesquisei, em setembro, mas não tenho certeza) e ainda bem, Netflix. Porque se não tivesse, ia dar raivinha hahaha.

Falando nisso, a 1ª temporada terminou bem, porém, se acabasse ali, muita dúvida ficaria no ar, mesmo eles esclarecendo alguns pontos, como o que aconteceu com o marido da Mel. Aliás, to louca para saber mais detalhes sobre isso e qual caminho a nossa protagonista vai seguir. Além disso, como vai ser a surpresa que aguarda o Jack, o que tem por trás da história do Brady, da Paige e essas coisas!

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Por fim, amei algumas músicas que apareceram na série. Inclusive, tem uma playlist lá no Spotify. E, por favor, alguém cria um restaurante como o “Arthur’s“? Quero um jantar romântico lá também hahaha. E adoraria morar em uma casa na montanha, ter um bar do Jack… E se você quer saber da onde surgiu essa história e é ansiosa, tem uma série de livros! Para saber, só clicar aqui. ♥

***

É isso, pessoal. Mega recomendo, principalmente, se você ama um drama romântico levinho! No mais, podem opinar à vontade. ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – This is us
Fan Page ♥ Instagram  


9
15.11.2019
* Para assistir: Deixe a neve cair! ♥

Ei, Gente! Fim de ano remete a filmes natalinos, né? Essa semana, durante uma tempestade, assisti “Deixe a neve cair“, que foi inspirado em um livro. Não é o melhor filme da vida, mas acho que vale a pena incluir na lisa de histórias cinematográficas de Natal. Então, vamos lá? Boa sessão! 

4808979.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Para começar, aquele resuminho: uma nevasca atinge Gracetown, em plena véspera de Natal e a transforma em um inusitado refúgio romântico. Tem trem parado, uma corrida com amigos, perda do namorado ideal, entre outras histórias. Que a propósito, todas se conectam no final. O que eu achei? Confesso que esperava me apaixonar mais, porém, não deixa de ser um filme fofinho.

Produzido pela Netflix, é inspirado no livro que leva o mesmo nome, inclusive um dos autores é o John Green. Os dilemas são bem adolescentes e é quase impossível não lembrar dessa época. Como amores não correspondidos, términos, surpresas, descobertas! A minha história favorita é da Julie e do Stuart. E se eu não me engano, foi a mesma que gostei no livro! Aliás, li há séculos, então, muita coisa eu não lembrava (na época, ainda nem fazia resenha para o blog hahaha). Porém, acredito que eles tenham alterado algumas partes para ficar mais de acordo com o momento em que estamos vivendo, digamos assim. Destaque também para a história do Tobie e da Angie e da Dorrie e da Kerry.

Let It Snow

Let It Snow

Let It SnowCrédito das Imagens: Adoro Cinema

Assim como no livro, me fez desejar ainda mais o Natal e nossa: como eu queria que nevasse em pleno Rio de Janeiro hahaha! O final é bem clichê e eu adoro como as histórias se conectam, mesmo não dando indício algum. No mais, queria uma trilha sonora mais marcante! Enfim, não espere muito do filme, mas vá de coração aberto! É ótimo para passar o tempo e entrar no clima natalino. ;-)

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica!

Beijos, Carol.

Post Antigo:  Top 5 – John Green

Fan Page ♥ Instagram     


1
28.06.2019
* Para assistir: Mistério no mediterrâneo! ♥

Ei, Gente! Hoje tem mais uma dica de filme. Mas dessa vez, você não precisa ir ao cine! Mistério no mediterrâneo é da Netflix e está disponível no catálogo deles. Enfim, vamos lá? Pega a pipoca, o guaraná, que a sessão já vai começar!

4216544.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Para começar, aquele clássico resuminho do que se trata a história: Nick é um policial que deseja se tornar detetive. Porém, nunca passa na prova para o cargo! Envergonhado, ele diz para sua esposa que trabalha na função mesmo assim. Um dia é cobrado por Audrey, a esposa, uma viagem para Europa, que ele prometeu há 15 anos. Pressionado, ele diz que já havia arrumado tudo e os dois partem para uma viagem estilo “lua de mel”, mas o destino no meio do caminho é alterado. Acontece, que no avião, Audrey conhece um milionário que os convida para um tour em Mônaco a bordo do navio de seu tio. Óbvio, que o casal aceita, mas se surpreende, pois acabaram se envolvendo em uma investigação de um assassinato em pleno alto-mar!

O que eu achei? É aquela comédia para assistir em pleno domingo, que rende ótimas risadas e deixa o nosso dia mais feliz!  A escolha dos atores, Adam Sendler e Jennifer Aniston, ajuda muito. Mas o filme é divertido, leve por si só. É uma mistura de “Assassinato no Expresso Oriente” (mas com veia cômica) com “A noite do jogo” (que já tem uma pegada mais engraçadinha). O enredo parece aquele clichê que a gente já conhece bem de filmes hollywoodianos, mas juro que vale a pena. Claro, que nem tudo são flores. Acho que o mistério poderia ser mais bem bolado e, no final, a gente fica achando um monte de coisa que acaba sendo fruto só da nossa imaginação mesmo!

Ah! Destaque para o companheirismo do casal protagonista! Em uma cena, que ela poderia ficar com muita raiva, deu uma baita lição na gente. Mas eu sou suspeita, afinal, eu tiro lição até em comercial de margarina hahaha! Enfim, é perfeito para assistir com o boy, os amigos, a família ou na sua própria companhia! Não vá esperando aquele filme mega ultra blaster diferentão, em contrapartida, vá sabendo que, no mínimo, você vai dar boas e saudáveis gargalhadas! Eu ri muito e, com certeza, se alguém tiver vendo, eu assisto de novo! E prestem atenção no final. Dá vontade de pedir para a produção um “Mistério no Mediterrâneo 2”!

5897049.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxxCrédito das imagens: Adoro Cinema 

É isso, gente. Bom fim de semana e boa sessão, viu? E quem já assistiu, pode opinar à vontade! :)

Beijos, Carol. 

Post Antigo: Para assistir – A noite do jogo!

Fan Page ♥ Instagram  


1
07.06.2019
* Para assistir: Nosso último verão! ♥

Ei, Gente! :) Fim de semana combina com filme, né? E como a gente está em clima de romance e tal por conta do Dia dos Namorados, separei uma história linda que assisti na última terça-feira: Nosso último verão, que está disponível na Netflix. Vamos lá? Boa sessão! ♥ 

4760719.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Bom, e aqui vai o resuminho clássico para saber do que se trata o filme: antes de começar a faculdade, alguns jovens precisam tomar decisões bem importantes para a época, como cursar música ou entrar para uma renomada faculdade de administração? Terminar o namoro ou não? Vida acadêmica é a única saída? Entre outras questões! Temos Griffin, Phoebe, Erin, Açex, Audrey e Chad contando essa trajetória, que resulta em um ótimo último verão!

DSC08768.ARW

O que eu achei? É aquele filme teen que eu queria ter visto no meu “último verão”, antes de entrar na faculdade e tal. É leve, divertido, de arrancar suspiros e ensina muito, mas sem parecer uma coisa fora da nossa realidade. Tem muito romance e surpresas que fazem a gente pensar o que “eu faria no lugar desse personagem”. Falando em personagens, os meus favoritos são Griffin e Phoebe. A história deles me prendeu bastante e suspirei horrores! Aliás, sem muitos detalhes, mas eu shippei esse casal real.

Em contrapartida, quem marcou mesmo foi a Audrey. Sabe aquela mania que, às vezes, a gente tem de optar sempre pelo mais fácil? Então, é possível reverter e saber que a gente pode e merece sempre o melhor, por mais que seja incomum ou difícil. Amei o fim dela, que, na verdade, é apenas um começo. Erin não ganhou a minha simpatia no começo, mas depois mostrou que é uma personagem nada fútil. Muito pelo contrário! Chad e o amigo são maravilhosos e as gargalhadas ficam por conta deles, principalmente. Outros, são legais, mas não achei MEU DEUS, sabem?

4042169.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

4009357.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

4024982.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxxCrédito das imagens: Site Adoro Cinema 

Enfim, é uma história com pegada teen, mas é inspiradora em qualquer idade. Nem que seja apenas para a gente ficar naquela clássica e deliciosa nostalgia. Aquece nosso coração e faz a gente refletir sobre decisões, mas sem pressão! Tem clichê, mas com algumas surpresas que deixam a gente de queixo caído. Ah! Destaque para as cenas de erros e tal! No mais, amei muito e recomendo. Pode assistir sozinha, mas em outra boa companhia, seja daquela amiga ou do love, melhor ainda.

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! 

Beijos, Carol.

Post Antigo: Filme – Para todos os garotos que já amei

Fan Page ♥  Instagram 


2
11.09.2018
* Para assistir: Para todos garotos que já amei. ♥

Ei, Gente! :) Acredito que a maioria já tenha assistido “Para todos garotos que já amei“, adaptação do livro que leva o mesmo nome, que a Netflix lançou recentemente. Mas se você ainda não assistiu, segue a minha opinião sobre essa história fofa. 

para-todos-os-garotos-que-ja-beijei-netflix-filme-capa-header-700x361

Se você não sabe do que se tratar esse filme, vou resumir: Lara Jean tem a mania de escrever cartas de amor secretas para seus antigos amores e, por acaso, ela coloca o endereço de cada um. Resultado? Um dia, essas cartas são misteriosamente enviadas para cada destinatário. Resultado? Sua vida vira de cabeça para baixo!

O que eu achei da adaptação cinematográfica? Simplesmente amei, gente!  Achei bem fiel ao livro e me fez suspirar ainda mais. As caras e bocas da atriz escolhida para dar vida a Lara Jean (posso colocar esse nome na minha filha??? hahaha) são as melhores. E o Peter? Meu crush atual, fato. Aliás, a escolha dos atores: melhor impossível, principalmente, do casal protagonista. O pai arrasa e a irmã mais nova também! Amo as cenas das caronas! E quanto à irmã mais velha, não a odiei tanto no filme e até achei a personagem bem fofa. E destaque para o contrato e cada diálogo. Prendem muito! Pontinho extra para os cenários e os looks da Lara Jean.

5353135.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxxCréditos das imagens: Adoro Cinema e Google 

Vi muita gente falando que não curtiu, porque achou bobo e tal. Talvez a idade tenha influenciado. Mas gente, tenho 32 anos na cara e amei cada cena. Porém, vai de gosto também! A única coisa que deixou a desejar, na minha humilde opinião, foi a trilha sonora. Acho que daria um toque a mais, sabem? Estava louca para baixar todas as músicas, porém, não rolou. Amei o final e espero de coração que tenha continuação mesmo! Deu muita vontade de ler os outros livros.

É isso, gente! Quem tiver de bobeira, assiste. Vale cada minutinho! Vai deixar o seu dia bem melhor. Pode apostar! ;-)

Já assistiu? Pode opinar à vontade!

Beijos, Carol.

Ah! Está rolando um 2º sorteio por conta do niver de 9 anos do blog. Valendo um livro “As melhores coisas da vida”. Clique aqui para saber mais e participar!

Para ler: Livro – Para todos os garotos que já amei

Fan Page ♥  Instagram 


8

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2021