09.01.2016

Mais um post que rolou lá no blog Sem Clichê. Dessa vez, falei sobre o filme “Pegando Fogo“, com o maravilhoso Bradley Cooper. Quem quiser ler o post inteirinho, clique aqui (lembrando que volta e meia dou dica de filme por lá). 

Chef-Breadley-Cooper-1024x815

A história conta sobre um chef de cozinha, Adam Jones (Bradley Cooper), que no passado foi um dos mais respeitados em Paris. Porém, sua carreira foi por água abaixo quando o envolvimento com álcool e outras drogas tomou conta da sua vida. Após um período de isolamento, ele viaja para Londres para recomeçar e conquistar a terceira estrela no guia Michelin de restaurantes. Para isso acontecer, ele conta com alguns velhos conhecidos, como Tony (Daniel Brühl) e outros novos integrantes, como Helene (Sienna Miller).

pegando-fogo-1024x768

Vamos ao menu! A entrada principal: dar a volta por cima é preciso, porém não é uma tarefa mais fácil. Primeiro prato: se não alcançarmos nossos objetivos, tudo bem, acontece. Ninguém vai morrer por isso! Segundo prato: aqueles que parecem vilões podem surpreender! A sobremesa? Ser independente é ótimo, mas todo mundo precisa de um help e não tem nada de errado nisso. E não para por aí: família não necessariamente precisa ser a de sangue. Por exemplo, pode ser a sua equipe que convive diariamente com você. Mesmo aos trancos e barrancos.

De resto: adorei o personagem Tony (e o beijo surpresa que ele recebeu ;p) e a filhinha da Helene. Prestem atenção na cena do bolo!! É a melhor, na minha humilde opinião. Tem uma cena bem pesada, mas é através dela que conseguimos enxergar quem está do lado do Adam de verdade. E, gente, achei que essa história de “sim, chef” só rolava nesses programas. Minha admiração por essas equipes de restaurantes só aumentou. Acho que não ia aguentar tanta pressão não e nem os ataques dos meus “chefes”.

untitled_john_wells_project-1-e1451906667181 (1)

Quem ainda não assistiu, fica a dica. Quem já, conto o que achou. :)
Beijos, Carol.

Fan Page ♥ Instagram 

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 Comentários

  • Oi Carol,
    Ah preciso dar uma parada nos filmes da award season para admirar cof cof assistir o Bradley.
    Pelo trailer, por causa de algumas atitudes, o personagem me lembrou o de Sem Limites. Só assistindo pra saber, mas a proposta é bem interessante e tem o BRADLEY né HAHAHAHA

    Amei sua review.

    tenha uma maravilhosa semana =D
    Nana – Obsession Valley