05.08.2014
Olá, Gente! 
No começo do ano, entrei no clube de livros “Meg’s Army Book Club”. Um grupo de meninas apaixonadas por livros, que amam “tagarelar” sobre esse tema. Não é um grupo tradicional, não definimos regras e nem leituras, já que cada uma tem um ritmo. Mas nos divertimos muito com as nossas conversas literárias e outros assuntos pelo Whatsapp, Face, ao vivo e agora: através do nosso blog! ♥ Assim como o clube, não criamos regras. Vamos falar sobre tudo o que amamos, achamos interessante e por aí vai. Todo santo dia! Então, cliquem, comentem, curtam a nossa Fan Page e adicionem mais um bloguito na lista de vocês. ;-) 
Sábado eu publiquei o meu primeiro post. Falei sobre uma cabine literária superinteressante que encontrei na Suíça. Daí, eu decidi compartilhar o assunto por aqui também no PJ. 
No bairro Tenero, que fica na Suíça italiana, os moradores resolveram dar uma nova cara (e uma nova função) a uma cabine telefônica abandonada. Infelizmente, existem pessoas que jogam livros no lixo, sem dó e nem piedade. E pelo que eu entendi, isso acontece muito por aqui. Então, a antiga cabine virou um depósito para quem quiser desapegar de alguns livros, mas quer dar a oportunidade de outras pessoas lerem. Não têm regras, você têm inúmeras opções! Pode doar seus livros, pegar emprestado ou levar para sempre, pode fazer um troca troca, ler enquanto espera o ônibus e por aí vai. Só não pode jogar na lata do lixo! Sou a favor de alguns desapegos literários, mas desde que o “destino! tenha a ver com outras pessoas querendo embarcar em novas histórias. Livros merecem vários destinos bons, até mesmo uma cabine telefônica desse tipo. ♥
Eu amo essas ideias originais relacionadas à literatura. Já vi algumas bem legais por aí, mas essa chamou bastante a minha atenção. No último sábado fiz o meu troca-troca e dei uma fuxicada a mais no ambiente. Dentro da cabine, achei um pouco “sujinho”, com teia de aranha. Acho que não cuidam como deveriam cuidar. Mas a ideia é bem legal e espero que não acabe. Ah! E pelo pouco que eu entendi (a maioria dos livros é em alemão e francês), a leitura “na cabine” irá agradar crianças, adultos e diferentes gostos. 
É isso, gente! 
E vocês? Já esbarraram por aí com alguma ideia desse tipo? ;-)
Um beijo, C.  
P.S: crédito das fotos: Pequena Jornalista! ♥
carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 Comentários

  • Oi ^^
    O Meg's Army é uma ideia maravilhosa, fiquei muito feliz de te conhecer, de conversar sobre livro e de outras coisas! Vc tem sido maravilhosa :3
    Ah, eu vi seu post passado e adorei, vi quase tds os filmes de lá! Questão de tempo é amor total <3 Mas sabe o Para Sempre? Ele é baseado em fatos reais, mas eu li o livro muda basicamente TUDO. A única coisa que ele mantem é que ela perde a memória e ele tenta reconquistá-la, mas tudo o que eles passam é completamente diferente… Eu não gostei muito do livro, acredita?

    bjinhus
    Dudi

  • Não sabia que existia essa cabine na suíça italiana, moro no cantão suíço alemão, e achei muito interessante essa cabine, rsrsr e parabéns por entrar nesse clube, eu amo ler também, a gente viaja na leitura, olha tem vídeo "SEU BLOG NO MEU VÍDEO" onde divulguei 11 blogueiras e pretendo fazer mais para frente novamente, e tem SORTEIO de TABLET e make francês, depois desse sorteio vou fazer SORTEIO de uma FILMADORA, magrafelizpensa.blogspot.com e http://www.youtube.com/user/marcmarify