09.05.2014
Olá, Gente, tudo bem? 
A dica literária de hoje é um Bestseller superfofo (e triste): Eleanor & Park, da autora Rainbown Rowell. 
A principio eu nem ia comprar, estava numa fase “fugindo de romances”, mas passou e como o livro vai virar filme, fiquei supercuriosa. Sem falar na capa que é linda! 
Eleanor & Park são dois adolescentes vizinhos e que estudam na mesma escola. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas. Eleanor é ruiva e veste roupas estranhas e grandes. É alvo de zoação na escola e filha mais velha de uma família problemática. 
Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. No começo, não vão muito com a cara um do outro não, mas depois começam a conversar e dividir quadrinhos de X-Men e Watchmen. Mesmo com a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família, os dois não conseguem não se apaixonar e vivem o tal do “primeiro amor” (tudo isso ao som de The Cure e Smiths). ♥ 
* Informações: 
– Autora: Rainbow Rowell 
– Editora: Novo Século
– Preço: R$ 39,90 (comprei na Travessa)

* Frases: 
– “Ela deixava nos gibis um cheiro de rosas. Em boa parte deles.” (pág. 47)
– “Segurar a mão de Eleanor era como segurar uma borboleta ou um coração a bater. Como segurar algo completo, e completamente vivo.” (pág. 74)
– “Durante o restante do dia, sempre que Eleanor ficava nervosa ou sentia medo, dizia a si mesma que se alegrasse (não servia para fazê-la sentir-se melhor, mas impedia que piorasse).” (pág. 161)
– “Só não posso acreditar que a vida nos daria um ao outro para tirar logo em seguida.” (pág. 306)

Meninas, indico o livro! Impossível não lembrar do colégio, dos amores platônicos e do frio na barriga que dava toda vez que o menino mais bonito da escola descia para o recreio (e o seu coração saltava pela boca). Não que a minha vida amorosa tenha mudado muito hahaha! Achei fofo o jeitinho do Park e quis ser ruiva, por um momento, igual a Eleanor (se eu não gostasse tanto da cor do meu cabelo hehe). E lembrei como nessa época, a segunda-feira era o dia da semana mais esperado e o fim de semana longo demais. Agradeci pela minha família, longe de ser perfeita, mas está muito longe de ser igual a da Eleanor. E quis um amor parecido com o amor dos pais do Park!

Eleanor & Park é apaixonante e triste ao mesmo tempo. Confesso, que o livro não está na minha listinha de preferidos, mas acho que vale a leitura. O livro nos lembra que as histórias sobre o primeiro amor sempre são lindas e intensas, mesmo que quase sempre o resultado final seja um coração partido (e com boas lembranças). ♥
Prontinho! Quem já leu, conta o que achou. Quem não leu, fica a dica! 
Um beijo, C. 
Todo mundo já curtiu a Fan Page do blog? 
Podem sugerir, criticar e por aí vai! 
Ainda não curte? Clica, clica! ♥
P.S: Crédito da foto – Pequena Blogueira que vos bloga! ;-)
carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

7 Comentários