04.05.2014

A gente complica demais a vida com as pequenas preocupações. 
A preocupação gera ansiedade, a ansiedade gera sofrimento, o 
sofrimento gera sentimento ruim e negativo, o sentimento 
ruim e negativo gera dor, a dor gera lágrima, a lágrima 
gera melancolia, a melancolia gera tristeza, a tristeza 
gera solidão, a solidão gera ferida, a ferida gera 
cicatriz, a cicatriz gera mágoa, a mágoa 
gera um buraco escuro dentro da alma. 
É um ciclo sem fim e só quem 
pode cortá-lo é você mesmo. 
(Clarissa Corrêa)
Eu não conheço nenhuma fórmula mágica para cortar esse ciclo ruim. Seria bom num gole resolver todos os problemas, né? Quem inventar, vai ficar ultra milionário! Enquanto isso, sei que pensar em coisas boas nessas fases turbulentas, costuma ajudar. Claro que na prática, a teoria é outra. Mas sei lá, tenta fazer uma listinha imaginária das coisas que te fazem bem (um item você vai achar, nem que seja um comercial bobo que te faça cair na gargalhada). E relembre de 5 em 5 minutos (ou segundos). Ah! Ajuda também não ficar espalhando aos sete ventos que você está mal. Desabafar com uma ou duas pessoas, é o suficiente. E escrever, alivia muito (nem fica preocupada com ponto e vírgula, vai no fluxo)! ;-) #pequenaterapia 
Um beijo e bom domingo, C. 
Todo mundo já curtiu a Fan Page do blog? 
Podem sugerir, criticar e por aí vai! 
Ainda não curte? Clica, clica! ♥
P.S: crédito da foto: We ♥ It. 
carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 Comentários