07.12.2013

Oi, gente, tudo bem?

Para começar o fim de semana com o pé direito, fiquem com o “Que Seja Doce” de hoje! ;-)

“Como boa ansiosa, a palavrinha que eu mais odeio do dicionário (e da vida) é esperar. 7 letras e sai da frente, que lá vem bateção de perna (e porta). Sei esperar um táxi e um lançamento de um livro (apesar de não ficar muito feliz). Mas esperar outras coisas não é comigo. Em contrapartida, sei que o verbo em questão é necessário. Às vezes, a melhor saída. Às vezes, a única coisa a ser feita. Depois que você fez a sua parte, claro. O tempo cura tudo e a espera também. Dar um tempo ao tempo. Deixar rolar. E desejar o que for melhor pra gente, sempre! Esperar dói. Mas às vezes coisas boas vem por aí. A espera pode valer a pena e, até mesmo, superar as nossas expectativas. Só não vale esperar sentada. Tem que seguir em frente. E quem quiser, vem com a gente! Será muito bem-vindo!” 
(Texto: Carol Daixum)
That’s all.
Xoxo, C. 
carol
compartilhe

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.