29.11.2013

Olá, Gente, tudo bem?

Que tal mais um texto do fundo do baú? Um dos meus preferidos! ♥
Ele foi publicado no dia três de setembro de 2011 lá no site Iradio. Muita coisa mudou, mas outras permanecem na mesma posição. Digamos que divido metade do meu tempo no mundo real e a outra metade no “país das maravilhas”. Mas acho que sempre vou ter um jeitinho “Alice” de ser. E dependendo do ponto de vista, pode ser bom. Vai saber! ;-)

E chega de blá-blá-blá. Textinho para vocês!

Acorda Alice, o coelho fugiu!
“Desde pequena, eu vivo em um mundinho
paralelo cor de rosa, onde tudo é perfeito e funciona de acordo com a
minha imaginação. Desde então, a frase que eu mais escuto é “acorda
Alice, o coelho fugiu”. Afinal, esse meu “universo” é o próprio país das
maravilhas.
Ele não tem chapeleiro maluco, gato
falante, coelho que vive fugindo, poções para diminuir ou aumentar de
tamanho e muito menos uma rainha vermelha gritando o tempo todo “cortem-lhe a cabeça”. Mas posso dizer que a minha imaginação é tão fértil
quanto a da Alice. No meu mundo atual, as coisas funcionam mais ou menos
desse jeito…
TPM é lenda, cólica mais ainda. Na
prática, a teoria é exatamente a mesma coisa. Preocupações e ansiedade
não existem. Tudo funciona conforme o meu desejo e, caso não funcione, é
algo bem melhor e eu consigo perceber na hora. Pessoas que eu amo não
morrem e decepção é mito. Eu coleciono cartões de crédito sem limites e
tenho milhares de closets a minha disposição. Não me preocupo com o que
os outros pensam ao meu respeito. O amor não é banalizado e casamentos
duram. É possível trabalhar em um lugar dos sonhos, sem ter que ter
indicação de alguém. Príncipes existem, ligam no dia seguinte e não tem
um “rolo” que acaba com toda a minha esperança. Tudo acontece conforme
os contos de fada, sem esquecer o tão esperado “happy end”.
Aí eu acordo, me deparo com a realidade e
me pergunto: sonhar não custa caro? Dependendo, custa e muito! Eu quero
deixar claro, que não estou fazendo apologia contra os sonhos. Mas eu
percebi que viver diariamente no “país das maravilhas”, pode ser
crucial. Adoro o meu jeitinho “Alice” de ser, mas confesso que estou
cansada de perder o coelho de vista! E por mais difícil que seja, quero
me despedir aos poucos do meu mundinho cor de rosa e dar boas-vindas ao
mundo real. Afinal, ele pode ser muito mais interessante e divertido.”
(Texto Carol Daixum – Pequena Jornalista)
That’s all.
Uma ótima sexta-feira! :-)
Xoxo, C. 
 P.S: crédito da foto: Facebook Disney Irônica. :))
carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 Comentários