06.02.2013

Olá, Gente!

Tem uma frase que é assim: “(…) Palavras me constroem e me vestem. Mostrando o que – por hora – eu não quero mais esconder.” A autora da frase, Fernanda Mello, descreveu o “Que Seja Doce” de hoje. Um pequeno desabafo da pequena blogueira que vos bloga. Ele até poderia ficar guardado a sete chaves, mas resolvi soltar o verbo (e acho que vai virar uma rotina aqui no blog). Enfim…Tema do dia: segundas chances, pedidos de desculpa e ponto final. Enjoy! ;-)

Ponto Final 

“Sou super adepta a dar segundas chances. Afinal, que atire a
primeira pedra quem nunca errou. Erros fazem parte da nossa história e são eles
que nos dão aquele empurrãozinho para acertamos (ou pelo menos tentarmos) da
próxima vez. Lembrar que o mundo gira e que podemos precisar de uma “2ª chance”
também é fundamental. ;-)
Uma briga com um amigo de verdade, mãe, pai, irmã? Dou
quantas chances precisar! Uma chance para os meus inúmeros deslizes? Sempre!
Afinal, se eu não conseguir me perdoar ninguém vai ser
capaz de fazer isso por mim. Às vezes demora um tempinho, mas com paciência
tudo se ajeita e quando você menos espera, está lá dando mais uma oportunidade
de ouro. 
Mas há erros e erros. Os aceitáveis, os nem tanto e os inadmissíveis.
 Por exemplo, traição de namorado. Até
perdoaria, mas não daria uma segunda chance. Não por ele, por mim! Afinal, não
há amor que resista a falta de segurança e confiança.  E o tempo, nesse caso, não cura. Ah! Mas isso
não vem ao caso. 
Voltando… Tem gente que tem o dom de colecionar pedidos de desculpas.
Eu não! Chega uma hora que cansa e é melhor cortar de uma vez por todas. Não
precisa condenar ninguém, mas entrar numa “prisão” junto com a pessoa não é
justo.  Ela tem que aprender, e sozinha!
Eu sei, pode parecer até duro e tal. Mas tem uma frase que diz que ninguém pode
nos ferir sem o nosso consentimento. E é a pura verdade! Até podem machucar
uma, duas vezes, mas três e quatro? Só se a gente permitir. E isso, eu já
decidi! Esse tipo de atitude de lobo disfarçado na pele de cordeiro só merece um ponto
final. Sem mais nenhum parágrafo!”
(Carol Daixum – Pequena Blogueira)
That’s all.
Uma ótima quarta-feira! : )
Xoxo, C. 
carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 Comentários

  • Que texto inspirador, amiga! Realmente também sou a favor de segundas chances, mas tudo tem limite! Não sou de guardar rancor e perdoo muito fácil, mas quando vejo que estou sendo tragada pro mesmo problema sempre, trato logo de extirpar isso da minha vida! O texto está lindo, impecavelmente bem redigido!!! Quero ver mais vezes essa coluna por aqui. Beijos!!!!

    ;*