12.10.2021
* 5 formas de incentivar uma criança a ler! ♥

Ei, Gente! :) Uma das lembranças mais fortes de uma Bienal do Livro foi quando eu vi uma criança falar para o pai: “Era essa editora que eu estava procurando“. Eu sempre busquei incentivar meus priminhos, a lerem. Mas depois desse dia.. Vi a magia de encontrar um pequeno leitor.

Por isso, meu hábito de ser a prima que dá histórias literárias de presente ficou ainda mais forte. Com raras exceções! E para o post de hoje, trouxe 5 dicas para tentar incentivar a leitura infantil. Vamos lá? ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

1. A mais básica de todas: dê livros de presentes! Criança gosta de brinquedo e tal, mas uma história literária também tem o poder de fazer o olhinho dela brilhar. Tente!

2. Na hora da leitura, que tal imitar vozes, fazer encenações? Isso vai ficar marcado na cabecinha dela e esse momento não vai parecer uma coisa chata. E, sim, bem divertido!

3. Dependendo da idade, leia para ela. Ou com ela! E não se prenda apenas ao clássico “antes de dormir“. Essa atividade pode ser em uma tarde de domingo. em um feriado chuvoso ou esperando o ônibus da escola.

4. Pegue um livro de um personagem do desenho favorito dela. Pode despertar maior interesse. Pode ter história ou interativo. Tem muita opção! Ah! E feiras de livros, em shopping e tal, são mais em conta.

5. Você não é leitor assíduo? Minha mãe também não é e isso nunca foi motivo para ela não incentivar esse hábito (obrigada, mamy ♥). Vai que em conjunto, o hábito nasce junto? E não precisa ser nada clássico. Deixe ela bem à vontade! ♥

Mini eu só para ilustrar esse post! ♥

***

Eu acredito muito no poder da leitura, gente! E criar esse costume desde cedo, é mais fácil. Ler estimula a criatividade, ensina e pode ser tão divertido quanto brincar de massinha. Coloque essa atividade na rotina. Pode render boas memórias. Por aqui, eu tenho um monte.

E Feliz Dia das Crianças! Para todas. Seja por conta da idade ou para quem não deixa esse lado nunca morrer. :’)

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – A Fada Mamãe e Eu
Fan Page ♥ Instagram


4
12.10.2019
* PJ Leu: A fada mamãe e eu! ♥

Ei, Gente! :) E como hoje é Dia das Crianças, resolvi postar uma dica literária mega fofa: A fada mamãe e eu, o primeiro livro para o público infantil da Sophie Kinsella! Quem não amaria que a própria mãe fosse uma fada, mesmo que um pouco doidinha? Enfim, vamos lá? Boa leitura! ♥

IMG-2226Livro: A fada mamãe e eu | Editora: Galera Junior | Autora: Sophie Kinsella
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros!
 

Sinopse: Ella Brook mora em uma cidade chamada Cherrywood e tem um grande e magnífico segredo: sua mãe é uma fada! Aliás, todas as mulheres da família possuem esse poder, além de asas maravilhosas! Inclusive uma smartvarinha, que é capaz de realizar maravilhosos feitiços, como festas de aniversário, acelerar a fila do mercado e fazer deliciosos e lindos cupcakes. Ella é uma fada-na-fila-de-espera, mas bem que queria fazer mágicas logo, principalmente, para dar uma boa lição na sua não-melhor-amiga Zoe. Ainda bem que ela tem a ajuda dos melhores amigos Tom e Lenka e, claro, do seu irmãozinho Ollie e sua palavra favorita “Ipiiii”. No mais, entre feitiços e confusões (afinal, a sua fada mãe é meio doidinha), ambas ensinam e aprendem sobre amor, solidariedade e honestidade nesse livro cheio de magia e fofurice! 

Opinião da Pequena: É um dos livros mais fofos que já embarquei. Adoraria ter lido quando criança, mas me diverti também agora. É tudo muito fofo e colorido! Dá vontade de morar dentro desse livro, aliás, histórias da Sophie Kinsella sempre me dão essa sensação.

Achei muito criativo, principalmente, a smartvarinha, uma varinha na era tecnológica hahaha. E o que falar das palavras “não melhor amiga”? Sério, é impossível não cair na gargalhada hahaha. A faixa etária, acredito, que seja para crianças um pouco mais velhas. Mas nada impede do adulto ler para um filho, sobrinho, primo e tal. Aliás, acho que é uma das coisas que mais quero fazer quando for mãe! Bem clichezão: na hora de dormir, ler para o pequeno! 

Fora isso, as ilustrações são bem lindas e no final têm brincadeiras bem divertidas, inclusive, receitas de cupcake de fada! Como não amar? Além de ser uma leitura gostosa e bem a cara dos livros da Sophie, traz mensagens mágicas, principalmente, no quesito de ser como você é, independente de feitiços. A mãe da Ella é muito comédia e quando fala “marshmallow” é muito fofinho! Tudo é bem amarradinho e dá vontade de ler mais e mais histórias. Acho que deveria ter outras aventuras das duas!

Destaque para a capa e para o irmãozinho Ollie. Acho que ele deveria ser um “fado” também hahaha! No mais, se você quer um pouco de magia, vale a leitura, independente da sua idade. Fiquei com vergonha de comprar o livro, mas foi uma das compras mais fofas da vida! E se você, assim como a pequena que vos bloga, é fã da Sophie, mais um motivo. Fala que vai comprar para uma criança e leia sem medo de ser feliz hahaha! =)

***

É isso, pessoal. Feliz Dia das Crianças para todas as crianças! Até mesmo para aquelas que não deixam esse lado nunquinha! ♥ 

Já leu? Conta o que achou! E se tiver outros livros para esse público, fique à vontade para indicar!

Beijos, Carol.

Post Antigo: O livro que marcou essa época!

Fan Page ♥ Instagram


2

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2021