07.05.2020
* PJ Leu: O Diabo ataca em Wimbledon! ♥

Ei, Gente! :) Semana passada eu fiz uma enquete lá no Instagram pedindo para vocês escolherem a minha próxima leitura. E a maioria escolheu “O Diabo ataca em Wimbledon“, da autora Lauren Weisberger. É um chick-lit perfeito para essa quarentena! Então, vamos lá? Boa resenha! ♥

Conto: O Diabo ataca em Wimbledon | Editora: Record | Autor: Lauren Weisberger
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros

Sinopse: Charlie Silver é uma tenista queridinha dos americanos. Disposta a vencer, ela contrata Todd, um treinador para lá de carrasco.

Então, sob nova direção, a menina boa já era e dá lugar a “Princesa Guerreira”. Logo, ela se vê em um mundo de estilistas famosos, festas exclusivas e, até mesmo, encontros com a realeza hollywoodiana.

Revistas e blogs de fofoca seguem a nossa protagonista freneticamente em suas viagens pelo mundo. Mas afinal, será que vale tudo para vencer os jogos a qualquer custo?

Opinião da Pequena: Eu amo chick-lit e a Lauren Weisberger. Adoro que a gente já sabe quando um livro é dela! Os sapatinhos “O Diabo veste Prada” na capa não enganam hahaha.

Agora vamos ao que interessa: achei que pudesse cair na mesmice e por mais que seja uma história mega clichê, a forma como foi construída fez toda a diferença. Eu não chorei de rir, mas foi um livro que deixou a vida bem mais leve, pelo menos, durante o fim de semana.

Eu adorei cada capítulo e não queria parar uma hora sequer. Achei hilário que a gente encontrou alguns famosos no livro, inclusive da realeza britânica. E eu mega me identifiquei com o amor dela por Irmãos à obra! Amo quando histórias têm um toque da nossa realidade hahaha.

Quanto aos personagens: a gente sente uma leve raivinha em alguns momentos pela Charlie. Mas ela é bem determinada e quando é para dar um basta, vai com tudo. É uma protagonista que inspira. O Dan me conquistou a primeira partida e o irmão dela é simplesmente maravilhoso e tem o melhor desfecho.

Sobre o pai, fiquei meio assim com o final, mas a conversa entre ele e a filha é a que mais me emocionou real. Em relação ao treinador, ele não chega aos pés da Miranda Prestley, mas desperta um ranço igualmente. Porém, muitas coisas serviram para o crescimento da Charlie. E mesmo com algumas ressalvas, acho que a antiga treinadora é uma querida. E a propósito, ela também ensinou muito a nossa protagonista! Piper é a melhor amiga e pessoa da vida.

No mais, é um chick-lit que rende muitos aprendizados. Principalmente, sobre cobranças. Todo mundo erra e atire a primeira bola de tênis quem nunca errou. E talvez a gente não ganhe todos os jogos da vida, mas na maioria, outros fatores valem mais do que um match point.

Aliás, pessoal estou quase uma tenista depois dessa leitura hahaha. E não é que bateu saudade da infância, quando eu ia assistir a minha mãe jogar tênis? E queria enaltecer essa profissão, não tinha a menor ideia do trabalho que era.

A pequena que vos bloga em um dos momentos
“aguardando mamy’s terminar a aula de tênis”

Enfim, foi um dos melhores livros desse ano. Obrigada de verdade, Lauren!

***

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – A vingança veste Prada
Fan Page ♥ Instagram


6
14.07.2017
* Top 5: livros da Lauren Weisberger! ♥

Ei, Gente!  Para essa sexta-feira linda, separei cinco livros de uma autora de chick-lit que eu amo: Lauren Weisberger.  Ela que é a responsável por um dos meus livros (e filmes) favoritos da vida. Que para muitos pode ser só mais uma comédia romântica sem sal, mas para mim “O Diabo veste Prada” é vida e tem lições valiosas. E o que falar dessas capas, que na maioria das vezes tem um sapato poderoso e com um “mimo” que a gente fica desejando? Enfim, vamos lá? Bom post. :)

Post - Top 5 - Lauren WeisbergerCrédito das Imagens: Saraiva
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. O diabo veste Prada
Sinopse: O mundo da moda não é para iniciantes. Especialmente em Nova York. Para conquistar espaço – o mínimo que seja – é preciso muitas vezes experimentar o pão que o diabo amassou. Ou mesmo vender a alma ao dito-cujo. Mas será que vale a pena tanto sacrifício? Com conhecimento de causa, Lauren Weisberger lança a questão com charme e bom humor em seu romance de estréia, ‘O Diabo Veste Prada’, que revela, em detalhes, histórias de personagens facilmente identificáveis no mundinho fashion de Nova York.
Observação da Pequena: Li há mais de 10 anos esse livro e marcou uma fase bem importante na minha vida. Tanto o livro quanto o filme! Recomendo muito.

2. A vingança veste Prada
Sinopse: Depois abandonar o emprego na Runaway há quase dez anos e se livrar da insuportável Miranda Priestly, Andrea Sachs agora é a bem-sucedida editora de uma revista de luxo sobre casamentos, a Plunge. Ao lado de Emily, antiga colega de trabalho e sua atual melhor amiga, sua vida não poderia estará melhor: além do sucesso do novo empreendimento, ela está prestes a casar com um dos solteiros mais cobiçados de Nova York. Mas uma semana antes do casamento, um fantasma do passado, ou melhor, um diabo, volta a assombrá-la.
Observação da Pequena: Tem resenha dele aqui.

3. À caça de Harry Winston 
Sinopse: Emmy estava a dois passos do casamento perfeito quando seu namorado a trocou pela personal trainer. Leigh é considerada o novo talento na editora onde trabalha, mas sua vida amorosa não anda tão bem quanto pensava. A brasileira Adriana odeia a palavra compromisso. Para ela, quanto mais homens melhor. As três amigas decidem fazer um grande pacto: mudar radicalmente suas vidas em um ano. Será que elas vão conseguir?
Observação da Pequena: Li esse livro há séculos e mega recomendo, gente! Não sei se rola uma resenha mega atrasada, mas caso alguém queira, me conta aqui nos comentários.

4. O diabo ataca em Wimbledon 
Sinopse: Quando a tenista queridinha dos americanos, Charlotte “Charlie” Silver, faz um pacto com o diabo — o treinador carrasco Todd Feltner —, é catapultada para um mundo de estilistas famosos, festas exclusivas, jogos beneficentes a bordo de iates gigantescos e encontros românticos com a realeza hollywoodiana. Sob a nova direção impiedosa de Todd, Charlie, a menina boa, já era. Todd só quer saber de Charlie, a “Princesa Guerreira”. Afinal de contas, ninguém chega ao topo sendo bonzinho. Revistas e blogs de fofocas seguem Charlie freneticamente em suas viagens pelo mundo perseguindo vitórias em Grand Slams e manchetes no Page Six. Mas, quando a estrela da Princesa Guerreira ascende dentro e fora das quadras, há um preço a pagar. Num mundo obcecado por aparências e celebridades, estaria Charlie Silver disposta a se perder para vencer a todo custo?
Observação da Pequena: É o mais novo da autora. Ganhei de niver e estou louca para embarcar. Pena que tem uma listinha de livros antes, mas acho que vai valer a espera!

5. Uma noite no Chateau Marmont
Sinopse: Brooke e Julian têm uma vida tranquila em Nova York: ela sustenta o casal com dois empregos, enquanto ele investe em sua carreira como músico. Finalmente, Julian é descoberto por um executivo da Sony e se torna um súbito sucesso, e suas vidas mudam para sempre. Os implacáveis paparazzi tanto insistem que conseguem emplacar uma foto escandalosa na imprensa – será que o casamento de Brooke vai sobreviver aos acontecimentos daquela noite fatídica no Chateau Marmont?
Observação da Pequena: Todas as capas são lindas, mas essa é a minha preferida. Ah! Ainda não li esse livro, mas está na minha listinha. 

***

Prontinho, pessoal. :) Podem opinar à vontade! Se eu não me engano, são seis livros que ela publicou no Brasil. Vale dar um Google. A escrita dela é bem leve e divertida. Ah! E quem quiser sugerir autores para eu preparar um top 5, só comentar.

Beijos, Carol.

Para relembrar: Top 5 – Jojo Moyes

Fan Page ♥  Instagram 


19

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2021