08.03.2021
* PJ Entrevista: Miryam Souza (Ophelia)! ♥

Ei, Gente! :) Para o Dia Internacional da Mulher, convidei uma empreendedora que admiro muito e sou fã da marca que ela criou: Miryam Souza, da loja Ophelia, que vende as camisetas mais empoderadas da vida! Ela topou responder algumas perguntas, que tenho certeza que vão inspirar vocês. Vamos lá? Conta aí, Mi! ♥

Crédito: Site da Ophelia

1. Conta como surgiu a ideia de criar a Ophelia?
R:
Meu sonho sempre foi empreender. Eu já fiz a faculdade pensando nisso! E apesar de eu ter feito Publicidade/Marketing, eu amo moda. Como eu queria criar algo na área que eu realmente gosto, resolvi ir por esse caminho. Então, um ano depois de terminar a faculdade e depois de alguns anos trabalhando no mercado, decidi pedir demissão e apostar no meu sonho.

2. Por que Ophelia?
R:
Desde o começo, eu sabia que a Ophelia seria relacionada com algo do público feminino. Não só pelas roupas, mas com um propósito bem maior. Logo, eu queria que o nome da marca fosse de uma mulher. E o primeiro desafio veio: achar um nome diferente e mais lúdico. Ophelia era o título de um livro de receitas que tinha aqui em casa, de uma cozinheira famosa das antigas: Ofélia. Adaptei o “PH” e surgiu, finalmente, a Ophelia.

A Mi usando uma das minhas camisetas favoritas da marca!
Crédito da Imagem: Instagram da Miryam Souza

3. Qual é o maior desafio de ser uma mulher empreendedora no Brasil?
R:
Começa com os fornecedores, que não te levam muito a sério. Pois é, isso ainda é muito comum, mesmo com todos os espaços que já conquistamos. Sem contar que, sim, você tem que escolher a roupa pra usar. Se eu aparecer com uma saia curta, por exemplo, serei motivos de olhares e etc. Por conta de uma construção social patriarcal, percebo que nós mulheres temos muito mais receio de arriscar, se jogar, fazer contatos. Os homens sempre foram tão aceitos em tudo que fazem, que pra eles isso tudo é mais natural. Sendo assim, é mais fácil de conquistar certas coisas (e mais rápido). Aliás, a parte de contato funciona (muitas vezes) assim: se a mulher se aproximar de alguém para fazer um networking, corre o risco de pensarem que ela tem outras intenções.

4. O que é ser uma mulher empoderada para você?
R:
Para mim é ser dona de si, entender tudo que você é capaz de fazer, apesar de todos os desafios que vai encontrar pelo caminho. Não é fácil se sentir assim todos os dias, porque ainda vivemos em uma sociedade não muito favorável. Por isso, acho legal usarmos recursos que nos lembrem de quem somos, para não nos deixarmos abalar. Acredito muito no poder das frases que crio na Ophelia, porque sinto que elas reforçam esse empoderamento que existe dentro de nós!

Mi e a ecobag mais perfeita, disponível na Ophelia
Crédito da Imagem: Insta Ophelia

5. E nesse Dia Internacional da Mulher o que diria para o público feminino que deseja empreender?
R:
Se planeje, estude muito, e – só por último – se joga! Mas se joga acreditando em você e no que faz. Esteja ciente que que vão ter muitos desafios pela frente. Eu super apoio outras empreendedoras e falo muito sobre isso na Ophelia. Acho que juntas somos mais fortes! Por isso, se puder, conte com uma “rede de apoio” para essa caminhada. E acredite: você é capaz de fazer qualquer coisa! ♥

***

É isso, gente! :) Espero que essa entrevista incentive todo mundo de alguma forma. E muito obrigada por ter topado conversar com a gente, Mi. Parabéns pelo trabalho incrível. Mais e mais sucesso para Ophelia!

Ah! Quem ainda não conhece a marca, vale correr no site. E para o Dia Internacional da Mulher têm algumas promoções incríveis e tá rolando sorteio no Insta da Ophelia. E esse post não é publi, ok? A única intenção é apoiar essa empreendedora incrível e que criou o melhor grupo no Telegram. Eu conheci a loja através da Paty, do Sublinhando. Mas só rolou de comprar uma camiseta ano passado e, desde então, não parei mais.

Eu e a minha primeira comprinha da Loja Ophelia.
Como resistir a essa camiseta de Gilmore Girls?

E feliz dia para todas, principalmente para a minha mãe e minhas irmãs que me apoiam e inspiram diariamente! ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: Mulheres que inspiram!
Fan Page ♥  Instagram 


2
05.03.2021
* Tag: Mulheres literárias! ♥

Ei, Gente! :) Para essa sexta-feira, vou responder uma Tag em homenagem ao mês da mulher: Mulheres Literárias. Vi no blog Livros Y Viagens e achei bem legal. Vamos lá? ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

1. Cite suas 5 autoras preferidas.
R:
Muito difícil escolher apenas cinco hahaha. Mas vamos lá… Gringas: Sophie Kinsella e Jane Costello. Brasileiras: Fernanda França, Renata Lustosa e Camila Fremder. (Tem mais, porém….)

Crédito das Imagens: Instagram de cada autora.

2. Uma protagonista cativante.
R:
Vou escolher a Mel, de “Malas, Memórias e Marshmallows“.

Crédito da Imagem: Amazon

3. Uma protagonista engraçada.
R: Becky Bloom
hahaha.

Crédito da Imagem: Amazon

4. Uma protagonista irritante.
R:
Vou escolher uma que eu achei meio irritante recentemente: Dannie Kohan, do livro “Daqui a cinco anos“.

Crédito da Imagem: Amazon

5. Uma protagonista jovem.
R: Starr
, do livro “O ódio que você semeia“. É uma personagem que tem muito a ensinar. :)

Crédito da Imagem: Amazon

6. Uma autora que você quer conhecer.
R:
No momento, a Beth O’Leary, que escreveu “A Troca” e “Teto para dois” ♥

Crédito da Imagem: Skoob

É isso, gente! :) Agora me conta: qual autora você gostaria de conhecer na próxima Bienal? No mais, podem opinar à vontade!

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: Top 4 Literário – Girl Power
Fan Page ♥  Instagram


5
10.03.2020
* PJ News – Março: Girl Power! ♥

Ei, Gente! :) Todos os dias, são delas. Mas março é aquele mês escolhido e tudo bem. Então, no PJ News da vez tem coisa girl power e tal. Espero que gostem. Bom post! ♥

Para começar, um filme que marcou a infância de muitas: Mulan. Confesso, que nunca foi o meu favorito da Disney, eu nem sei se cheguei a vê-lo completinho. Mas, como a China está mais presente no meu dia a dia e é uma personagem bem Girl Power, é um dos live-actions que estou ansiosa para embarcar! Quer saber mais e ver o trailer? Corre aqui. ;-)

E, claro, não poderia faltar livro nesse PJ News, né? A Arqueiro (eterna parceira do blog) lança esse mês o 2º da trilogia Bevelstoke, escrito pela Julia Quinn (rainha dos romances de época): O que acontece em Londres, que pelo que eu entendi conta a história da Olivia, a amiga da Miranda, no 1º livro. Quer mais informações? Clica aqui.

Ah! E esse mês tem show do Backstreet Boys no Brasil. No RJ, é na sexta e, em São Paulo, no sábado. Eu vou? Não (acabaram os ingressos mais em “conta” rápido demais “/), porém, fiquei apaixonada por essas blusas da Ophelia. Como não amar? Sério? Para saber mais, só clicar aqui. ♥

Crédito das Imagens: Adoro Cinema, Insta Arqueiro e Insta Loja Ophelia
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

E agora tem Banca do Bem com o lançamento da coleção Humanas: mulheres que são a história. ♥ São dois produtos, um box de cartões comemorativos e livro-pôster. E assim como todos os produtos dessa loja linda, uma venda vira uma transformação social. Esse pôster, por exemplo, vira 2 horas de aula e mentorias para as mulheres via Instituto RME. Para mais informações, clica aqui.

Por fim, mas não menos importante: achocolatado de Prestígio, um dos meus chocolates favoritos da vida! Obrigada, Nestlé. A linha é limitada e só quero experimentar AGORA! E vocês? :)

Crédito das Imagens: Insta Banca do Bem e Insta Garotas Estúpidas
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

****

É isso, pessoal. Agora me contem: qual foi o lançamento que mais vocês amaram? Podem opinar à vontade! :)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Diário de Viagem – Cho-co-la-te!
Fan Page ♥  Instagram 


0
03.03.2020
* Mulheres que inspiram: 5 produtos e 5 artistas! ♥

Um tipo de arroba que amo seguir no Insta é de ilustradoras. São inspirações no meu dia a dia, por mais que meu trabalho não seja esse! Cada ilustração faz com que eu sinta que as coisas vão melhorar e que a vida pode ser sim repleta de leveza! Têm 6 artistas que eu adoro e que a gente pode levar um pouco do trabalho delas para casa. Daí, como o mês é das mulheres, essa seleção é uma forma de prestigiar cada uma! :)

A primeira é a Juju Bittar. Ok, sou suspeita, porque a Juju é uma das minhas melhores amigas! Mas realmente acho o trabalho dela incrível e, desde que a conheço, vejo o quanto ela evoluiu e cada vez mais arrasa. E você pode ter o trabalho dela sob encomenda. É cada arte mais linda do que a outra, inclusive histórias podem ser resumidas através do seu olhar de artista, seja a do seu blog (como ela fez para o PJ quando completou 7 anos), do seu canal ou com o amor da sua vida! Para saber e entrar em contato com ela, é só clicar aqui. Já a segunda é da Bia Pof, que traz a bonequinha mais fofa e com simples mensagens que dão um up no dia a dia. E a sua loja é PERFEITA, SEM DEFEITOS. Já comprei lá e o cuidado é tão incrível, que faz a gente querer comprar sempre (inclusive estou de olho nesse ecobag)! Para saber mais, é só clicar aqui. ♥

Crédito das Imagens: Acervo Juju Bittar e Site Bia Pof

Conheci a Lila Cruz por acaso. Acho que meu insta já sabe que amo ilustrações e volta e meia sugere gente para eu seguir! E para a minha surpresa, além dela ter tirinhas perfeitas e impossíveis da gente não se identificar, tem um almanaque de autocuidado, que eu to louca para comprar. Tem cara de aquecer o nosso coração! Para saber mais, é só clicar aqui. Também tem a Gabs, que têm os melhores gifs no Insta. Amo, amo! E recentemente ela lançou uma linha de t-shirts maravilhosa, com coisas que remetem a nossa adolescência, como tamagotchi. Para conhecer, só correr aqui! Por fim, mas não menos importante, tem a Dessa, que é a doida do Harry Potter e a gente se apaixona por todas as ilustrações da vida (e os gifs também). Eu ainda vou comprar os seus adesivos de vinil e colar vários no laptop hahaha. Para mais informações, é só clicar aqui. ♥

Crédito das Imagens: Sites de cada artista :)
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Claro que têm outras artistas tão incríveis quanto. Uma que eu amo e que é mega acessível e tem uma linha linda com a Papel Craft é a Mari (Vida Ilustrada). Suas mensagens também deixam a vida menos complicada e a sua avó é a coisa mais fofa do mundo! Também adoro a Elaine (@naniape) e tenho vontade de compartilhar tudo. Aliás, sei que ela faz ilustrações personalizadas também! ;-)

Enfim, esse é um post para homenagear e apoiar essas mulheres incríveis que me inspiram, como falei no começo do post. E agora me contem: tem alguma outra ilustradora que vocês amam? ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Entrevista – Ilustradora Beatriz França
Fan Page ♥  Instagram 


1
08.03.2019
* Dia Internacional da Mulher: Top 4 literário – Girl Power! ♥

Ei, Gente! :) Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, resolvi fazer um “top 4 – Girl Power” com livros de autoras brasileiras e estrangeiras. Algumas leituras são mais pesadas, outras leves, na medida certa. Mas não importa! Todas me ensinaram muito e me inspiram até hoje com as sábias palavras que encontrei em cada capítulo. Enfim, vamos lá? 

Dia Internacional Da Mulher - PJ - Top 4 - 2019Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

1. Coragem (Rose McGowan – Editora Harper Collins)
Sinopse: Rose McGowan se tornou uma das atrizes mais desejadas de Hollywood da noite para o dia. Mas o que seria um sonho, virou logo um inferno pessoal e, com o tempo, ela se reemergiu como um ícone feminista ao expor verdades sobre a indústria hollywoodiana. Mas sua história começou muito antes: aos 13 fugiu de casa e viveu de forma instável, morando e saindo das ruas. Até que foi descoberta por Hollywood, viu seu estrelato se tornar um verdadeiro pesadelo de exposição e sexualização constantes. Um mercado machista a tornou, sem consentimento, em apenas um produto, excluindo sua identidade e imagem, tudo em nome do lucro. Mas o que essa seita não esperava, aconteceu: ela não ficou calada e voltou expondo as verdades, incluindo os crimes cometidos por Harvey Weinstein, um produtor cinematográfico, que tem coleções de denúncias de assédios sexuais. Um livro de memórias, em forma de manifesto honesto e sem censura alguma!
Observação da Pequena: É pesado esse livro, mas é o tipo de leitura necessária e que todos deveriam embarcar. Coragem é pouco para o que a Rose significa! Aliás, tem resenha aqui.

2. Um dia ainda vamos rir de tudo isso (Ruth Manus – Editora Sextante) 
Sinopse: Um dia ainda vamos rir de tudo isso é uma coletânea de crônicas escritas pela advogada e professora de Direito do Trabalho e Direito Internacional: Ruth Manus. Textos que já foram publicados no blog do Estadão, em sua coluna no Estado de S. Paulo e no jornal Observador, de Lisboa. E alguns são inéditos! Fala de tudo um pouco, desde assuntos banais, temas sobre machismo, padrões estéticos, família, Portugal, amor, amizade e muito mais. Textos que nos dão a certeza de que sim: um dia ainda vamos rir de tudo isso e levar aprendizados para a vida toda!
Observação da Pequena: Quem ama crônica, tem de ler. E quem não ama, também. É impossível não se envolver com  cada texto. Ruth é bem gente como a gente e mega girl power! Tem resenha aqui.

3. Adulta sim, madura nem sempre (Camila Fremder – Editora Paralela) 
Sinopse: Um livro que reflete sobre a chegada da fase adulta. Que muitas vezes, nem está lá, mas, de acordo com a sociedade, já deveria estar lá há séculos. A autora brasileira conta para a gente sobre a sua experiência com a transição do fim da adolescência para a maturidade. Que a propósito, chega do nada e pode ser assustadora! Fala sobre a maternidade, relacionamentos e a autoestima. De um jeito bem-humorado, ela conta passo a passo e histórias como entregar um freela para ontem, pagar a conta de gás atrasada e colocar o bebê para dormir. Tudo junto e misturado! E, de forma alguma, ela finge que está tudo sob controle e que essa transformação não é tão simples. E tudo bem! O melhor é aceitar e adotar o melhor remédio: rir muito!
Observação da Pequena: É tipo uma terapia literária se você não está entendendo nada sobre a vida adulta! Ca Fremder arrasa muito! É uma verdadeira girl power, gente como a gente e que virei mega fã! Tem resenha aqui.

4. Me Poupe (Nathalia Arcuri – Editora Sextante) 
Sinopse: Sabem aquelas dúvidas financeiras, que surgem na nossa cabeça, e muitas vezes, recebemos respostas que nos enrolam ainda mais? O livro “Me Poupe”, tem por objetivo esclarecê-las, de forma simples e direta, sem enrolação. Através da sua experiência, a criadora do maior canal de finanças no Youtube, Nathalia Arcuri, tem por objetivo nos auxiliar na hora de economizar no dia a dia, explicar como poupar, mesmo ganhando pouco. Além de contar também quais são os melhores e piores investimentos, entre outras questões. É tipo uma luz no fim do túnel, ainda mais para quem não tem ideia do que significa previdência privada, tesouro direto e por aí vai. Um livro divertido e que mostra que esse tema não precisa ser tabu, nem sinônimo de taquicardia. ;-)
Observação da Pequena: Aquele livro que vai direto ao ponto, sem enrolação. Achei bem pé no chão e as dicas que ela dá me acompanham até hoje! Depois do livro, minha mente financeira mudou muito! Tem resenha aqui.

**

É isso! :) Já leu algum? Me conta o que achou. Ainda não? Qual tem vontade de acrescentar na lista de metas literárias? Ah! Aproveito para desejar um Feliz Dia (todos os dias) para todas as mulheres, que inspiram diariamente, nos mínimos detalhes (mamys e irmãs, principalmente)! Lembrando que a gente pode ser e fazer o que a gente quiser (sem desrespeitar e pisar em ninguém, claro). O padrão aqui é não seguir padrão e, sim, a sua essência. Sua felicidade que importa, ok? 

53311859_2449878821691326_1117734220530188288_nCrédito da Imagem: Bia Pof!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Top 3 Literário – Girl Power

Fan Page ♥  Instagram


1
12

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2021