10.01.2022
* PJ Leu: A vida não é uma linha reta! ♥

Ei, Gente! :) Como foi o ano novo por aí? Por aqui, foi bem legal, mas começamos 2022 com um resultado não tão legal: covid-19. Porém, os sintomas foram leves e já estamos bem! Aliás, esse é o motivo do meu sumiço na primeira semana.

E para dar início aos posts desse novo ano, tem um PJ Leu para vocês. Dessa vez, eu embarquei no livro “A vida não é uma linha reta“, da Fabi Santina. Vamos lá? Boa leitura. ♥

Livro: A vida não é uma linha reta| Autora: Fabi Santina| Editora: Planeta
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros

Sinopse: Neste livro de crônicas, a Fabi apresenta pensamentos, reflexões e sentimentos que vão se costurando, como uma colcha de retalhos. São textos inspiradores, que mostram ao leitor que é sempre possível trilhar novos caminhos se pararmos para notar que tá tudo bem a vida não ser uma linha reta. ;-)

Opinião da Pequena: Confesso, que eu tinha um pé atrás com essa leitura. Não sabia muito o que esperar, mas posso dizer que esse livro caiu como uma luva neste início de ano um pouco conturbado por aqui. :’)

No comecinho, tive aquele pré-conceito de que talvez os textos não fossem dela. Mas até que me deparei com o “Porta-joias” e vi que estava enganada. Além de ser o meu “capítulo” preferido, as palavras escritas são a cara da Fabi e mesmo não a conhecendo, só como seguidora da família Santina, não imagino outra pessoa escrevendo por ela.

Alguns são meio clichês, mas de alguma forma todos fazem sentido. Nos ensinam, nem que seja apenas naquele momento da leitura. Cada página fluiu e mostra que a vida não ser uma linha reta pode ser frustrante, em contrapartida, sempre tem a parte boa.

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Seja no online ou no offline. Alguns inspiram mais, outros a ilustração e a frase em destaque roubam a cena! Tem muito trecho para a gente anotar no caderninho e tentar praticar aos poucos. Faz a gente dá valor a pequenas coisas (nonô que para tudo só para preparar bolsa d’água quente para cólica, por exemplo), de identificar momentos que valem a pena e do que a gente realmente quer correr atrás.

Deu um quentinho no coração ler esse livro agora. Me fez companhia e me surpreendeu positivamente. Comecei o ano com o pé direito no quesito literário! ♥

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! No mais, podem opinar à vontade. Ah! Que 2022 seja repleto de leituras assim: leves e que nos ajudam de algum jeito.

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – As coisas mais legais do mundo!
Fan Page ♥  Instagram


1
15.05.2019
* Top 5: Martha Medeiros! ♥

Ei, Gente! :) E o top 5 literário da semana é de uma pessoa que é quase impossível não amar o que ela escreve: Martha Medeiros. Eu adoro as crônicas dela, mas percebi que de todos os livros, só li um e leio mais nas revistas e tal. Espero mudar isso o quanto antes! Enquanto isso, segue o que já embarquei e quatro que quero ler logo. Aliás, recentemente, a escritora lançou seu mais novo livro (O meu melhor), que estou louca para embarcar, mesmo que eu veja crônicas repetidas.Enfim, vamos lá? Bom post! 

PJ - Top 5 - Martha MedeirosCrédito das Imagens: Saraiva 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. O meu melhor (Planeta Livros) 
Sinopse: Martha Medeiros completa 25 anos escrevendo crônicas semanalmente publicadas por jornais em todo o país.Para celebrar este aniversário, ela selecionou as 100 crônicas de maior sucesso em toda a sua carreira.
Observação da Pequena: Teve lançamento desse livro no Rio e eu não consegui, mas quem sabe a autora não volte na Bienal, né? Acho que é uma ótima oportunidade para quem não conhece ou de ler novamente textos, que sempre valem o repeteco!

2. Feliz por nada (L&PM) 
Sinopse: Nesta coletânea de mais de oitenta crônicas, Martha Medeiros aborda temas muito diversos e ao mesmo tempo muito próximos do leitor. A autora tem o dom para aproximar assuntos por vezes fugidios – como é próprio do cotidiano – de questões universais, como o amor, a família e a amizade, e criar lugares de reconhecimento para o leitor, como ao falar de Deus, dos romances antigos e novos, da mulher, de escritores e cineastas que são imortais, de se perder e se reencontrar, do que a vida oferece e muitas vezes se deixa passar.
Observação da Pequena: Esse, por enquanto, foi o único que li da autora. Não lembro se na época, embarquei em todas as crônica, mas nesse que eu descobri, se eu não me engano, que o melhor lugar do mundo é dentro de um abraço!

3. A graça da coisa (L&PM)
Sinopse: 
Para Martha Medeiros, a grande questão é se desapegar daquilo que é desnecessário, que nos faz mal, que nos atrasa, e enxergar a graça da coisa – sendo a “coisa”, no caso, a própria vida. É deixar ideias pré-concebidas de lado, saber rir de si mesmo, se reinventar; estar aberto para encontrar o amor onde menos se espera, é transformar a ansiedade em sabedoria, é saber ouvir, é um conjunto de pequenas atitudes que, se colocadas em prática, vão nos ajudar a levar uma vida mais desestressada e, de quebra, nos surpreender.
Observação da Pequena: Achei bem triste essa capa, mas pela sinopse é impossível não querer colocar na lista de próximos livros, né?

4. Felicidade crônica (L&PM)
Sinopse: 
Pelo que eu entendi, os 20 anos da cronista, foi o pretexto para lançar alguns volumes com crônicas sobre paixão, liberdade e felicidade. Neste volume, o leitor encontrará os melhores textos dela sobre os temas sem os quais uma existência feliz não se dá: curtir a vida, amor-próprio, família e outros afetos…
Observação da Pequena: Acho que de todos os volumes, esse foi o que mais me encheu os olhos. Alguém já leu?

5. Simples assim (L&PM)
Sinopse: 
A autora não tem solução para os nossos problemas, mas, com seu olhar afiado, aponta pequenezas da vida que tanto trabalho nos dão e nos faz lembrar uma máxima muitas vezes esquecida: a vida está aí para ser vivida. Simples assim! São 100 crônicas que transbordam a perspicácia, o olhar atento e a sensibilidade aguçada da escritora.
Observação da Pequena: É uma das capas mais legais e eu preciso ler esse urgentemente! Levar a vida com esse lema “simples assim”, dá a impressão de ter uma dia a dia mais leve e eu estou precisando muito. Todo mundo, né?

***

É isso, pessoal. :) E o esquema é o mesmo, assim que eu ler esses livros, posto aqui no PJ, ok? No mais, podem opinar à vontade!

Beijos, Carol. 

Post Antigo: Livros e Paris

Fan Page ♥ Instagram  


0

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2022