02.03.2022

Ei, Gente! :)

Tirando a Turma da Mônica, eu nunca fui muito leitora de histórias em quadrinhos. Mas hoje em dia, alguns títulos chamam a minha atenção.

Aliás, eu nem sabia que tinha diferença entre HQ e Tirinhas. Mas pelo que eu pesquisei, a primeira contém tirinhas com mais personagens e situações. Já a segunda tem uma introdução, um desenvolvimento e um desfecho. Ela é mais sucinta, digamos assim (mas podem me corrigir, se eu estiver enganada ^^).

Voltando ao assunto central… Esse ano comecei lendo um livro que tem essa pegada: Como ser adulta e outras (im)possibilidades, da Lila Cruz (tem resenha aqui). E fiquei apaixonada! Depois lembrei que tenho um em casa, que eu já estava quase doando: Ninguém vira adulto de verdade, de Sarah Anderson.

E vocês acreditam que na minha atual wishlist literária tem uma HQ? Estou ansiosa para embarcar em “Pássaro Branco“, da R. J. Palacio, a mesma que escreveu “Extraordinário”. Essa, pelo que eu vi, não tem uma pegada cômica igual as outras duas, mas acho que vou amar do mesmo jeito! ♥

Crédito das Imagens: Amazon / Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Vocês também gostam ou estão com vontade de embarcar? Dependendo da premissa (e do gosto de cada um, claro), acho que pode ajudar quem está criando (ou querendo criar) o hábito da leitura. Independente, separei a sinopse de cada um! E quando eu ler os outros dois, preparo resenha. ;-)

1. Como ser adulta e outras (im)possibilidades
Sinopse:
Amadurecer é como cuidar de plantinhas. É um processo complexo, precisamos de equilíbrio e cuidado. Mas, quando encontramos a nossa medida certa, o florescer passa a ser algo realmente incrível. Um livro que fala sobre como ser adulta, através de uma escrita e ilustrações repletas de desmistificações dessa vida “madura”

2. Ninguém vira adulto de verdade
Sinopse:
Um livro sobre as estranhezas e peculiaridades de ser um jovem adulto na vida moderna. A autora traz temas como autoestima, timidez, relacionamentos e a frequência com que lavamos o sutiã. Impossível não se identificar com esses quadrinhos com uma pegada hilária.

3. Pássaro branco
Sinopse:
Durante uma tarefa de casa, Julian conhece o passado comovente de Grandmère, sua avó. Ainda criança, ela precisou se esconder dos nazistas na França, durante a Segunda Guerra Mundial. Pelos olhos da pequena Sara, vemos a escalada do Nazis­mo e também a força de uma relação de acolhimento e afeto. Ela encontra o seu porto seguro na família de Julien Beaumier, um menino acometido pela poliomielite e excluído por todos na escola.

**

Gostaram? Aliás, já embarcaram em algum ou querem indicar outro (de preferência uma história leve e que aqueça o coração hahaha)? Só colocar nos comentários. No mais, podem opinar à vontade!

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: PJ Leu – Uma história entre nós
Fan Page ♥ Instagram 

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 Comentários