14.06.2021

Ei, Gente! :) Acho que nunca falei sobre clube de assinatura aqui no blog. Mas hoje eu resolvi falar um pouco. Afinal, vale a pena ou não?

Para começar, vou contar a minha experiência de acordo com a que eu tive no Clube de Romance da Carina Rissi, da Editora Record. Que, até então, foi o único que eu já assinei.

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Em 2019, na Bienal do Livro, no Stand da Record tinha um cantinho lindo desse clube da Carina Rissi, uma escritora brasileira de livros estilo chick lit e afins. O que me chamou a atenção: o gênero romance ser a temática central e os brindes hahaha! Sim, eu sou dessas que ama mimos. E o melhor é que no momento que fiz o cadastro, ganhei um copo personalizado de uns dos livros da Sophie Kinsella. ♥

Se eu não me engano, recebi duas ou três caixas. E a gente recebia de 2 em 2 meses. A maioria dos livros eu coloquei na minha listinha de próximas leituras. Porém, o único que continua na minha estante pronto para ser devorado é a edição especial de “Orgulho & Preconceito”. Os outros, acabei doando!

Crédito da Imagem: Amazon

Enfim, acabou que no final não compensou. Apesar de ter amado quase todos os brindes, os títulos e as capas. Então, achei melhor cancelar. Dito isso, eu acredito que valha a pena assinar. Porém, eu ficaria de olho em alguns detalhes:

  • Os gêneros que o clube, normalmente, enviam são os que você curte ler? Por exemplo, eu acho perfeita a caixa da TAG Livros (os mimos literários). Em contrapartida, eu sei que muitos são mais clássicos, que não são leituras que costumo embarcar.
  • Faça as contas na ponta do lápis. Às vezes, compensa comprar na livraria mesmo. Em compensação, não temos presentinhos fofos (dependendo do clube) e para quem ama surpresa, talvez super valha a pena.
  • Falando nisso, se você ama sair da sua zona de conforto literária, eu mega acho válido embarcar nessa. Mas para o livro não ficar perdido pela estante, faça uma meta a cada bimestre, ler a tal da história que recebeu no seu lar doce lar (adoro receber essas coisinhas do correio, a sensação é tão maravilhosa).

Crédito aqui.
  • Outro ponto positivo: ler em primeira mão algumas histórias. Isso acontece muito no Clube da Carina Rissi. Ou, ao menos, acontecia. E eu fico babando nas capas especiais dos Intrínsecos, que a propósito estou pensando seriamente em assinar.

***

E por que ainda não deu certo por aqui? Eu até gosto de sair um pouco da zona de conforto literária, mas se vem um livro de terror… Já desanimo. Sou bem medrosa, como sabem hahaha. E, às vezes, o valor que eu paguei poderia ter sido gasto com algum que eu realmente quisesse ler cada capítulo.

Enfim, a minha sugestão é analisar todos esses pontos e colocar na balança. Tenho vontade de assinar novamente o da Carina Rissi. Mas tenho medo de acabar não lendo nada (de novo). O da TAG Livros tenho por curiosidade, nem que seja uma caixa. E o da Intrínseca, é uma meta literária. Nem que seja apenas um mês!

Crédito da Imagem: Aqui.

Vale lembrar que cada experiência é única. Talvez, o que funciona para mim, não funciona para você e vice-versa. Se é uma possibilidade, vá em frente! Aliás, sei que existem outros clubes de assinaturas. Quem quiser sugerir, fique à vontade. No mais, a caixinha do comentário é de vocês!

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: O que a Bienal do Livro significa?
Fan Page ♥ Instagram  

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

6 Comentários