07.07.2020

Ei, Gente! :) Uma curiosidade sobre a minha pessoa é que eu sou do signo livros com ascendente em chocolates. Aliás, hoje é o dia dele! Dessa maravilha gastronômica! Pensando nisso, separei algumas curiosidades para adoçar essa data tão especial com alguns bônus. Vamos lá? Bom post. ♥

1. Os suíços são os que mais consomem chocolate. Aliás, morar na Suíça só aumentou a minha paixão por esse doce! De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas, o consumo aqui no Brasil é de, aproximadamente, 2,6 kg por ano. Aliás, acho que eu como quase isso em uma única TPM hahaha. Brincadeirinha! ;-)

2. No século 16, o protagonista do post era uma bebida para lá de luxuosa e exclusiva para a classe alta. Falando nisso, me lembrei do chocolate quente do Starbucks e que o meu inverno não é o mesmo sem ele! #draminhasdapequena hahaha

3. Você sabia que a palavra “chocolate” significa “alimento dos deuses”? E a gente não pode negar, né? Outra curiosidade é que os soldados na 2ª Guerra Mundial costumavam comer chocolate, que a propósito era um símbolo de paz. Dois significados bem relevantes!

4. Há estudos que dizem que o chocolate pode entrar em extinção por conta das condições não tão boas do solo africano. Aliás, prefiro nem pensar nessa curiosidade. E vocês? Por falar nisso, dizem que 75% da população brasileira consome chocolate e 35% não o troca por nada nesse mundo (faço parte dessa estatística hahaha).

5. Comer chocolate também tem a ver com produzir serotonina, o hormônio culpado pela nossa felicidade. Claro que o excesso não é saudável, mas deu para entender ;-). E sabe o que é mais legal? Não sei se é impressão minha, mas hoje eu percebo que há inúmeras possibilidades para quem não pode consumir o chocolate tradicional (digamos assim), sabem? Pelo menos pessoas que eu conheço, encontram opções que são permitidas. Mas é importante consultar seu médico, ok?

***

BÔNUS: Para finalizar o post, separei duas sugestões literárias que tem a ver com a temática de hoje:

1. A dieta das chocólatras (Carole Matthews – Editora Bertrand Brasil)
Sinopse: 
Lucy Lombard achava que sua felicidade estava garantida ao lado de Aiden, seu namorado e chefe lindo, desejado por todas as mulheres. Até o dia em que pegou o amado na cama com outra. Pelo menos, um consolo: ela não é a única desesperada. Autumn ainda não tomou coragem para apresentar o novo namorado para os pais. Nadia não acredita mais nas desculpas dadas pelo marido para esconder o vício da jogatina. Chantal continua tentando salvar o casamento, embora de um jeito um tanto quanto inusitado. Portanto, está decretado: essa é uma EMERGÊNCIA CHOCOLATE!
Observação da Pequena: Nunca comi tanto chocolate lendo um livro. Sério! A leitura fica deliciosa e rende bons momentos ao lado das quatro amigas, repletas de histórias que a gente se identifica, nem que seja em alguns pontos.

2. A adorável loja de chocolates de Paris (Jenny Colgan – Arqueiro)
Sinopse: 
Anna Trent é supervisora numa fábrica de chocolate. Mas isso não quer dizer que ela saiba fazer chocolate. Por isso, quando um acidente muda sua vida e Anna tem a chance de ir trabalhar numa tradicional loja em Paris, ela tem certeza de que vão descobrir que é uma fraude. Mas com um pouco de sorte, muita paciência e a ajuda dos novos amigos, o exuberante Sami e o galanteador Frédéric, Anna vai descobrir mais sobre o verdadeiro chocolate – e sobre si mesma – do que jamais sonhou.
Observação da Pequena: Me dei de niver e quero tentar ler ainda esse mês. E tenho certeza de que não pode faltar uma caixa de chocolates também para acompanhar essa leitura!

Para comprá-los, só clicar nas imagens a seguir. Isso ajuda muito o PJ! ♥

Enfim, é isso. :) Espero que esse post tenha adoçado o dia de vocês! Espero também que o chocolate em barra da Turma da Mônica volte um dia hahaha! E as fontes para esse post são daqui, daqui e daqui. No mais, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol.

Post Antigo: Chocolates que você tem que experimentar na Suíça
Fan Page ♥ Instagram 

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 Comentários