02.10.2018
* Boutique Judith e as camisetas mais incríveis que você vai encontrar hoje! ♥

Ei, Gente! :) Quem me conhece um pouquinho sabe que sou apaixonada por camisetas divertidas, fofinhas e afins. Daí, a loja Boutique Judith entrou em contato comigo para fazer uma parceria superbacana e é óbvio que eu topei, né? 

Mas antes de mostrar as minhas cinco favoritas da marca, vamos conhecer um pouco mais sobre ela? É uma loja que possui um mix de estilos, que faz questão de unir conforto e autenticidade nas suas peças (sem falar que o preço é bem acessível, pelo que pesquisei). E a gama de opções é giga, além de t-shirts lindas, a Boutique Judith também têm opções de regatas, vestidos, biquínis, bodys, entre outras. Tudo com estampa atual e que com certeza vai dar um toque a mais no look de cada dia.

Recebi a minha tem duas semanas e, por mais que seja um post de parceria, acreditem: não quero mais tirar do corpo. Coube direitinho e já imagino a minha camiseta com várias outras peças do meu guarda-roupa, como macaquinho, saia e tal. Ah! E já lavei e não desgastou. Tudo indica que a qualidade do material é boa. ;-) E posso confessar? Não foi uma tarefa fácil escolher uma peça só. Meu cel está cheio de print do site. Então, selecionei cinco favoritas, que em breve estarão no meu armário. Fica a dica, namorado, mãe, irmã e amigos hahaha.

Top 5 - PJ - Boutique JudithFavoritas! 
Crédito das Imagens: Boutique Judith 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Como não amar cada uma? Não sei se concordo muito com essa do signo (cof cof #sougeminiana) e essa dos cachorrinhos: MEU DEUS! E, gente, uma informação importante: cada opção, você pode escolher entre as cores: rosa, cinza, branca ou preta. É só olhar a disponibilidade do site, ok? E para as baixinhas de plantão, o tamanho P ficou bom em mim! Um pouco larguinho, mas deixou a roupa mais confortável e isso eu não abro mão. E agora vamos a minha escolhida? Como estou numa vibe rosa, principalmente, por conta do Outubro Rosa, essa foi a minha escolha: Girl Boss (até porque sou fã do livro e da série)!

T-shirt - Boutique Judith - PJAtual uniforme hahaha!
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Muito amor, né? E adorei a combinação rosa com vermelho Como contei, já usei e pelo que me conheço, ela meio que vai virar uniforme, sabem? Ah! Gostaram e já querem guardar espaço no armário também? Tem mimo para vocês: o pessoal da Boutique Judith (amei esse nome, gente) separou um cupom de desconto de 10% (sem prazo de validade) para as leitoras do PJ: #pequenajornalista10%. Me contem depois o que levaram ou o que entrou na listinha de desejos! ;-)

É isso. Podem opinar à vontade. Para conferir o site, clique aqui. Para seguir no Insta (que é bem fofo), clique aqui. E pessoal da marca: obrigada pela parceria! 

Beijos, Carol.

Para ler: PJ Leu – Girlboss

Fan Page ♥ Instagram 


0
29.01.2018
* PJ Leu: #Girlboss! ♥

Ei, pessoal. :) E a dica literária da semana é Girl Boss, da Sophia Amoruso, publicada pela editora Seoman. É o livro que inspirou a série da Netflix que tem o mesmo nome e conta a inspiradora história da Sophie Amoruso, criadora do site Nasty Gal. E posso adiantar? Inspira mesmo! Boa resenha para vocês.

PJ Leu - Girl BossLivro: #Girlboss | Editora: Seoman | Autora: Sophia Amoruso
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Sinopse: Sophia Amoruso é o grande fenômeno que está por trás do site Nasty Gal, uma loja virtual que começou no Ebay e alcançou um sucesso que muita gente não colocaria a mão no fogo! Hoje em dia, pelo que eu li, ela nem está mais no comando da marca, mas sem dúvida fez história, que está detalhada na dica literária da vez. Falando nisso, o livro conta sobre os bastidores do site, a trajetória da Girl Boss em questão. Além disso, está repleto de avisos, lições e valores que devem fazer parte da vida de cada pessoa, independente da profissão. Esteja ligada ou não com a moda. Palavras como sucesso, fracasso, comportamento, intuição, originalidade, regras e todas essas coisas que fazem parte da vida de uma verdadeira Girl Boss, trazem um sentido a mais no livro.

Minha opinião: Esse livro fez parte da minha listinha de próximas leituras por muito tempo, mas só agora consegui parar para ler. E acho que veio no momento certo! Para quem está precisando de um up na vida profissional ou, até mesmo, pessoal, e está com a mente aberta: vale muito a leitura. Pelo menos, funcionou assim comigo. É impossível não tirar, ao menos, uma lição desse livro. Sophia Amoruso conta a verdade nua e crua. Bom, pelo menos eu tive essa impressão. E ela é muito mais madura e pé no chão do que na série que passou na Netflix. Eu sei que ela era mais nova e tal, mas enfim é bom ter um “contato” com ela mais experiente. Aliás, ela não é “boazinha” nem com ela. Conhece seu valor, mas sabe onde pecou. Sem dúvida, amadurecimento faz parte dessa trajetória nada fácil. Para alguns, o sucesso é “culpa” da sorte. Mas com a leitura, descobri que até mesmo uma verdadeira Girl Boss, tem que trabalhar duro e ser humilde. Colocar a mão na massa mesmo, sem medo de ser feliz. Ah! E preguiça não faz parte desse mundo. Que a propósito, não é nada fácil. Mas como ela diz: difícil não quer dizer impossível. Tenha sempre isso em mente!

Adorei saber um pouco mais sobre a marca, os diferenciais e saber que quanto mais original você for, melhor. E cada experiência conta, por mais que a gente ache que vender um sanduíche não tenha nada a ver com um blog de primeira, digamos assim. Tudo é válido na vida de uma Girl Boss. Até mesmo as experiências nem tão positivas. Não precisa seguir à risca os passos da Sophia, mas se inspirar nos acertos e nos erros, pode ajudar muito. E não, eu não concordei com tudo que ela fala, mas gostei de conhecer outras visões, sabem?

Por fim, uma das coisas que mais me chamou a atenção nesse livro foi o perfil de outras pessoas, no final de cada capítulo. O meu preferido é o da Alexi Wasser! Se eu pudesse dar uma dica: leiam com toda a atenção do mundo essa parte. ;-) No mais, tirando alguns errinhos de digitação, é um livro que entrou na minha lista de “todo mundo precisa embarcar”. Inclusive, os homens! Enfim, obrigada Sophia Amoruso por tantas lições valiosas, que espero praticar levando em conta o meu jeito, mas tendo uma inspiração a mais. Que é sempre bom, né? Recomendo e MUITO. 

Já leu? Deixe sua opinião aqui! Ainda não? Corre, mas com a mente aberta!

Beijos, Carol.

Para ler: A casa do lago 

Fan Page ♥ Instagram 


2

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018