18.03.2024

Ei, Gente! :)

E o PJ Leu da semana é “A biblioteca dos sonhos secretos“, da autora Michiko Aoyama. Publicado pela Sextante (eterna parceira do blog), é um livro que fala sobre o poder de conectar pessoas e como esse mundo literário é mágico.

Então, vamos lá? Boa leitura. ♥

Livro: A biblioteca dos sonhos secretos | Autora:  Michiko Aoyama | Editora: Sextante
Número de Páginas: 230 (livro físico) | Nota: 5 livros
Crédito da imagem: Pequena Jornalista

Sinopse: Sayuri Komachi trabalha na biblioteca do Centro Comunitário de Tóquio e sempre que alguém está em busca de algum livro, ela faz a clássica pergunta “O que você procura?”. Fugindo do comum, a personagem acaba colocando um título inusitado nas suas indicações aos cinco visitantes.

Aliás, os leitores conhecem cinco histórias que se entrelaçam de uma maneira sutil. Com personagens em diferentes circunstâncias, nos deparamos com situações de medo, frustração, falta de oportunidades e a imensa vontade de começar de novo.

A Sra. Komachi, claro, aparece em todas e sabe exatamente qual livro indicar para cada situação. Agindo assim, ela acaba mudando a perspectiva das pessoas e ajuda a voltar a alimentar os sonhos delas.

Opinião da Pequena: Com uma pegada parecida com a do livro “Bem-vindos à Livraria Hyunam-dong“, essas cinco histórias funcionam bem como uma boa ficção de cura, que a propósito é um gênero que se passa em ambientes acolhedores e dão aquela pitada de aquecer o coração.

A capa por si só já conquista o leitor, mas o conteúdo não deixa nada a desejar. Aliás, esse título já estava na minha listinha desde o ano passado e valeu muito a espera. Claro, que alguns “contos” mexem mais do que outros, porém, todos têm o seu valor.

Crédito da Imagem: Amazon

Gostei muito da história da ex-editora de revistas. Natsumi nos mostra que assim como na vida pessoal, na profissional nada acontece por acaso também. É triste a realidade de mulheres que viram mães no mercado de trabalho, mas esse capítulo mostrou tudo acontece por um bom motivo, mesmo que demore um pouco.

E se temos pessoas que ainda não encontraram o seu caminho, outras que estão na dúvida, há quem tenha encerrado a sua carreira. Falando nisso, a história de Masao, o aposentado, também me conquistou e até lembrou um pouco do personagem do filme “Um senhor estagiário“. Destaque também para a sua filha que fala coisas lindas sobre o mundo dos livros, inclusive quem faz parte dele, mas sem ser só o escritor. Aqueceu o coração, de verdade!

Talvez, eu esperasse mais detalhes sobre outros personagens, tipo a vendedora de roupas. Mas gostei da sutileza de como todos se conectam de alguma forma. E, claro, adoraria ganhar um brinde da Sra. Komachi. Achei fofo! Falando nisso, suas listas de indicações são valiosas e relembram que cada livro tem o seu valor. Pode até parecer improvável que um título aleatório irá ajudar, mas ele vai.

Crédito da imagem: Pequena Jornalista

Enfim, recomendo essa leitura, que foi leve e uma ótima companhia. Anotei muitos trechos e tirei lições valiosas sobre sonhos, trabalho e, claro: livros.

Quem já leu, conta o que achou. Quem ainda não, fica a dica para garantir “A biblioteca dos sonhos secretos“. No mais, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – A biblioteca da meia-noite
Skoob ♥ Instagram

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentários