06.05.2022

Ei, Gente! :)

A minha mãe não é a leitora mais assídua. Mas sempre me incentivou a ler! Ela que me deu o primeiro box da Sophie Kinsella e jamais nega um livro para mim!

Ela é mais de filme, mas já embarcou nas histórias da Agatha Christie e “O Pequeno Príncipe” é um de seus livros favoritos! Para homenageá-la e as outras mamães também, vou indicar cinco obras que acho que ela iria curtir.

Vamos lá? Boa leitura! ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Por ela gostar tanto de histórias de época, acredito que “O Duque e Eu“, da Julia Quinn, seria uma boa pedida. Porém, o fato de ser uma série gigantesca, talvez não role na vida real. Mas acredito que se não fosse esse detalhe, ela adoraria embarcar na escrita da diva de romances de época. ;-)

Suspense, thriller é com ela! Aliás, descobri esses dias que a minha mãe já assistiu todas as adaptações do autor Harlan Coben que tem na Netflix. “Confie em mim” seria uma ótima sugestão para a rainha dessas histórias que a gente nem pisca hahaha!

Mas ao mesmo tempo: mamy é uma das pessoas mais românticas que eu conheço. Puxei isso dela! E um dos nossos filmes favoritos é “Cartas para Julieta“. Então, acredito que ela devoraria a história literária. Quem sabe a gente não lê juntas? ♥

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da montagem: Pequena Jornalista

Ainda no quesito romance, acho que ela iria amar esse livro de crônicas, da Fabíola Simões: A soma de todos os afetos. Acredito que seja uma leitura rápida e que ensine muito. Aproveito para ler também hahaha!

E vocês pensaram que mamys não aceita as minhas sugestões? Ledo engano! Um dos melhores livros que a gente leu é “O melhor lugar do mundo é aqui“, que tem uma pegada mais espírita, mas independente da sua religião, a gente indica para todos. Aliás, meço a perfeição dele porque ela leu em menos de 24 horas. Se tem selo de garantia dela, acredite: vale a leitura. ;-)

***

É isso, pessoal. ♥ Como não tem post no fim de semana, já vou adiantar o meu Feliz Dia das Mães para todas. Seja de sangue ou de coração, amor de mãe não tem igual.

Obrigada por tudo, meu agu (a gente chama ela assim aqui em casa hahaha). Mesmo com os conflitos, saiba que sou muito grata por ter você comigo sempre no meu perto e por ser mãe e pai ao mesmo tempo. Te amo e tenho muito orgulho dessa mamys doidinha e linda! ♥

Agora me contem: qual livro vocês indicariam para a mãe de vocês? No mais, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – Posso contar contigo, mãe?
Fan Page ♥ Instagram

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 Comentários