12.10.2021

Ei, Gente! :) Uma das lembranças mais fortes de uma Bienal do Livro foi quando eu vi uma criança falar para o pai: “Era essa editora que eu estava procurando“. Eu sempre busquei incentivar meus priminhos, a lerem. Mas depois desse dia.. Vi a magia de encontrar um pequeno leitor.

Por isso, meu hábito de ser a prima que dá histórias literárias de presente ficou ainda mais forte. Com raras exceções! E para o post de hoje, trouxe 5 dicas para tentar incentivar a leitura infantil. Vamos lá? ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

1. A mais básica de todas: dê livros de presentes! Criança gosta de brinquedo e tal, mas uma história literária também tem o poder de fazer o olhinho dela brilhar. Tente!

2. Na hora da leitura, que tal imitar vozes, fazer encenações? Isso vai ficar marcado na cabecinha dela e esse momento não vai parecer uma coisa chata. E, sim, bem divertido!

3. Dependendo da idade, leia para ela. Ou com ela! E não se prenda apenas ao clássico “antes de dormir“. Essa atividade pode ser em uma tarde de domingo. em um feriado chuvoso ou esperando o ônibus da escola.

4. Pegue um livro de um personagem do desenho favorito dela. Pode despertar maior interesse. Pode ter história ou interativo. Tem muita opção! Ah! E feiras de livros, em shopping e tal, são mais em conta.

5. Você não é leitor assíduo? Minha mãe também não é e isso nunca foi motivo para ela não incentivar esse hábito (obrigada, mamy ♥). Vai que em conjunto, o hábito nasce junto? E não precisa ser nada clássico. Deixe ela bem à vontade! ♥

Mini eu só para ilustrar esse post! ♥

***

Eu acredito muito no poder da leitura, gente! E criar esse costume desde cedo, é mais fácil. Ler estimula a criatividade, ensina e pode ser tão divertido quanto brincar de massinha. Coloque essa atividade na rotina. Pode render boas memórias. Por aqui, eu tenho um monte.

E Feliz Dia das Crianças! Para todas. Seja por conta da idade ou para quem não deixa esse lado nunca morrer. :’)

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – A Fada Mamãe e Eu
Fan Page ♥ Instagram

carol

leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 Comentários

  • São dicas tão simples, mas ao mesmo tempo incríveis, né? Eu me identifiquei muito quando você falou que sua mãe não tinha o hábito de ler, mas que te incentivou mesmo assim. Aqui em casa sempre foi assim. Meus pais nunca foram de ler muito, mas sempre falaram que queriam que a filha seguisse um caminho diferente do deles. Então sempre me davam quadrinhos (nostalgia pelos da Turma da Mônica) e livrinhos. Acabei criando o hábito e eu lembro do brilho nos olhos do meu pai quando me via agarrada com um livro, acho que era aquela sensação de missão cumprida, hehe. E hoje eu entendo ele, viu?
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

  • carol

    Vanessa: Oba, que bom que gostou. Sim, isso do horário é bem bom. ♥
    Emerson: O importante é que tem esse hábito, né? :)
    Hanna: Nossos pais arrasaram! ♥♥♥
    Rafaela: Para você também e faço das suas palavras, as minhas! :)