05.03.2015
* O drama de ter gostos adolescentes aos 27 anos – Projeto Drama Queen #20 (Por Teca Machado)! ♥
Por Teca Machado! 

– Mas quantos anos você tem?
– 27.
– E isso não é para adolescentes?
– É, mas e daí?
– E daí que você não é uma adolescente mais.
– Quem te disse que não?
– A sua idade.
– Pois eu vi uma matéria esses dias que dizia que a adolescência vai
até os 25 anos. Passei só um pouco.
– Não me convenceu. Você não é adolescente.
– A minha mente é.
– E você teria coragem de ir num show deles?
– Claro. E por que não teria?
– Porque você seria a única pessoa adulta que não foi para levar os
filhos.
– E daí?
– Você não tem vergonha?
– Nenhum pouco. Ainda mais porque se eu for ao show, vou enxergar o
palco todo sendo mais alta dos que as meninas de 14 anos.
– Por que você não escuta músicas feitas para a sua idade?
– E existe isso?
– Claro! Sertanejo universitário, por exemplo. Muito mais maduro.
– Prefiro ouvir músicas bonitinhas, doces e românticas para
adolescentes do que sertanejo sem letra.
– Mas sertanejo é romântico também.
– Aham. Só que não, né? Todas as músicas envolvem só três temas: Fui
traído, quero te pegar e vou me afogar de tanto beber.
– Melhor do que os seus One Direction, Taylor Swift e Glee da vida.
– Não concordo.
– Ok, e quando você vai começar a ler livros de adultos?
– Eu já leio livros de adultos.
– É, mas também lê a série Percy Jackson, os livros da Meg Cabot,
Harry Potter, fantasia e comédias românticas açucaradas.
– E qual é o problema?
– Isso não é para você.
– Quem disse?
– A sua idade.
– Idade é algo relativo. Minha mente se recusa a ter quase 30.
– Você nunca vai crescer…
– Já cresci, mas meus gostos continuam adolescentes. Qual o problema?
– Cadê a sua maturidade?
– Está onde eu preciso ter maturidade, não no meu gosto por livros,
filmes e música. Eu gostar disso te atrapalha? Te faz mal? Te machuca?
– Não…
– Então me deixa, oras.
*** 
Esse tipo de conversa acontece comigo direto, só porque eu tenho
gostos extremamente adolescentes. Não tenho vergonha de assumir e nem me
incomodo. Nesse caso, as pessoas é que fazem drama para cima de mim. Raro isso
acontecer, né?
O Projeto Drama Queen é uma parceria lindona entre o Casos Acasos e Livros e o Pequena Jornalista. Analisamos os dramas do dia a dia com muito bom
humor e exagero. Quer contar para nós a sua história? Envie um e-mail para pequena.jornalista@gmail.com.
Teca Machado. 
Autora do romance chick lit I Love New York, Teca Machado é uma devoradora de livros e filmes desde 1988 (Ok, mentira, desde 1994, quando aprendeu a ler). Alguém que compra livros pela capa, chora até com propaganda de margarina, é apaixonada por trailers, tem gostos mais adolescentes do que meninas de 14 anos, sonha com dinossauros e com o Bon Jovi, dá risada de si mesma, canta alto e dança no carro e pretende ser autora de Best Sellers. ;-)  * Dona do Blog Casos Acasos & Livros

17

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2021