02.03.2015
* Radar Literário: A Mais Pura Verdade! ♥
No dia 23 de março, a editora Novo Conceito irá lançar o livro A Mais Pura Verdade. Em sua estreia literária, o autor Dan Gemeinhart conta a história do Mark, um menino que adora tirar fotos, escrever haicais em seu caderno e sonha em escalar uma montanha. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. A princípio, uma vida normal, mas não para por aí. Mark está doente! Uma doença que envolve tratamento, hospital e muitos pacientes não melhoram. Sendo assim, o adorável protagonista foge com o seu cachorro, sua máquina fotográfica, seu caderno e um plano. Parece que seu sonho de alcançar o topo do Monte Rainier está mais perto do que ele imagina. ;-)
Quem acompanha o blog e me conhece um pouco sabe que o meu gênero preferido é literatura chic, mas histórias que me ensinam, sempre têm um espaço cativo na minha estante. Fiquei bem feliz quando recebi da editora uma prévia com os seis primeiros capítulos desse lançamento. Aliás, achei bem legal essa iniciativa da editora enviar essas primeiras páginas para todos os blogs que participaram do processo seletivo “pareceria”, mesmo aqueles que não foram selecionados (o meu caso hehehe). Enfim, já devorei as primeiras páginas do livro e agora vou contar um pouco sobre as minhas impressões. 
Nessa degustaçãozinha, fiquei bem angustiada. Na minha opinião, uma das maiores injustiças do mundo é uma criança doente. Se para um adulto já é difícil, imagina para um garotinho. Ainda mais andando por aí sozinho! Fiquei me imaginando no lugar dos pais, da amiga, dele e, meu Deus me deu um aperto no coração. Quando ele decidiu fugir de casa, quis entrar na história e alertar sobre os perigos. Claro, que o objetivo é incrível. Mas e os riscos? Fiquei menos nervosa quando ele decidiu levar o seu fiel companheiro. Aliás, nesse livro temos a “prova viva” de que o cachorro realmente é o melhor amigo do homem. Beau é doce, companheiro e não deixa o seu dono por nada nesse mundo. E defende ele com unhas e dentes! Por enquanto, essa foi a parte que mais me emocionou. ♥
Descobri também que tem gente que é má e sem coração. Em contrapartida, encontramos pessoas que parecem anjos e que nos dão força. Torci tanto para o nosso protagonista desistir da ideia assim que a sua primeira noite termina nada bem. Mas parece que mesmo sendo tão novinho, Mark não vai desistir do seu ideal por nada nesse mundo (pelo menos eu acho). E de certa forma, isso foi um tapa na minha cara. Quantas vezes desistimos por tão pouco, né? Claro que têm situações e situações, mas acho que deu para entender. ;-) Eu sei que ainda tem muita história pela frente, mas já vi que essa vai ser uma das melhores lições. 
Sobre a capa, acredito que no decorrer dos outros capítulos, ela terá mais sentido (pelo menos para mim). Ah! Um diferencial desse livro bem interessante é que entre um capítulo e outro, temos sempre um meio capítulo no meio. Por exemplo, entre o 2º e o 3º, existe o capítulo 3 e meio. E nessas partes, o autor mostra o outro lado da história, ou seja, o que os pais estão sentindo, a Jessie também. Nunca tinha visto isso e achei bem bacana a ideia. 
Acho que é isso, gente! E o que vocês acharam da prévia? Podem opinar à vontade! ;-)
Beijos,
Carol. 

32
21.12.2014
* Radar literário + Para pensar! ♥
Oi, Gente! ;-)
No dia 13 de dezembro, rolou o lançamento do livro Bolsas, Beijos e Brigadeiros, da autora Fernanda França, no Rio de Janeiro. Eu estou viajando e não consegui marcar presença. Mas a minha amiga Camila, que também faz parte do Meg’s Army Book Club, conferiu de pertinho o lançamento e topou contar nesse post o que rolou lá. Vamos lá? Conta aí, Camila! ;-)
A autora (fofa) Fernanda França!
;-)
“Como a Pequena anda um pouco ocupada pelas terras europeias (chaaaaato), resolvi ir sozinha mesmo e contar para vocês como foi conhecer a Fernanda França (uma das minhas autoras preferidas) e, de quebra, comer uns brigadeiros que ela preparou hahaha! Simplesmente amei a livraria escolhida (Livraria Cultura) e me apaixonei pelo local. São quatro andares de livros, roupas com nossos personagens preferidos, coleções raras lindas, canecas, apetrechos, até LP vende lá. E quem gosta de cozinhar, vai se encantar com a parte de livros de culinária. Tem até fogão instalado para lançamentos de livros. Ah! Essa Livraria Cultura fica no Cine Vitória, no Centro do Rio de Janeiro. Vale conferir. ;-) Fora o local fantástico, tinha o lançamento mais esperado (por mim e pela Carol): o livro Bolsas, Beijos e Brigadeiros. Além disso, rolou um bate-papo superanimado com a autora e a colunista Frini Georgakopoulos.
Um pouquinho do lançamento. 
P.S: Na foto maior: Camila e Fernanda. 
;-)
Adorei ouvir da própria autora como ela pensou no livro, o que ela acha de cada personagem, como é a fisionomia de cada um na cabeça dela e na dos outros leitores no local. Também teve sorteio de livros. No final, consegui tirar fotos com ela e autografar os meus livros e da Carol e da Teca, do blog Casos Acasos e Livros. A Fernanda França foi muito simpática, carismática e nos atendeu com o maior carinho. Já era fã e fiquei mais ainda. Muito obrigada, Fernanda!”
 
Recadinhos fofos. ;-)
Amei o meu também! 
Bem legal o lançamento, né? Muito obrigada, amiga e Fernanda (amei o recadinho). Espero conhecê-la em breve! ♥ Ah! A Camila me contou também que a autora já escreveu o seu próximo lançamento. Ela não revelou o nome, mas disse que a história é sobre uma veterinária que só faz escolhas erradas, mas rola uma reviravolta. Sou suspeita, pois adoro a escrita dela. Mas acho que vou adorar mesmo! Eu li há séculos o primeiro livro sobre a esquecida Melissa Moya: Malas, Memórias e Marshmallows. É um dos meus livros preferidos. Já fiz um post sobre ele aqui. Também rolou uma entrevista com a autora aqui sobre o segundo livro, que conta as aventuras da mesma personagem na Europa. Esse, está no item número um da minha listinha de livros de 2015 (quando eu terminar, conto para vocês o que eu achei). 
E para terminar o post com chave de ouro, o nosso “para pensar” de hoje, é do primeiro livro da Fernanda! ;-)
“Hoje eu entendo por que ‘enquanto o homem planeja, Deus ri’. 
De alegria. Porque sabe que aquilo que irá acontecer é 
muito melhor do que podemos imaginar.”
(Livro: Malas, Memórias e Marshmallows)

Pura verdade, né? ;-) Devemos planejar, sem dúvida. Mas também temos que confiar, que o melhor está sempre por vir. 
Podem opinar à vontade! 
Beijocas, 
Carol. 
P.S: fotos lançamento: Camila / última imagem: We ♥ It. 

9

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2021