07.04.2015
* PJ Leu: Não se esqueça de Paris! (+ Novidade + Dia do Jornalista)! ♥
E a dica de leitura da semana é Não se esqueça de Paris, da autora Deborah McKinlay. A princípio o que me chamou atenção foi a capa e o título, mas a história foi além e já posso dizer que foi uma das minhas leituras preferidas desse ano. Vamos lá? ;-) 
Autora: Deborah McKinlay
Editora: Globo Livros
Sinopse: Eve Petworth vive reclusa em sua casa na Inglaterra. A simples ideia de cruzar a porta da frente a deixa em pânico. Ela divide seu tempo entre os livros, a culinária – suas grandes paixões – e os preparativos para o casamento da sua única filha, Izzy, apesar de considerá-la muito nova para assumir um compromisso tão importante. Em seus sonhos românticos, Eve deseja que a filha tenha uma vida amorosa mais emocionante que a sua. 
Jackson Cooper é um bem-sucedido escritor norte-americano que passa por uma crise existencial. Vive rodeado por pessoas que o admiram (especialmente as do sexo feminino), mas sente-se solitário e preso a uma relação que não o faz feliz. Nesse estado, e sem criatividade para dar prosseguimento ao seu novo livro, Jackson, sendo amante da boa comida, se aventura a preparar as mais requintadas receitas, que degusta sozinho, já que sua namorada vegetariana não prova os pratos que ele prepara com tanto esmero. 
Em um rompante de coragem, Eve decide escrever uma carta para Jackson, um de seus autores preferidos, elogiando uma passagem de uma de suas obras. Apesar de estar acostumado com o assédio das fãs, algo na carta de Eve a conquista, e uma longa troca de correspondência se inicia entre eles, na qual dividem, além de receitas, segredos, mágoas e confissões. À medida que se conhecem, Jackson, cede à curiosidade e decide marcar um encontro com Eve. Como vivem em continentes diferentes, ele a convida para um jantar em Paris, capital mundial da gastronomia (e dos amantes). Eve e Jackson terão de vencer seus próprios medos e inseguranças para finalmente viver a história de amor com que sempre sonharam. 

Minha opinião: Gente! Tem Paris no meio, estou dentro. Capa linda então? Nem se fala! ;-) Mas o livro foi além e me conquistou a cada página. Achei que fosse um livro água com açúcar, mas me enganei. Ele até trata os assuntos sérios de uma maneira leve, mas nada muito menininha. No começo, demorei para entrar no ritmo, mas quando a leitura fluiu, me apaixonei pela história até o fim. Amei os personagens centrais! E o fato deles se corresponderem por carta foi uma das melhores partes. A filha Izzy é bem mimadinha, mas ela tem os seus motivos. O pai dela, deu raivinha no começo, mas depois perdoei. A mãe da Eve? Essa aí coloca as vilãs da Disney no chão, na minha humilde opinião. O Dex, amigo do Jackson, é bem fofo. Mesmo ele tendo apresentado a tal namorada vegetariana (achei ela meio blasé). Gwen, que trabalha na casa da Eve, é a amiga que todo mundo deveria ter. Sério! ♥ 
O final é surpreendente. Quando eu pensei “sério que a história vai terminar assim?”, a autora foi lá e me deu um tapa na cara. Final inacreditável, lindo e de arrancar suspiros (e no meu caso, algumas lágrimas hahaha). Amei e amei! E como sempre, tirei lições valiosas! A primeira é que todo mundo erra. Somos de carne e osso, não tem jeito! Mas o perdão é a melhor saída e o tempo também. Aliás, o tempo é o melhor remédio. As ideias ficam mais claras, sabem? A outra lição é que uma pessoa pode ser muito cruel com você, mas essa mesma pessoa pode ser a melhor coisa que aconteceu na vida de outra pessoa. E por fim: a gente nunca está sozinha! Sempre tem alguém que está lá para ajudar, é só olhar direitinho. Ah! Fiquei morrendo de vontade de me corresponder por carta novamente! Outra coisa: mesmo eu sendo fresquinha, fiquei com vontade de preparar as receitas que aparecem na história. 
Mega indico, gente! Ah! Pelo que eu li a história pode virar filme. Se isso for verdade, vou adorar! :}
E para terminar o post do dia, tenho uma novidade: sou a nova colunista do blog Sem Clichê. Toda semana, vou indicar um filme para vocês! Corre lá, gente! Uhul o/! Ganhei o melhor presente no Dia do Jornalista. Falando nisso: é hoje! Aceito parabéns! hahaha E parabéns para todos os jornalistas que cumprem direitinho essa apaixonante e árdua tarefa. ♥
Beijos, 
Carol. 
P.S: crédito da primeira imagem – Pequena Jornalista / crédito da segunda imagem – peguei no Facebook. ;-)

29
01.04.2015
* Mania (louca) de escritora! ♥
Cada louco tem a sua mania. Autor também tem. E muitas! Perguntei para algumas escritoras brasileiras uma loucurinha peculiar na hora de escrever. Só deu loucura hahaha e eu me identifiquei com algumas (ora, sou escritora também e futura autora também ;p). Com vocês: tradições pra lá de esquisitas, engraçadas e únicas (eu acho hahaha)! ;-) 
Manias! 
♥ 
Laura Conrado (último livro: Freud me segura nessa)

“Eu costumo falar muito sozinha quando estou escrevendo. Então, prefiro redigir sem ninguém por perto. Várias vezes já me peguei fazendo até a expressão da personagem, quase que incorporando. Não pega bem escrever com gente por perto! Quando estou terminando uma história, fico tão obcecada nisso que meu arrumo quarto, organizo a mesa… Tem hora que até me sinto meio adolescente de tanta zona e bagunça acumulada, mas é só medo das ideias irem embora e agonia de colocar o livro para fora.”

Stéfanie Medeiros (último livro: Borboletas infinitas de coração imperfeito)

“Uma mania muito esquisita que eu tenho (e pouca gente acredita), é colocar o pé em um balde de água fria enquanto escrevo. Isso começou quando eu estava no ensino médio e precisava ficar sentada por horas estudando. Se meu pé ficava seco ou se eu sentia poeira, já não conseguia me concentrar. Passei a deixar um balde embaixo da mesa e, no final das contas, estuda/escrever de pé molhado me ajuda na concentração. Funciona até hoje.”
Fernanda França (último livro: Bolsas, beijos e brigadeiros)

“Eu não sei se são manias estranhas, mas eu geralmente escrevo melhor de madrugada. De dia, se o vizinho começa a fazer barulho na obra ao lado, o telefone toca ou a campainha me chama, eu perco a concentração. De madrugada, o silêncio me deixa mais tranquila para escrever. Vou para o escritório e levo uma garrafa de água (eu bebo muito água enquanto estou mergulhada na história). E tenho um caderninho em que anoto tudo o que desejo colocar, mas ainda não sei como inserir na história. As ideias estão no caderno e sempre escrevo a lápis, sempre! Depois escrevo a história direto no computador. Também gravo em áudio as ideias, quando não posso escrever em determinado momento. Meu celular é repleto de notas em áudio e escritas sobre livros futuros.”
Teca Machado (último livro: I Love NY)

“Eu testo as vozes dos personagens. Quando começo a escrevê-los, vou lendo os diálogos com a entonação de voz e o timbre que eu quero. Se a conversa é entre um homem e uma mulher, você consegue imaginar que ridículo fica. Ah! Como sou péssima para dar nome aos personagens, recorro aos nomes dos meus amigos. Se estou criando um e alguém me liga, provavelmente essa pessoa que me ligou vai ganhar um personagem com o nome dela, a não ser se for um nome muito esquisito, hahaha.”
Carine Raposo (último livro: O Penhasco)

“Como sou meio maluca, vivo com ideias de novos livros na cabeça, mesmo quando já tenho um projeto em andamento. Os personagens falam na minha cabeça as vezes ao ponto de precisar mandar eles calarem a boca rsrs. E para não perder nenhuma ideia, acabei pegando a mania de mandar e-mail para mim mesma, com pequenas frases sobre o que os personagens estavam falando.”
** 
Hahaha ;-)! Me diverti com esse post e pretendo seguir algumas manias (tipo colocar um balde com água perto da minha mesinha) e continuar com outras (tipo interpretar os personagens para mim). Muito obrigada, viu gente? Adorei a participação de todas! ♥
E vocês? Alguma mania na hora de escrever? Podem opinar à vontade! Ah! Vou preparar um segundo post com outras autoras e um especial com loucurinha de leitor. ;-) 
Beijos, 
Carol. 
P.S: Crédito Montagem – Pequena Jornalista! / Crédito das fotos: autoras! ^^ 

24
18.03.2015
* Top 5: Um doce de leitura! ♥
No mundo, existem dois tipos de pessoas na época da Páscoa: as que esperam ganhar chocolate e aquelas que acham que tudo é motivo para ganhar livros. No meu caso, aceito tanto um doce quanto uma história para embarcar. Pensando nisso, resolvi unir o útil ao agradável. Selecionei cinco livros que vão adoçar mais ainda essa data tão especial (nem que seja só pelo título). Alguns eu já li, outros não (mas espero ganhar hahaha). Então, deixem a dieta de lado e boa leitura. ;-)

Top 5: 
Um doce de leitura! 

1. A dieta das chocólatras
Autora: Carole Matthews
Editora: Bertrand Brasil 
Sinopse: Dicas de sobrevivência nos momentos de estresse: respire fundo, conte até três e coma chocolate. Mas quando as quatro amigas (Lucy, Autumn, Nadia e Chantal) convocam um encontro de emergência, elas pulam loga para a terceira dica e se jogam no “santuário”: Paraíso do Chocolate. 
Observação da Pequena: Li esse livro há muito tempo e amei muito. A história é divertida, emocionante e, claro, engordativa. Para cada capítulo, uma caixa de chocolate. Ah! Eu sei que esse não é o primeiro da série. Se eu não me engano, o primeiro é O clube das chocólatras. Louca para ler também! ♥
2. O irresistível café de cupcakes
Autora: Mary Simses
Editora: Paralela
Sinopse: Ellen é uma advogada de Manhattan e seu noivo está prestes a se tornar um importante político. Tudo em sua vida parece estar perfeito e no caminho certo. Até que ela decide realizar o último desejo de sua avó e entregar em mãos uma carta. Para isso, ela precisa ir para Beacon, uma charmosa cidade do interior. Entre cupcakes, Ellen desvenda os mistérios da vida de sua avó e, aos poucos, ela descobre os simples prazeres da vida. Ah! E percebe que “perfeito” nem sempre é o que parece. 
Observação da Pequena: Louca para ler esse livro (e devorar cupcake hahaha). ♥

3. Por uma vida mais doce
Autora: Danielle Noce 
Editora: Melhoramentos 
Sinopse: Toda delicadeza da Danielle Noce em mais de 170 deliciosas receitas. Todas explicadas de maneira muito simples e com lindas fotos que ajudarão o leitor montar perfeitamente o prato. 
Observação da Pequena: Confesso que eu gostaria de ganhar mais pela capa e para enfeitar a minha cozinha hahaha. ♥
4. Bolsas, beijos e brigadeiros
Autora: Fernanda França
Editora: Planeta
Observação da Pequena: Falei um pouquinho sobre essa doce leitura aqui. ♥

5. Melhor que chocolate 
Autora: Laura Florand
Editora: Única
Sinopse: Cade Corey é uma jovem executiva que cuida do negócio bilionário de chocolate da família, uma empresa popular nos EUA. Ela sonha em construir uma linha premium de seus produtos e sabe que encontrará o chocolate perfeito em Paris. Na verdade, o chocolate perfeito está nas mãos igualmente perfeitas de Sylvian Marquis, o melhor chocolatier da cidade. O problema é que ele recusa a associar a sua arte a uma grande empresa que só pensa em destruir sua técnica para reproduzi-la em grande escala. Embora o francês jure que está em paz para tocar a vida, aquela “americana teimosa” não sai da sua cabeça. E Cade sente o mesmo: adoraria fechar o negócio com outro especialista, mas não consegue esquecer os olhos cortantes de Sylvian e sua personalidade arrogante, porém tão viciante quanto seus doces. 
Observação da Pequena: Falou em Paris e chocolate, estou dentro hahaha! Misturou com literatura chic, melhor ainda. Louca para ler! ♥
*** 
E qual seria o top 5 de livros doces de vocês? Já embarcaram em alguma história que eu coloquei nesse post? Podem opinar à vontade! ;-)
Um beijo, 
Carol. 
P.S: Crédito das Imagens (1) – Site Saraiva / Crédito da Montagem – Pequena Jornalista / Crédito da Imagem (2) – Editora Novo Conceito / Sinopse – Site Saraiva. 

Todo mundo  já curtiu a Fan Page do blog? 
Podem sugerir, criticar e por aí vai! 
Ainda não curte? Clica, clica! ♥

16
Tags:
10.03.2015
* PJ Leu: Bolsas, Beijos e Brigadeiros! ♥
A dica literária do dia é Bolsas, Beijos e Brigadeiros, da autora brasileira Fernanda França. Para quem não sabe, é a continuação de Malas, Memórias e Marshmallows (já falei sobre ele aqui). Um livro leve, divertido e que a gente nem sente passar. ;-) 
Passaporte, livro e chocolate!  
Sinopse: Melissa Moya é uma jovem jornalista que trabalha para uma agência que a envia para diversos países com a seguinte missão: escrever matérias sobre suas deliciosas aventuras pelo mundo afora (que chato!!). Dessa vez, Mel nos leva para uma emocionante viagem de trem pela Europa. 
Em meio a essa jornada, nossa protagonista precisa lidar com a saudade que sente da família, com os sumiços misteriosos de seu namorado Théo e uma dúvida que ronda a sua cabecinha durante a viagem. Porém, logo no início dessa aventura, na Itália, Mel descobre parentes, que a acompanham em sua andança sobre os trilhos. Mais do que familiares, ela encontra verdadeiros amigos. ♥
“Eu aprendi muito mais do que o idioma dos meus avós com eles. Aprendi a dividir espaço, a viajar em grupo, a respeitar os limites dos outros e a entender que os sonhos são diferentes (…)” 
Minha opinião: O livro foi uma ótima companhia durante a minha viagem, além de ter sido o guia turístico perfeito. Tirei várias dicas de lá, principalmente quando fui para Bruxelas. Obrigada, Mel! Fiquei com raivinha do Théo, mas descobri que realmente não podemos julgar certas atitudes. Sempre tem um motivo que dá para entender (no final). Me apaixonei pelo Luca e sempre quando eu encontrar uma orquídea, vou lembrar dele. E me surpreendi com o final que a autora deu para os primos e amigos da Mel. Às vezes as coisas estão na nossa cara e nem percebemos. Torcendo muito para o mais novo casal. Ah! Adorei as conversas da Mel com a família pelo Skype. Assuntos ótimos para a gente refletir. ;)
Particularmente, eu prefiro Malas, Memórias e Marshmallows. É um dos meus livros preferidos, então dá para entender hehehe ^^! Porém, o segundo da série não deixa a desejar. A leitura é leve, divertida e emocionante. Futuros leitores: separem um lencinho. ;-) Através da leitura é possível conhecer lugares incríveis que com certeza vão entrar na sua listinha de “lugares que eu eu quero conhecer”. Quanto ao final, torci por um diferente, mas entendi as escolhas da Mel e estou torcendo para ter o terceiro livro contando as novas aventuras dela ao lado dos seus amores. Qual será o próximo destino? 
Ah! Também desejei um emprego igualzinho ao da Mel. Imagina, gente: viajar, conhecer novos lugares, escrever sobre eles e ainda ganhar por isso? Sonho! ♥ E para quem ficou na dúvida: o segundo livro é independente, não precisa ler o primeiro para entender. Mas eu acho que é sempre válido ler tudo desde o comecinho. 
Enfim, é isso. Já leu? Conta o que achou! Ainda não? Fica a dica! ;-) 
Um beijo,
Carol.

Todo mundo  já curtiu a Fan Page do blog? 
Podem sugerir, criticar e por aí vai! 
Ainda não curte? Clica, clica! ♥

21
04.03.2015
* PJ News: Março – Filmes, Make, Frio & Mundinho literário! ♥
Oi, Gente! Tem seção nova por aqui: PJ News! ;-) A partir de hoje, todo início de mês vai rolar um post com algumas novidades relacionadas ao mundinho literário e, claro, ao universo feminino. Também vou acrescentar estreias de filmes e outras coisitas mais que tenham a ver com o blog. Acho que vai ser bem útil esse tipo de post. Enfim, vamos lá? ♥
Créditos das Imagens: 1. Divulgação / 2. Site Sephora / 3. Site Adoro Cinema 
Preços: 1. Sobretudo Renner – R$ / 2. Máscara de Cílios Benefit – R$ 119 / 3. Cine – depende do cine, né? hahaha! 
Para começar, separei três itens bem femininos. Foi mal, meninos! Mas fica a dica para o Dia Internacional da Mulher hihihi! ^^ Peça desejo do mês é esse sobretudo (casaco, sei lá hahaha). Recebi esses dias algumas imagens da coleção outono/inverno da Renner e eu amei essa que eu selecionei para o post. Rezando para ter o meu tamanho e para fazer um frio digno aqui no Rio hahaha. Produtinhos de beleza: se eu não me engano, a máscara Roller Lash, da Benefit, foi lançada no mês passado. Porém, entrou na minha wishlist desse mês mesmo, mesmo ela sendo bem carinha, Aliás, alguém já testou? O preço faz jus? Conta aí! ;-) E para finalizar essa parte: essa quinta-feira (pelo menos aqui no Rio) estreia o filme Simplesmente Acontece. Como eu não dispenso uma história romântica, estou louca para assistir. Ah! E para ler o livro também! ♥
Crédito das imagens: 1. Instagram da escritora Laura Conrado / 2. Site Adoro Cinema / 3. Site Livraria Saraiva
Preços: 1 – Nada, né? hahaha / 2. Depende do cine! ;-) / 3. R$ 23,90 (na livraria saraiva) 

Recadinho literário: o blog da escritora Laura Conrado (autora da série Freud Me Tira Dessa) está de cara nova, fofo e com posts bem bacanas! ;-) E não para por aí, ela também está com um canal no Youtube. Por enquanto, só assisti um, mas já percebi que rende boas risadas e a gente aprende com os vídeos #lauramecontaessa! Quem quiser conferir, é só clicar aqui. Outro lembrete: fãs da trilogia Divergente, Insurgente estreia nos cinemas dia 19. Uhul o/! Louca para matar a saudade do Quatro ;p! E como eu falei essa semana no blog, ansiosa para chegar o dia 23 e terminar o livro “A Mais Pura Verdade”. ♥
Acho que é isso, gente! Quem tiver sugestões para essa seção, é só falar! Ah! Claro que as novidades vão além desses seis itens que eu selecionei. Se alguém quiser acrescentar algo, só colocar nos comentários. Desses seis lançamentos/estreias, o que vocês estão loucos para ter, assistir ou ler? Podem opinar à vontade! ;-) 
Um beijo, 
Carol.

29
Tags:

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017