03.08.2015
* PJ News Agosto – Meninas & Meninos! ♥
Agosto chegou e com ele várias novidades. Pena que não dá para colocar tudinho aqui, mas selecionei cinco itens para quem ama ler, é vaidosa, quer lembrar da infância e pretende surpreender o papai (seu ou do seu filho). Esse mês têm ideia para o público feminino e masculino. ♥ 
1. Livro “À procura de Audrey” – Galera Record / 2. Corra, Abby, Corra! – Grupo Editorial Record
3. Filme “O Pequeno Príncipe” / 4. Coleção de Esmaltes Gio – Colorama / 5. Livro de colorir “De Pai Para Filho” – Grupo Editorial Record ♥
Tem tanto livro que eu estou querendo ler. A lista só aumenta, para variar um pouquinho. Mas dois chamaram mais a minha atenção esse mês: À procura de Audrey, novo lançamento da minha escritora preferida Sophie Kinsella. Esse eu até já comprei, por motivos óbvios! Também fiquei bem curiosa para embarcar na história Corra, Abby, Corra!, da Jane Costello. Já li outro livro dela e amei a sua escrita (Damas de Honra, o nome do livro).
Agora para relembrar a infância: vale correr no cine a partir do dia 20 para assistir O Pequeno Príncipe. ♥ E momento mulherzinha: coleção de esmaltes da Giovanna Antonelli para a Colorama. A única parte ruim é que não é hipoalergênico. Então, aproveitem por mim. ;-) Esse azul é lindo, né??? E como não poderia faltar: Dia dos Pais e um presente superfofo! Na onda dos livros de colorir, olha que linda essa edição especial: De Pai para Filho, uma página para a criança e a outra para o adulto. Tô pensando em comprar só para guardar e dar futuramente para o papai do meu filho hahaha! Por que não, né? ;p 
Esses são alguns lançamentos de agosto. Como disse, tem muito mais. Então, fiquem à vontade para opinar, acrescentar outras novidades e por aí vai. 
Beijos,
Carol 
Recadinho para agosto! ;-) 
Crédito da Imagem: Instagram @biapof
P.S: crédito das primeiras imagens: livros – Site Saraiva / Cartaz filme “O Pequeno Príncipe” – Site Adoro Cinema / Coleção de Esmaltes – Instagram da marca Colorama. — Mas a montagem foi feita por mim ;-)!

2
28.07.2015
* PJ Leu: Mikaela – O desencontro! ♥
Minha lista de livros (que eu li) desse ano está cheia de histórias leves, divertidas e que me ensinaram muito. Um dos últimos que li, foi Mikaela – O Desencontro, da autora Marcella Brafman, dona do blog Sem Clichê (lembrando que toda semana, eu colaboro com posts de dicas de filmes ^^). A blogueira lançou recentemente esse livro lindo. E, desde já, aviso: ela começou com o pé direito no mundinho literário. Vamos aos detalhes? ♥
Sinopse: Mikaela é jornalista e uma jovem cheia de sonhos. Mora em BH, mas uma entrevista de emprego faz com que ela vá para São Paulo. Nos primeiros dias, fica hospedada na casa de uma pessoa que tem um lugar especial na sua vidinha: Felipe, um amor antigo e com quem coleciona uma história cheia de encontros e desencontros. Com a mudança, a protagonista encara os mais variados sentimentos. Vive experiências inesquecíveis, aprende lições valiosas, agarra oportunidades de ouro. Tudo isso ao lado de personagens que dão um toque a mais no livro. E, claro: novos capítulos surgem na vida desse casal Mikaela e Felipe (com algumas participações especiais). 
Livro: Mikaela – O Desencontro
Autora: Marcela Brafman
Editora: Da boa prosa (selo da Livros de Safra)
Minha opinião: A Mikaela é gente como a gente. O Felipe? Achei muito parecido com esses caras que encontramos ao longo da nossa vidinha amorosa. Ou seja, é uma história fictícia, mas que, sem dúvida, acontece muito na vida real (eu sempre acho que esses livros são inspirados pelo menos um pouquinho na vida da autora. vocês também tem essa sensação?). Tirando o gosto musical, me identifiquei muito com a Mika. Tanto no quesito pessoal quanto no profissional (adoraria trabalhar numa revista ♥). Algumas horas cai de amores pelo Lipe, outras não queria vê-lo nem pintado de ouro. Comprovei que algumas viagens surgem na hora certa e que algumas pessoas podem participar apenas de um capítulo da nossa história, mas serão páginas inesquecíveis e cheias de ótimas lembranças. Amei o Rick e a Bela. Amigos realmente são tudo na vida. Tanto os antigos, quanto os novos. E a gente pode até tentar, mas a nossa família sempre sabe quando algo tá acontecendo. Principalmente, as mães. 
É um livro que você devora rapidinho. Uma leitura leve, divertida, intensa e que faz a gente refletir muito. Preparem um caderninho para anotar trechos essenciais para uma vida mais feliz. ;-) Prende a atenção e o final deixa gostinho de quero mais e quero agora. Aí dá um pouquinho de raiva, porque a gente sabe que a continuação demora e a nossa curiosidade aumenta cada vez que olhamos o livro na estante. Ainda bem que o tempo voa, né? hahaha Ah! Cada capítulo, tem o nome de uma música. Mas confesso que não conhecia a maioria. A princípio, esperava uma capa diferente, mas hoje em dia não imagino outra. Enfim, mega recomendo e estou ansiosa pelo segundo da série. ♥
Já leu? Conta o que achou. 
Ainda não? Vale muito a pena! ;)
Beijos, 
Carol.

6
07.07.2015
* PJ Leu: A Herdeira! ♥
E a dica da semana tem a ver com um dos meus casais preferidos desse mundinho literário.♥ Semana passada, terminei de ler A Herdeira, o quarto livro da série A Seleção, da Kiera Cass. Era um dos milhões de livros que eu estava mega ansiosa para ler esse ano. Ai ganhei de duas amigas (pois é!! hahaha), abandonei tudo e embarquei completamente. Confesso que os primeiros eu gostei mais, mas também me prendeu muito o rumo que a herdeira deu para a distopia. E agora chega de conversa e vamos lá! Ah! Se você ainda não leu os três primeiros, acho melhor voltar depois. Esse post contém um pouco de spoiler do começo dessa história. Mas se você não liga, é curiosa ou já está careca de saber o que acontece, boa leitura. ;-) 
Editora: Seguinte
Agradecimento: Clary e Camila, que me deram o livro no meu aniversário. 
Sinopse: Quando Maxon e America tornaram-se rei e rainha de Illéa, a primeira medida que tomaram foi acabar com as castas para que a sociedade pudesse se adaptar a uma nova configuração. Agora muito mais justa, sem os rótulos que limitavam as opções de educação e de trabalho de cada um. Além disso, a família real ganhou novos integrantes: os gêmeos Eadlyn e Ahren, seguidos pelos filhos Kaden e Osten. Por ser a primogênita desde pequena Eadlyn recebeu o treinamento para um dia continuar o legado do pai. 
Mais tarde, a expectativa era de que a situação política do país estivesse estabilizada e tranquila, para que em breve Eadlyn pudesse assumir o governo. Porém, nada disso aconteceu. Na prática, as pessoas ainda sofrem preconceito por causa da casta que sua família costumava pertencer. Frente a essa nova discriminação, revoltas passam a eclodir por toda a parte, resultando em mortos e desaparecidos. Enquanto não descobrem uma solução definitiva para o problema, eles decidem retomar com a Seleção para “distrair” a população. Mas dessa vez buscam um candidato para ficar do lado da primogênita. 
Não muito feliz com a decisão, Eadlyn recebe inscrições de jovens pretendentes de todo o país, inclusive de rapazes que nunca pensou na possibilidade de “conhecer melhor”. Mas ela tem um plano: eliminar os trinta e cinco o mais rápido possível para que possa seguir seu caminho sem nenhum marido desnecessário ao seu lado. Ou seja, planeja mostrar seu lado fria e calculista para assustar os Selecionados e mantê-los bem longe de sua vida pessoal. Mas como a vida é uma caixinha de surpresa, a princesa se depara com sensações que jamais imaginou conhecer de perto. ;-) 
Ótima leitura para esse frio! 
Minha opinião: Como eu disse no começo, sou muito mais os três primeiros livros. Porém, a história me prendeu do início ao fim. Afinal, a escrita da autora não deixa nada a desejar. ♥ A Eadlyn mostra desde o início que a sua personalidade é bem complicada. Acho que esse fato deu uma ajudinha extra na saudade que senti da Seleção anterior. Mas aos poucos, por incrível que pareça, deu para perceber que a princesa pode deixar de lado o seu posto “mimada” e mostrar as suas melhores qualidades. ;-) 
Além disso, adorei rever alguns personagens dos primeiros livros, principalmente o casal protagonista e a irmã da America. Nossa o tempo passou muito rápido hahaha. Difícil imaginá-los adultos sábios e tal, mas a vida real é assim, né? No livro não seria diferente hahaha! Quanto aos selecionados, suspirei por três em especial e um que parecia coadjuvante virou o meu preferido. Mas não vou escrever muito para não dar spoiler. ;-) O final é, digamos, bem misterioso. Acho que tudo indica que um quinto livro vem por aí. Assim espero! Ah! E o que falar da capa? Mais um vestido que virou desejo! ♥
Não acho que seja um livro para quem não leu os três primeiros. Para mim, acho bem importante embarcar no começo de tudo e depois ler A Herdeira. Apesar da gente ficar com saudade do começo de tudo, a leitura flui bem e fica com gostinho de quero mais. Leu, Dona Kiera?? ;-) 
Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Corre para a livraria. E quem quiser saber um pouco mais sobre os três primeiros livros é só clicar aqui
Beijo, 
Carol
P.S: Crédito das imagens – Pequena Jornalista! ♥

5
04.07.2015
* PJ News Julho: tempo bom para histórias (e fofurices)! ♥
Todas as estações combinam com livro e filme. Mas no frio, a minha vontade de ficar debaixo da coberta acompanhada de histórias só aumenta. Porém, se a história está no cine, corro para lá! E, claro, na minha listinha de news sempre vou acrescentar coisas fofas! Então, para o PJ News de julho separei oito dicas para quem tem o mesmo gosto, conhece alguém que tem o mesmo jeitinho que a pequena ou quer experimentar coisas novas! Bom post. ♥
1. Livro 1 Milhão de Motivos para Casar / 2. Filme Cidades de Papel / 
3. Filme Meu Passado me Condena 2 / Livro A Fofa do Terceiro Andar. 
;-)
Para começar, esse mês tem dois filmes que estou ansiosa para assistir. Primeiro: Meu Passado me Condena 2 (já estreou). Adoro o Fábio e a Miá! Ri muito no primeiro e acho que vou chorar de tanto rir no segundo. ;-) Daí, vem John Green com mais uma história que saiu das páginas de um livro (que por sinal, ainda não li) direto para o cinema: Cidades de Papel (estreia dia 9 de julho). Pelo trailer, acho que no mínimo eu vou adorar. Bom, assim espero! Quanto aos livros: fiquei muito curiosa para embarcar no chic lit da irmã mais nova da Sophie Kinsella: 1 milhão de motivos para casar. Espero que a Gemma seja tão talentosa quanto a irmã. Também fiquei com vontade de embarcar na história A fofa do segundo andar. Achei a capa linda e acho que o conteúdo deve ser fofo também. Quando a minha listinha de próximos livros estiver acabando, vou levar para a casa os dois. Fato! ♥
5. Cadernos da Papel Craft / 6. Esmalte Catarina da Granado / 
7. Diário de Aventuras Literárias da Verus Editora / 8. Capa de celular Drama Queen da Go Case. 
;-)
Agora: as fofurices! Gente, eu acho que já falei aqui no blog que eu sou viciada em cadernos. Papelaria para mim é tipo um parque de diversões. Sempre quando eu entro numa, fico coçando para comprar. Na boa, ando bem controlada! Amei esses cadernos da Papel Craft, mesmo o preço não sendo o mais em conta (se eu não me engano, cada um custa R$ 59). Adoro os esmaltes da Granado e fiquei curiosa para experimentar esse da nova coleção Rainhas. Acho que a cor mega combina com o inverno. Agora uma coisa que eu sempre fiquei indignada por não existir: um caderno para anotarmos os livros que queremos ler, que já podemos riscar da nossa lista e por aí vai. Daí, a Verus Editora criou o diário de aventuras literárias. Adorei a ideia e louca para saber mais detalhes, que a editora vai divulgar logo logo! Por fim, mas não menos importante: essa capinha drama queen, da Go Case. Não sei se dá para ver direito, mas tá escrito: contém um drama. Quem acompanha o blog sabe que eu sou uma drama queen assumida! Esse item, eu não resisti e já garanti o meu. Saiu por R$ 49,90 + o frete. ♥
Bom é isso! E aí? Quais são as news que vocês amaram? Ah! Tem alguma novidade para compartilhar também? Fique à vontade para acrescentar na caixa de comentários. ;-) 
Beijocas e bom sábado, 
Carol. 
P.S: crédito da primeira montagem: Pequena Jornalista! / crédito das imagens: filmes – Site Adoro Cinema ** livros – Site Saraiva ~~~~ crédito da segunda montagem: Pequena Jornalista! / crédito das imagens:  Instagram –  @papelcraft , @granado e @gocase ** Facebook Verus editora. ;-) 

5
01.07.2015
* PJ Leu: Amy & Matthew! ♥
E a dica literária da semana é Amy & Matthew, da autora Cammie McGovern. Confesso que a capa me chamou mais atenção, mas o conteúdo não deixa nadinha a desejar. Vamos lá? ;-)

Sinopse: Matthew sabia quem era Amy, mas não fazia a menor diferença! Afinal, ele também sabia quem eram várias outras pessoas e nem por isso era amigo delas. Amy vivia numa cadeira de rodas, não conseguia verbalizar com ninguém. Só com a ajuda de um computador, ela conseguia se expressar. Porém, mostrava para os outros que era feliz o tempo todo. Até o dia em que Matthew disse a Amy tudo o que pensava sobre sua eterna fachada de felicidade. Sendo assim, Amy viu que era exatamente disso que precisava. Durante um período, Amy seleciona alguns “amigos” para ter ajuda extra na escola (pegar livros, colocá-la no carro e tal). A partir daí, Amy e Matthew viram inseparáveis e ela acaba descobrindo que ele também precisa de ajuda (tanto quanto ela). E quando a relação, que começou com uma amizade, se transforma em outra coisa que nenhum dos dois esperava e nem sabem definir, eles percebem que tudo foi dito…. exceto o que mais importava. ;-) 

Editora: Galera Record 
Autora: Cammie McGovern 

Minha opinião: A história é bem intensa! Casais mais novinhos realmente levam tudo ao pé da letra, mas alguns podem ensinar como se comportar como um adulto. Não é mais uma história de amor, vai além. Fala de amizade, principalmente. Ajudar um ao outro, independente de qualquer coisa. Ah! Não sei se é exatamente igual, mas Amy sofre da mesma doença que o físico Stephen Hawking. Sobre Matthew… Bom, aparentemente ele vive melhor do que ela, porém seus conflitos internos, não o deixam 100% feliz. Nessa parte me identifiquei e até me ajudou um pouco! ♥ 
O livro aborda assuntos sérios, mas não deixa a gente deprimida. E eu adoro isso! Tirei várias lições, mas as principais: a gente tem que encarar de frente os problemas. Viver experiências, mesmo se o risco for enorme. E que a gente pode até fracassar várias vezes, mas a cada “derrota” estamos mais perto da vitória. Em relação aos personagens, adorei os dois principais. São encantadores, mesmo com as suas manias, ideias. Achei a mãe dela mega protetora e até senti raiva em alguns momentos, mas acho que no lugar dela seria assim também (ou até pior). Mas o meu preferido: o ex professor da Amy. No começo ele até pode parecer um antipático, mas depois a gente entende o que ele quis dizer. 
Mega recomendo o livro! A leitura é leve, cada capítulo fica mais interessante (pelo menos eu achei) e quando termina a gente fica com gostinho de quero mais. Ah! Confesso que eu imaginei outro final, mas tudo bem. E eu sei que já falei da capa, mas ela é linda e lembrou muito a do livro “Eleanor & Park”. 
Ainda não leu? Fica a dica! Já sabe a história todinha? Conta o que achou! ;-) 
Beijos,
Carol. 

5

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017