28.11.2014
* Diário de Viagem: Swissminiatur (Suíça em miniatura)! ♥
Incrível. Por mais que a gente tenha visitado um país mil vezes, sempre vai ter algo novo para conhecer. Toda vez que venho para a Suíça, sempre acabo conhecendo mais um lugar lindo para acrescentar no meu diário de viagem. No último domingo, eu e a minha tia ficamos procurando algum ponto turístico para visitar e tal. Depois de olhar uma mini matéria sobre o meu segundo lar doce lar na Glamour, decidimos visitar a Swissminiatur! Isso mesmo, conhecemos a Suíça em miniatura. A pequena que vos bloga se sentiu em casa e, até mesmo, gigante hahaha! ♥
Vamos lá! A Suíça em miniatura possui 120 minipontos turísticos lindos e encantadores do país. Segundo a minha prima, quem quiser saber mais ou menos por onde andar de verdade pela Suíça, vale visitar para ter mais ou menos noção do que você vai amar ou não. Quem tiver por Lugano (Suíça italiana), vale incluir o passeio no roteiro. Para o post de hoje, selecionei algumas fotos do meu passeio mais fofo pela Suíça (até hoje). Falando nisso, preparem-se, é muita fofurice para um post só. ;-)
A entrada e o começo do passeio. 
Eu me achando a gigante hahaha!
Quero morar nessa Suíça (e quero agora). 
Como não amar? 
O que mais encanta são os pequenos detalhes!
Tem até o aeroporto de Zurique. 
Ah! E a Heidi é uma personagem infantil clássica da Suíça. 
Olha Lucerna aí, gente! Já falei sobre esse lugar aqui
E a ponte do Valle Verzasca? Também já falei sobre esse ponto turístico aqui
E olha o Palácio Federal da Suíça, que fica em Berna (capital do país). 
Não conheço ainda e deu muita vontade de conhecer. ♥
No final do passeio tem até a famosa Catedral Duomo, que fica em Milão. Acho que eles colocaram porque Milão é bem pertinho da Suíça italiana (uma horinha mais ou menos). ;-)

Muito fofo, né? Acho que deu para ter mais ou menos uma noção. Eu adorei e superindico esse lugar. Principalmente se tiver com criança! ;-) Então, quem tiver com viagem marcada para a Suíça e incluiu Lugano no roteiro, vale acrescentar esse ponto turístico lindo também. Para mais informações, é só clicar aqui
Quem já foi, conta o que achou. E quem ainda não visitou, fica a dica. ♥
***
E mudando um pouco de assunto, mas ainda relacionado ao meu segundo lar doce lar, segue o vídeo do meu amigo Thiago (que mora aqui). Ele fez essa gravação para a prefeitura do Ticino (Suíça italiana) para sensibilizar a população sobre uma situação que afeta várias classes sociais: o excesso de compras. Existem milhares de pessoas que vivem nessa situação e é um problema que eles enfrentam todos os dias, pois são bombardeados pela mídia com propagandas para a população consumir. O nome do vídeo é “O último selfie”, pois tem muita gente que adora compartilhar nas redes sociais o que compra e acaba esquecendo que a vida é muito mais do que uma confirmação da sua existência. Achei bem atual e bacana a iniciativa! E vamos combinar que essa realidade não é só da Suíça e sim de vários outros países. Ah! Não sou contra quem compartilha não, eu mesma faço isso, mas acho que tudo em excesso é ruim. Enfim, se você gostar, compartilha aí. ;-) 
O post ficou giga, mas acho que vocês vão gostar. Podem opinar à vontade! ;-)
Um beijo,
Carol. 
P.S: Crédito das fotos – Pequena Jornalista! 

6
05.09.2014
* Diário de Viagem: Onde comprar livros na Suíça! ♥
Um item mega importante que eu acrescentei no meu último roteiro de viagem: clicar livrarias pela Suíça! Item riscado com sucesso! Nesses dois meses conheci quatro livrarias, novos títulos e novas capas de livros que eu sou apaixonada. Está com viagem marcada ou é uma curiosa de plantão quando o assunto é leitura? Selecionei quatro livrarias da parte italiana e algumas curiosidades. Confiram! ♥                                                                          
Descendo algumas escadas, num lugar escondidinho lá em Bellinzona, encontrei um cantinho aconchegante repleto de livros: Libreria Casa Grande. Adorei conhecer de pertinho capas de livros de autores, como John Green, Sophie Kinsella e Jojo Moyes, que são diferentes das nossas. Deu vontade de levar um monte de livros (principalmente da Sophie Kinsella), mas me contive com um livro em italiano da Jojo, que ainda não tem no Brasil: Lua de Mel em Paris (Luna di miele a Parigi), pelo que eu li conta como começou a história do livro “A garota que você deixou para trás”. 
Um pouquinho da “Libreria Casagrande”
Dias depois, conheci uma outra livraria em Locarno, perto da estação do trem: Press Books. Na verdade é tipo um banca gigante com uma parte só de livros. Lá eles separam por línguas: alemão, inglês e italiano. Não reparei se tinha em francês, mas acho que não. Não resisti e levei “A Culpa é das Estrelas” (em italiano) com aquela capa “hardcover” (aquelas capas durinhas, revestidas por uma outra capinha, sabem?)  e “Keep Calm and Carry On”, com frases motivacionais em inglês. Ganhei até cartão fidelidade. Acho que das quatro que eu conheci, essa foi a minha preferida! Aliás, essa Press Books tem na Suíça alemã também. 
Press Books ♥
No último dia da minha viagem, dei de cara com mais duas livrarias no centro de Locarno. A primeira é a Libreria Cartoleria Locarnese. Na verdade, gostei mais dos marcadores de livros e dos bloquinhos (levei os dois para casa) do que dos livros e da livraria em si. Mas vale dar uma olhadinha, pelo menos pelos marcadores de livros. E para finalizar: a Libreria della Funicolare! A decoração me chamou muita atenção. Achei mega fofa! Todos os gêneros dos livros e recados para os clientes são escritos à mão de um jeito tão delicado e com desenhos fofos. Amei e amei! Quer mais opção para comprar livro por lá? Anota aí: La Poste (tipo o Correio deles) e as bancas dos mercados. ♥
Marcadores e bloquinhos fofos!
Decoração linda! 
Agora algumas curiosidades. ;-) Os suíços andam lendo por lá: Trilogias como Divergente e Jogos Vorazes, autores como Danielle Steel, Nicholas Sparks, Lauren Weisberger e Paulo Coelho (o/). Sabe como eles chamam “literatura chic” por lá? Romanzi Rosa. Achei fofo! E a autora que eu vi que é bem renomada por lá é a Jojo Moyes. Não tinha um lugar que não vendesse pelo menos um livro dela. E acho que já deu para perceber que eu amei as capas dos livros que eu encontrei por lá. E se você não entende italiano ou quer ler em outra língua, sem problemas! Lá você encontra diversos livros em alemão, inglês e deve ter em francês também. E, sim, o Paulo Coelho é “vida” por lá. Ah! os títulos que a gente não encontra por aqui e eu quis muito ler em português: “Cento lacrime, mille sorrise”, “Vacanze da Tiffany” e “Tutta Colpa Della Neve”. Pelo que eu li e pelas capas, eu já me apaixonei pelos três. Mas quando eu voltar, vou tentar ler em italiano mesmo. Preparo resenha e tudo hehehe! =D  
Quero ler! 
O que eu levei para casa! 
Gostaram? Espero que sim! 
Se alguém tiver mais alguma dica de livraria e livros por lá, fiquem à vontade. Lembrando que o foco do post são as livrarias da Suíça italiana. ;-)
Um beijo, C.

P.S: crédito das fotos: Pequena Jornalista! :)


4
25.08.2014
* Diário de Viagem: Cho-co-la-tes que você tem que experimentar na Suíça! :)
Uma das sete maravilhas do meu mundinho tem um sabor inexplicável e irresistível. Nove letrinhas que representam muito bem a minha felicidade. Na TPM então, nem se fala! Chocolate para mim é realmente vida! Amo e não vivo sem (e nem quero). Talvez por isso eu ame tanto a Suíça! ♥
E nessa minha última viagem, resolvi selecionar cinco chocolates dos Deuses que sempre encontro na Suíça e fazem parte do meu dia a dia quando estou lá. Doce e árdua tarefa! E se você está de dieta, mil perdões! Não resisti e tive que fazer esse post. ;-)

1. Lindt Sweet Duck

A melhor e mais doce descoberta da viagem. Até então, o meu chocolate preferido da Lindt era o clássico vermelho ou aquele com raspas de laranja. Mas esse, sem dúvida, ocupou o primeiro lugar. Não tenho palavras para descrever. Chocolate ao leite com chips crocante. Se você encontrar por aí, vale experimentar. ;-) Fora que a embalagem de pato é a coisa mais fofa. Têm algumas embalagens que ganhamos um patinho de presente. ♥
2. Chocolat Crisp (perto do quadrinho Love)
Esse é o chocolate preferido da família Daixum: chocolate ao leite com sucrilhos. O preço é super em conta, custa menos de 1 franco. E o sabor é simplesmente maravilhoso! Quem tiver pela Suíça, encontra no supermercado Coop. ♥
3. Milka Schoko & Keks
Qualquer Milka é bom, mas esse com biscoito é vida! Mais nada a declarar! ♥
4. Kinder Bueno Mini
Na minha bolsa é um item que não pode faltar. Sou viciada em Kinder Bueno e adorei essa versão mini. O problema é que acaba rápido demais. Ainda bem que existe no Brasil! ♥
5. Kinder Schoko Bons
Kinder em formato de bombom mini. Sempre assalto a cozinha de madrugada para comer um! Ótimo para adoçar a vida. ♥
**

Claro que muitos ficaram de fora! Como a gente sabe, chocolate é o que não falta na Suíça. Tem até de ovomaltine (muito bom, por sinal). Alguns eu acredito que a gente não encontre por aqui, mas outros sim, como o Kinder Bueno. Ah! Lembrando que nem todos são suíços, mas todos do post encontramos por lá! 

Ah! Quem quiser presentear a família e os amigos com chocolates (para mim, o melhor presente), seguem duas dicas de lugares para comprar chocolates na Suíça: Otto`s, é tipo um mercado com os melhores preços e ótimas promoções. E tem a loja Läderach, que fica em Locarno (mas tem em outras partes da Suíça). É bem mais cara, mas vale dar um pulinho para conhecer e comprar uma besteirinha. É uma das minhas lojas preferidas! Por que será? hahaha ;p
A minha loja preferida da Suíça: Läderach
É isso, gente! ^^
O post mais doce de todos. Gostaram? Podem opinar à vontade! ♥
Um beijo, C.
P.S: Crédito das fotos – Pequena Jornalista! ;-)

8
12

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018