22.08.2018
* Especial Bienal 2018: Os 5 cenários mais incríveis para tirar foto! ♥

Ei, Gente! :) Ainda pode falar sobre a Bienal do Livro que rolou recentemente em São Paulo, né? Bienal não é apenas para comprar histórias literárias, é ideal para encontrar autores, outros leitores, bloggers e, claro, cenários incríveis para registrar esse evento literário. Gostei bastante dos cantinhos que tinham no pavilhão e para o post do dia, selecionei o meu top 5 de lugares que mereciam um registro. Vamos lá? 

Bienal 2018 - PJ - 2Estande: Pólen 

Tem como não amar esse cantinho? :) Aliás, o cantinho deles na Bienal era um dos mais lindos e incríveis. Eles arrasaram muito! Sem falar desse cenário digno de leitor! Deu até vontade de ficar por lá lendo nessa poltrona, tomando chá nessa caneca e tal. Minha cara é de cansada na foto, mas o coração é leitora. Juro hahaha! 

Bienal 2018 - PJ - 4Bienal do Livro de SP! 

É aquela foto clássica da Bienal, por esse motivo selecionei esse cenário para o Top 5 da vez.  Tem que ter! Nem que seja uma para mostrar como era o local hahaha. Só não apareci na foto, porque não tinha ninguém por perto hahaha. Sim, primeiro o pavilhão fica mega vazio! É bom, mas nessa hora não consegui uma alma caridosa hahaha. ;-)

Bienal 2018 - PJ - 1Estande: Kindle! 

O Kindle não me conquistou 100%, afinal, sou do time que gosta de cheirar o livro, pegar no papel e tal. Mas posso dizer que cai de amores por esse estande. Um dos lugares mais fofos da Bienal para registrar o seu amor por leitura! Amei. 

Bienal 2018 - PJ - 5Estande: Editora Astral Cultural

Sim, eles reproduziram a Barraca do Beijo, inspirada no filme e, claro, no livro. Tem como não amar? Nessa hora, a saudade do namorado apertou! hahaha  E quem ainda não sabe do que se trata essa história, em breve vai ter resenha desse filme fofo, da Netflix. ;-)

Bienal 2018 - PJ - 3Estande: Mercado Livre

E o que falar da Livraria Infinita (por conta dos milhares de espelhos), que o Mercado Livre criou? Sério! Amei muito a ideia e fiquei enlouquecida nesse stand hahaha! Por mais “livrarias” assim! 

***

É isso, gente! Claro, que tem muito cenário que não consegui registrar, por conta da fila, porque não encontrei mesmo (Como o cantinho “Para todos os garotos que já amei”) e tal. Mas fiquei feliz com os meus registros. E quem foi: qual cantinho mais amou para tirar foto? Comenta aí! ;-)

Beijos, Carol.

Para ler: Os cinco marcadores favoritos da Bienal

Fan Page ♥ Instagram


2
20.08.2018
* Pequena Jornalista completou 9 anos de blogosfera! ♥

Parece que foi ontem. Dia 20 de agosto de 2009, a pequena blogueira que vos bloga resolveu criar um cantinho na blogosfera: Pequena Jornalista! Na época, tudo ainda era mato e, de lá pra cá, muita coisa mudou. O blog de tudo um pouco, continua com esse objetivo, mas o mundinho literário também invadiu essa parte da minha vida. E que bom!  Nesses 9 anos, tanta coisa aconteceu. Li histórias incríveis, ganhei amigos para a vida inteira e muitas oportunidades, que meu Deus! Quando imaginei ganhar livros? Quando imaginei credencial para Bienal? Quando imaginei entrevistar meus autores favoritos? Quando imaginei receber uma Melissa, mimos de papelarias e tal? Como já contei algumas vezes, o PJ é a minha dose extra de alegria (e de aprendizado). Aqui escrevo sem regras. Me permito acertar e errar, na mesma intensidade (por mais que meu perfeccionismo insista em tomar conta hahaha).

Falando nisso… Também tenho os meus dias difíceis, que quase nunca compartilho. Mas eles existem, viu? Ou acha que blogar é só glamour? Que a vida da Pequena só se resume em fofurices? Não mesmo! A gente recebe cada não, que dói. Cada foto péssima que eu tiro (isso o feed do Insta não mostra hahaha). A inspiração some, a internet não colabora, o computador trava, o trabalho (que paga os boletos e que eu amo também) toma todo tempo do mundo e o jeito é ler de madrugada mesmo, postar no outro dia e mandar o e-mail com as perguntas para o próximo entrevistado depois. Nessas horas, a frustração toma conta e parece que nada dá certo. Mas no dia seguinte, você lembra das conquistas, do e-mail surpreendente que recebeu e passa. Faz parte, né? Momentos ruins servem para a gente dá valor aos bons. Se tudo fosse fácil, talvez não tivesse tanta graça.

Enfim! Sou grata por cada pedacinho da história do blog e por quem faz parte dela, seja direta ou indiretamente. Obrigada a todos leitores, escritores, parceiros (antigos e novos), assessorias, família (principalmente Mamys, Lulu e Jeanninha e Johnninho), amigos, namorado e tal. Obrigada por cada comentário, sugestão e participação. Obrigada por me incentivarem sempre! E que venham mais anos, mais posts, mais leituras, mais tempo para me dedicar mais ainda, mais surpresas, mais aprendizados. E que nunca falte: gratidão, sonhos e, claro, livros e tudo que faz parte do meu mundinho, como moda, beleza, filme, séries e etc.

Parabéns para mim. Parabéns para o blog. Parabéns para você!

E aqui vai um recadinho: está rolando sorteio lá no Insta de 9 anos do PJ. Clica aqui para saber mais!

Beijos, Carol.

Pequena Jornalista - 9 anos9 Tentativas de fotos para comemorar os 9 anos de PJ! 
Se eu gostei de todas essas fotos? Não mesmo, mas fazem parte de um momento tão incrível, que nem liguei e compartilhei! 
E para o PJ tudo ou nada? TUDO! 
♥♥♥♥♥♥♥♥♥

Para ler: Niver 2017!

Fan Page ♥ Instagram 


3
15.08.2018
* PJ Leu: A luz que perdemos! ♥

Ei, Gente! :) E a dica literária da semana é: A luz que perdemos, da autora Jill Santopolo. O livro, publicado pela Arqueiro (parceira do blog), é um daqueles romances que aquecem o coração, mas também fazem a gente ficar com o coração apertadinho. Enfim, sem muito spoiler, segue a resenha para vocês. Bom post! 

PJ Leu - A luz que perdemosLivro: A luz que perdemos | Editora: Arqueiro | Autora: Jill Santopolo
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: três livros!

Sinopse: Na manhã do dia 11 de setembro de 2001, Lucy e Gabe se conhecem na faculdade. Isso! No mesmo instante, que dois aviões colidem com as Torres Gêmeas. Quando notam que Nova York inteira arde em chamas, eles decidem que querem fazer algo importante com suas vidas, algo que promova uma diferença no mundo. Principalmente, Gabe. Quando se veem de novo, um ano depois, parece um encontro predestinado. Só que Gabe é enviado ao Oriente Médio como fotojornalista e Lucy decide investir em sua carreira em Nova York. Treze anos se passaram e muita coisa mudou, inclusive, ambos conheceram novas pessoas, como ela que conheceu Darren. Mas o caminho dos dois se cruza e se afasta muitas vezes, numa odisseia de sonhos, desejos, ciúmes, traições e, claro: amor. Mesmo separados pela distância, eles jamais deixam o coração um do outro. Ao longo dessa jornada emocional, Lucy começa a se fazer perguntas fundamentais sobre destino e livre-arbítrio: será que foi o destino que os uniu? E, agora, é por escolha própria que eles estão separados?

Minha opinião: Para quem ama Dani Atkins, autora de “Nossa Música” e outros livros, vai amar esse. Segue bem o estilo dela, sabem? De encontros, desencontros, desejos, amor e por aí vai. Foi uma história que me prendeu desde o início, mas confesso que esperava uma coisa mais diferentona e que o 11 de setembro tivesse mais presente, de fato. Mas adorei e, como de costume, tirei algumas lições importantes. Primeiro, que é sempre bom tentar fazer a diferença no mundo, por mais que pareça indiferente para muitos e que isso signifique escolhas dolorosas. Porém, se der, tente colocar na balança e, se possível, tentar conciliar a maioria dos sonhos e vontades. Pelo menos, a maioria. Segundo, que pela primeira vez, eu acho, não consegui ser #teamGabe e nem #teamDarren, os dois amores de Lucy. Entendi que os dois possuem qualidades maravilhosas, em contrapartida, os defeitos estão ali e tiram, até mesmo o leitor, do sério. Então suspirei e tive raiva de ambos! E acho que é assim na vida real, né? Ninguém é mocinho ou quase “vilão” por completo!

Em relação à escrita da autora: curti e muito! Com certeza, se for para as telonas do cinema (se eu não me engano, a história foi vendida), eu assisto! Adorei os filhos, as amigas e o irmão de Lucy. Quanto ao final, já dá para imaginar um pouco, mas a gente sempre fica na expectativa de como a autora vai construí-lo. Não amei, mas também não me decepcionei. Algumas coisas ficaram no ar, entretanto, é bom para que a gente use a imaginação! E o que eu mais amei? A capa! Entrou para as minhas favoritas!

É isso. Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo! 

Beijos, Carol.

Para ler: Nossa Música 

Fan Page ♥ Instagram 


3
13.08.2018
* Especial Bienal 2018: Os 5 marcadores que ganhei por lá e entraram na minha lista de favoritos! ♥

Ei, Gente! :) Bienal acabou ontem, mas essa semana vou trazer uns posts especiais sobre o tema aqui no PJ, ok? Não sei se vocês sabem, mas pelo corredor desse evento literário, o que não falta é troca de marcador, entre blogueiros, autores, leitores e editoras. Então, para começar, selecionei 5 que ganhei por lá e tenho até peninha de usar de tão lindos que são. Vamos lá? 

Marcador 1 - PJMeus 5 marcadores preferidos dessa Bienal. 

1. Psicose da Nina
Observação da Pequena: As cores, a textura, o textinho. Tudo muito lindo, gente! É aquele marcador que vale a pena a gente pegar, sabe? Amei, Nina! Parabéns pelo lindo trabalho.

Marcador 6 - PJ

2. Você é tão livro
Observação da Pequena: Recebi esse no Encontro da Arqueiro e… Sério, gente! Vou guardar com todo carinho, porque é bem fofinho, do jeito que eu gosto. Principalmente o nome. Achei criativo!

Marcador 2 - PJ

3. Resenhando Sonhos
Observação da Pequena: Tem como não amar esse marcador? Deve ter dado trabalho, mas achei o jogo de cores e esse paranauê amarelo, bem fofos. Tenho peninha de usar e vou colocar na decor do meu quarto: sim ou com certeza?

Marcador 4 - PJ

4. Um verão na Itália
Observação da Pequena: Se a capa do livro é linda, o marcador não seria diferente. Como não amar, gente? Sim, ainda não comprei essa história literária #fuén! Mas tenho marcador uhul \o/ hahaha.

Marcador 5 - PJ

5. Uma dama fora dos padrões.
Observação da Pequena: Lembram que eu comentei em algum post que a Arqueiro poderia vender esse marcador lindo junto com o livro na Bienal? Então, no encontro de blogueiros que rolou lá em SP, eles deram esse mimo em forma de marcador para a gente. Tem como não amar? Ao vivo, ele é mais bonito e tem imã. ♥♥♥♥ 

Marcador 3 - PJ

***

Falando em imã, lá nos corredores da Bienal e na sala de imprensa, deixei o meu também. Quem pegou, conta para mim, viu? Marca no Insta e tal.  Vou ficar bem feliz!!

Marcador 7 - PJMini marcador do PJ (de imã também).
Como tem niver do blog esse mês, estou pensando em fazer sorteio. O que acham? ;-) 

Agora, me contem: quem foi no evento, qual marcador pegou e pegou apego? ;-) E desses? Qual é o preferido? Podem opinar à vontade!
E obrigada a todos que trocaram marcadores comigo. Todos estão guardadinhos!

Beijos, Carol. 

Para ler: Wishlist literária Bienal

Fan Page ♥ Instagram 


1
07.08.2018
* Top 5 – Escritora Pam Gonçalves! ♥

Ei, Gente! :) E já que a Bienal do Livro de SP está rolando (até o dia 12 de agosto), vamos fazer mais um top 5 de autores nacionais? Dessa vez, escolhi falar da Pam Gonçalves, autora de um dos livros teens mais fofinhos que já li. Vamos lá? Bom post! 

Top 5 - Pam Gonçales - PJCrédito das Imagens: Saraiva 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista 

1. O amor nos tempos de likes (Galera Record) 
Sinopse: Em O Amor nos tempos de #likes, quatro booktubers se inspiram em três histórias da literatura para criar suas versões de contos românticos na era digital. Uma bela, jovem e famosa youtuber com medo do amor; um casal inesperado em um encontro às escuras (literalmente) e dois meninos apaixonados por livros tentando entender quem são e o que querem são os protagonistas destes contos que evocam Orgulho e Preconceito, Dom Casmurro e Romeu e Julieta.
Observação da Pequena: Se eu não me engano, esse foi o livro de estreia da Pam (com outros escritores também) e sempre esbarro nele, mas acabo não comprando. Entrou para a minha lista: sim ou com certeza? Ainda mais que são histórias clássicas e escritas por quem entende de livro.

2. Boa Noite (Galera Record) 
Sinopse: Alina quer deixar seu passado para trás. Boa aluna, boa filha, boa menina. Não que tudo isso seja ruim, mas também não faz dela a mais popular da escola. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo. O curso de Engenharia da Computação — em uma turma repleta de garotos que não acreditam que mulheres podem entender de números —, a vida em uma república e novos amigos parecem oferecer tudo que Alina quer. Ela só não contava que os desafios estariam muito além da sua vida social. Quando a protagonista decide deixar de vez o rótulo de nerd esquisitona para trás, tudo se complica. Além de festas, bebida e azaração, uma página de fofocas é criada na internet, e mensagens sobre abusos e drogas começam a pipocar. Alina não tinha como prever que seria tragada para o meio de tudo aquilo nem que teria a chance de fazer alguma diferença. De uma hora para outra, parece que o que ela mais quer é voltar para casa.
Observação da Pequena: Ainda não li, mas acho que é o tipo de livro que faz a diferença. Não parece ser só mais uma história, sabe? Fora que a capa é bem bonita e o título chama atenção!

3. Heroínas (Galera Record) 
Sinopse: Três escritoras brasileiras, incluindo a Pam, reinventaram clássicos para inspirar cada vez mais heroínas. Nesse livro, a Távola Redonda, da autora em questão, é liderada por Marina, que diante do sumiço do dinheiro que os alunos de sua escola pública arrecadaram para a formatura, desembainha a espada e reúne um grupo de meninas para garantirem a festa que planejaram.
Observação da Pequena: Fui no lançamento daqui do Rio e achei a Pam uma querida. Ainda esse ano prometo fazer resenha dele, ok? :)

4. Uma história de verão (Galera Record) 
Sinopse: É o último verão de Analu perto de casa antes da faculdade. Entre a dificuldade de se entender com seus pais, que queriam que ela cursasse Direito e não Cinema, e as persistentes comparações com seu gêmeo, André Luiz, o grande exemplo de filho que faz tudo para agradar, a garota está cansada de tanta hipocrisia e da cobrança de todos e só quer aproveitar suas férias com os amigos. O lugar é lindo, o clima está ideal e não faltam lembranças em cada cantinho da praia. Pena que nem todas são boas: a primeira decepção amorosa e grande paixão de Ana Luísa, Murilo, está de volta depois de dois anos com o sorriso cafajeste de sempre e novas promessas. De um lado, o futuro em uma nova e incrível cidade, São Paulo; do outro, os amigos, a família e um amor traiçoeiro que ao mesmo tempo machuca e envolve.
Observação da Pequena: Por enquanto, é o único livro que li dele e… Amei tanto essa história! Segue bem o estilo que eu amo! Para saber mais, só clicar aqui.

5. Turma da Mônica Jovem – Uma viagem inesperada (Nemo) 
Sinopse: O que pode acontecer numa viagem inesperada? Tudo! As personagens da Turma da Mônica Jovem estão reunidas, pela primeira vez, em um livro de contos. Mônica, Magali, Denise e Marina embarcam em aventuras inéditas, cada uma com um destino especial. Mônica parte rumo à Coreia do Sul, em um tour inesquecível, repleta de k-pop, cores e aventuras. Magali tem seus planos virados de cabeça para baixo e acaba em Paraty, onde gastronomia e novas amizades se misturam. Marina desenvolve um novo lado artístico em Londres – com direito a chá, saudades, encontros e desencontros. E Denise, por ter se metido numa encrenca, é mandada de castigo para um acampamento na Serra Catarinense. Prepare as suas malas e acompanhe as garotas em viagens pelo Brasil e o mundo, com romances, confusões e aventuras!
Observação da Pequena: A Pam escreveu com outras autoras! E quem acompanha o PJ, sabe que esse livro está na minha listinha há duas Bienais. Quem sabe esse ano eu consigo ler finalmente?  #oremos ;-)

**

É isso, gente! :) Alguém já leu algum livro da Pam? Me contem aí qual vocês indicam eu embarcar primeiro (sem ser Uma história de verão).

Beijos, Carol. 

Para ler: Top 5 – Livros de autores nacionais – Bienal do Livro RJ

Fan Page ♥ Instagram 


1

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018