10.01.2020
* PJ News – Janeiro 2020: Romance de época e outros! ♥

Ei, Gente! :) Para terminar essa primeira semana útil do ano, separei alguns lançamentos de janeiro. E é naquele mesmo esquema: de tudo um pouco de temas que a gente ama. Bom post! ♥

Crédito das Imagens: Site Adoro Cinema e Instagram Editora Arqueiro
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Não poderia começar com outra novidade: Frozen II , que já estreou, mas ainda não consegui assistir. Não sei bem do que se trata, mas é Disney, né? :) Mas para os curiosos, vi que as irmãs Elsa e Anna descobrem a história do pai e uma revelação vai ajudar a Rainha do Gelo a compreender a origem dos seus poderes.

E para quem ama romance de época, a Editora Arqueiro, no dia 14 de janeiro vai lançar mais um livro da Diva Julia Quinn: História de um grande amor, que fala sobre Miranda Cheever, que acredita que seu destino será de solteirona. Porém, Nigel Bevelstoke, lhe prometeu o oposto, fazendo com que ela se apaixonasse aos 10 anos de idade. O tempo passou, ela virou uma linda mulher e ele um homem solitário e amargo (por conta de um trágico acontecimento). E ela fará de tudo para salvar o seu grande amor! Enfim, achei bem interessante, e vocês? Fora que a capa é uma das mais lindas da vida! ♥

Crédito das Imagens: Instagram Letturale e Loja El Gato
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Ainda para os fãs desse gênero literário vi essa capa linda para leitor digital e tal, da Lojinha Letturale. Falando nisso, esse ano, se Deus quiser, vou embarcar nessa história que é um clássico, né? Para quem quiser mais informações, é só clicar aqui.

E estamos em Janeiro ainda, mas o pessoal já está animado para o Carnaval. Quem gosta da folia, a Loja El Gato já lançou a sua coleção carnavalesca, como essas saias de paetê. Achei bem coloridas e divertidas! Quem quiser saber mais, corre aqui. ;-)

***

É isso, pessoal. Gostaram? Podem opinar à vontade! :)
E me contem: qual lançamento que vocês querem de qualquer jeito?

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: Top 5 – Julia Quinn
Fan Page ♥ Instagram


3
09.01.2020
* Para assistir: Minha mãe é uma peça 3! ♥

Ei, Gente! :) Quinta-feira é o dia oficial do TBT. Então, resolvi trazer a minha opinião sobre o filmeMinha mãe é uma peça 3“, o último que assisti em 2019. Vamos lá? Pega a pipoca, o guaraná, que a sessão já vai começar! ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Para começar, aquele resuminho clássico: Dona Hermínia está de volta e, dessa vez, vai ter que se reinventar. Afinal, seus filhos estão formando novas famílias e ela precisa lidar com esse novo cenário. A propósito, ele é assim: Marcelina está grávida e Juliano vai se casar. E não para por aí! Sabe o seu (ex) marido? Bom, ele resolveu fazer uma surpresa e virar o seu vizinho! =D

E o que eu achei? Sou suspeita, pois amo uma comédia brasileira e, se tem o Paulo Gustavo no meio, sei que é risada na certa! ♥ Eu fui em um dia que precisava me distrair e rir sem medo de ser feliz. E deu mega certo, gente! Só da Dona Hermínia aparecer, a gente já cai na gargalhada!

Achei a premissa bem boa e não caiu na mesmice. Algumas partes deu um aperto no coração, porque apesar de ela ser doidinha de pedra, é uma boa mãe! Faz tudo pelos filhos, sem medir esforços. Aliás, a gente termina o filme, dependendo da situação, querendo abraçar muito a nossa e agradecer por tudo, até pelas reclamações dos potinhos de cozinha.

Crédito da imagem: Adoro Cinema

Destaque para as roupas da Dona Hermínia, seus rolinhos são um máximo também. As cenas com a sogra do filho são as melhores e a da feira é sensacional. :) Enfim, é um filme para ver com a sua mãe (seja de consideração ou não) ou na sua própria companhia. Vale a pena de qualquer jeito. Lava a alma de tanto que a gente ri.

E, por favor, fiquem até os créditos finais. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para Assistir – De pernas pro ar 3
Fan Page ♥ Instagram


2
08.01.2020
* PJ Leu: Corajosa sim, Perfeita não! ♥

Ei, Gente! :) Ontem não consegui postar. O dia foi bem corrido e ainda teve niver das minhas irmãs. Mas para comemorar o Dia do Leitor (ainda dá tempo, né? haha), separei uma resenha literária: Corajosa sim, perfeita não, da autora Reshma Saujani. Publicado pela Editora Sextante, o livro ajuda a gente dar os primeiros passos em busca de uma jornada repleta de coragem e menos perfeccionismo. Vamos lá? Boa leitura! ♥

Livro: Corajosa sim, perfeita não | Editora: Sextante | Autora: Reshma Saujani
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros

Sinopse: A busca pela perfeição acaba nos limitando. É preciso na verdade exercitar o músculo da coragem. O que não é fácil também! Mas quando deixamos a necessidade de perfeição para trás, encontramos liberdade, alegria e todas as coisas boas que queremos na vida. É preciso tentar, antes de pensar em desistir. E, com base na sua vida e na de outras histórias, a fundadora da ONG Girls Who Code, a Reshma Saujani, escreveu esse livro inspirador sobre coragem. ;-)

Opinião da Pequena: Eu ando numa fase bem tensa, principalmente, no quesito profissional. Depois de um dia ruim, decidi largar o livro que estava lendo e embarcar nessa jornada em busca da coragem. E acho que foi a primeira decisão certeira do ano!

Claro que as coisas não mudam da noite para o dia. A busca pela perfeição não vai simplesmente embora. E o músculo da coragem não aparece do nada! Mas o mais legal desse livro é que ele deixa isso bem claro. Que é aos poucos mesmo e, ao mesmo, tempo, nos impulsiona dar os primeiros passos!

Não é simplesmente uma história de uma pessoa que “deu certo”. É uma história de uma mulher que fracassou e que usa a seu favor esses fracassos! Que faz do limão, uma limonada, sabem? Não é aquele livro auto-ajuda impossível de colocar na prática. E eu fico tão feliz de ler livros assim. Me dão uma luz no fim do túnel. Realmente me ajudam!

Fora que a escrita da Reshma acolhe o leitor. Dá a sensação de que o livro foi escrito para a gente. É quase impossível não se identificar com os casos e as descrições. Pelo menos, com a pequena jornalista que vos bloga foi assim.

Enfim, é um livro que vale muito a pena! A gente vê o quanto precisa excluir a palavra perfeição do dia a dia. Ninguém é perfeito e nem precisa ser. Isso acaba só te puxando para baixo. Outra coisa: vi com outros olhos o significado de fracassar. E isso tem me ajudado. E a coragem? Ela virou uma das minhas palavras preferidas e espero que ela esteja mais presente no meu dia a dia.

Desde que terminei “Corajosa sim, Perfeita não”, a sementinha de uma “Carol mais corajosa e menos perfeccionista” foi plantada. E espero, do fundo meu coração, colher bons frutos! Lembrando, que coragem não tem nada a ver com a ausência do medo. ;-)

RECOMENDO muito a leitura, viu gente? ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – Garota pare de mentir pra você mesma!
Fan Page ♥ Instagram   


2
06.01.2020
* Pequena Escritora #4: Uma carta para 2020! ♥
(Por Carol Daixum)

Ano novo. Vida nova! É sempre a mesma história. Eu sei! Mas na minha cabeça, é quase impossível não vivenciar essa sensação. Aquela de recomeço! E sinceramente? Eu amo! Preencher um novo planner, fazer um nova lista de metas (por mais que sejam antigas)… E quando o último ano não foi o melhor rolê da vida, esses clichês são mais legais ainda.

Não é que 2019 tenha sido horrível. Mas foi um ano bem ansioso! Principalmente, no quesito vida profissional. Sai de um emprego. Resolvi andar com as próprias pernas. E eu sabia que não seria fácil, mas não tinha ideia do quão difícil seria. Porém, aprendi bastante e gente: fiz a minha primeira montagem no Photoshop.

Ah! Consegui a minha primeira credencial para a Bienal do Rio de Janeiro, fiz o meu primeiro publipost e o blog completou uma década. Também fiz viagens curtas, mas aquela para fora do país não rolou. Ganhei uma estante dos sonhos e recebi o meu primeiro contato de uma pessoa que pegou um livro esquecido por mim e voltei para o Inglês!

E sou grata por tudo isso. Mas confesso que eu queria mais! E ainda bem que 2020 está aí. Eu ainda estou confusa de qual caminho seguir profissionalmente. Eu amo escrever e não quero largar isso por nada! Só estou tentando descobrir como ganhar dinheiro com isso, de fato.

Mas vamos que vamos! O ano não tem culpa de nada. Li hoje que não adianta você vestir de branco, se não batalhar pela paz que deseja. Ou de amarelo, se não trabalhar arduamente para ganhar dinheiro. Mas a tradição vale a pena. Só não pode parar por aí, né?

Para o meu, o nosso 2020, desejo leveza. Que haja menos cobrança da gente, de verdade. Que saibamos dizer não e que a voz da nossa razão e do nosso coração fale mais alto do que outras vozes. Que se rolar medo, que a coragem tome à frente e que a gente deixe a vida fluir.

Claro, que existem dias e dias e, espero, que a gente viva um de cada vez, na medida do possível. Porque tudo na teoria é mais fácil que na prática. Não tem jeito! Mas não pode ser desculpa para não tentar, né? Desejo coisas novas, repetecos que valham a pena. Sabedoria também é um bom desejo!

E que a gente olhe a nossa listinha de metas todos os dias, mas esteja preparado para mudar de rumo. Independente do ano, do mês, da semana. Que a gente leia mais, sem preguiça. Que a gente tenha ao menos um hobby, nem que seja trabalhar tomando mate. E que a gente seja a gente. Cheio de imperfeições, mas repleto de coragem para passar por um ano, que na real depende da vida, do destino, das coincidência, mas também tem nossos dois braços no meio! =)

****

Espero que gostem do texto! Eu fiquei bem feliz com o resultado! \o/ Espero conseguir publicar mais posts assim. No mais, sei que não é o primeiro post de 2020, mas desejo que esse ano seja incrível, leve e repleto de sabedora. Ah! E para variar: podem opinar à vontade. ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: Pequena Escritora – Felicidade
Fan Page ♥ Instagram   


5
03.01.2020
* PJ Leu: Onde mora o amor! ♥

Ei, Gente! :) Prontos para a primeira resenha literária do ano? Com vocês, o que eu achei do livro “Onde mora o amor“, da autora Jill Mansell. Um romance com a capa linda e o conteúdo repleto de histórias de amor. Vamos lá? Boa resenha! ♥

Livro: Onde mora o amor | Editora: Arqueiro | Autora: Jill Mansell
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 4 livros

Sinopse: Dexter Yates adora a sua vida despreocupada. Além de lindo e rico, mora em um apartamento chique de Londres e está sempre acompanhado de belas mulheres. Mas tudo se transforma da noite para o dia quando a irmã morre, deixando a pequena Delphi, de apenas 8 meses.

Sem a menor ideia de como cuidar sozinho de um bebê, ele resolve se afastar da correria da cidade grande e se muda para o chalé em Briarwood. Ele não está acostumado ao ambiente de um vilarejo. Mas ainda bem que os moradores o recebem de braços abertos, principalmente, Molly, com quem logo tem uma conexão inegável. ;-)

Opinião da Pequena: Esse é o 6º livro da série “Romances de hoje”, da editora Arqueiro. É um daqueles romances que tem a história central, porém, as paralelas são as que mais chamam a atenção. Pelo menos, no meu caso foi assim. ♥

Dexter e todo o contexto que o envolve mexeu bastante e bateu aquela curiosidade, do que seria dele e da pequena Delphi. A gente já imagina no que vai dar, mas o final não deixa de ser surpreendente e de arrancar suspiros.

Porém, a parte da Frankie e sua família foi a que fez me devorar cada capítulo em que apareciam. É nesse momento que a gente se toca que o “perfeito” é muito relativo! Aliás, ela é uma das personagens mais fortes que já vi nessa série.

No mais, a escrita da Jill continua envolvente. Os personagens nos conquistam, alguns dão raiva e a maioria nos ensina e faz valer cada página desse romance. O 1º livro dela eu gostei mais, mas esse também é perfeito para quem ama romance e todos os clichês que esse gênero carrega (e eu, particularmente, amo).

E, por fim: destaque para a capa que é uma das mais lindas. Enfim, RECOMENDO a leitura. ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Desencontros à beira-mar
Fan Page ♥ Instagram 


5

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2020