05.05.2020
* Top 5: Livros & Cafeterias! ♥

Ei, Gente! :) Uma das coisas que mais estou sentindo falta nessa quarentena é ler em cafeterias. Não que eu goste de café, mas ambientes que vendem essa bebida me dão uma sensação de aconchego, sabem?

E outra coisa: eu amo histórias que estão ligadas de alguma forma com esse cenário. Pensando nisso, selecionei cinco livros para o post do dia. Três estão na minha wishlist e dois já embarquei e amei. Então, vamos lá? ♥

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Encontro na cafeteria (Francine Cândido)
Sinopse:
Lucas está sendo obrigado pelo pai a assumir como CEO na empresa Braincoff e continuar uma faculdade que nem sabe o motivo de ter escolhido. É nessa onda de dúvidas e com uma certa coincidência, que Lucas vai ajudar a dona de uma loja de queijos e é confundido com alguém buscando trabalho. Decidido a conseguir o emprego e fazer uma única coisa na vida em que seu pai não se meteu, Lucas vai descobrir segredos e desejos sobre si mesmo ao se deparar com o fato de que Sonata sua chefe, lhe causa sentimentos perturbadores.
Observação da Pequena: Acho que vai ser a minha próxima leitura. Tem cara de arrancar muitos suspiros e fazer parte dessa cafeteria.

2. Dedique-se de coração (Howard Schultz)
Sinopse:
Uma empresa pode, sim, funcionar com o coração, nutrir a alma e ainda dar lucros. Neste livro, o leitor nota que é possível, a longo prazo, oferecer valor aos seus acionistas sem sacrificar a crença central de que se deve tratar os funcionários com respeito e dignidade.
Observação da Pequena: Eu amo a Starbucks, por mais que eu não ame café. Mas muitas coisas me chamam a atenção nela e vão além do nome escrito com uma carinha feliz na bebida escolhida hehehe. Não sou muito de ler esses livros, mas esse entrou para a minha listinha.

3. Café em Paris (Marília Cichini)
Sinopse:
Um livro para a gente colorir e brincar com paper dolls, independente da idade.
Observação da Pequena: Eu amei o cenário escolhido! Acho que não brincaria com paper dolls , mas adoraria colorir um pouco para me distrair nessa quarentena.

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

4. Te devo uma (Sophie Kinsella)
Sinopse:
Fixie Farr tem a necessidade de ajeitar tudo. Até que um dia no Café Allegro, um estranho pede para ela olhar seu laptop por um instante. E, claro, ela diz sim, até que…. O teto do local desaba, nada muito grave, e ela defende com unhas e dentes o computador do cara, que a propósito se chama Sebastian. Surpreso e grato pelo gesto, pega um protetor de copo e entrega para a protagonista com os dizeres “Te devo uma”. Será que o destino fará com que ele cumpra a “promessa”?
Observação da Pequena: É um dos melhores livros da Sophie e o cenário onde tudo começou é tão perfeito, mesmo com os poréns hahaha. Para quem quiser saber mais, é só clicar aqui.

5. O café da praia (Lucy Diamond)
Sinopse:
Evie sempre foi a ovelha negra da família. Então, quando a sua tia preferida sofre um acidente, ela recebe uma inesperada herança…. O café na beira da praia, de Cornualha, onde passou sua infância, entre outros momentos, agora é seu! Entretanto, logo descobre que nem tudo são flores no Café! Mas apesar das dificuldades, ela está determinada a fazer dar certo!
Observação da Pequena: É aquele livro amorzinho e que a gente fica com vontade de frequentar o lugar e conversar com os personagens. Para quem quiser saber mais, é só clicar aqui. Ah! Vai ter live com essa autora na 5ª feira, às 15h, no Insta da Editora Arqueiro. ♥

***

É isso, pessoal. :) Agora me conta: quem gosto de livro com esse pano de fundo? E fique à vontade para recomendar outros livros com esse cenário.

Beijos, Carol.

Post Antigo: Top 5 – Mães literárias que merecem destaque
Fan Page ♥ Instagram


5
04.05.2020
* Inspiração do dia: lookinho para ler um livro! ♥

Ei, Gente! :) Segunda-feira é o dia oficial da preguiça. Pelo menos para mim! Algumas vezes eu rendo, outras nem tanto. Aí tudo o que eu quero é ficar com um lookinho confortável, lendo livros e tal.

Eis que de repente acho a inspiração perfeita para esse momento. Amei tanto esse conjunto. A cor, as listras! Dá até para dormir com ele, eu acho. Enfim, se alguém souber onde eu encontro, me avisa? Grata! hahaha ;-)

Crédito da Imagem: Pinterest

Enfim, um post rapidinho, mas espero que gostem. Aliás, podem opinar à vontade! ♥
E boa semana para a gente!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Calça Larguinha!
Fan Page ♥ Instagram


10
01.05.2020
* PJ Leu: Notre-Dame – A história de uma catedral! ♥

Ei, Gente! :) Para começar esse mês, resolvi postar a minha última leitura de abril, que na verdade finalizei hoje mesmo hahaha. O nome é Notre-Dame, do autor Ken Follett, livro publicado pela editora Arqueiro (eterna parceira do blog). Vamos lá? Boa resenha! ♥

Conto: Notre-Dame | Editora: Arqueiro | Autor: Ken Follett
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 4 livros

Sinopse: Em abril de 2019, um incêndio quase destruiu uma das maiores catedrais do mundo. Sendo assim, Ken Follett resolveu descrever em Notre-Dame as emoções que sentiu ao saber do ocorrido. Aliás, nesse livro, o autor reflete sobre o papel que a catedral desempenhou ao longo do tempo e revela a influência que a mesma tem em outras ao redor do mundo.

Opinião da Pequena: Quando o pessoal do marketing da Arqueiro enviou o e-book para a gente ler, não sabia ao certo se a leitura me agradaria. Mas resolvi sair da minha zona de conforto e aceitei embarcar. :)

Ken Follet fala sobre um dos pontos turísticos mais incríveis de Paris e transmite uma paixão pelo assunto, que é quase impossível não se envolver. É triste saber tudo o que aconteceu. Mas em uma das matérias que vi sobre a Pandemia que estamos vivendo, eu fiquei muito feliz quando vi que um padre ou bispo (não sei ao certo), estava celebrando uma missa lá dentro (sem os fiéis, claro). Depois de tudo que a Catedral passou, ver aquela cena me deu esperança.

Enfim, gostei da escrita do autor e como o livro é rico em detalhes históricos. Por exemplo, ela levou quase 100 anos para ser construída e eu não fazia a menor ideia de que a Notre-Dame é a quinta igreja erguida naquele local. Entre outros fatos que a gente fica sabendo em cada capítulo. Ou seja, a gente enriquece bastante com a leitura.

Adorei que tem uma parte do original da história criada pelo Victor Hugo, mas que só conhecia pelos olhos da Disney: O corcunda de Notre Dame. A gente também tem a oportunidade de ler alguns trechos do livro “Os pilares da Terra” e conhecer um pouquinho do próximo do Ken (a íntima hahaha): O Crepúsculo e a Aurora.

Então, se você é apaixonado por catedrais, independente da religião, e sempre faz questão de acrescentar no seu roteiro esse tipo de lugar para visitar, acho que essa breve história (sim, o livro é bem curtinho) vai te agradar bastante. E, por mais que não seja o meu livro favorito da vida, surpreendentemente, me agradou. ♥

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo. Falando nisso, ele está disponível aqui.

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – Depois daquela montanha
Fan Page ♥ Instagram


14
30.04.2020
* Top 5: livros que amei, mas não fiz resenha! ♥

Ei, Gente! :) Eu sempre fui uma leitora assídua, mas quando criei o PJ, não falava sobre livros (pois é, absurdo, eu sei hahaha). Ou seja? Muitas histórias ficaram de fora! Daí, na hora de montar a minha estante virtual no Skoob, descobri várias leituras que poderiam ter virado uma resenha aqui no blog. Então, selecionei 5 delas e vou contar um pouquinho sobre. Vamos lá? ♥

Crédito das Imagens: Estante Virtual e Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Os homens com quem não me casei (Janice Kaplan – Editora Record)
Sinopse:
Após o marido de Hallie Pierpont dispensá-la, um pensamento curioso invade sua mente: por onde andarão os homens com quem ela não se casou? Eric tornou-se milionário e ocupa a 255º posição na lista da Forbes. Barry agora é conhecido como Rav Jon Yoma Maharishi, um líder espiritual que se dedica a meditação. Já Kevin é fotógrafo submarino, e está trabalhando no último filme de Angelina Jolie. Junte-se a Hallie e descubra se valeu a pena ela não levar esses homens para o altar…
Observação da Pequena: Eu li há seculos esse livro e a única coisa que lembro bem era de ter chorado de tanto rir. Vocês sabem que eu não costumo ler livros repetidos, mas esse eu tenho vontade. :) Aliás, achei essa história para vender só na Estante Virtual. Então, fica a dica para quem se interessar.

2. O casamento de mentirinha de Kate Simpson (Mina Ford – Editora Record)
Sinopse:
Depois do fim traumático de seu namoro, Katie Simpson precisa desesperadamente do apoio de seus amigos. Mas justo na hora eles estão mais preocupados com os próprios problemas. Todos estão ocupados demais para pensar em Katie, até que ela resolva se casar. Será apenas um truque para atrair novamente a atenção deles? Ou ela está mesmo disposta a levar o plano até o fim?
Observação da Pequena: Sabe aquele livro que você se arrepende profundamente de ter emprestado? Então! Esse é o típico chick-lit que vale cada capítulo. Não lembro de muita coisa, mas o pouco que guardo na memória arrancou muitas risadas e aprendizados sobre amor e amizade.

3. A dieta das chocólatras (Carole Matthews – Editora Bertrand Brasil)
Sinopse:
Lucy Lombard achava que sua felicidade estava garantida ao lado de Aiden, seu namorado e chefe lindo, desejado por todas as mulheres. Até o dia em que pegou o amado na cama com outra. Pelo menos, um consolo: ela não é a única desesperada. Autumn ainda não tomou coragem para apresentar o novo namorado para os pais. Nadia não acredita mais nas desculpas dadas pelo marido para esconder o vício da jogatina. Chantal continua tentando salvar o casamento, embora de um jeito um tanto quanto inusitado. Portanto, está decretado: essa é uma EMERGÊNCIA CHOCOLATE!
Observação da Pequena: Nunca comi tanto chocolate lendo um livro. Sério! Leia esse livro com uma caixinha de bis ou outra guloseima. A leitura fica deliciosa e rende bons momentos ao lado das quatro amigas, repletas de histórias que a gente se identifica, nem que seja em alguns pontos. Quero muito ler o primeiro da série para conhecer como tudo começou. Aliás, o nome do 1º é esse “O clube das chocólatras”.

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

4. O atlas do amor (Laurie Frankel – Editora Paralela)
Sinopse:
Ninguém sobrevive à maternidade sem aliados – principalmente quando se está em meio a um curso de pós-graduação. Por isso, apesar de descobrir no fim de um semestre que está grávida e de ser abandonada pelo namorado sete anos mais novo, Jill ainda pode se imaginar sortuda quando suas duas melhores amigas imediatamente se prontificam a ajudá-la a criar Atlas, o bebê. Então, ela e as amigas se mudam para uma casa maior, arranjam um cachorro e montam uma programação sem intervalos. Mas é claro que tudo acaba se complicando…
Observação da Pequena: Foi uma leitura bem rapidinha. Leve, divertida e que a gente fica apaixonada pelo Atlas! Vale cada palavras! é um dos livros mais fofos e com a capa mais linda! Esse foi indicação de uma amiga da facul, a Mary. Obrigada, amiga!

5. Anna e o beijo francês (Stephanie Perkins – Novo Conceito)
Sinopse:
Anna Oliphant não quer se mudar para Paris. Porém, seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Então, ao chegar lá, ela conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito, que além de muitas qualidades, tem uma namorada…Anna e Étienne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer?
Observação da Pequena: Livros estão repletos de frases que marcam, né? E esse é o dono de um dos trechos que levo para a vida “Eu desejo o que for melhor para mim”. Algumas coisas me irritam no Étienne, mas são coisas que acontecem. De resto, amei cada página! E essa capa é a nova, a que eu eu tenho é a antiga, que é muito mais fofa, na minha humilde opinião! ♥

***

É isso, pessoal. Me contem: já embarcaram em alguma dessas histórias? No mais, podem opinar à vontade. :) Ah! E aproveitem para me adicionar no Skoob. ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: TBT Literário – 5 livros
Fan Page ♥ Instagram 


7
29.04.2020
* PJ Leu: Conto – O outro lado da muralha! ♥

Ei, Gente! :) Li mais um conto nessa quarentena e, é claro, trouxe a resenha para vocês. Dessa vez: O outro lado da muralha, escrito pela Leila Rego. Vamos lá? Boa leitura! ♥

Conto: O outro lado da muralha | Editora: Amazon | Autora: Leila Rego
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 4,5 livros

Sinopse: Kryptós é a cidade dos inventores e afins. Muitas lendas circulam por lá e aqueles que tentam desvendá-las são repreendidos pelos soldados de Mombi. Bob Cabeça Pensante é um cientista e seu trabalho é criar tudo o que Mombi pede. Ele vive com a família e é cercado de privilégios, até que uma saída com o seu cachorro muda tudo. Finalmente, descobre que uma das lendas de Kryptós é verdadeira.

Opinião da Pequena: O conto foi o meu primeiro contato com a autora. Acho que vou gostar mais dos livros dela de romance, mas mesmo sendo mais fantasia essa história, me fez ler do início ao fim. :)

Confesso que fiquei meio perdida em algumas partes. Eu não sou uma leitora que sempre consegue captar o que está acontecendo de primeira, ainda mais quando é um gênero que não estou acostumada a embarcar. Talvez por isso eu tenha demorado mais para finalizar.

Adorei o Bob e Mombi é uma personagem que põe medo. Sua mulher e seu filho são incríveis e o Mozart também. Aliás, não acho que tenha sido por acaso ele ter levado o nosso protagonista a um local totalmente proibido em Kryptós. Falando nisso, nunca um passeio foi tão divisor de águas. Ainda bem!

E por mais imaginária que seja, essa história me fez pensar muito no momento atual que estamos passando. Aí bateu uma tristeza! Em contrapartida, me ensinou muito a acreditar nos nossos ideais. ♥

Ah! Não sei se o conto vai virar livro, mas quem sabe. Não teve o meu desfecho ideal (na minha cabecinha de literata hahaha), mas se entrelaçou com um dos meus personagens favoritos do Mágico de Oz: o espantalho.

No mais, amei a capa do conto e diz muito sobre ele. E como já contei algumas vezes, isso ganha pontos extras. Enfim, recomendo se você quer ler algo que não seja clichê e que saia da sua zona de conforto. Faz bem derrubar algumas muralhas. ;-)

É isso, pessoal. Podem opinar à vontade! E quem quiser embarcar nesse conto, é só clicar aqui.

Beijos, Carol.

P.S: esse post é uma parceria, mas a opinião é sincera e de coração! ^^

Post Antigo: PJ Entrevista – Leila Rego
Fan Page ♥  Instagram


7

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2020