23.05.2017
* Radar PJ: Mais livros para a nossa listinha! ♥

Ei, Gente! Coração de leitor é que nem coração de mãe, né? Sempre cabe mais um livro! Pensando nisso, separei três histórias para a gente acrescentar na pilha “não lidos”. A maioria é chick-lit, mas também tem um romance! Aliás, um deles já lançou tem um tempinho, mas tem capa nova (versão filme). Enfim, peguem caneta, papel e bom post. ;-)

Radar PJCrédito das Imagens: Saraiva e Arqueiro 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Na minha onda (Laura Conrado – Editora Globo Alt)
Sinopse: Vitória é uma cantora talentosa que esteve no topo do sucesso há cinco anos. Mas agora ela está arrasada: ficou desempregada, voltou a morar com os pais e ainda tem que aceitar o triunfo de Carol Laine, sua amiga de infância e antiga companheira musical, que seguiu em carreira solo e está se tornando uma das mais comentadas artistas da Bahia. Porém, mesmo Vitória tentando se esconder a todo custo, Carol Laine a procura com um convite: ela quer que as duas voltem a trabalhar juntas e que ela participe de um reality show sobre sua vida. Isso significa, também, estar mais próxima de Lucas, o primo e assessor de Carol, por quem Vitória mantém uma paixão secreta há anos. Mesmo parecendo uma proposta irrecusável, é difícil engolir a mágoa, ficar à sombra de Carol Laine e ainda encarar os reveses da fama. Em meio a tantos sentimentos conflitantes, Vitória terá que pensar se vale a pena voltar a esse mundo, onde o ego das pessoas parece controlar tudo.
Observação da Pequena: Amei essa capa e estou ansiosa para ler mais uma história da Laura. Ah! A gente encontra nas livrarias no início de junho, mas já está na pré-venda. ;-)

2. Minha vida não tão perfeita (Sophie Kinsella – Grupo Editorial Record) 
Sinopse: Cat Brenner tem uma vida perfeita: mora num flat em Londres, tem um emprego glamoroso e um perfil supercool no Instagram. Ah, ok… Não é bem assim… Seu flat tem um quarto minúsculo, seu trabalho numa agência de publicidade é burocrático e chato, e a vida que compartilha no Instagram não reflete exatamente a realidade. E seu nome verdadeiro nem é Cat, é Katie. Mas um dia seus sonhos se tornarão realidade. Bom, é nisso que ela acredita até que, de repente, sua vida (não tão) perfeita desmorona. Demeter, sua chefe bem-sucedida, a demite. Tudo o que Katie sempre sonhou vai por água abaixo, e ela resolve dar um tempo na casa da família, em Somerset. Em sua cidadezinha natal, ela decide ajudar o pai e a madrasta com a nova empreitada do casal: os dois planejam transformar a fazenda da família em um glamping, uma espécie de camping de luxo e estão muito empolgados com o novo negócio, mas não sabem muito bem por onde começar. E não é justamente lá que o destino coloca Katie e sua ex-chefe cara a cara de novo? Demeter e a família vão passar as férias no glamping, e Katie tem a chance de, enfim, colocar aquela megera no seu devido lugar. Mas será que ela deve mesmo se vingar da mulher que arruinou sua vida? Ou apenas tentar recuperar seu emprego? Demeter – a executiva que tem tudo a seus pés – possui mesmo uma vida perfeita ou, quem sabe, as duas têm mais em comum do que imaginam? Porque, pensando bem, o que há de errado em ter uma vida (não tão) perfeita?
Observação da Pequena: É da Sophie Kinsella (a minha autora gringa preferida)? Eu já estou lendo! Amo todas as suas histórias e nem acreditei quando vi que finalmente a editora Record ia lançar esse livro!!  Se eu não me engano, a gente encontra nas livrarias a partir do dia 31 de maio. ;-)

3. Tudo e todas as coisas (Nicola Yoon – Editora Arqueiro) 
Sinopse: “A doença que eu tenho é rara e famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Não saio de casa. Não saí uma vez sequer em 17 anos. As únicas pessoas que eu vejo são minha mãe e minha enfermeira, Carla. Então, um dia, um caminhão de mudança para na frente da casa ao lado. Eu olho pela janela e o vejo. Ele é alto, magro e está todo de preto! Ele percebe que eu estou olhando e me encara. Seu nome é Olly. Talvez não seja possível prever tudo, mas algumas coisas, sim. Por exemplo, vou me apaixonar por Olly. Isso é certo. E é quase certo que isso vai provocar uma catástrofe.”
Observação da Pequena: A história já é conhecida, mas a Arqueiro lançou a capa “versão filme” e com fotos da produção cinematográfica. A propósito, podemos assistir nas telonas a partir de junho).  ;-)

***

É isso, gente! Podem opinar à vontade. 

Beijos, Carol

Fan Page ♥  Instagram


4
22.05.2017
* Moda & Arte: Redley + Gais Ama! ♥

Ei, Gente! No último dia 10 de maio, conferi de pertinho o mais novo “Ipanema Wall“, que fica na Flagship da Redley. A cada seis meses, a marca chama um jovem artista para pintar o muro de 15 metros de extensão, localizado na rua Maria Quitéria, no Rio de Janeiro. Dessa vez, a arte é assinada pelo carioca Gais Ama! Aliás, ele topou conversar um pouco sobre esse trabalho com a pequena jornalista que vos bloga. Confiram! ;-)

Fachada Redley - PJNova fachada da Flagship da Redley assinada por Gais Ama! 

1. Como surgiu o convite e como foi o processo desse trabalho para a Redley? 
R: Eu sempre perturbava o Léo Ferreira (diretor da marca) rsrs. Eu o encontrava na rua com a esposa dele e perguntava quando eu ia trabalhar no muro e tal. Ai passou um tempo, ele me procurou e perguntou se eu estava a fim de pintar, ai eu falei “só se for agora”. Só que o prazo era bem apertado! Fiz em três dias e detalhe: só pode pintar à noite! Não sabia se eu ia conseguir. Parece que eu ainda nem pintei, foi tão rápido.

2. Qual foi a sua inspiração para pintar essa arte? 
R: A minha inspiração é sempre no Construtivismo, Neoconcreto, entre outras. Coloquei um pouco de “OP Art” também! É basicamente isso. É uma abstração geométrica, onde as pessoas podem visualizar uma porção de coisas. Aliás, já me falaram que essa arte parece um trem, um computador (inclusive a pequena blogueira haha), um código binário hahaha.

unnamed (3)Gais Ama (camisa listrada) e Léo Ferreira (diretor da marca) ;-)

Para finalizar a entrevista, ele ainda mandou um recado para o público: o que estamos precisando é de mais calma, paciência! Aliás, é essa a mensagem que ele quer passar com as suas artes. ;-) E quem quiser levar um pouco do trabalho da marca e do Gais para a casa, seguem duas peças que estão disponíveis nessa loja. Achei bem carioca e desejei as essas t-shirts. 

unnamed (2)Crédito das Imagens: Divulgação (Assessoria de Imprensa)
♥♥♥♥♥

É isso, gente! Quem tiver pelo Rio e passar pela Rua Maria Quitéria (número 99), vale conferir de pertinho! Ah! E contem aqui nos comentários: o que vocês acham que significa essa arte? ;-)

Beijos, Carol.

P.S: não é um publipost! A assessoria me chamou para o evento, curti e registrei para vocês! 

Fan Page ♥  Instagram


2
18.05.2017
* Playlist: Top 5 – Maroon 5! ♥

Quem me conhece, sabe que eu sou completamente apaixonada por Maroon 5. Principalmente, pelo Adam Levine! Ele é gato, canta mega bem e já falei o quanto ele é gato? Daí, vi que ainda não tinha feito um top 5 das minhas músicas preferidas deles. Não são necessariamente letras maravilhosas, mas o ritmo é tão bom, que eu nem ligo para a letra. Enfim, bom post e apertem o play

tumblr_md73qguau51rvo6d9o1_500Top 5: Maroon 5! 

1. This Love 
Por quê? Foi a 1ª música deles que eu conheci e amava o clipe! Se eu não me engano, foi a música que lançou eles, mas não tenho muita certeza. Se alguém souber, conta aí. ;-)

2. Sunday Morning
Por quê? Ah! Essa música lembra uma fase tão boa da minha vida. Deixa a vida mais leve, sei lá.

3. Beautiful Goodbye
Por quê? Era a música que mais tocava no meu Ipod quando eu pegava o trem e ia para o Centro de Locarno (na Suíça). Tem uma vibe meio “viagem”!  ;-)

4. Lost Stars
Por quê? Gente! Quem assistiu ao filme “Mesmo se nada der certo”, sabe o motivo! É simplesmente maravilhosa essa música! Ainda não viu? Tem post aqui sobre! 

5. Sugar
Por quê? Porque sim! Mas o real motivo: eu sonho com o Adam invadindo o meu casório e sendo o culpado pela minha separação antes mesmo de eu dizer sim ao meu futuro marido! huahuahua ;-)

***

É isso, gente! Te encontro no Rock in Rio, Adam!  Agora me contem: quais são as músicas que vocês mais gostam deles? Aliás, tem alguém que não gosta? Se sim, me digam: por quê????? ;p

Beijos, Carol.

Post-Lembrete: Show Maroon 5 no Rio!

Fan Page ♥  Instagram


6
17.05.2017
* Julgando (três) livros pela capa! ♥

Ei, Gente! Não me julguem, mas selecionei três livros para o post de hoje que acabaram chamando a minha atenção pela capa Sei que não é o mais certo, mas sou tão apaixonada por capas, que não teve jeito hahaha. Elas estão aqui pela simplicidade e detalhes fofos, que, na minha humilde opinião, fazem toda a diferença. Ah! Tem a sinopse de cada livro. Bom post! ;-)

Capas - PJCrédito das imagens: Saraiva (1 e 2) e Cantinho da Leitura (3)
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Antes de partir (Collen Oakley – Bertrand Brasil)
Sinopse: Um romance emocionante sobre vida, morte e amor feito tanto para os leitores que gostam de rir quanto para os que preferem chorar. Na véspera do que esperava ser uma triunfante comemoração de três anos livre do câncer, Daisy, 27 anos, sofre um golpe devastador: seu médico lhe diz que a doença está de volta, desta vez ainda mais agressiva. Tendo apenas de quatro a seis meses de vida, ela está apavorada com o que será de seu marido, Jack, quando não estiver mais lá para cuidar dele. Esse medo tira seu sono, até que uma solução lhe vem à mente: ela precisa encontrar outra mulher para ele. Com uma determinação singular, Daisy visita parques, cafeterias e sites de relacionamento à procura do par perfeito para Jack. Mas, à medida que ela avança em sua busca, ela se vê forçada a decidir o que é mais importante no curto tempo que lhe resta: a felicidade de seu marido ou a sua própria?
Observação da Pequena: Acredito que a história seja bem triste, mas a capa trouxe leveza. Bom, pelo menos foi a minha primeira impressão. Acho que esse livro vou deixar um pouco mais para frente, por motivos de “acho que vou chorar muito” ;p!

2. Depois de você (Jojo Moyes – Intrínseca) 
Sinopse: Quando uma história termina, outra tem que começar. Lou está morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, ela cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.
Observação da Pequena: A capa chama a atenção pela simplicidade. Aquela velha história: não precisa de muito para dizer tudo, sabem? Amei e, em breve, vou embarcar. Mas primeiro preciso ler “Como eu era antes de você”. Ai, God. A lista de livros só aumenta hahaha.

3. A pequena livraria dos corações solitários (Annie Darling – Verus Editora) 
Sinopse: Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar.
Observação da Pequena: Como não amar essa capa, gente? Os detalhes, as fofurices… E a história tem cara de ser bem amor! Está na minha listinha de próximos de junho. 

***

É isso, gente! Assim que eu ler, posto a resenha aqui no blog. E juro (juradinho) que a capa não vai interferir na minha opinião hahaha! Agora contem: atualmente, quais são as três capas preferidas de vocês? 

Beijos, Carol.

Fan Page ♥  Instagram


2
16.05.2017
* Inspiração do dia: vá de bandana! ♥

33928631812_ad90118e5a_hCrédito da Imagem: Lovely Pepa! 

Já tem um tempinho que essa peça voltou a ser tendência, mas confesso que só agora pensei “por que não?”. Acho que dependendo do look, a bandana dá um toque a mais e faz toda a diferença. Essa inspiração vai me ajudar muito a montar um dos posts do @lookdapequena (novo projeto do PJ lá no Instagram ;p). Não sei se tem temporada certa para usar, mas acho que moda é isso. Se faz você se sentir bem, ok. É isso que vale!  Ah! E esse jeito (meio larguinho) que a blogger amarrou, ficou bem fofo, não acham? Enfim, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol. 

Última inspiração: Veludo

Fan Page ♥  Instagram


3

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017