10.09.2018
* Inspiração do dia: ainda é inverno! ♥

Ei, Gente! :) Ainda é inverno e aqui no Rio está fazendo frio do jeitinho que eu gosto. Então, nada melhor do que usar e abusar de roupas mais quentinhas, mas que sejam viáveis para o inverno carioca, né? E de outros lugares do Brasil também. Para o post do dia, trouxe uma inspiração que tem tudo a ver com a atual temperatura brasileira. É aquele look despojado, para o dia a dia, mas cheio de estilo. 

42418979291_379de6dd4c_o

Nunca usei esse tipo de calça, nem sei o nome ao certo, mas amei e estou disposta a experimentar. No mais amei as cores que ela usou e me deu sensação de conforto, sabe? E vocês sabem: amo looks assim. E destaque também para os acessórios, a blusa também, que achei bem divertida e fofa. E o tênis: sem comentários!

42418980181_ac913cda90_oCrédito das imagens: Lovely Pepa 

Agora me contem: o que acharam da inspiração do dia? Podem opinar à vontade! ♥ 

Beijos, Carol.

Ah! Está rolando um 2º sorteio por conta do niver de 9 anos do blog. Valendo um livro “As melhores coisas da vida”.
Clique aqui para saber mais e participar!

Fan Page ♥ Instagram


1
03.09.2018
* Especial Bienal 2018: Bienal do Livro significa… ♥

Ei, Gente! :) As últimas semanas foram bem corridas, por isso a quantidade de posts deu uma diminuída. Então, não se assustem se o assunto Bienal do Livro ainda rolar por aqui, ok? Falando nisso, hoje tem mais post falando sobre o tema. Dessa vez, pelos corredores do evento e afins, consegui fazer algumas perguntinhas relacionadas ao mundinho literário para vários leitores assíduos, sejam blogueiros, escritores e/ou do mercado editorial. Vamos lá? 

Bienal - Perguntas - PJ 4Vitor, Nina e Maria – Crédito das Imagens: Instagram de cada um 

Vitor Martins – Escritor

1. Livro que está lendo agora?
R: Tubinilândia, de Samir Machado de Machado

2. Bienal remete à…. (sem ser livro)
R: Fazer amigos e conhecer pessoas novas.

3. Salvaria quais livros de um possível incêndio da sua biblioteca particular?
R: A lógica inexplicável da minha vida, de Benjamin Alire Sáenz (edição autografada) e Goodbye Days, de Jeff Zentner (com dedicatória do autor).

Nina – Blog Psicose da Nina 

1. Livro que está lendo agora?
R: Um planeta em seu giro veloz, de Madeleine L’Engle.

2. Bienal remete à…. (sem ser livro)
R: Não consigo pensar em outra palavra que não seja amizade, pois é onde encontro meus amigos e faço novos.

3. Salvaria quais livros de um possível incêndio da sua biblioteca particular?
R: Menina de 20, da Sophie Kinsella (porque foi autografado pela autora e ela escreveu “para a menina da echarpe verde”) e Mocassins e All Stars, da Clara Savelli, 1ª edição (que completou 10 anos).

Maria – Blog Impressões de Maria

1. Livro que está lendo agora?
R: A Parábola do Semeador, de Octavia Butler.

2. Bienal remete à…. (sem ser livro)
R: Encontros.

3. Salvaria quais livros de um possível incêndio da sua biblioteca particular?
R: Um defeito de cor (Ana Maria Gonçalves) e o O ódio que você semeia (Angie Thomas).

Bienal - Perguntas - PJ 1
Joi, Paola e Frini – Crédito das Imagens: Instagram de cada um 

Joice – Blog Estante Diagonal 

1. Livro que está lendo agora?
R:  Uma proposta e nada mais, de Mary Balogh.

2. Bienal remete à…. (sem ser livro)
R: Amizade e encontros.

3. Salvaria quais livros de um possível incêndio da sua biblioteca particular?
R: Proibido (Tabitha Suzuma) e Mil Beijos de Garoto (Tillie Cole).

Paola Aleksandra – Blog Livros e Fuxicos e autora 

1. Livro que está lendo agora?
R: No momento, não estou lendo. Mas o último que eu li foi “Uma certa história de amor”, da Milena Agus.

2. Bienal remete à…. (sem ser livro)
R: Bienal representa amor. Quando eu comecei a escrever sobre livros, me senti parte de algo, de uma comunidade. Então, na Bienal você está rodeada de pessoas que amam ler e isso dá uma sensação de que “nossa, a gente ama a mesma coisa”. Então, eu chego aqui e sinto amor.

3. Salvaria quais livros de um possível incêndio da sua biblioteca particular?
R: Orgulho e Preconceito e Persuasão (os dois da Jane Austen).

Frini Georgakopoulos – Autora 

1. Livro que está lendo agora?
R: Uma noiva para Winterborne, da Lisa Kleypas.

2. Bienal remete à…. (sem ser livro)
R: Companheirismo.

3. Salvaria quais livros de um possível incêndio da sua biblioteca particular?
R: Duas vidas, dois destinos (Katherine Paterson) e O sol é para todos (Harper Lee). 

Bienal - Perguntas - PJ 2
Samanta, Felippe e Nat – Crédito das Imagens: Instagram de cada um

Samanta Holtz – Escritora 

1. Livro que está lendo agora?
R: Vou parecer uma “J. K. lover”, mas eu sou hahaha. “Morte Súbita”, da J. K. Rowling.

2. Bienal remete à…. (sem ser livro)
R: Isso tudo que passei antes mesmo de entrar na Bienal, que é encontrar blogueiro, leitor, amigos. Então, é esse encontro. A gente se fala tanto pela internet, mas na Bienal tem esse “corpo a corpo”.

3. Salvaria quais livros de um possível incêndio da sua biblioteca particular?
R: A saga Harry Potter, com certeza.

Felippe Barbosa – Escritor (vi o Felippe de longe, mas depois ele veio me responder mega fofo no Insta ♥)

1. Livro que está lendo agora?
R: “Um milhão de finais felizes”, do Vitor Martins.

2. Bienal remete à…. (sem ser livro)
R: A novas descobertas e oportunidades de se surpreender com autores novos.

3. Salvaria quais livros de um possível incêndio da sua biblioteca particular?
R: Eu salvaria o box da coleção inteira de Desventuras em Série (sei que são 13, mas me deixa hahaha) e “Cem Anos de Solidão” de Gabriel García Márquez. 

Nat – Marketing Arqueiro e Sextante 

1. Livro que está lendo agora?
R: A Grande Solidão, que vai ser lançado em setembro ou outubro, pela Sextante.

2. Bienal remete à…. (sem ser livro)
R: Amigos. Tenho muitos amigos blogueiros de outros estados, então, quando tem Bienal é o momento de reunir todo mundo.

3. Salvaria quais livros de um possível incêndio da sua biblioteca particular?
R: O Duque e Eu (Julia Quinn) e alguns da Nora Roberts, que sou fã dessa autora hahaha.

Bienal - Perguntas - PJ 3

A. J. Finn – Crédito das Imagem: Instagram do autor!

A. J. Finn – Autor (esse só consegui fazer uma perguntinha no Encontro de Blogueiros da Arqueiro, na Bienal, mas está valendo muito

– Salvaria quais livros de um possível incêndio da sua biblioteca particular?
R: Dicionário, afinal, são palavras, né? (Maravilhosa a resposta: sim ou com certeza?)

**

É isso, pessoal. Muito obrigada a todos que participaram! Vocês arrasam! ♥♥♥ 

Agora me contem: Bienal remete à…? ;-)

Beijos, Carol.

Para ler: Os Quase Completos


1
22.08.2018
* Especial Bienal 2018: Os 5 cenários mais incríveis para tirar foto! ♥

Ei, Gente! :) Ainda pode falar sobre a Bienal do Livro que rolou recentemente em São Paulo, né? Bienal não é apenas para comprar histórias literárias, é ideal para encontrar autores, outros leitores, bloggers e, claro, cenários incríveis para registrar esse evento literário. Gostei bastante dos cantinhos que tinham no pavilhão e para o post do dia, selecionei o meu top 5 de lugares que mereciam um registro. Vamos lá? 

Bienal 2018 - PJ - 2Estande: Pólen 

Tem como não amar esse cantinho? :) Aliás, o cantinho deles na Bienal era um dos mais lindos e incríveis. Eles arrasaram muito! Sem falar desse cenário digno de leitor! Deu até vontade de ficar por lá lendo nessa poltrona, tomando chá nessa caneca e tal. Minha cara é de cansada na foto, mas o coração é leitora. Juro hahaha! 

Bienal 2018 - PJ - 4Bienal do Livro de SP! 

É aquela foto clássica da Bienal, por esse motivo selecionei esse cenário para o Top 5 da vez.  Tem que ter! Nem que seja uma para mostrar como era o local hahaha. Só não apareci na foto, porque não tinha ninguém por perto hahaha. Sim, primeiro o pavilhão fica mega vazio! É bom, mas nessa hora não consegui uma alma caridosa hahaha. ;-)

Bienal 2018 - PJ - 1Estande: Kindle! 

O Kindle não me conquistou 100%, afinal, sou do time que gosta de cheirar o livro, pegar no papel e tal. Mas posso dizer que cai de amores por esse estande. Um dos lugares mais fofos da Bienal para registrar o seu amor por leitura! Amei. 

Bienal 2018 - PJ - 5Estande: Editora Astral Cultural

Sim, eles reproduziram a Barraca do Beijo, inspirada no filme e, claro, no livro. Tem como não amar? Nessa hora, a saudade do namorado apertou! hahaha  E quem ainda não sabe do que se trata essa história, em breve vai ter resenha desse filme fofo, da Netflix. ;-)

Bienal 2018 - PJ - 3Estande: Mercado Livre

E o que falar da Livraria Infinita (por conta dos milhares de espelhos), que o Mercado Livre criou? Sério! Amei muito a ideia e fiquei enlouquecida nesse stand hahaha! Por mais “livrarias” assim! 

***

É isso, gente! Claro, que tem muito cenário que não consegui registrar, por conta da fila, porque não encontrei mesmo (Como o cantinho “Para todos os garotos que já amei”) e tal. Mas fiquei feliz com os meus registros. E quem foi: qual cantinho mais amou para tirar foto? Comenta aí! ;-)

Beijos, Carol.

Para ler: Os cinco marcadores favoritos da Bienal

Fan Page ♥ Instagram


2
20.08.2018
* Pequena Jornalista completou 9 anos de blogosfera! ♥

Parece que foi ontem. Dia 20 de agosto de 2009, a pequena blogueira que vos bloga resolveu criar um cantinho na blogosfera: Pequena Jornalista! Na época, tudo ainda era mato e, de lá pra cá, muita coisa mudou. O blog de tudo um pouco, continua com esse objetivo, mas o mundinho literário também invadiu essa parte da minha vida. E que bom!  Nesses 9 anos, tanta coisa aconteceu. Li histórias incríveis, ganhei amigos para a vida inteira e muitas oportunidades, que meu Deus! Quando imaginei ganhar livros? Quando imaginei credencial para Bienal? Quando imaginei entrevistar meus autores favoritos? Quando imaginei receber uma Melissa, mimos de papelarias e tal? Como já contei algumas vezes, o PJ é a minha dose extra de alegria (e de aprendizado). Aqui escrevo sem regras. Me permito acertar e errar, na mesma intensidade (por mais que meu perfeccionismo insista em tomar conta hahaha).

Falando nisso… Também tenho os meus dias difíceis, que quase nunca compartilho. Mas eles existem, viu? Ou acha que blogar é só glamour? Que a vida da Pequena só se resume em fofurices? Não mesmo! A gente recebe cada não, que dói. Cada foto péssima que eu tiro (isso o feed do Insta não mostra hahaha). A inspiração some, a internet não colabora, o computador trava, o trabalho (que paga os boletos e que eu amo também) toma todo tempo do mundo e o jeito é ler de madrugada mesmo, postar no outro dia e mandar o e-mail com as perguntas para o próximo entrevistado depois. Nessas horas, a frustração toma conta e parece que nada dá certo. Mas no dia seguinte, você lembra das conquistas, do e-mail surpreendente que recebeu e passa. Faz parte, né? Momentos ruins servem para a gente dá valor aos bons. Se tudo fosse fácil, talvez não tivesse tanta graça.

Enfim! Sou grata por cada pedacinho da história do blog e por quem faz parte dela, seja direta ou indiretamente. Obrigada a todos leitores, escritores, parceiros (antigos e novos), assessorias, família (principalmente Mamys, Lulu e Jeanninha e Johnninho), amigos, namorado e tal. Obrigada por cada comentário, sugestão e participação. Obrigada por me incentivarem sempre! E que venham mais anos, mais posts, mais leituras, mais tempo para me dedicar mais ainda, mais surpresas, mais aprendizados. E que nunca falte: gratidão, sonhos e, claro, livros e tudo que faz parte do meu mundinho, como moda, beleza, filme, séries e etc.

Parabéns para mim. Parabéns para o blog. Parabéns para você!

E aqui vai um recadinho: está rolando sorteio lá no Insta de 9 anos do PJ. Clica aqui para saber mais!

Beijos, Carol.

Pequena Jornalista - 9 anos9 Tentativas de fotos para comemorar os 9 anos de PJ! 
Se eu gostei de todas essas fotos? Não mesmo, mas fazem parte de um momento tão incrível, que nem liguei e compartilhei! 
E para o PJ tudo ou nada? TUDO! 
♥♥♥♥♥♥♥♥♥

Para ler: Niver 2017!

Fan Page ♥ Instagram 


3
15.08.2018
* PJ Leu: A luz que perdemos! ♥

Ei, Gente! :) E a dica literária da semana é: A luz que perdemos, da autora Jill Santopolo. O livro, publicado pela Arqueiro (parceira do blog), é um daqueles romances que aquecem o coração, mas também fazem a gente ficar com o coração apertadinho. Enfim, sem muito spoiler, segue a resenha para vocês. Bom post! 

PJ Leu - A luz que perdemosLivro: A luz que perdemos | Editora: Arqueiro | Autora: Jill Santopolo
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: três livros!

Sinopse: Na manhã do dia 11 de setembro de 2001, Lucy e Gabe se conhecem na faculdade. Isso! No mesmo instante, que dois aviões colidem com as Torres Gêmeas. Quando notam que Nova York inteira arde em chamas, eles decidem que querem fazer algo importante com suas vidas, algo que promova uma diferença no mundo. Principalmente, Gabe. Quando se veem de novo, um ano depois, parece um encontro predestinado. Só que Gabe é enviado ao Oriente Médio como fotojornalista e Lucy decide investir em sua carreira em Nova York. Treze anos se passaram e muita coisa mudou, inclusive, ambos conheceram novas pessoas, como ela que conheceu Darren. Mas o caminho dos dois se cruza e se afasta muitas vezes, numa odisseia de sonhos, desejos, ciúmes, traições e, claro: amor. Mesmo separados pela distância, eles jamais deixam o coração um do outro. Ao longo dessa jornada emocional, Lucy começa a se fazer perguntas fundamentais sobre destino e livre-arbítrio: será que foi o destino que os uniu? E, agora, é por escolha própria que eles estão separados?

Minha opinião: Para quem ama Dani Atkins, autora de “Nossa Música” e outros livros, vai amar esse. Segue bem o estilo dela, sabem? De encontros, desencontros, desejos, amor e por aí vai. Foi uma história que me prendeu desde o início, mas confesso que esperava uma coisa mais diferentona e que o 11 de setembro tivesse mais presente, de fato. Mas adorei e, como de costume, tirei algumas lições importantes. Primeiro, que é sempre bom tentar fazer a diferença no mundo, por mais que pareça indiferente para muitos e que isso signifique escolhas dolorosas. Porém, se der, tente colocar na balança e, se possível, tentar conciliar a maioria dos sonhos e vontades. Pelo menos, a maioria. Segundo, que pela primeira vez, eu acho, não consegui ser #teamGabe e nem #teamDarren, os dois amores de Lucy. Entendi que os dois possuem qualidades maravilhosas, em contrapartida, os defeitos estão ali e tiram, até mesmo o leitor, do sério. Então suspirei e tive raiva de ambos! E acho que é assim na vida real, né? Ninguém é mocinho ou quase “vilão” por completo!

Em relação à escrita da autora: curti e muito! Com certeza, se for para as telonas do cinema (se eu não me engano, a história foi vendida), eu assisto! Adorei os filhos, as amigas e o irmão de Lucy. Quanto ao final, já dá para imaginar um pouco, mas a gente sempre fica na expectativa de como a autora vai construí-lo. Não amei, mas também não me decepcionei. Algumas coisas ficaram no ar, entretanto, é bom para que a gente use a imaginação! E o que eu mais amei? A capa! Entrou para as minhas favoritas!

É isso. Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo! 

Beijos, Carol.

Para ler: Nossa Música 

Fan Page ♥ Instagram 


2

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018