03.06.2019
* PJ News de junho: minha camisa xadrez está lavando! ♥

Ei, Gente! Chegou o meu mês favorito da vida: junho Afinal, além de ter o meu niver (dia 17, anotem na agenda hahaha), é aquela época que a gente comemora o Dia dos Namorados, tem um milhão de festas juninas e inúmeras novidades. Separei apenas 4 para o PJ News, mas que resumem bem o 6º mês do ano! Vamos lá? Bom post. :)

PJ News - Junho 2019Crédito das Imagens: Site Adoro Cinema, Instagram @relustosa, Instagram @sigaimaginarium e Divulgação Assessoria de Imprensa! 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

O filme desse mês é Casal Improvável, que pelo que eu vi estreia dia 20 de junho. Assisti ao trailer e acho que tem cara de ser aquela comédia romântica que faz a gente chorar de tanto rir. A história fala sobre o jornalista Fred que se esforça para mudar o rumo da sua vida. Até que encontra sua antiga babá, a Charlotte, que atualmente é uma das mulheres mais poderosas do mundo. Cara de ser ser bem legal, né? Quanto ao livro, escolhi esse que lançou no finalzinho de maio, da Rê Lustosa, uma ilustradora que sigo nas redes sociais. O nome é “Confissões de uma Terapeuta“, que conta sobre Melissa Belinque. Formada em psicologia, ela é uma terapeuta especializada em relacionamentos, mas com um detalhe: nunca esteve em um. Daí, o destino prega uma peça, onde uma de suas pacientes é apaixonada pelo mesmo homem que Melissa, que a propósito é o seu melhor amigo! Me apaixonei pela capa e acho que é um chick lit que eu vou amar! Para garantir o seu, é só clicar aqui.

E já que esse mês a gente comemora o Dia dos Namorados, achei esse presente da Imaginarium bem criativo: um álbum que dá para gravar as melhores recordações. Achei lindo, único e é impossível não se apaixonar ainda mais depois desse mimo, né? Quem quiser saber mais, é só clicar aqui. Mas vale lembrar, gente, que o maior presente mesmo é estar presente todos os dias! Por fim, mas não menos importante, junho lembra também festa junina, né? Que lembra também camisa xadrez. Daí, que eu amei essa linha da Reserva Mini da comemoração, inclusive essa “Minha camisa xadrez está lavando”. Ótimo para quem não achou uma camisa xadrez perfeita para chamar de sua ou apenas está lavando mesmo hahaha. É da loja infantil, mas dependendo do seu biotipo, acho que dá. E dizem que é de menino, mas acho mega usável para os dois públicos. Quem quiser saber mais, é só clicar aqui.

É isso, pessoal. :) Agora quero saber: qual é a novidade favorita de vocês? Podem opinar à vontade!

Beijos e um ótimo mês para a gente!

Carol. 

Post Antigo: Inspiração do Dia – Festa Junina

Fan Page ♥  Instagram


5
28.05.2019
* PJ Leu: Uma noite com Grace Kelly! ♥

Ei, Gente! :) Algumas histórias a leitura acaba não fluindo tanto e eu acabo demorando mais tempo para publicar resenha sobre aqui no PJ. Mas podem ficar tranquilos, que hoje tem dica literária, que a propósito é: Uma noite com Grace Kelly, escrito pela Lucy Holliday. Vamos lá? Bom post!

IMG_8144Livro: Uma noite com Grace Kelly | Editora: Harper Collins| Autora: Lucy Holliday
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 2,5 livros!

Sinopse:  No terceiro livro da trilogia “Uma noite com…”, Libby finalmente se deu conta de que seu melhor amigo, Olly, é o seu verdadeiro amor. Porém, tudo indica que já é tarde para essa descoberta, já que o dito cujo parece ter partido para outra. Pois é, as coisas na vida dela não são fáceis e todos os setores, desde o amoroso até o profissional, não dão descanso . Mas graças ao sofá mágico, nossa protagonista tem um outro encontro surpreendente: dessa vez, Grace Kelly faz umas visitas com aprendizados que estão longe de ter uma cara de contos de fada, mas, às vezes, o pé no chão é a melhor saída. Será?

Minha opinião: Eu li o 1º e o 2º livro e amei tanto que a minha expectativa para o 3º era bem alta. Porém, não superou muita coisa não, gente! Apesar da Grace Kelly ser uma figura icônica e nessa história trazer aprendizados realistas que fazem a gente crescer, eu achei ela bem blasé e a aparição dela mínima (não conheço muito a história dela, então, não sei se bate ou não com a realidade)! O que era para ser um tchan na história, não rolou muito, sabem? E apesar de ter coisas novas e tal, meio que a leitura não fluiu e eu quase desisti no meio. Mas fui até o fim!

Quanto aos outros personagens: não ri tanto com a Libby dessa vez, entretanto, ainda tenho um carinho por ela! Em contrapartida, Dillon me conquistou nesse livro e adorei as suas participações. Olly continua fofo e Tash uma chata! A irmã e a mãe no mesmo esquema, mas com algumas surpresas boas no 45 do 2º tempo. Sobre o Joel, não posso falar muito, porque corro o risco de dar spoiler. E outros personagens a autora cortou total com eles e eu queria meio que uma reviravolta. Mas claro que não estou aqui só para falar que não gostei e tal. Como contei, quase desisti, mas fui até a última página porque a trilogia me proporcionou muitas risadas e aprendizados que levo até hoje! Então, continuei em forma de agradecimento. E os últimos capítulos até aproveitei mais, principalmente, com o resgaste de algumas personagens que amei conhecer, mesmo que na minha imaginação. Achei meio corrido, mas até que curti. Teve clichê do jeitinho que eu gosto! 

E uma observação que quase nunca falo sobre: a ortografia desse livro, ao menos a edição que eu tinha, tinha muita bola fora. Tipo palavras faltando letras, parágrafos faltando continuação. Claro que todo mundo tem direito ao erro e quem sou eu para julgar, mas isso, dessa vez, me incomodou além da conta. Então, talvez isso não tenha ajudado muito na minha impressão. :(

É isso, pessoal. Apesar dos poréns, acho que a história pode bater de forma diferente em cada leitor, viu? E eu estou mega aberta a debates construtivos! A minha única dica é que não vá com muitas expectativas ao ler Uma noite com Grace Kelly. ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Uma noite com Audrey Hepburn

Fan Page ♥  Instagram


0
27.05.2019
* Para assistir: Aladdin! ♥

A Disney conseguiu dobrar o meu com essas live-actions! E na última sexta-feira, consegui assistir Aladdin, mais um filme que rendeu boas lembranças da minha infância, do meu pai. Não tinha noção de que amaria tanto! Enfim, vamos lá? Que a sessão pipoca da semana já vai começar. 

1157358.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Eu não sei se todo mundo sabe do que se trata o filme, então, aqui vai aquele clássico resuminho: Aladdin é um jovem ladrão que vive de roubos em Agrabah! Um belo dia, sem querer, ele ajuda uma jovem a recuperar um valioso bracelete. Sem saber, ele está ajudando a princesa Jasmine, por quem fica interessado. Ela para esconder sua identidade, finge ser a criada do palácio e, ele, por sua vez, vai visitá-la no seu lar doce e descobre toda a verdade. Além disso, é capturado pelo grande vilão Jafar, que deseja recuperar uma lâmpada mágica, onde vive um gênio capaz de conceder três desejos, tudo que ele mais quer para tomar conta de tudo em Agrabah e fazer quantas maldades decidir. E para essa missão, Aladdin terá de colaborar… Mas parece que os planos vão por água abaixo e tudo muda!

O que eu achei? É um dos meus filmes favoritos do ano, gente! Me emocionei com cada cena e a nostalgia tomou conta.  Sério, a produção está mais impecável do que nunca. Aliás, quando a gente acha que não pode se surpreender, vem a Disney e dá um tapa (do bem) na cara da sociedade. Não segue a versão original, mas não me incomodou nada. E o mais legal é que a Disney consegue andar com o mundo, sem ficar para trás. Por exemplo, nesse filme a gente percebe ainda mais como a Jasmine, é um princesa mega GIRL POWER! E eles deram ainda mais valor para ela, mas sem ficar forçado. Adorei!

3226789.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Falando nela, quem faz o papel é Naomi Scott e ela simplesmente arrasa. Que voz, pessoal! Quanto ao Aladdin, quando vi o trailer fiquei meio decepcionada com a escolha, mas depois de assistir, não imagino outro ator no papel. O nome dele é Mena Massoud e virei mega fã. E o Will Smith na pele do gênio a gente já sabia que ia ser impecável, mas consegue ser melhor ainda do que a nossa imaginação. O personagem faz a gente chorar de tanto rir e rir de tanto chora, porque é cada lição, pessoal, que meu DEUS! E destaque para a Dalia (Nasim Pedrad), a que cuida da Jasmine! É a minha personagem favorita desse filme. Abu (o macaquinho) também mata a gente de amor e o tigre é sem comentários! Gostei do vilão, que cumpriu seu papel direitinho e o pai é incrível!

A minha cena favorita foi a do tapete. Óbvio!  Nessa hora, tive que largar a pipoca e pegar lencinho, porque eu tentava segurar o choro, mas as lágrimas tinham vida própria hahaha. Amei também quando o Abu e o Tapete ajudam o Aladdin e a cena do Gênio tentando distrair a Dalia, aliás adorei a cena final dos dois! As danças são bem legais e a trilha sonora é viciante! O figurino? Sem comentários. Só não gostei de uma coisinha: o colar e a tiara não são iguais aos que marcaram a minha infância. Aliás, eu jurava que a Jasmine antiga tinha uma pedra no colar e não na tiara! Ou eu usei a minha vida inteira esse acessório errado, ou meus pais compraram falsificados hahaha #brincadeirinha.

nullCrédito das Imagens: Site Adoro Cinema

Enfim, gente! MEGA RECOMENDO o filme. Porque vale muito a pena! Para matar a saudade da infância e para aprender, principalmente, que a gente tem de tomar um certo cuidado com nossos desejos. É sempre bom sermos específicos e cuidadosos. Afinal, alguns anda com uma nuvem cinza por aí. E amizade sempre vale a pena, até mesmo, aquelas mais improváveis! Quero assistir de novo: sim ou já comprou o ingresso? Aliás, olhem que fofo o brinde (que você tem que pagar, óbvio hahaha) do Cinemark!

IMG_8104Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Como não amar, né? É isso, pessoal. Podem opinar à vontade! 

Beijos, Carol.

Post Antigo: Malévola

Fan Page ♥ Instagram


1
21.05.2019
* Para assistir: De pernas pro ar 3! ♥

Ei, Gente! :) Que tal uma dica de cine para o post do dia? Aliás, hoje assisti De pernas pro ar 3, um filme brasileiro que faz a gente amar ainda mais histórias leves e para lá de divertidas. Enfim, sem muitos detalhes agora, que a sessão já vai começar! 

5111342.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Antes de mais nada, segue um resuminho sobre a história: Sex Delícia é uma franquia de sucesso, que faz com que a Alice rode o mundo, com aquela clássica correria de girl boss e workaholic. Resultado? Acaba sem tempo para se dedicar à família. Sendo assim, João, seu marido, acaba assumindo alguns papeis, como cuidar dos filhos e da casa. Mas ela sente que anda perdendo essa parte também importante da sua vida e decide se aposentar e deixar a sua empresa nas mãos de sua mãe, a fofa Marion. Porém, tudo muda, quando uma tal de Leona surge no mercado!

1711375.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Esse é o terceiro filme e, geralmente, as continuações tendem a não surpreender tanto. Mas essa continuidade foi tão maravilhosa , que me fez amar igual ou até mais do que os outros! Primeiro, que tem Paris no meio… Então, pontinho extra, né? Além disso, a história tem o ritmo certo, as piadas na medida e por mais que trate de um assunto, normalmente, apelativo, a terceira vez continua nada a ver com essa palavra! Sério, eu ri tanto. Foi uma tarde tão boa e, de quebra, aprendi lições valiosas e bem girl power. Por exemplo: mulheres quando se unem e deixam de lado a rivalidade, saem projetos maravilhosos! E casamento não é nada fácil, às vezes a saída parece clara, mas tentar mais uma vez quando há amor e respeito, vale a pena! Aliás, eu tive essa sensação nos primeiros filmes também.

Os personagens mais uma vez arrasaram e os novos também. Achei a Alice bem mais madura, mesmo com a sua essência intacta. Aliás, é impossível não rir com ela pela terceira vez. Uma das minhas personagens favoritas do cinema brasileiro! Amei a Clarinha (e a cena dela no trabalho da mãe) e a Rosa é a MELHOR! Adorei a cena da cachoeira e visitar Paris nesse filme foi incrível. Obrigada Ingrid e a todos os envolvidos! Marion continua com os melhores conselhos, mas queria que ela tivesse aparecido mais. E o que falar do Cauã? A cena tinha tudo para ser apelativa, mas foi  incrivelmente bem elaborada e com aquele humor que lava a alma. Destaque para a trilha sonora, que deu um toque a mais nas cenas.

1741063.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxxCrédito das Imagens: Adoro Cinema 

Se eu recomendo? MUITO.  Inclusive, assistam aos outros. É riso na certa!

Quem já viu, comenta o que achou. Ainda não? Fica a dica! Para assistir ao trailer, clica aqui.

Beijos, Carol.

Post Antigo: S.O.S Mulheres ao Mar 2

Fan Page ♥ Instagram


1
20.05.2019
* TAG Literária: Vapt Vupt! ♥

Ei, Gente! :) A semana começou bem na preguiça, mas para não deixar o blog de lado, resolvi responder uma TAG literária que tem tudo a ver com o dia de hoje: Vapt Vupt hahaha! Vamos lá? Espero que gostem. Ah! Quem quiser responder, fique à vontade. E me avisa para eu olhar as respostas! 

Blog Pequena Jornalista

1. Gênero favorito? 
R: Não é novidade que eu amo chick-lit, né? Aqueles livros bem comédia romântica, água com açúcar e por aí vai. Mas também não dispenso romance de época e um bom livro no estilo “autoajuda”, mas que ajuda mesmo hahaha.

2. Última leitura? 
R: Corra, Abby, Corra! Que livro mara, gente. Tem resenha aqui!

3. Leitura atual? 
R: Uma noite com Grace Kelly. Não está fluindo como os dois primeiros livros da série, mas vou até o fim!

61028919_2255437574547702_7207590051998334976_nCrédito das Imagens: Saraiva 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

4. Chá ou Café? 
R: Pode ser mate? =D

5. Salgado ou doce? 
R: Não tem jeito, eu sou formiguinha. Doce, óbvio! Doce, sem dúvida! 

6. Vilão ou herói? 
R: Tudo vai depender do vilão e do herói, né? Mas de uma maneira geral… Acho que dá empate!

giphy

Prontinho pessoal! :) E não esqueçam de responder a TAG, que a propósito encontrei no Insta @sereia_literaria.

Beijos, Carol.

Post Antigo: Uma noite com Marilyn Monroe

Fan Page ♥ Instagram


0

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019