22.11.2019
* PJ Leu: O café da praia! ♥

Ei, Gente! :) Para terminar a semana, tem dica literária para vocês no post de hoje. Dessa vez, li: O café da praia, da autora Lucy Diamond. Publicado pela Editora Arqueiro (eterna parceira do blog), o livro faz parte de uma série que eu amo: Romances de hoje! Então, vamos lá? Boa resenha! 

PJ Leu - O Café da PraiaLivro: O café da praia | Editora: Arqueiro | Autora: Lucy Diamond
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 4 livros

Sinopse: Evie sempre foi a ovelha negra da família: sonhadora e  impulsiva, o oposto das irmãs mais velhas bem-sucedidas. Tentou fazer carreira como atriz, fotógrafa, mas nada engrenou. Viva pulando de um trabalho para o outro, sempre com a sensação de que lhe faltava um propósito. Então, quando a sua tia preferida sofre um acidente, ela recebe uma inesperada herança…. O café na beira da praia, de Cornualha, onde passou sua infância, entre outros momentos, agora é seu!

Empolgada com a oportunidade de mudar de vida, ela decide morar lá. Mas logo descobre que nem tudo são flores no Café! Os funcionários não são os melhores, o local está caído e muita coisa precisa ser feita! Mas apesar das dificuldades, ela está determinada a fazer dar certo! Com isso, conquista muito mais, inclusive na vida amorosa!

Opinião da Pequena:  “A casa dos novos começos“, da mesma autora, é um dos livros que eu mais amei dessa série. Então, a expectativa para “O café da praia” estava giga!  Não me emocionou tanto quanto o primeiro, mas não deixou a desejar. Adoro que ela usou a Evie para narrar a própria história. A leitura fica mais envolvente, sabe? Fora que me senti bem mais próxima da protagonista. A premissa é bem boa e a escrita da Lucy é tão leve que quando a gente se toca, puft, o capítulo já acabou.

Me identifiquei muito com a personagem principal. Foi uma inspiração a mais para correr atrás do meu propósito. Aliás, é uma história que define muito aquele ditado “nada acontece por acaso”. A morte da tia Jo é bem triste, mas ainda bem que o destino reservou algumas coisas boas, por mais que tivesse pedras no caminho. Evie evolui bastante, mas sem perder a sua essência de sonhadora! E uma das lições que eu mais amei: nunca é tarde para começar do zero, mesmo com as dificuldades! Ah! Sua família tem uns poréns e a sua mãe e seus sobrinhos são incríveis. A cena do telefone é uma das que mais me marcou. Amei os moradores, até mesmo, a Betty. Por trás de uma atitude ranzinza, existe um coração de ouro! E o que falar da Florence (acho que é esse o nome)? Melhores conselhos!

Continuando… No meio, a leitura ficou meio arrastada. Não teve muita emoção! Só algumas suspeitas. O romance que rolou arrancou alguns suspiros, mas no decorrer das páginas me decepcionou um pouco. Por incrível que pareça, desejei um outro desfecho. E por falar nessa palavrinha, adorei o final da Amber, a melhor amiga da Evie. Aliás, todo mundo merece uma amiga como ela! E destaque para a relação da nossa protagonista com o seu enteado Saul, que a propósito mostra que algumas coisas não precisam ter fim. Por mais que eu ache que na realidade não funciona bem assim, acho que casou maravilhosamente com a história!

E preciso falar: as autoras dessa série amam a Cornualha, né? Fiquei bem curiosa com esse destino hahaha! =) E como eu queria que esse café virasse realidade e uma dose de moradores fofos como os do livro! No mais, o fim foi bem fofinho e mesmo com algumas explicações corriqueiras, eu recomendo!

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Girlboss

Fan Page ♥ Instagram 


1
21.11.2019
* Top 5: quero ler no Kindle! ♥

Ei, Gente! :) Na última Bienal, eu finalmente comprei o meu Kindle. Apesar de gostar  muito mais de livro físico, tenho noção de que preciso usar e abusar dessa minha aquisição literária. Então, fiz uma listinha com cinco e-books que quero ler o quanto antes. Então, vamos lá? Bom post para vocês. 

E-book - Top 5 - PJCrédito das Imagens: Amazon 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Você acredita mesmo em amor à primeira vista (Fabi Santina) 
Sinopse: Um romance sobre o amor verdadeiro e sobre a pessoa mais importante da sua vida: você mesma! Quando nos deparamos com o amor pela primeira vez podemos perder as estruturas, fazer loucuras, viver com mais intensidade e acabar até nos esquecendo de nós mesmos. Não que amar não seja bom, mas é que ele não vem com manual de instruções, nos deixa perdidos, sem saber como agir e anestesiados. O amor por si só deveria se bastar! Mas nem sempre é assim. Somos seres humanos, queremos mais, criamos expectativas e sonhamos longe. Então vem a vida nos ensina a viver um dia de cada vez…
Observação da Pequena: Depois que eu acompanhei o casamento da Fabi Santina e do Lê, pensei: eu realmente preciso ler esse livro, que conta a história da Youtuber com o seu namorado e, agora, marido!  Foi um dos casamentos mais lindos que vi pela Internet, a propósito.
Link: clica aqui

2. Save The Date (Natalia Oliveira) 
Sinopse: Lizzie passou por maus bocados em seu relacionamento anterior, mas atualmente está de casamento marcado com um homem tão lindo quanto o Clark Kent. Enquanto todos se divertem e se apaixonam ao conhecerem sua história de amor por meio de seu blog de casamento, seu relacionamento passa por uma crise que ninguém poderia imaginar. Afinal, como um casal tão perfeito poderia estar prestes a se separar?
Observação da Pequena: Vi essa dica no Insta da Rê Lustosa e em outros blogs também e eu achei a história bem criativa! Se eu não me engano, é uma autora brasileira e nada como prestigiar a leitura nacional, né?
Link: clica aqui

3. Um contrato para Camille (Isabela Allmeida) 
Sinopse: É só um casamento de mentira? Foi o que a Camille pensou, quando recebeu a proposta milionária e irrecusável de Mamaodi. O plano era simples: fingir ser um casal apaixonado e conviver com seu marido, por um período de seis meses. Depois disso, Camille estaria livre e rica para viver sua vida e garantir um bom futuro para seus filhos. Porém ela não contava que, além de rico, ele também fosse dono de um charme irresistível, o que causou uma química inegável entre eles. Assim, Camille se deu conta de que estava encrencada e que não seria nada fácil passar esses seis meses sendo uma esposa falsa, quando nutria por Ícaro um sentimento tão verdadeiro.
Observação da Pequena: Essa dica eu também vi lá no Insta da Rê Lustosa. Tem cara de ser clichê, mas aquele clichê super bem-vindo! Ah! Pelo que eu vi é de autora brasileira também.
Link: clica aqui

4. Como não conquistar o seu chefe CEO bilionário (Katherine Laccom’t)
Sinopse: Gillian Rawlings, tem trinta e pouco anos, mora com os pais e está em um emprego que não é o dos sonhos. Nessa história, a personagem mostra como não seduzir o seu chefe CEO bilionário do emprego que nem é o dos seus sonhos.
Observação da Pequena: A sinopse está bem curtinha, mas só o título dá para imaginar que a história arranca risadas. Bom, espero! E o que falar da capa?
Link: clica aqui

5. Devaneios de uma famosa em apuros (Nohane Carvalho) 
Sinopse: Helena sempre sonhou com o dia em que viveria do que ela mais ama fazer: cantar. Entretanto, ninguém jamais gostaria de ver uma “gorda” no palco, foi o que ouviu de um produtor tempos atrás. Apesar de ridículo, aquilo continuou em sua mente. Sem o apoio da mãe, ela conta com seus melhores amigos: Camila e Jonas. Ela está decidida a continuar tentando alcançar o sucesso no mundo da música, o coração de Jonas e, quem sabe um dia, aceitar e amar seu corpo exatamente como ele é. Porém, um dia, Helena acorda e descobre que não se lembra de absolutamente nada dos últimos cinco anos de sua vida. Ela se tornou uma importante cantora de reconhecimento internacional, está casada com o “homem dos sonhos” de todas as mulheres, e está em sua melhor forma. Porém algo parece simplesmente errado.
Observação da Pequena: Mais uma autora brasileira que encontrei na Amazon para fazer esse post e acho que vou amar a história. Pela capa, eu já me apaixonei! :)
Link: clica aqui

***

É isso, pessoal. =) Quem tiver mais dicas de e-book desse gênero (comédia romântica, romance e tal), me indica, por favor! Ah! E eu juro que esse ano ainda sai as minhas impressões do Kindle. Como eu preciso ler mais, por isso ainda não me senti “pronta” para escrever sobre. No mais, podem opinar à vontade!

Beijos, Carol.

Post Antigo: 5 cenários mais incríveis para tirar foto.

Fan Page ♥ Instagram


0
18.11.2019
* Superindico: inveja boa! ♥

Ei, Gente! :) Vamos para mais uma dica de esmalte? Dessa vez, escolhi o Inveja Boa, da coleção Sete Vermelhos, da Risqué. Lembrou muito o “De moletom e salto alto“, mas como aqui a gente ama essa tonalidade, nem liga para repetir cores nessa TAG hahaha. 

Superindico - Inveja Boa - PJCrédito da Imagem e Montagem: Pequena Jornalista

O brilho é bem intenso, né? Amei isso nele. Passei duas demãos e pelo que eu percebi esse é um pouco mais difícil de limpar os cantinhos, mas o resultado é tão lindo que a gente admira ainda mais o trabalho da manicure. ;-) O nome é bem engraçadinho, mas confesso que a durabilidade deixa um pouco a desejar. Fiz no sábado e já lascou bastante (e olha que não estou prendada no momento, tipo não tenho lavado louça e tal hahaha)! Porém, acho que já me acostumei com esse detalhe hahaha. O importante é se apaixonar pela cor e é isso aí.

Agora me contem: qual é o seu vermelho preferido da vida? ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: De orelha a orelha

Fan Page ♥ Instagram


0
15.11.2019
* Para assistir: Deixe a neve cair! ♥

Ei, Gente! Fim de ano remete a filmes natalinos, né? Essa semana, durante uma tempestade, assisti “Deixe a neve cair“, que foi inspirado em um livro. Não é o melhor filme da vida, mas acho que vale a pena incluir na lisa de histórias cinematográficas de Natal. Então, vamos lá? Boa sessão! 

4808979.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Para começar, aquele resuminho: uma nevasca atinge Gracetown, em plena véspera de Natal e a transforma em um inusitado refúgio romântico. Tem trem parado, uma corrida com amigos, perda do namorado ideal, entre outras histórias. Que a propósito, todas se conectam no final. O que eu achei? Confesso que esperava me apaixonar mais, porém, não deixa de ser um filme fofinho.

Produzido pela Netflix, é inspirado no livro que leva o mesmo nome, inclusive um dos autores é o John Green. Os dilemas são bem adolescentes e é quase impossível não lembrar dessa época. Como amores não correspondidos, términos, surpresas, descobertas! A minha história favorita é da Julie e do Stuart. E se eu não me engano, foi a mesma que gostei no livro! Aliás, li há séculos, então, muita coisa eu não lembrava (na época, ainda nem fazia resenha para o blog hahaha). Porém, acredito que eles tenham alterado algumas partes para ficar mais de acordo com o momento em que estamos vivendo, digamos assim. Destaque também para a história do Tobie e da Angie e da Dorrie e da Kerry.

Let It Snow

Let It Snow

Let It SnowCrédito das Imagens: Adoro Cinema

Assim como no livro, me fez desejar ainda mais o Natal e nossa: como eu queria que nevasse em pleno Rio de Janeiro hahaha! O final é bem clichê e eu adoro como as histórias se conectam, mesmo não dando indício algum. No mais, queria uma trilha sonora mais marcante! Enfim, não espere muito do filme, mas vá de coração aberto! É ótimo para passar o tempo e entrar no clima natalino. ;-)

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica!

Beijos, Carol.

Post Antigo:  Top 5 – John Green

Fan Page ♥ Instagram     


0
14.11.2019
* Coisas que aprendi durante a SEMAP! ♥

Ei, Gente! :) Durante 2019, tenho apostado muito em cursos e tal para aprender o que posso acrescentar e alterar no meu trabalho, que vai além do blog. E o último que participei foi o da SEMAP, que é a Semana da Marca Pessoal, das Irmãs Alcântaras (Tudo Orna). Normalmente, essas aulas gratuitas apenas querem oferecer cursos pagos e acabam dando a sensação de que a gente perdeu tempo, caso não se inscreva no que eles estão vendendo. Porém, esse do Efeito Orna, elas venderam um curso sim, mas agregaram muito conteúdo maravilhoso. Valeu mega a pena e, com certeza, se estivesse dentro do meu orçamento, participaria. Porém, quem sabe no próximo ano, né? Enfim, estou aqui para contar algumas coisas que aprendi em cada Masterclass. Vamos lá? Bom post! 

SEMAP - PJCrédito da Imagem: Pequena Jornalista 

1. Você não vai conseguir agradar a todos. Mas note como pode contribuir com o outro! 
Observação da Pequena:  Antes de mais nada é preciso enxergar o próximo. Aqui, elas trouxeram o mapa da empatia, que ajuda descobrir as dores e necessidades do seu público, digamos assim. Através dessa ferramenta, conseguimos mostrar o nosso valor.

2. Valor é diferente de preço. 
Observação da Pequena: sempre achei que os dois eram a mesma coisa, porém, descobri que o valor é o que a gente entrega. E a melhor parte é o valor percebido, quando o cliente percebe o que entregamos. Isso ajuda muito na hora de precificar, pois o cliente não vai ficar questionando o seu preço.  Ele irá aceitar e achar justo, pois irá valorizar o trabalho! Mas atenção, você também tem que se valorizar. ;-)

3. Arquétipos e quebra de padrão
Observação da Pequena:  De acordo com Carl Jung, existem 12 arquétipos, como o Inocente e o Herói. É preciso identificar qual personalidade combina com a sua marca, porém, há oportunidades de fazer diferente. Quebre padrões, tabus se reposicione. Aqui elas trouxeram o caso da marca Herself e da Bete, um brinquedo de Toy Story, que vem totalmente repaginada  no último filme.

4. Tudo parte de um começo 
Observação da Pequena: Não há certo ou errado, o importante é começar. Todas as pessoas que você admira, se arriscaram. Não perca oportunidades. Lembre-se: o não você já tem. Deixe a sua marca no mundo, se comprometa, teste, experimente, sem medo de ser feliz. Ah! Nessa masterclass, teve a participação da Niina Secrets, e sério: já admirava e, agora, admiro ainda mais!

5. Parceria
Observação da Pequena: A Débora Alcantara e a Niina falaram muito sobre parceria. Por exemplo, a Niina contou que quando começou com a M.A.C, ela não ganhava dinheiro, mas era uma marca que ela gostava tanto, que valia a pena. E olha onde ela chegou: lançou um produto dela com a marca! A lição que ficou é que tem de namorar, flertar com marcas que você deseja trabalhar. Mas, claro, tudo tem de ser avaliado. Lembrando que tem de ser bom para os dois lados. Pense muito sobre o que aquela parceria irá agregar.

***

Além disso, aprendi também que a evolução tem de ser constante. Que a nossa marca pessoal é a nossa essência, querendo ou não, tem de ter um alinhamento entre os valores pessoais e valores profissionais! Além do blog, sou jornalista, e isso me ajudou muito a refletir sobre qual caminho quero trilhar e o que precisa permanecer. Me identifiquei com vários arquétipos e descobri que sou bastante questionadora, que tem o lado ruim, afinal, essa personalidade pode trazer uma característica mais pessimista. Acho que falta mais otimismo e vou chegar lá! :)

Além dessas aulas, as meninas enviaram um podcast sobre vulnerabilidade e coragem. E a lição mais importante que tirei: a gente tem de escolher quem vai escutar. Claro,críticas construtivas são bem-vindas, mas é preciso dar atenção a quem está na arena com a gente e, não quem está apenas “gritando” da arquibancada. No mais, trouxe duas frases que marcaram bastante na SEMAP. Espero que ajudem de alguma forma:

SEMAP - Frase 1 - PJ

SEMAP - Frase 2 - PJCrédito das Imagens: Pequena Jornalista 

É isso, pessoal. Aproveito para indicar o Instagram do @efeitoorna. ;-) Têm dicas bem interessantes!
No mais, podem indicar outros cursos e tal. E opinar à vontade!

Beijos, Carol.

Post Antigo: 5 livros da Sextante que indico

Fan Page ♥ Instagram    


0

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019