29.06.2020
* PJ Leu: O que acontece em Londres! ♥

Ei, Gente! :) E a última dica literária do mês é: O que acontece em Londres, da Julia Quinn. O livro, publicado pela Arqueiro (parceira do blog), é o segundo da trilogia “Bevelstoke“. Vamos lá? Boa leitura! ♥

Livro: O que acontece em Londres | Editora: Arqueiro | Autora: Julia Quinn
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 4 livros

Sinopse: Há um boato de que Harry Valentine matou a própria noiva. Olivia Bevelstoke não acredita nisso, porém, por via das dúvidas, acha melhor espioná-lo, já que o rapaz é o seu mais novo vizinho! Tudo a postos: encontra um lugar perto da janela do quarto e se esconde atrás da cortina. Logo descobre um homem intrigante e que, sem sobra de dúvida, está tramando algo com o seu chapéu e inúmeros papeis.

Mas nem tudo é o que parece: Sir Harry, na verdade, trabalha para o Departamento de Guerra inglês, traduzindo documentos vitais para a segurança nacional. Não é um espião, mas já passou por treinamentos para ser um e logo de cara percebe que a sua vizinha está o observando!

Mas chega à conclusão de que ela é só uma bisbilhoteira e descobre também que a jovem está sendo cortejada por um príncipe russo suspeito de conspirar contra a Inglaterra. Ou seja? Querendo ou não, agora ele vai ter de espioná-la e talvez essa missão represente uma paixão, que nenhum dos dois imagina. ;-)

Opinião da Pequena: A Olivia é uma das minhas personagens favoritas do primeiro livro da trilogia. Então quando li que a história seria dela, tive de embarcar, né?

Para começar: a premissa! Achei bem divertida. É clichê, mas ao mesmo tempo não é, sabem? Claro que a gente imagina, de cara, o que vai acontecer. Mas a forma como tudo é contado que faz a diferença, mesmo com algumas ressalvas. A escrita da Julia Quinn tá bem intacta e faz a gente suspirar por mais um romance de época.

Harry e Olivia são protagonistas dos melhores diálogos. Desde o comecinho do relacionamento até o clímax, mas não vou dar spoiler! Amei ele por conta do nome (sou dessas hahaha) e o jeito meio intrigante conquista de cara. Olivia não é a personagem que mais me identifiquei, porém, é aquela amiga que eu queria ter na vida. Aliás, ela não é leitora voraz de livro, mas ama um jornal e acho que tem futuro para entrar no mundo dos leitores hahaha.

Achei o Sebastian bem maluquinho e o príncipe russo me lembrou um pouco o Gaston. Por falar nele, seu guarda-costas me surpreendeu! As cenas de um tal livro (que amei a criatividade do nome) são hilárias e eu soltei a minha imaginação. A rixa entre o Harry e o vulgo Gaston rende boas risadas e alguns trechos dão raiva. Queria que alguns personagens aparecessem mais, tipo a Mary, os irmãos e tal… Porém, fiquei feliz que a gente teve atualizações do livro 1.

Enfim, eu adorei a história e suspirei muito! Algumas partes esperava mais e achei alguns capítulos do meio para o final meio confusos e resolvidos de uma forma muito rápida. Minha cabeça fez um bolôlô, sabem? Mas aí vieram as últimas páginas e achei tão incrível, que quase tudo fez sentido! Enquanto o primeiro teve um dos casamentos mais sem graça, esse teve um pedido maravilhoso!!

Ah! A capa é linda e é uma das minhas favoritas! Falando nisso, eu fiquei imaginando os figurinos e os penteados da Olivia. Acho que é isso! Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo! ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – História de um grande amor
Fan Page ♥ Instagram


12
26.06.2020
* Livros com as letras do nome do blog! ♥

Ei, Gente! :) Hoje fiquei olhando as minhas prateleiras e a estante de livros e pensei: vou fazer um post com leituras que começam com as letras do nome do blog (Pequena Jornalista). Tive que burlar em uma letrinha, mas juro que catei livro por livro e não achava de maneira alguma hahaha. Enfim, vamos lá? ♥

Pó de Lua – É um livro de ilustrações da Clarice Freire bem fofo.
Extraordinário – Não tenho palavras para descrever esse livro!
Quando não há palavras – Não é o favorito, mas é especial porque foi presente do namô.
Um presente da Tiffany – Um dos melhores chick-lits da vida!
É assim que acaba (tive de acrescentar um acento na letra “e” hahaha) – Eu separei para doar, porque acabei comprando por impulso. Mas todo mundo fala tanto da autora, que eu acho que vou ler.
Não se esqueça de Paris – É um romance que não escuto muita gente falar, mas juro que vale cada capítulo.
A pequena livraria dos sonhos – Foi o meu primeiro contato com a Jenny Colgan e faz a gente amar ainda mais os livros!

Je T’aime, Paris – Um livro que tem Paris no meio é sempre incrível, né? Ou quase sempre. Amei esse chick-lit da Teca Machado.
Os diários de Carrie – Para quem gosta de Sex and The City, é um livro onde tudo começou (com a Carrie novinha). Tem o segundo, mas o primeiro é bem melhor.
Rota 66 – É do jornalista Caco Barcellos, mas eu comecei e não dei continuidade. Porém, acho que em breve vou embarcar para fugir um pouco da zona de conforto literária.
Na hora da virada – Um livro com pegada teen, mas que nos ensina tanto. É da mesma autora do “O ódio que você semeia”.
A vingança veste Prada – Mais um chick-lit para a coleção desse post. É a continuação do “O diabo veste Prada” e é uma leitura divertida e que dá para matar a saudade dos personagens, até da Miranda Prestley hahaha.
Lendo de cabeça para baixo – Uma das capas mais fofas da minha estante e o conteúdo é bem romântico e com outras pegadas.
Invisível – Esse eu tive de burlar porque eu não achei um livro sequer com essa letra aqui em casa. Obrigada, grupo da Arqueiro do WhatsApp hahaha!
Solidão Acompanhada – Li esse ano e me decepcionou um pouco a leitura. Mas acho que pode fazer a diferença na vida de alguém e separei também para doar.
Teto para dois – Nem preciso repetir o meu amor por essa história, né? hahaha ;p Ele é um dos livros que mais tenho citado aqui no PJ hahaha!
Amor(es) Verdadeiro(s) – Esse livro me dei de niver (o físico mesmo) e estou louca para embarcar!!!

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito das Montagens: Pequena Jornalista

É isso, pessoal. :) Eu tive essa ideia depois que li um desafio literário que incluía ler um livro com a inicial do seu nome! Quem quiser, fica à vontade para fazer também e se já fez algum dia, me fala para eu ler o post.

Todos os livros citados e que já embarquei, você encontra a resenha aqui no blog. Acredito que só “Os diários de Carrie” não tenha. Na época, eu ainda não fazia resenha! No mais, podem opinar à vontade! ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – Lendo de cabeça para baixo!
Fan Page ♥ Instagram  


18
25.06.2020
* #TBT: 5 destinos que voltaria hoje mesmo! ♥

Ei, Gente! :) Hoje deu saudade de viajar e postar sobre o tema. Desde criança, sou apaixonada por essa palavrinha e tudo que a envolve! Viagens abrem a nossa mente e enriquecem a nossa bagagem. Todos os destinos que já embarquei, mexeram de alguma forma comigo. Selecionei cinco lugares que voltaria hoje mesmo se fosse possível. Então, vamos lá? Boa viagem! ♥

Crédito das Imagens e Montagem: Pequena Jornalista

Verona é um dos meus destinos favoritos da vida! Já tive a oportunidade de viajar para lá duas vezes e ambas me deixaram ainda mais apaixonada. Tudo é charmoso, os conterrâneos são simpáticos e a cidade vai além da Casa da Julieta. Entretanto, é a minha parte preferida hahaha. Tem alguns posts sobre essa cidade aqui no blog, como esse. E assim que o coronavírus permitir e o euro também, não me importo de ir uma terceira vez!

Paris também é linda e o meu ponto turístico favorito é a clássica Torre Eiffel! A cidade luz é ideal para os apaixonados de plantão, mas vale mega a pena ir com amigos e família. Nem todos os franceses são simpáticos, porém, tem gente que te recebe mega bem! Fui uma vez com uma das minhas melhores amigas (e a família dela) e foi tão divertido! Rolou sessão de fotos e lembranças que ficam para sempre. Também tem post aqui no PJ! ♥

Crédito da Imagem e Montagem: Pequena Jornalista

Orlando remete a minha infância e ao meu pai! Ele era apaixonado pelos EUA e todas as viagens que tive com ele foi para lá. E agora esse lugar que poderia se chamar apenas Disney marcou porque foi o 1º destino internacional que fui com o meu namorado. Foi bem rapidinho, mas valeu cada segundinho! Doida para voltar, se o dólar e o Trump permitir hahaha. Ah! Tem um milhão de posts sobre esse destino, mas esse daqui é um dos meus queridinhos. ;-)

Crédito das Imagens e Montagem: Pequena Jornalista

Sabe aqueles destinos que você nunca imaginou gostar? Eu amei Bruxelas e algumas outras cidades ao redor da Bélgica. Até provei um tiquinho de cerveja, que não curti, mas valeu a experiência hahaha! Aliás, lembrei que não fiz post sobre essa viagem, mas vou tentar fazer um em breve. E uma observação meio triste, esse local sempre vai me lembrar duas pessoas, mãe e filho (amigos da minha tia), que me receberam lá. Infelizmente, ele já não está mais aqui entre a gente. Mas serei eternamente grata por todos os passeios. Até na biblioteca eles me levaram!

Por fim, mas não menos importante: Bariloche! Fui com a minha irmã e mamys. A gente estava passando por uma fase ruim e essa viagem fez a diferença. Aconteceu tudo o oposto. Voo cancelado, irmã perdida, passaporte sumiu, mas foi uma das melhores viagens que fiz com elas! A gente lembra e se diverte com cada perrengue. E olhar essas fotos bate uma sensação tão boa. Na época, o blog não existia ainda, mas quem sabe eu volto e rola post aqui, né? ♥

***

É isso, gente! Espero que tenham gostado desse post estilo #TBT hahaha. Ainda faltam muitos lugares, inclusive destinos brasileiros. Aliás, viajar é válido de qualquer forma. Seja para fora, para um lugar pertinho da sua casa e até pelos livros. Torcendo para que tudo melhore e que a gente possa planejar um milhão de viagens!

Enfim… Agora me contem o top 5 de vocês! ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Curiosidades sobre a Suíça!
Fan Page ♥ Instagram 


13
24.06.2020
* 5 livros, 5 adaptações! ♥

Ei, Gente! :) Eu amo livros e eu sei que eles sempre são melhores que os filmes. Porém, também sou apaixonada por adaptações cinematográficas. Pensando nisso, separei cinco que eu recomendo tanto na telinha quanto nas páginas. Vamos lá? ♥

Para começar: A menina que roubava livros. É uma das minhas histórias favoritas da vida! Não li na época em que lançou. Embarquei quase junto com a estreia do filme. E se eu não me engano, quando assisti ainda não tinha terminado, mas não me atrapalhou em nada! Claro que a leitura é mais completinha e intensa, mas ambos me emocionaram e arrancaram muitas lágrimas hahaha. Para alguns, o filme pode ser meio parado. Porém, juro que não achei! ;-)

Crédito das Imagens: Amazon e Adoro Cinema
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

O segundo é Extraordinário. Achei o filme bem fiel ao livro e é uma das minhas adaptações favoritas! Não lembro de ter sentido falta de algo e a cada cena eu lembrava dos capítulos e tal. Foi uma leitura extraordinária e não tenho palavras para descrever a história na telona! Tanto que assisti duas vezes no cinema e chorei em todas hahaha! Mas juro que foi um choro bom! =D

Eu não sei o motivo dos livros da Sophie não venderem bem na indústria cinematográfica. Tanto que “Os segredos de Emma Corrigan” a gente não acha em nenhum lugar! E se eu não me engano “Os delírios de consumo de Becky Bloom” também não foi sucesso total. Mas eu amei e foi ele quem me levou a ler todos da série! Aliás, aqui vai uma curiosidade minha, tava refletindo aqui e acho que conheci a Becky através do filme. Ele é uma mistura do primeiro com o segundo livro, mas é aquele clássico que se tá passando na TV paro tudo para assistir. Assim como O Diabo veste Prada, que esqueci de colocar nessa listinha hahaha.

Crédito das Imagens: Amazon e Adoro Cinema
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Com as últimas notícias do Ansel, fiquei meio assim com o ator. :( Mas a história não tem a ver com a vida real dele, né? Enfim… A culpa das estrelas também é uma das adaptações que mexem com a gente de uma forma que nenhuma lágrima resiste hahaha. Achei bem fiel ao livro e imagino que seja por conta do escritor ter acompanhado passo a passo! Enfim, recomendo ambos e se for junto com a trilha sonora: melhor ainda! ♥

Para todos os garotos que já amei é um dos livros mais fofos que já li na minha vida. E acho a versão da Netflix tão amor e os atores protagonistas deram a vida de uma forma incrível aos personagens! Eu li tem muito tempo, então, não sei exatamente se a história foi muito alterada. Mas adaptações têm dessas coisas, né? Ah! Assisti ao segundo, mas não mexeu tanto quanto o primeiro!

Crédito das Imagens: Amazon e Adoro Cinema
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

E tem uma adaptação bônus, que na verdade, por enquanto, só existe na minha cabeça hahaha! O meu sonho de consumo é ver “Menina de 20” no cine. E acho que a Rachel McAdams tinha de interpretar a Lara! Falando nisso, me conta: qual livro você gostaria que fosse adaptado? ;-)

Ah! Eu sei que existe um certo receio com adaptações, mas acho que é uma forma de incentivar a leitura, o escritor e o próprio cinema. Tudo bem que algumas histórias ficam completamente diferentes… Porém, outras dão um sentido a mais, sabem? Enfim, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: Livro que virou filme
Fan Page ♥ Instagram 


10
23.06.2020
* Vamos falar um pouco sobre maquiagem? ♥

Ei, Gente! :) O tema central do blog é o mundo literário. Mas já falei por aqui que amo abordar outros assuntos também, né? Por exemplo, beleza. Porém, como não sou expert e só dou pitaco mesmo, decidi chamar uma amiga para falar sobre maquiagem! Com vocês, algumas dicas da dona dos melhores tutoriais do Insta: Camila Jocksch. Vamos lá? Bom post. ♥

1. Maquiagem para você significa?
R:
Pra mim a maquiagem vai muito além do que as pessoas costumam pensar. Não se trata apenas da aparência, mas de eu estar de bem comigo mesma. A maquiagem me deixa muito mais autoconfiante! O mesmo acontece com a maioria das mulheres, pois a alegria que eu vejo no rosto das minhas clientes, após o atendimento, é prova disso.

2. Quem não tem o hábito de se maquiar, quais são as três dicas que podem ser úteis?
R:
Acho que o mais importante é a pessoa ver o que gostaria de “melhorar ” no seu rosto e buscar usar a maquiagem para corrigir isso. Podem ser olheiras, acne, manchas, palidez, entre outras cosas. Mas de um modo geral, começaria com um protetor solar com cor (específico pro seu tipo de pele) e um blush ou lip tint para corar levemente os lábios e as bochechas.

Crédito da Imagem: Acervo Camila Jocksch

3. Os produtinhos que não podem faltar de jeito nenhum em qualquer nécessaire?
R:
Base, corretivo, rímel, bronzer (ou contorno,) pó, blush, batom, lip tint (ou gloss).

4. E quando a gente compra online? Como saber (mais ou menos) a cor ideal, por exemplo, de uma base ou um corretivo?
R:
O ideal mesmo é testar a base no rosto, mas quando não é possível eu procuro resenhas no YouTube. Também busco fotos na internet pra tentar identificar o meu tom para aquele produto através de outras pessoas que aparentemente têm o tom de pele parecido com o meu. Ah! Essa dica vale para outros produtos, como sombras ou batons. ;-)

Crédito da Imagem: Acervo Camila Jocksch

5. Qual seria o seu top 5 do momento?
R:
Só 5? Difícil kkk… Mas eu escolho o primer da Beyoung, que faz a maquiagem ficar impecável o dia (ou noite) inteiro. Também gosto muito das bases líquidas da Natura Una e Vult, que deixam a pele muito natural e cobrem manchas e um pouco das olheiras. Mas sei que esse item é uma questão muito pessoal e que varia muito de acordo com cada pele! Escolho os corretivos da Natura Aquarela, que têm uma ótima cobertura sem deixar a região pesada. E estou muito apegada na paleta de sombras da Mari Saad com a Oceane (12 shades), que tem cores opacas e cintilantes, que são incríveis e super pigmentadas! Por último, os batons da linha Bruna Tavares!

Créditos das Imagens: Beleza na Web, Natura, Época Cosméticos, Oceane e Sephora
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

***

Muito obrigada, Cams! Adorei as dicas e a minha wishlist de produtos de make já aumentou hahaha. E espero que do outro lado da telinha, as respostas dela tenham ajudado de alguma forma. Como ela falou, make up tem muito a ver com a autoestima. ♥

Ah! Mesmo em plena quarentena, tá mega liberado testar maquiagem ou fazer o e sempre (como é o meu caso hahaha) seja para trabalhar ou só tirar foto com um livro para atualizar o feed (não me julguem hahaha). Mas faz o que for melhor, ok?

E quem quiser conferir mais o trabalho da Camila, que é uma maquiadora de mão cheia, só segui-la no Instagram! No mais, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol.

Post Antigo: 5 máscaras faciais
Fan Page ♥ Instagram 


11

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2020