04.06.2018
* PJ News – Junho: tudo que a gente ama! ♥

Ei, Gente! E o meu mês preferido chegou.  E o que junho reserva pra gente? Muita coisa: Festa Junina, Copa do Mundo, Dia dos Namorados, niver da Pequena que vos bloga (iei \o/), livros, filmes e muito mais.  Então, o post de hoje é só amor e muitas novidades. Vamos lá? Boa leitura para vocês!

PJ News - JunhoCrédito das imagens: Instagram Papel Craft, Città América, Glamour Brasil,  Divulgação Assessoria Ateen, Adoro Cinema e Saraiva 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Eu não tomo café, mas o quanto eu fiquei apaixonada por esse conjuntinho de canecas para o Dia dos Namorados, da Papel Craft? Fica a dica, viu namorado?  E junho também remete à Festa Junina, que eu amo. Mora no Rio de Janeiro ou vai aparecer por aqui no próximo finde, vai ter o arraiá do Città América, na Barra da Tijuca. Ano passado eu fui e curti bastante! E, pessoal de SP, tem novidade deliciosa para vocês: waffle de cone recheado com sorvete e outras guloseimas, que a Zhöu Zhöu está vendendo, na Rua Augusta. Espero provar essa 8ª maravilha em agosto, na Bienal do livro. E já que esse mês começa a Copa do Mundo, nada melhor do que um look para torcer para o Brasil.  Achei bem fofa essa blusa, da Ateen! Não estou mega animada (por motivos de Copa do Mundo atrapalha as minhas comemorações de niver hahaha) para os jogos, mas gostaria de assistir algum com uma peça desse estilo. E vocês?

E agora o que não pode faltar de jeito nenhum no PJ News de cada mês: livros e filmes! No próximo dia 7, estreiaOito Mulheres e um segredo“, que conta a história de Debbie Ocean, que acabou de sair da prisão e planeja executar um assalto em pleno Met Gala com mais sete mulheres. Acho que é bem girl power e tem duas atrizes que eu adoro: a Sandra Bullock e Anne Hathaway. E, por fim, mas não menos importante, tem o lançamento de “Um Verão na Itália“, de Carrie Elks, publicado pela Verus Editora. É o primeiro da série “As irmãs Shakespeare”, que fala da Cesca Shakespeare, que chegou ao fundo do poço. Depois de escrever uma peça de teatro premiada que acabou em desastre, o bloqueio criativo se instalou, sem previsão de ir embora. Seis anos mais tarde, ela acabou de perder mais um emprego pavoroso e está prestes a ser despejada de seu apartamento. Pior ainda, suas irmãs não fazem ideia de como sua vida vai mal. Assim, quando seu padrinho lhe arruma uma temporada de verão em uma bela villa italiana, sem ter de pagar nada por isso, Cesca concorda, meio a contragosto, em ir para lá e tentar escrever uma nova peça. Isto é, antes de descobrir que a casa pertence a seu arqui-inimigo, Sam Carlton. Tem cara de ser aquela história bem água com açúcar, que tanto amo. ;-)

É isso, pessoal. Tem mais alguma novidade? Compartilhe nos comentários! E me contem: qual é a novidade desse post que entrou para a sua listinha de desejos? 

Beijos, Carol.

Para ler: Metas literárias de junho!

Fan Page ♥ Instagram   


1
04.07.2017
* PJ Leu: A pequena livraria dos corações solitários! ♥

Ei, Gente! E a resenha literária da semana é: A pequena livraria dos corações solitários, primeiro romance da autora Annie Darling. Vamos lá? Bom post! 

downloadLivro: A pequena livraria dos corações solitários | Editora: Verus | Autora: Annie Darling
Crédito da imagem: Saraiva

Sinopse: Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. E não bastava ter herdado um negócio falido, a nossa protagonista ainda tem de lidar com a atenção indesejada do neto de sua eterna chefe: Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro.

Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria de seus sonhos. Porém, Sebastian não a deixa trabalhar em paz. Enquanto (quase) todos lutam para salvar a amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian. Aliás, Posy começou a ter fantasias um tanto ardentes com ele… Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, a protagonista vai conseguir finalmente o seu “felizes para sempre”.

Minha opinião: A história começa de um jeito bem triste, mas ao mesmo tempo emocionante. Lavinia tinha o dom das palavras e me fez chorar com a carta do início! Daí até um certo momento, a leitura fluiu muito bem. Só que no decorrer do tempo, senti falta de um ingrediente a mais, sabe? Aquele que te prende até o fim. :( Mas não abandonei a leitura. Fiquei meio assim, porque só no final a história começou a ficar boa de novo.  Mas acontece, né?

Achei que os protagonistas iam me conquistar de cara. No começo, aconteceu isso mesmo! Porém, no decorrer das páginas, me irritei com os dois. Depois, minha relação com eles melhorou hahaha. Amei o irmão da Posy e os funcionários da livraria. Acho que eles mereciam mais destaque. Se eu não me engano, vai ter continuação esse livro e espero que eles tenham mais!

A escrita da autora é leve, do jeitinho que eu gosto. Mas acho que a forma como ela conduziu, que pecou um pouco! Algumas coisas são bem interessantes e me identifiquei. Tipo, eu adoraria ter a livraria dos sonhos da Posy. Tudo a ver comigo! Mas outras eu não curti muito não. Algumas falas do Sebastian, por exemplo. Mesmo assim, o livro teve um efeito que eu amo: me presenteou com lições valiosas. Por exemplo, não é porque a pessoa não demonstra o amor dela da maneira que você imagina, que ela não ama. Quase tudo tem uma explicação e não cabe a gente julgar. Ah! E nunca comprem pen drives iguais. Isso pode render uma consequência bem tensa, ou não… (quem embarcar nesse livro, vai entender hahaha).

Enfim, não é a melhor história da vida. Mas com certeza é a capa mais linda que eu já vi. Só tentem não julgar o livro pela capa, ok? Isso pode trazer uma expectativa alta. E vale deixar bem claro que toda leitura é válida. Cada um tem o direito de tirar a própria conclusão! Então, não é porque eu não gostei, que você vai ter a mesma opinião. ;-)

Podem opinar à vontade, ok?

Beijos, Carol.

Última resenha: Uma noite com Marilyn Monroe 

Fan Page ♥ Instagram 


5
05.12.2016
* PJ Leu: As coisas mais legais do mundo! ♥

Oi, Gente! E a primeira dica literária desse mês é: As coisas mais legais do mundo, da Karol Pinheiro. Para você gosta de livro interativo, é uma ótima pedida! Enfim, vamos lá? Bom post! 

pj-leu-as-coisas-mais-legais-do-mundoLivro: As coisas mais legais do mundo | Editora: Verus| Autora: Karol Pinheiro
Crédito: Pequena Jornalista 

Sinopse: Em seu 1º livro, Karol Pinheiro convida o leitor a olhar o mundo pelos olhos dela. A blogueira/youtuber fala de amor, beleza, desejos, mentiras, frustrações, família, manias, dogs, avós, sentimentos, coisas. Através de uma escrita leve, ela convida todos os leitores para conhecer as coisas mais legais do mundo! Ah! No final de cada página, sempre um desafio para quem está do outro lado. ;-)

Minha opinião: Comprei esse livro na Bienal e estava mega ansiosa para ler. A escrita da Karol inspira e te faz refletir! Além de ser leve e bem divertida. Mesmo quando os assuntos são mais delicados, ela traduz em palavras. Quem acompanha o canal dela, dá para imaginar ela falando sobre os temas que encontramos nas páginas. Outro detalhe: não é um tipo de livro que você lê em um dia. Até porque os desafios são muitos, mas cada um encaixa direitinho com o tema. Mas confesso que muitas vezes prestei mais atenção no desafio do que no próprio texto e alguns deixei de lado. Talvez por pura preguiça e por realmente não ter noção do que escrever.

Destaque para a parte ilustrativa do blog. Amei! É o tipo de livro que chama atenção em uma livraria, sabe? Mesmo que não seja muito o seu estilo! Ah! O meu texto preferido? O do Cookie (o cachorrinho dela). Coisa mais linda e emocionante, gente!

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Indico! ;-)

Clique aqui para ler a resenha do livro “Becky Bloom ao resgate”.

Beijos e boa semana,
Carol.

Fan Page ♥  Instagram


5

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018