22.06.2017
* Para assistir: Tudo e todas as coisas! ♥

Ei, Gente! Pega a pipoca, o refri e todas as guloseimas do mundo, que hoje tem dica de filme No comecinho da semana, fui assistir: Tudo e todas as coisas! Se eu amei? Daqui a pouco eu conto para vocês. ;-)

107860.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Primeiro, deixa eu colocar um resuminho do filme. ;-) Inspirado no livro que leve o mesmo nome, o filme conta a história de Maddie, que está prestes a fazer 18 anos e pasmem: nunca saiu de casa! Desde a infância, nossa protagonista foi diagnosticada com Síndrome da Imunodeficiência Combinada. Ou seja? Seu corpo não é capaz de combater os vírus e bactérias presentes no mundo exterior. Ela é cuidada com carinho pela sua enfermeira e sua mãe, uma médica que constrói uma casa especialmente para as necessidades da filha. Um dia, uma nova família se muda para a casa ao lado, incluindo Olly. Imediatamente, ele se sente atraído por Maddie, só de olhá-la através da janela. Conversa vai, conversa vem, Maddie também se apaixona pelo rapaz. Porém, será que os dois poderiam viver um romance sem se tocar? Hun…

EVERYTHING EVERYTHING

Sério! É um dos filmes mais fofos que já assisti. Se a história na telinha é de arrancar suspiros, imagino o livro. Tudo é tratado com muita delicadeza e faz com que a gente se emocione a cada cena. Adorei as partes que eles conversam através de mensagens de textos e por e-mail. De um jeito fofo, a equipe do filme quebrou as “janelas” que separavam o nosso casal da vez. Parabéns mesmo para todos os envolvidos. Ah! Adorei a sacada do astronauta!

Fiquei me imaginando como seria viver em um mundo assim. Sem pode sair para sentir o mundo ao vivo e a cores! Agradeci nessa hora por ter tanta sorte. Ah! aprendi muito com a Maddie e o Olly. Arriscar é com eles mesmo!  A viagem para o Havaí mexeu com o meu coraçãozinho, já que tenho tantas lembranças do meu pai graças a essa viagem. A mãe dela me decepcionou um pouco, mas no final a gente acaba compreendendo as atitudes. Falando nisso, o finalzinho do filme é surpreendente. Mas de um jeito bom (mais uma vez).

EVERYTHING EVERYTHING

Amei a escolha dos atores. O casal protagonista arrasa muito! Destaque também para a enfermeira. Falando nisso, acredito que no livro, alguns personagens apareçam mais. Bom, assim espero. Ah! Duas observações “bobas”, mas que preciso compartilhar com vocês: amei os looks da Maddie e o Olly é o CARA. Tipo o meu Gus (A Culpa é das Estrelas) atual hahaha. Enfim, se eu amei o filme? Muito! Não tenho palavras. Mega recomendo!

EVERYTHING EVERYTHINGCrédito das imagens: Adoro Cinema 

Dica: assistam ao filme até o crédito final. As ilustrações são lindas! E baixem no Spotify a trilha sonora. Para dar um help, separei as minhas músicas preferidas! Cliquem em cima de cada nome. ;-)

1. Stay (Alessia Cara e Zedd)
2. Escape (Kehlani)
3. Let My Baby Stay (Mac DeMarco)
4. How Did We (Skylar Stecker)

É isso, gente! Podem opinar à vontade. Ah! Em breve, vou ler o livro, faço a resenha para vocês e conto se é muito diferente do filme e tal.

Beijos, Carol. 

Penúltimo filme: Antes que eu vá!

Fan Page ♥ Instagram


23

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2020