24.11.2020
* 5 coisas boas que aconteceram em 2020! ♥

Ei, Gente! Falta 1 mês e pouquinho para esse ano doido acabar. Sem dúvida, não foi o melhor da vida. Por motivos óbvios e outros também! Mas durante a tempestade, sempre aparecem alguns arcos-íris. E nesse clima de repensar tudo o que tem acontecido, resolvi olhar o lado bom e relembrar 5 coisas que deixaram 2020 mais leve. Vamos lá? ♥

1. Já era próxima da minha irmã mais nova e do meu cunhado, mas com a pandemia, a gente acabou ficando ainda mais! Eu, ela, ele e meu namô formamos um belo quarteto com churras na varanda. E, claro, com a Jeanninha do lado tentando roubar carne, com uma rede mara e cada pôr do sol, que MEU DEUS!

2. No comecinho de 2020, eu tava bem desanimada com a minha vida profissional. E no meio de tantas demissões, consegui freelas que me ensinaram muito e mostraram que eu tô no caminho certo. Ainda bem! E o blog deu passos que sempre quis. Enfim, que venham mais e mais trabalhos incríveis. Aliás, eu to mega solta nos stories e nas lives! Quem diria? E o Insta do PJ deu uma renovada, graças a minha irmã. Obrigada, Lulu!

3. No comecinho da quarentena, confesso que me dava raiva ver pessoas na rua e sem máscara (olhando da minha varanda). Hoje, não julgo quem sai, mas quando tá sem o nosso acessório “tem que ter” ou finge que usa, fico possessa. Mas apesar disso, a minha empatia aguçou muito. Não tomar cuidado, não só me prejudica, como pode ter consequências para o outro. Falando nisso, protestos que eu sabia apenas por alto, dessa vez fui além. Mantive posições, revi outras e aprendi novas.

Crédito da Imagem: Bacon Frito!

4. Eu tô com muita saudade de ir ao cine. Mas ainda bem que existe Netflix, Amazon e por aí vai. Conheci histórias que entraram na minha lista de favoritos e maratonei séries e filmes como nunca. E aquelas que todo mundo assistia, eu finalmente embarquei, como Modern Family. E no quesito literário, tive meus bad days, mas me aventurei em novos gêneros e me apaixonei ainda mais por chick-lit.

5. Vi que a gente se adapta e dá valor ao que nunca deu antes, como a liberdade de sair. Tudo bem que o Rio é perigoso e tal, mas ter um vírus no meio disso tudo, dá ainda mais medo. Mas a gente se adapta às mudanças. E cada um tem o seu tempo! Não é romantizando a quarentena, até porque imagino o quanto de coisa ruim acontece. Porém, às vezes, diferentes posicionamentos, podem melhorar ainda mais uma relação. Seja amorosa, familiar ou de amigos. ♥

Crédito da Imagem: @naniape

Enfim, ainda têm outras coisas boas. Tipo o nascimento da minha afilhada, Malu. O niver diferentão da quarentena. O tempo todo agarrada com a minha doguinha perfeita e convivendo mais com o meu namorado, irmã e cunhado. O novo assusta, porém, aos poucos a gente vai. Quero que tudo volte ao normal, mas que as lições e as mais recentes lembranças (boas) fiquem e virem rotina também!

Agora me conta uma coisa boa que aconteceu nesse ano. Tenho certeza que tem! Seja uma ligação inesperada e um sorriso que alivia tudo! Mas se tiver tudo meio estranho, tudo bem. Tenta amanhã! ;-)

Beijos, Carol. ♥

Post Antigo: Quarentena da Pequena – Parte 1
Fan Page ♥ Instagram  


2
20.11.2020
* Top 5 – Consciência Negra: Histórias que todo mundo deveria ler! ♥

Ei, Gente! :) 2020 tem tido casos de racismo bem tensos. Aliás, não só esse ano, né? Há tanto tempo isso acontece! :( Às vezes, não sei muito bem como agir. Mas uma forma que encontrei para buscar saber mais o que eu não vivo diariamente, é lendo. Através de histórias, vejo onde posso melhorar, repensar atitudes e tal. Então, no Dia da Consciência Negra, selecionei cinco livros com essa temática, que todo mundo deveria ler! ♥

Crédito das Imagens e Montagem: Pequena Jornalista

1. O ódio que você semeia (Angie Thomas – Galera Record)
Resuminho:
Starr vive entre dois mundos: o bairro pobre onde mora e o colégio particular em que estuda. Até que esse equilíbrio é quebrado: Starr presencia a morte de seu melhor amigo de infância, Khalil, por um policial. Khalil estava desarmado. Starr é a única testemunha. Dizem que a justiça é cega, e é isso que Starr está prestes a descobrir!
Observação da Pequena: É uma história que me fez enxergar o outro lado, que eu tinha uma ideia bem vaga. Vi que temos de parar com achismos e que a gente não sabe nem a metade do que não é a nossa realidade. E apesar do tema ser bem triste, a autora conseguiu contar através de uma escrita leve e fluida. Tem resenha aqui.

2. Na hora da virada (Angie Thomas – Galera Record)
Resuminho:
Bri tem 16 anos e quer se tornar a maior rapper de todos os tempos. Filha de uma lenda do hip-hop que morreu assim que estourou nas paradas de sucesso, ela tem grandes expectativas para superar. Em sua primeira música, Bri joga toda a sua raiva e frustração. A canção viraliza, mas pelos motivos errados. Taxada de ameaça social, ela precisará usar todo o seu talento para virar o jogo.
Observação da Pequena: É também da autora do primeiro livro dessa lista. Esse tem um toque de esperança a mais e mostra que nem tudo está sob o nosso controle. Mas fazer a nossa parte é essencial. E mostra como a base familiar faz a diferença! Tem resenha aqui.

3. Vozes negras (Pétala Souza, Isa Souza, Flor Priscila, Maria Ferreira e Amanda Condasi – Se liga editorial)
Resuminho:
Quatro contos de mulheres duplamente silenciadas, tanto pelo gênero quanto pela cor. Histórias que reivindicam o protagonismo e autoras que narram a trajetórias de personagens que estão em busca de seus ideais e, claro, da representatividade.
Observação da Pequena: É um dos meus livros de contos nacionais favoritos desse ano. Traz representatividade com leveza e seriedade, na medida certa. Mostra o racismo nos mínimos detalhes! Vale cada conto. Tem resenha aqui.

Crédito da Imagem: Ilustra Loh

4. Minha história (Michelle Obama – Objetiva)
Resuminho:
Michelle Obama nos convida para conhecer a sua vida antes e depois de ser a primeira-dama dos EUA. De forma envolvente, o leitor embarca na sua infância em Chicago, invade o jantar romântico entre ela e o Barack e sabe detalhes do endereço mais famoso do mundo: a casa branca.
Observação da Pequena: É representatividade pura esse livro! Entendi a real importância de ter uma família afro-americana na presidência dos EUA. A gente conhece não só os bastidores, mas a força de uma mulher que é bem girl power, com erros e acertos! Tem resenha aqui.

5. Na corda bamba (Kiley Reid – Arqueiro)
Resuminho:
Emira Tucker, um jovem negra que trabalha como babá, está em um supermercado à noite, quando é abordada por um segurança. Ele a acusa de ter sequestrado Briar, a garotinha que ela cuida. No meio da confusão, alguém grava o vídeo e o pai da menina é chamado. Ela prefere deixar para lá, mas a família de Bri não.
Observação da Pequena: Coincidentemente a história começa em um cenário parecido com o que aconteceu no mercado em Porto Alegre essa semana. :( Não é o meu livro preferido, mas a autora plantou mais sementes sobre algumas atitudes que precisam ser repensadas por todos (e eu me incluo nessa)! Tem resenha aqui. ♥

***

É isso, pessoal. :) Que a gente tenha consciência da importância da igualdade racial todos os dias e não só hoje! Fazer a nossa parte é primordial. Nada muda da noite para o dia, mas nos colocando no lugar dos outros, a mudança pode acontecer sim. ♥

E quem tiver mais indicações de livros que abordam esses temas e que nos ajudam a rever e mudar atitudes, é só acrescentar nos comentários!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – Mudbound – Lágrimas sobre o Mississippi
Fan Page ♥  Instagram


2
30.10.2020
* Top 5: Leila Rego! ♥

Ei, Gente! :) Eu tô tão perdida no tempo, que esqueci completamente que o Dia Nacional do Livro (que foi ontem). Mas mesmo com um pequeno delay, preparei um top 5 com uma autora brasileira que eu conheci a escrita esse ano: Leila Rego. Vamos lá? Boa leitura. ♥

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Amigas Imperfeitas (Gutenberg)
Sinopse:
Nina, Pâmela e Manuela são jovens adultas que chegam aos 30 anos de idade mantendo uma amizade desde os tempos de escola. Amigas inseparáveis, continuam curtindo as músicas da Legião Urbana – a trilha sonora de suas vidas – e, apesar de terem tomado rumos muito diferentes, elas conseguem se encontrar todas as quintas-feiras para a Noite do Batom. Pâmela, já casada, é muito bem-sucedida profissionalmente, não tem problemas financeiros e parece ter a vida perfeita. Mas só parece. Manuela é separada. Casou-se um dia para esquecer o grande amor da sua vida e não foi feliz, e hoje parece não ligar mais para as questões do coração. Mas só parece. Nina é a solteira que tem uma atração irresistível por cafajestes, que sempre a fazem sofrer. Implora para que Santo Antônio a ajude a ser feliz no amor, o que parece impossível. Mas só parece. Em uma Noite do Batom incomum, Manu inventa a OFI (Operação Faxina Interna) para ajudar Nina a superar mais um relacionamento frustrado. Junto de mais dois amigos, partem para uma divertida viagem que mudará para sempre a vida de todos.
Observação da Pequena: Só pela sinopse dá para ver que esse chick-lit promete aventuras e uma leitura leve e divertida! E amei já a Noite do Batom hahaha.

2. A segunda vez que te amei (Gutenberg)
Sinopse:
André e Juli pareciam ter nascido um para o outro. Depois de seis anos de casamento, e sendo também sócios em um restaurante, as coisas, porém, já não eram o conto de fadas do início. Na verdade, sentiam que estavam vivendo mesmo o lado mais sombrio da sua história. Raquel e Alberto tinham a vida perfeita: empregos glamorosos, com rendimentos que permitiam um alto padrão de vida, um filho carinhoso e saudável, o apartamento dos sonhos, férias sempre inesquecíveis… mas um fato inusitado faria com que aquele castelo encantado estivesse prestes a ruir. A vida, no entanto, traça caminhos inesperados. E o que parecia não ter saída de repente se transforma em uma encruzilhada, na qual os quatro podem se encontrar e agarrar a nova chance para a felicidade.
Observação da Pequena: Esse parece aquele romance de arrancar suspiros! Acho que deve ser clichê, mas com aquelas pitadas de surpresas inesquecíveis.

3. Partiu vida nova (Gutenberg)
Sinopse:
Mariana sonhava em se casar com um cara perfeito, ter uma casa arrumada e ser feliz “até que a morte os separe”. Mas o sonho dela parecia ter sido turbinado: ela ia se casar com Eduardo, médico, lindo, rico, cobiçado e divertido, ia morar em um superapartamento no melhor bairro da cidade, e nunca tinha se sentido mais feliz com seu vestido de noiva de marca e um guarda-roupa repleto de peças de grife que ela tanto valorizava. E o grande dia havia chegado. Ela estava em seu quarto sozinha, terminando de se arrumar, quando o noivo aparece de repente e diz que não se sente pronto para casar. A imagem do casal em cima do bolo começa a desabar…
Observação da Pequena: Esse eu acho que vai ser a próxima história da Leila que eu quero embarcar. Se eu conseguir, ainda esse ano!

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

4. As fases da lua (Gutenberg)
Sinopse:
Alice é uma jovem com uma vontade crescente de cair no mundo, até se apaixonar pelo cara mais gato da cidade. Mas um incidente no meio de seu conto de fadas pode mudar sua vida para sempre. Lena é uma mulher cheia de amor para dar e que stalkeia todos os passos dos homens por quem se apaixona. E ela realmente se apaixona por todos. Um amor minguante não tem vez na vida de Bruna. Noiva do seu melhor amigo de infância, eles se preparam para o casamento e traçam planos para uma vida inteira juntos. Mas será que não é perfeição demais? Ainda nova, Dora já é uma médica renomada, segura e decidida, mas seu coração traz uma ferida e ela não está disposta a se abrir novamente. Até que o amor lhe aparece em forma de canção… Destiny é uma jovem com um passado marcado por dúvidas e segredos, assim como o misterioso luar azul que toma conta de sua cidade, deixando-a confusa e com medo… pois no fundo ela sabe que ele pode guardar as respostas que ela tanto busca.
Observação da Pequena: São cinco histórias de cinco autoras e uma delas é da Leila. E eu adoro livros de contos porque dá para conhecer um pouco a escrita de cada uma, né? Fora que a capa é linda!

5. Conto – O outro lado da muralha (publicação independente)
Sinopse:
Kryptós é a cidade dos inventores e afins. Muitas lendas circulam por lá e aqueles que tentam desvendá-las são repreendidos pelos soldados de Mombi. Bob Cabeça Pensante é um cientista e seu trabalho é criar tudo o que Mombi pede. Ele vive com a família e é cercado de privilégios, até que uma saída com o seu cachorro muda tudo. Finalmente, descobre que uma das lendas de Kryptós é verdadeira.
Observação da Pequena: Esse foi o meu primeiro contato com a Leila e curti muito a escrita dela. Esse gênero é meio de fantasia, então, se já curti… Imaginem os de chick-lit? Ah! Tem resenha aqui sobre esse conto. ♥

***

E vocês? Já conheciam a Leila? Ela é uma querida e quero ler mais livros e contos dela, que a propósito tem muito mais lá na Amazon, livrarias e tal. No mais, podem opinar à vontade. E quem tiver sugestão de top 5 com autores nacionais, só acrescentar nos comentários. ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Entrevista: autora Leila Rego!
Fan Page ♥ Instagram 


8
21.08.2020
* Beda 21 – Top 5: Bee Mine! ♥

Ei, Gente! :) Para o post do dia, trouxe mais um top 5 para vocês. Dessa vez, vou mostrar alguns dos meus itens favoritos da Bee Mine. A propósito, essa papelaria online cedeu um kit maravilhoso para o sorteio que está rolando lá no Insta do PJ. Vamos lá? ♥

Aliás, já falei algumas vezes sobre essa lojinha aqui no blog. Além dos produtos incríveis, a Jess nos proporciona uma experiência perfeita, sem defeito. A cada caixinha que chega, o dia fica mais fofo e a gente vê o quanto de amor e dedicação tem lá dentro.

A Bee Mine, que nasceu em 2017, revende produtos de grandes marcas, mas ano passado (2019) ela começou a criar itens próprios, que são lindos e alimentam o nosso lado #aloucadapapelaria. Então, vamos conhecer alguns dos meus produtinhos preferidos? ;-)

Crédito das Imagens: Bee Mine
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Bloco de notas Abrace suas ideias
Observações da Pequena:
Faz parte da cartela de produtos próprios da Bee Mine e dá uma peninha de usar. Porém, deixa a nossa vida mais organizada e inspirada a realizar sonhos e simples desejos. Para saber mais, é só clicar aqui.

2. Kit de Adesivos Um dia de cada vez
Observações da Pequena:
Mais um item exclusivo da protagonista do post do dia. Perfeito para decorar o planner, o diário de leitura ou, até mesmo, dar um toque a mais no laptop. Têm frases motivacionais e outras coisinhas que a gente ama! Também tenho peninha de usar, mas vou usar hahaha. Quer saber mais detalhes? Vem aqui.

Crédito das Imagens: Bee Mine
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

3. Caneta Julie Vermelha
Observações da Pequena:
Todas as canetas que eu já comprei na Bee Mine não vão embora depois da tinta acabar. Porque além de cumprirem a sua função, a identidade visual (digamos assim) é tão linda, que dá um toque a mais na decor do home office. Essa vermelha eu ainda não tenho, mas pretendo. Pretende também? Corre aqui.

4. Tesoura Gold
Observações da Pequena:
Eu acho essa tesoura a cara da riqueza! Sempre que uso aqui em casa, acabo pegando a da cozinha e estou pensando em investir em uma dourada assim. Porque item de papelaria é útil, porém, inspira a nossa rotina fluir mais também, não concordam? Para mais informações, clique aqui.

5. Kit de Washi Tapes Anna
Observações da Pequena:
Eu sou mais #teamadesivos, mas não dispenso uma washi tape. E eu estou apaixonada por esse kit, que só não acrescentei na minha última comprinha, porque o meu cartão de crédito não permitiu. Mas em breve vou acrescentar no meu carrinho. Se você quiser ir pelo mesmo caminho, corre aqui. ♥

***

É isso, pessoal. :) Estou muito feliz com essa parceria, afinal, eu realmente sou consumidora da Bee Mine e confio de olhos fechados na marca! E todas as comprinhas vêm com cartões postais lindos e marcadores de livros perfeitos. Então, recomendo.

Ah! Quer participar do sorteio? Só passar nesse post do meu Insta. Você tem até o dia 26 de agosto (23h59). Mas também não deixe de passar no site e conferir as news. É muito fofurice em um único lugar. ;-) No mais, podem opinar à vontade.

Beijos, Carol. ^^

Post Antigo: Top 5 – Banca do Bem
Fan Page ♥  Instagram


6
11.08.2020
* Beda 11 – Top 5: Banca do Bem + Surpresa! ♥

Ei, Gente! :) Como vocês sabem, o Pequena Jornalista completa 11 primaveras no próximo dia 20. E nessa trajetória, uma das parcerias efetivas do blog é a Banca do Bem, que faz parte da Editora Mol.

Quem é antigo aqui nesse cantinho sabe do meu carinho por eles, que a propósito sempre apoiam causas sociais na venda dos seus produtos. Nada que a gente encontra na loja virtual está ali por acaso!

A minha primeira paixão foi a Revista Sorria, com matérias relevantes, mas que nos fazem sorrir de orelha a orelha e transmitem esperança nesse mundo. E logo depois me apaixonei por outros itens! Falando nisso, trouxe o meu top 5 dessa marca, que eu tanto admiro. Vamos lá? ♥

Crédito das Imagens: Banca do Bem
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Revista Sorria
Observações da Pequena:
Eu lembro de ter visto essa publicação na Droga Raia e me apaixonei. Minha mãe sempre quando vai nessa farmácia, compra para mim e, às vezes, eu e ela compramos e ficamos com edições repetidas, mas a gente nem liga hahaha. São matérias que realmente transmitem felicidade e transbordam amor. Uma revista que nunca me canso de ler! E foi a Sorria que me fez conhecer a Editora Mol e a Banca do Bem. Inclusive, há séculos visitei a redação e foi um dos momentos mais divertidos da minha vidinha!
Causa: Quem compra a revista, de quebra, ajuda o GRAAC. Para mais informações, só clicar aqui.

2. Calendário dos Bichos de estimação
Observações da Pequena:
Falou em bicho de estimação, falou comigo. Eu sou apaixonada por eles, principalmente, por doguinhos! Aliás, a Jeanninha (minha cachorrinha) ficou toda feliz quando eles mencionaram ela na cartinha, quando enviaram um dos calendários aqui para casa. O produto é repleto de fotos com alerta máxima de fofurice e ajuda a planejar todos os dias!
Causa: Quem compra o calendário, de quebra, ajuda a Proteção Animal em diversos lugares do país. Por exemplo, a Instituição Focinhos de Luz. Para saber mais, só clicar aqui.

Crédito das Imagens: Banca do Bem
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

3. Livro As melhores coisas da vida
Observações da Pequena:
Esse produto faz parte da família da Revista Sorria. São textos incríveis que mostram as melhores coisas da vida de um jeito simples e inspirador. Inclusive tem um que fala sobre livros e que todo leitor que se preze vai se identificar. Enfim, essa publicação não poderia ficar de fora do meu top 5.
Causa: Assim como a Sorria, um livro vendido significa uma doação para o GRAAC. Para saber mais informações, corre aqui.

4. Planner Desenhe seu amanhã
Observações da Pequena:
Eu sou a louca da papelaria assumida e quando a Banca do Bem me enviou de presente esse planner lindo, fiquei tão feliz! Eu já tinha comprado um e ainda não consegui dar conta de dois. Mas é bem provável que em 2021 eu use diariamente ele, já que não é datado! Para quem quiser conhecer um pouco mais, fiz um post aqui no PJ dando mais detalhes.
Causa: Na compra de um, você doa 1 hora de aula para crianças e jovens da ONG Vocação. Quer mais informações? Clique aqui.

5. Bolsa Tote – O Futuro cabe aqui
Observações da Pequena:
Essa bolsa eu ainda não tenho, mas está na minha wishlist. O material é sustentável e cabe desde compras do mercado até livros e outros itens essenciais! Fora que o designer é clean e lindo! E o que dizer do nome dela? Achei criativo e tudo a ver com a proposta, né?
Causa: Quem compra a Tote doa 1 dia de aula para mulheres do Instituto Rede Mulher Empreendedora. Para saber mais detalhes, clique aqui!

***

É isso, gente! MENTIRA! Tem mais uma coisinha para complementar esse post especial. Consegui com o pessoal da Banca do Bem um cupom para os leitores do PJ \o/!

Nas compras acima de R$ 60,00, vocês preenchem com o código jornalista11 e ganham 5% de desconto! Então, corre lá no site deles, que tem muita coisa bacana e com um propósito que vai além! Ah! Esse mimo vale até o dia 30 de setembro de 2020. ♥

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Ah! Em breve, só estou acertando alguns detalhes, vai ter sorteio lá no Insta do blog. E, claro, a Banca do Bem cedeu um planner deles! Mais para frente dou mais informações, ok? :)

É isso, pessoal. Espero que gostem! E se alguém comprar algo, me conta. Vou adorar saber. No mais, podem opinar à vontade! ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: Conhecendo a Redação da Revista Sorria
Fan Page ♥  Instagram


12

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2020