05.01.2017
* Lançamentos da Arqueiro e da Sextante! ♥

Ei, Gente! As editoras Arqueiro e Sextante (parceiras do blog) estão com lançamentos para vários gostos e idade. Selecionei alguns dos livros que estão esperando por vocês nas livrarias. Espero que gostem! Tem a sinopse mais para baixo, ok? ;-)

lancamentos-arqueiro-sextanteCrédito das Imagens: Sextante e Arqueiro 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista 

1. As 8 leis espirituais da saúde 
Autor: Tommy Rosa e Stephen Sinatra
Editora: Sextante
Sinopse: As 8 leis que os autores compartilham neste livro vão ampliar sua compreensão sobre a importância da fé, da comunhão com a natureza, do resgate do amor-próprio, da positividade, dos relacionamentos e da boa alimentação. Além disso, mostram o que podemos alcançar quando usamos as lições do Céu para curar nossa vida na Terra.

2. Ao seu encontro
Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Sinopse: Em Ao seu encontro, Abbi Glines conclui a história que começou em À sua espera. Com a escrita romântica e voluptuosa que a consagrou, ela constrói mais uma narrativa envolvente, com personagens que vão mexer com as nossas emoções até o final.  Há apenas alguns meses, um encontro inesperado numa casa em Rosemary Beach se transformou num romance de conto de fadas. Agora Reese está prestes a ir morar com Mase na fazenda dele, no Texas. Com o apoio e o amor da família do namorado e a recente descoberta de que ela mesma tem uma família com a qual contar, Reese pode enfim superar os horrores do passado e se concentrar no futuro promissor que a aguarda. No entanto, no que depender de Aida, isso não vai acontecer.

3. Diário de um bárbaro covarde
Autor: Two Little Cowboys
Editora: Sextante
Sinopse: Chegou a hora de conhecer a biografia de Skulk, o bárbaro covarde. A vida não está nada fácil para Skulk. Ainda no nível 1, ele sente que é uma piada para todos, principalmente para Conan, o bárbaro mais popular do lugar. Querendo avançar mais níveis, ele tem uma ideia brilhante: passar a noite na mina para extrair elixir e acumular experiência. Mas, atrapalhado como é, acaba danificando a linha de Ley, responsável pela defesa da aldeia. Com um ataque de goblins a caminho, Skulk terá que vencer seus medos para salvar os amigos (e a si mesmo). Só um detalhe pode atrapalhá-lo nessa missão: ele não tem ideia de como vai fazer isso!

4. Meio mundo 
Autor: Joe Abercrombie
Editora: Arqueiro
Sinopse: Guiando os personagens por caminhos tortuosos em busca de amadurecimento e redenção, Joe Abercrombie mais uma vez nos maravilha com uma história grandiosa, que se sustenta sozinha por seu vigor, mas também dá continuidade à saga de Gettland e Yarvi. Finalista do prêmio Locus, Meio mundo deixará o leitor na expectativa do desfecho desta série épica.

***

Prontinho, gente! Gostaram mais de qual? Contem aí! Ah! Lá no site de cada editora (aqui e aqui), vocês encontram mais lançamentos, ok? ^^

Beijos, Carol. 

Fan Page ♥  Instagram


2
13.12.2016
* PJ Leu: Todo mundo tem um anjo da guarda! ♥

Ei, Gente! E a dica literária da semana é Todo mundo tem um anjo da guarda, do autor Pedro Siqueira. O livro, que ganhei da editora Sextante (parceira do blog), fala dos ensinamentos sobre esses seres espirituais que nos protegem. Vamos lá? Bom post! ;-)

todomundotemanjo_webLivro: Todo mundo tem um anjo da guarda| Editora: Sextante| Autor: Pedro Siqueira
Crédito: Sextante 

Sinopse: “Aonde quer que eu vá dirigir grupos de oração, os fiéis me perguntam se têm um anjo protetor. Minha resposta é sempre a mesma: todo mundo tem um anjo da guarda! Desde a concepção, Deus designa a todos um ser angélico para acompanhá-los em sua jornada neste mundo.” (Pedro Siqueira)

Neste livro, o autor conta sobre esse universo dos anjos! Ele mostra uma visão geral das criaturas celestes, explica que é possível ver nossos anjos da guarda e,  até mesmo, saber seus nomes. E não para por aí: Pedro explica como podemos nos comunicar com eles para estreitar os laços com Deus. Através de casos, Todo mundo tem um anjo da guarda tira as principais dúvidas sobre esse tema e oferece um conhecimento fundamental para quem almeja uma vida espiritual mais profunda! 

Minha opinião: Quando comecei a ler, achei que devoraria em um dia o livro, mas não fluiu o tanto quanto imaginei. Não é repleto de teorias, mas por não ter tanta intimidade com o assunto, acho que isso pode ter atrapalhado um pouco. Mas algo me dizia para continuar, talvez o meu anjo da guarda! :) Do meio para o final, consegui ler melhor e comecei a fazer mil perguntas, por exemplo: será que eu estou agradecendo na prática o presente que Deus me deu? Sinceramente? Acho que não! Mas depois do livro, comecei a prestar atenção em alguns detalhes e lembrar de alguns episódios que vivi. Tenho quase certeza que não sou capaz de enxergá-lo (até porque teria medo, por mais que ele só queira o meu bem), mas às vezes os anjos falam de um outro jeito com a gente, né?

Adorei os toques sutis e os casos que o Pedro conta no livro. As histórias do amigo dele, o Otto, são as melhores. Fiquei arrepiada na parte do caso da mãe desse amigo! Enfim, acho que independente da sua religião, é um livro que só vai te trazer paz. Se você acredita em Deus, vai fundo! Ainda não? Indico a leitura também. Talvez desperte algo. Quem sabe? ;-) Ah! Destaque para a capa! É uma das mais lindas que já vi. 

Já leu? Conte nos comentários e o que achou! Não leu? Recomendo!

Beijos, Carol.

Para ler a resenha do livro “As coisas mais legais do mundo, clique aqui!

Fan Page ♥  Instagram


8
07.11.2016
* PJ Leu: Muito amor por favor! ♥

E a dica literária da semana é: Muito amor por favor, dos autores nacionais Arthur Aguiar, Frederico Elboni, Ique Carvalho e Matheus Rocha. O livro, que foi publicado pela editora Sextante (parceira do blog), é repleto de textos sobre um sentimento em quatro elementos.

livro-muito-amor-por-favor-pj-leu-1Livro: Muito amor por favor | Editora: Sextante | Preço: R$ 29,90
Crédito da Imagem: Site Editora Sextante 

Sinopse: Muito amor por favor é a expressão do sentimento de amor do ponto de vista de quatro jovens, que escrevem sobre relacionamentos reais e atuais. Eles falam sobre viver a dois com intensidade e peito aberto, abraçando igualmente a dor e a felicidade. Através de textos, cada autor explica à sua maneira sobre como é amar, estar apaixonado, e experimentar a verdade das relações em todos os seus aspectos, representados nos elementos da natureza: água, ar, fogo e terra.

As características de cada tipo de amor vão além, mas é basicamente assim: Arthur escreve sobre o amor “água”, aquele que pode ser agradavelmente quente ou ferir se ficar gelado. Frederico fala sobre o amor “ar”, aquele que é leve, eleva e que faz com que os pombinhos flutuem. Ique mostra como é o amor “fogo”, aquele que arde, arrebata, aquece a alma e, às vezes, incendeia até doer. Matheus conta como é o amor “terra”, aquele estável, certo, seguro e que pode também provocar terremotos e abalar estruturas.

Minha opinião: Estava bem ansiosa para ler. Tanto que esse livro furou a vez de outros! Não é ruim, pelo contrário. Mas confesso que esperava um pouco mais. A primeira parte foi a minha favorita. Ique, que fala sobre o fogo, me conquistou com suas histórias e lições que o pai deixou para ele. Sem palavras para o texto “Amor que dói, amor que cauteriza feridas”… De arrancar suspiros, lágrimas e deixar lições valiosas. Obrigada, Ique!  Depois vem o Matheus e o amor terra. A escrita dele é ainda mais intensa nesse livro e envolve a gente. Aí vem o Arthur com a água e me surpreendi positivamente, mas como nem tudo são flores… Tive a impressão de que alguns textos entraram no livro só para tapar buraco. Ou talvez não tenha entendido direito mesmo. E depois veio o Frederico com o amor “ar” e finalizou o livro de um jeito apaixonante e me identifiquei bastante!

Resumindo: o livro começa mega bem, depois cai um pouco e finaliza com chave de ouro! Por esse motivo, a leitura não fluiu como eu imaginei. Mas é a minha opinião, viu gente? Acho que vale a leitura pelos aprendizados e cada um interpreta da sua maneira. E também tem aquela história do momento. Talvez se eu reler, toque de um jeito diferente. Ah! Destaque para capa. Uma das mais lindas que vi esse ano!

pj-leu-muito-amor-por-favor-quoteMelhor trecho!

Já leu? Conta o que achou! Ainda não? Fica a dica! =)

Beijos, Carol.

* Para ler a resenha do livro “Eu sou as escolhas que faço”, clique aqui

Fan Page ♥ Instagram


5
01.11.2016
* PJ Leu: Eu sou as escolhas que faço! ♥

E a dica literária da semana é: Eu sou as escolhas que faço, da autora Elle Luna. O livro, que foi publicado pela editora Sextante (parceira do blog), é uma ótima pedida para começar o mês com o pé direito. Já adianto: é uma das leituras que mais me tirou da caixinha e me deu aquele empurrãozinho extra na vida! ♥

eu-sou-as-escolhas-que-facoCrédito da imagem: Editora Sextante!

Sinopse: Sempre temos a opção de seguir o caminho da segurança ou da paixão! Sempre encontramos essa encruzilhada! E, todos os dias, fazemos uma escolha. Esse livro faz com que a gente reflita quais são essas escolhas que temos feito.  É importante ressaltar que cada um de nós tem um potencial único que foi nos dado ao nascer. Se vamos cultivar esse “dom” ou não, depende de nós mesmos! Em seu sentido mais puro, a paixão é a razão por estarmos aqui… E escolher seguir essa estrada é a jornada mais importante da nossa vida!

Através de um livro colorido e ilustrado, a autora nos mostra os desafios, obstáculos e medos que costumam nos impedir de continuar nesse difícil e prazeroso caminho da paixão. Mas ao mesmo tempo, ensina a encontrar soluções criativas para superar cada um deles! ;-)

pj-leu-eu-sou-as-escolhas-que-facoCrédito da imagem: Pequena Jornalista! 

Minha opinião: É um dos melhores livros que li esse ano. Não é que a autora faça milagre, mas abre a nossa mente, sabe? Faz com que a gente saia da caixinha! Aos poucos, a Elle mostra que trilhar o caminho da paixão é uma das melhores escolhas. Mas ela é realista. Não viaja na maionese! A autora mostra o que geralmente nos impede de seguir essa rota e dá pequenas soluções. Algumas até parecem óbvias, mas toca a gente de um jeito diferente. Bom, pelo menos foi o que aconteceu comigo!

Uma das coisas que me impede de trabalhar só com o que eu gosto é o dinheiro! E, gente, por mais que o dinheiro não seja tudo, infelizmente, sem ele, a gente não come, não paga as contas e por aí vai. Então, não dá para largar tudo de uma vez. E no livro, a Elle mostra exatamente isso e dá uma solução que une o útil ao agradável. Em outras palavras: a solução talvez seja que você possa trabalhar em algum lugar que te dê um salário e, ao mesmo tempo, que você consiga conciliar esse trabalho com o seu verdadeiro sonho. Então, abrir mão daquele emprego que não deixa você ter vida é a melhor opção. Talvez em um outro, você não ganhe tanto, mas em contrapartida, você consegue conciliar.

Exemplo: quero escrever um livro, mas com o trabalho atual só consigo chegar em casa, tomar banho e dormir. Com um outro emprego, consigo ter dinheiro e tempo para escrever. Aí aos poucos, você transforma o sonho em realidade e uma hora vai conseguir só trabalhar com o que realmente gosta. Tudo no seu tempo, mas sem perder tempo! ;-) Ah! Por mais que esse caminho seja o mais gostoso de seguir, não significa que seja o mais fácil. Essa foi uma das principais lições que tirei desse livro!

É uma leitura que você devora em uma noite e realmente te dá vontade de praticar tudo que leu! É um livro interativo e que faz você pensar e escrever. Então, separa um bloquinho junto com a leitura. Ah! Tem uma atividade que pede uma cadeira, então, talvez seja melhor ler em casa. Fora isso, destaque para as ilustrações. Acredito que esse livro vá mexer com cada um de um jeito, mas o importante é que ele te faz sair da caixinha e seguir seus sonhos de verdade.

eu-sou-as-escolhas-que-faco-2Crédito da imagem: Pequena Jornalista! 

Por fim, tenha essa frase sempre com você: eu sou as escolhas que faço! Então, nada de só reclamar. Hora de colocar a mão na massa!  ^^

Já leu? Conta o que achou! Ainda não? Recomendo! 

Beijos, Carol.

Para ler a resenha do livro No meio do caminho tinha um amor, clique aqui

Fan Page ♥ Instagram


24
17.10.2016
* PJ Leu: No meio do caminho tinha um amor! ♥

Oi, Gente! Para começar a semana, vou falar sobre um dos últimos livros que eu li: No meio do caminho tinha um amor, do autor brasileiro Matheus Rocha, publicado pela editora Sextante (parceira do blog). Já adianto que é um dos livros que você devora e conhece um pouco mais sobre o amor e suas diversas formas. Vamos lá? Bom post para vocês! 

pj-leu-no-meio-do-caminho-tinha-um-amorObrigada pelo livro, editora Sextante! =)
Título: No meio do caminho tinha um amor
Autor: Matheus Rocha

Sinopse: Toda história tem um começo, meio e a gente espera do fundo do coração que não tenha um fim. Mas esse livro começa exatamente assim: pelo “fim”. Afinal, às vezes, essa palavra é inevitável. Aos poucos, a dor do término, do encantamento, da paixão, dá lugar ao “meio”, que vem repleto de esperança. Depois, damos de cara com o “começo” de um novo romance. Tudo isso, através de 50 textos, que mostram que o amor têm suas fases, mas que a gente jamais deve deixá-lo de lado. ;-)

pj-leu-no-meio-do-caminho-tinha-um-amor-2

Minha opinião: Conheci o Matheus lá no Instagram, aí fiquei sabendo do livro e estava mega ansiosa para ler. O autor é muito intenso, gente! E suas palavras traduzem o que a gente sente lá no fundinho (ou não), sabem? Claro que têm alguns textos que marcam mais do que outros, mas no geral, dá para se identificar com quase todos. Apesar de ter adorado cada parte, meu pontinho extra vai para as ilustrações do Phellipe Wanderley! Vontade de “repostar” todas. Agora ponto (duplo) extra vai para o texto “Gratidão”. Foram as palavras que mais mexeram comigo e que vão me acompanhar eternamente. E não só no setor amor, mas em todos. Foi um tapa na minha cara, do tipo: minha filha, para de reclamar e vai plantar o que você realmente quer colher. Aprenda: nada cai do céu!

De resto, aviso: todos devem embarcar nessa leitura. Esteja você no fim, no meio ou no começo de alguma história de amor. Não importa! A leitura flui e quando a gente se toca, não tem mais página. Todos os livros que eu leio, me ensinam de alguma forma. Esse me ensinou mais do que imaginei. Obrigada, Matheus! ♥ 

Alguém já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica!

Beijos e boa semana!
Carol.

P.S: para ler a resenha do livro “Felizes para sempre” é só clicar aqui. ;-)

Fan Page ♥ Instagram


10

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018