04.04.2021
* PJ Leu: Amor na loja de chocolates! ♥

Ei. Gente! :) Para essa Páscoa, nada melhor do que um conto bem doce, né? Então, a dica literária de hoje é: Amor na loja de chocolates, da autora brasileira Renata Lustosa. Pega o seu chocolate e boa resenha! ♥

Conto: Amor na loja de chocolates | Autora: Renata Lustosa | Conto independente
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros

Sinopse: Sofia é uma workaholic que trabalha de segunda a segunda na sua chocolateria vegana. Não tem tempo para vida amorosa, mesmo seu pai aconselhando e falando que pode ajudá-la. Mas ele já trabalhou tanto, que não seria justo, né? Até que um dia, sua loja recebe uma visita ilustre de um ator bem famoso. E um encontro rende mudanças, descobertas e viradas de olho de um segurança muito intrometido (e até bonito rs!).

⁣⁣Opinião da Pequena: Para começar, quero falar que todas as capas das histórias da autora são bem fofas. Mas essa é a minha favorita. E, claro que o conteúdo não fica de fora. Aquece o coração!

Narrado em primeira pessoa, a escrita é leve e a leitura flui de forma bem doce. Como é um conto, as coisas acabam desenrolando em um piscar de olhos. Porém, às vezes, ir direto ao ponto é melhor. Ajuda o clube dos leitores curiosos hahaha.

Adorei a Sofia e o pai dela entrou na listinha de pais favoritos. Tiago me lembrou o Dillon O’Hara. E o Bernardo é sem comentários. Dá para imaginar cada revirada de olho dele hahaha. Mas quem conquistou o coração da Pequena que vos bloga foi o Coelho. Deu um toque a mais, sem dúvida.

Crédito da Imagem: Renata Lustosa / Divulgação

Mesmo eu não rindo tanto como o de costume, é um conto que tem todos os ingredientes necessários para um incrível chick lit. E, sim, a gente consegue tirar lições valiosas:

1. A importância de dividir chocolates. Nunca deixe de oferecer essa oitava maravilha, ok? Mesmo que a vontade de devorar seja gigante hahaha.

2. Não tirar conclusões precipitadas.

3. Proteger os animais é um ato de amor.

4. Sucesso no trabalho depende de outros ingredientes também. E tem mais a ver com a vida pessoal do que imaginamos. ♥

****

No mais, esse novo conto da escritora me fez abraçar pela primeira vez o meu kindle no final de uma história. Valorizar a doçura da Páscoa, ainda mais em tempos difíceis. Obrigada por isso, Rê!

Quem quiser embarcar no mundinho da Sofia, vale a pena baixar o conto, que está disponível na Amazon. O “The end” é de arrancar suspiros! ;-)

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! E Feliz Páscoa, gente! Que seja um dia doce e feliz. ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – Cale-se para sempre!
Fan Page ♥  Instagram


1
22.01.2021
* Livros para quem quer escrever chick lit! ♥

Ei, Gente! :) Essa semana rolou a 1ª live de 2021 lá no Insta do blog. O tema? Chick lit, com a escritora brasileira Rê Lustosa. Foi um bate-papo tão legal e ela aproveitou para indicar alguns livros para quem quer escrever histórias do gênero.

Quem perdeu, fica tranquilo, que a live ficou salva aqui. Mas para facilitar a vida, trouxe as sugestões de lá para cá. Então, bom post. ♥

Escrever não é apenas escrever e pronto. A Rê contou na conversa, que além de ler muito sobre esse gênero, algumas técnicas podem facilitar a vida do escritor. Oficinas de escrita são bem-vindas e livros sobre o tema também. Aqui no Brasil, ela recomendou três, incluindo um de roteiro e diálogos, que são fundamentais para uma história ser bem recebida pelo leitor.

Então, temos: “Como escrever diálogos“, da Silvia Adela Kohan. Esse foi o que mais me interessou e quero muito comprar. Acho que vai me ajudar nos projetos futuros. Também tem “Story“, de Robert McKee. Esse é mais para o lado do roteiro, mas indispensável para autores também. E “A Jornada do Escritor“, de Christopher Vogler, eu já tinha escutado falar. De acordo com a Rê, ele fala sobre uma estrutura que funciona muito com os leitores daqui. ;-)

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

No Brasil, o que a gente repara muito é que esse gênero ainda precisa ser mais reconhecido e explorado. Lá fora, a nossa convidada encontra até mais livros que colaboram com autores de chick lit. Quando meu inglês estiver melhor, vou querer todos os quatro! ;p

Anotem aí: “Will Write for Shoes“, de Cathy Yardley. Dá para perceber que é bem específico e como eu espero que um dia tenha em português. É bem mais fácil aprender na língua de casa, né? Também tem “How to write dazzling dialogue“, de James Scott Bell. Mais um que aborda sobre diálogos! Temos “See Jane Write“, de Sarah Mlynowski e Farrin Jacobs. Outro que dá para perceber que é bem específico! Editoras, vamos trazer para cá? ;-) Por fim, mas não menos importante: “Romancing the Beat“, de Gwen Hayes. A Rê contou que é tipo um livro que ajuda na escrita de romances de beijinhos, digamos assim.

Crédito das Imagens: Amazon
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

É isso, pessoal. :) Essa é mais uma forma de falar: leiam esse tipo de romance, caso o único motivo seja ter um certo receio com esse gênero. Sei que muitos acreditam que são histórias irrelevantes, mas é totalmente o oposto. Arranca risadas e muitos aprendizados (com muita leveza)! ;-)

Ah! Mais uma coisinha que a Rê falou e acho que pode ajudar muito o pessoal que deseja escrever chick lit: leiam outros estilos de livros também. Principalmente, se você tiver no processo de escrita. Quando a gente lê muito, sem querer, pode acabar pegando alguns vícios de autores. É ótimo ter referências, mas que não passe disso.

Gostaram? Podem opinar à vontade. Tem algum livro que pode ajudar? Não deixe de indicar. E obrigada pela ajuda, Rê!! Lembrando que todas as resenhas das histórias da Rê, vocês encontram por aqui no PJ. ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: Por que eu leio chick lit?
Fan Page ♥ Instagram 


19
14.09.2020
* PJ Leu: Conto – Cale-se para sempre! ♥

Ei, Gente! :) A minha concentração literária está voltando aos poucos e no finde consegui até ler um conto novo: Cale-se para sempre, da Renata Lustosa (autora nacional), uma parceira querida do PJ. Então, trouxe a resenha para vocês. Vamos lá? Boa leitura!

Conto: Cale-se para sempre | Autora: Renata Lustosa
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros

Sinopse: Olívia Florence é dona de uma pequena empresa de organização de eventos chamada “Dois pombinhos”. Parece que as coisas vão melhorar com o novo casal cliente, porém, tudo muda quando o noivo dá em cima dela na maior.

Agora o que fazer? Contar para a Bianca, a noiva, e perder seus potenciais clientes ou deixar isso para lá e não falar nadinha? Sua honestidade pode prejudicar a sua empresa, que já está meio mal das pernas ou pelo contrário?

Entre essas questões, Olivia aprende boas lições. Inclusive, faz as pazes com o senhor cupido!

Opinião da Pequena: Sempre quando eu leio algo da Rê, eu lembro o motivo de eu amar tanto chick-lit. Esse conto é mais uma prova de que esse gênero traz valores que inspiram a gente no nosso dia a dia e não tem nada de “raso”.

A premissa chama a atenção. Imagina: o único cliente, que pode manter a sua empresa, dá em cima de você na maior cara de pau? É impossível não se colocar no lugar da Olívia e ter vontade de dar um murro nele (sou contra violência, mas esse vilão merece hahaha).

Adorei como a história foi conduzida e o único defeito é que acaba muito rápido! Quando a gente se toca, chega o epílogo, mas fica feliz que tudo se encaixa direitinho.

De quebra, a gente aprende lições, como a importância de ter aulas de krav magá. Que a propósito, essa parte rende boas risadas. Outra: a honestidade e a empatia valem ouro. E que o Cupido sabe das coisas e um bom partido aparece e ele tem de ter várias coisinhas, que vão além de bens materiais. Clichê, mas sempre bom lembrar.

Crédito da Imagem: Amazon / Renata Lustosa

Tomás é meu novo crush literário, mesmo com algumas ressalvas. A Olívia? Amei esse nome! Ah! E eu quero contratar a “Dois Pombinhos” quando eu me casar hahaha. ;-) Aliás, noiva Bianca, você me surpreendeu. Quer ser minha amiga? Eu,você e a Olie podemos criar um grupo no Whats hahaha.

Enfim, recomendo muito para quem anda travado nas leituras. Quer algo divertido, leve e para devorar em questões de horinhas? Cale-se para sempre é perfeito para isso.

E não sei vocês: mas contos eu acho que sempre devem virar livros, porque quero mais detalhes e tal hahaha. Tipo uma personagem, que acho que acrescentaria muito, ficou meio apagada. Mas entendo que esse tipo de leitura é desse jeito, mais direto ao ponto, digamos assim.

Quanto à capa… Tem tudo a ver com a história, inclusive, com uma cena incrível. Pelo menos, eu acho! E o título também! E adorei a diagramação e as ilustrações em algumas páginas, que fazem a diferença. ^^

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

É isso, pessoal. Quem quiser embarcar, está disponível nesse link da Amazon. No mais, podem opinar à vontade! ;-)

Beijos e boa semana,
Carol.

Post Antigo: Conto – Maldito Beijo!
Fan Page ♥  Instagram


6
28.08.2019
* Comprinhas de papelaria na Liberdade e outros! ♥

No último fim de semana, fui para a terra da garoa E uma das coisas que mais amo em São Paulo é o bairro Liberdade. Afinal, lá encontramos papelarias com produtos bem fofos! Dessa vez, eu tentei ser bem controlada e busquei por coisas que não encontro com tanta facilidade aqui no Rio de Janeiro. Mas calma! Nesse post também têm dois itens em homenagem aos 10 anos do blog. Enfim, vamos morrer de amores comigo? ;-)

Para começar, vocês sabem do meu amor por adesivos. Daí, andando por acaso na Liberdade, dei de cara com a Fancy Goods, uma lojinha que já estava querendo conhecer há séculos. Fiquei louca pelos adesivos e comprei os que mais amei, principalmente esse das carinhas. Cada um custou R$ 9,00! E aí, depois fui na clássica Haikai e lá eu quase surtei com esse kit de capinha para lápis, que por mais que seja uma frescurinha, é tão linda, que não teve como deixar para lá. Essa comprinha custou R$ 11,50 e rendeu uma pequena blogueira feliz! =D

PJ - Comprinhas Liberdade - 1Crédito das Imagens e Montagem: Pequena Jornalista 

Um dos meus objetivos na Liberdade era comprar um novo chaveiro. Daí, na Haikai encontrei esse de caderno. Sério! Impossível ser mais a minha cara, né? E até dá para usar as folhinhas, porém, por motivos de peninha, não vou hahaha. Esse custou R$ 12,50 e achei um preço bem ok!  Voltando para a Fancy Goods, lá encontrei algumas opções de papel de carta lindas! Levei para casa esse modelo, com envelope e adesivos. Achei tão anos 90, que não resisti hahaha. Saiu por R$ 13,50 e achei bem tranquilo o valor. E agora um item aleatório: finalmente, encomendei um bloquinho do Pequena Jornalista. Fiz a arte com a Rê Lustosa e a impressão lá na 360 Imprimir! Fiquei bem feliz com o resultado e fiquem de olho que vai rolar sorteio desse bloquinho lá no Instagram do PJ. ;-)

PJ - Comprinhas Liberdade - 2Crédito das Imagens e Montagem: Pequena Jornalista 

E falando no niver do blog, encomendei para o primeiro sorteio que está rolando lá no Insta um planner de futuras compras de livros, da lojinha da Rê Lustosa. Achei bem fofinho e óbvio que comprei um para mim também. =) E as últimas comprinhas na Liberdade foram essa mini caneta com várias cores (Que não lembro o valor) e uma washi tape dourada (R$ 9,90) para fechar os pacotes do Brechó (Ainda não segue? Têm vários desapegos literários por lá: @um_mundo_de_brecho). Ambas foram na Haikai! 

PJ - Comprinhas Liberdade - 3
Crédito das Imagens e Montagem: Pequena Jornalista 

É isso, pessoal. Gostaram? Podem opinar à vontade! :)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Últimas comprinhas de papelaria

Fan Page ♥ Instagram   


1
01.07.2019
* PJ Leu: Confissões de uma terapeuta! ♥

Ei, Gente! Nada melhor do que começar o mês com uma indicação de um livro, que aquece nosso coraçãozinho e faz a gente amar ainda mais chick lit, né? O PJ Leu da semana é “Confissões de uma terapeuta“, da autora Rê Lustosa. Vamos lá? Boa leitura! ♥ 

PJ Leu - Confissões de uma terapeutaLivro: Confissões de uma terapeuta | Editora: Lura | Autora: Renata Lustosa 
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros!

Sinopse: Melissa Belinque é uma garota planejada. Muito planejada. Apaixonada por seu melhor amigo e formada em psicologia, ela é uma terapeuta especializada em relacionamento, porém, nunca esteve em um. E o que fazer quando, numa reviravolta do destino, Mel descobre que uma de suas pacientes está completamente apaixonada (e é recíproco) justo pelo mesmo boy que ela? Bom, nossa protagonista terá de correr atrás do prejuízo e impedir que o grande amor de sua vida e seus planos mega certos sejam passados para trás!

Minha opinião: Chick lit, muitas vezes, é dito como uma leitura rasa, apenas uma distração! Nada contra um livro ser apenas uma distração, mas esse gênero, normalmente, me ensina tantas coisas, que acho bem injusto sofrer preconceito literário. E “Confissões de uma terapeuta” é assim: leve, divertido e cheio de aprendizados! Bom, pelo menos para mim. Amei que a autora conseguiu abordar questões como ansiedade, TOC, bullying e quilinhos a mais de um jeito sério, mas sem perder a leveza que o tipo de história pede. Acho que entra muito mais na cabeça do leitor, sabem?

Mas vamos aos personagens? Começando pela nossa protagonista Mel. É quase impossível não se identificar com ela e descobrir que a gente não está sozinha nesse mundo. Ela é incrível! Mesmo a gente querendo ter uma conversa digna de Dr. Julio (outro personagem incrível) com ela. É bem visível o crescimento dela no decorrer dos capítulos. E eu amo isso! A Alana é aquela paciente que dispensamos, mas pessoas assim tendem a nos ensinar muito. E a protagonista foi bem profissional e não deixou atrapalhar muito a sua paixonite na hora de cada sessão.  A Pati é bem doidinha fofa, o Rafa meio sei lá e o Leo é o meu atual crush literário. Digamos que foi amor à primeira vista! E a sua segunda paciente é a melhor de todas. Prestem atenção nessa garotinha também, que dá muitos tapas (do bem) na sociedade! E amei a estilista e suas palavras que vão ficar para a vida “você pode usar o que você quiser, querida”.  Iolanda não apareceu muito na história, mas foi aquela personagem que marcou! E a mãe da Mel na palestra? Compete muito sério com a mamy da Becky Bloom e a minha hahaha. Rendeu ótimas risadas e conversas bem maravilhosas!  A-D-O-R-E-I!

No mais, o contexto é bem bom e prende a gente do início ao fim! A escrita da Rê é deliciosa! É impossível querer largar a leitura no meio do capítulo. A construção da história foi muito bem bolada e amei as sacadas da Mel e suas observações. Destaque também para o nome de cada capítulo e a diagramação. Deu um toque a mais! E, claro, que o conteúdo é repleto de lições. O que eu mais aprendi foi sobre aqueles planos, que a gente cisma e não deixa de lado por nada nesse mundo. Vi que é bom ser organizada, ter tudo na mente. Mas na dose certa, se não o plano “B”, vira plano meio, desculpa o termo, de b de “babaca” (como a própria Mel diz). Às vezes, é bom deixar a vida fluir. Porém, isso não significa que você deve ficar sentada no sofá sem fazer nada, ok? Talvez, um equilíbrio entre a protagonista e a mãe dela, seja uma boa forma de levar o dia a dia! E outro aprendizado é que uma atitude muda tudo, prova viva é a relação da Melissa com a sua secretária.

E, gente! Quem fica meio assim com psicólogo, psiquiatra e tal… Leiam esse livro! É um investimento que a gente faz para a nossa saúde mental! E, obrigada, Rê, por abordar esse tema tão bem! Enfim, é o típico livro que faz a gente amar a capa, mas quando embarca, faz o leitor abraçar a história bem apertado. Falando nisso, o final é simplesmente lindo! Dá uma ressaca literária, mas a certeza de que esse chick lit vai seguir com a gente para todos os outros capítulos da nossa vida, é certeira, viu? “Confissões de uma terapeuta” é sobre amor, amizade, profissão (que a propósito faz a gente não desistir, mesmo que seja bem difícil), planos e outros temas que volta e meia podem aparecer na corrida do nosso livro real. Sem dúvida, entrou para a minha listinha de favoritos. 

PJ Leu - Confissões de uma terapeuta - TrechoCrédito da imagem: Pequena Jornalista

É isso, pessoal. Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo muito!

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Entrevista – Rê Lustosa

Fan Page ♥  Instagram


9

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2021