25.07.2019
* Dia do Escritor: livros que quero ler e escritores que quero conhecer! ♥

O blog me permite coisas incríveis e uma delas é ter contato com alguns escritores nacionais Aliás, escritores são as pessoas mais acessíveis do mundo. Sério, nunca vi um de nariz em pé. Pelo contrário! Por isso, nesse Dia do Escritor gostaria de agradecer e desejar as melhores histórias, sempre. Vocês me inspiram muito, principalmente, meu lado escritora (que é um dos meus maiores sonhos)! Bom, mas como nem tudo são flores, ainda tenho o sonho de conhecer alguns autores nacionais, como Camila Fremder e, quem sabe um dia, Martha Medeiros. Paulo Coelho está na minha listinha, Maurício de Sousa também. E por que não Pedro Bandeira? ;-)

67484017_348688792711463_6315442894131953664_nCrédito da imagem: Pequena Jornalista 

Falando em escritor nacional, óbvio que para o dia de hoje, separei cinco livros que estou ansiosa para embarcar, mas acho que só vou conseguir comprar na Bienal do Livro (aliás, Kindle está na minha lista porque eu preciso ler Romance Concreto). Então, vamos lá?

– Romance Concreto (Aimee Oliveira – Amazon Brasil)
Sinopse: O que um chiuaua não-adestrado, uma loja sendo demolida, o demolidor da loja em questão e Olivia Liveretti têm em comum? Isso mesmo: nada. Principalmente porque o tal demolidor se encontrava completamente coberto de cimento e grosserias. Sendo assim, quando esses quatro elementos se reúnem, numa tarde nublada de segunda-feira, algo estranho acontece. E continua acontecendo à medida que Olivia Liveretti passa a conhecer as razões pelas quais Jonas Caruso continua a demolir a sua querida loja de quinquilharias apesar de seus protestos.  A “Kinki quinquilharias e afins” nunca mais será a mesma. E Olívia também não.
Observação da Pequena: Aquele livro que me fez mudar de opinião sobre Kindle e desejar muito, só para embarcar nesse chick-lit!

– Esse turu turu (Raffa Fustagno – Fora da Caixa)
Sinopse: 1994. O ano em que começa a história da Leah. Uma adolescente da zona sul do Rio de Janeiro, de quase 15 anos, que ao mudar de escola se encanta de imediato por Lucas, o irmão de sua mais nova melhor amiga. São tantas as complicações nessa idade, que além de nunca ter beijado ninguém antes, lidar com uma paixão não correspondida não é exatamente o que ela precisa. Entre cartas para seu amor e seus desafetos – que jamais deveriam ser lidas em voz alta-, e eventos marcantes que ocorreram nesse ano, a trama é embalada por músicas da sua dupla preferida, Sandy e Junior. Aventure-se nesse mundo romântico, talvez nem tanto, e seja levado de volta ao passado com uma trilha sonora de fazer todo mundo pular.
Observação da Pequena: Tem Sandy e Junior no meio, né? Preciso! =)

– O meu melhor (Martha Medeiros – Planeta Livros)
Sinopse: Martha Medeiros completa 25 anos escrevendo crônicas semanalmente publicadas por jornais em todo o país.Para celebrar este aniversário, ela selecionou as 100 crônicas de maior sucesso em toda a sua carreira.
Observação da Pequena: Torcendo para ela lançar esse livro na Bienal. \o/

– Confidências de uma ex-popular (Ray Tavares – Galera Record))
Sinopse: Renata Vincenzo vê seu mundo virar de cabeça para baixo quando seus pais a colocam num internato católico. Possessa e nada disposta a construir novos laços de amizade por conta das frustrações do passado, ela se vê, de repente, perdida. Sem largar sua essência, a garota se equilibra entre lidar com o desprezo constante dos alunos do colégio, recusar as investidas do presidente de um grupo misterioso e, nesse meio, administrar seu interesse por um aluno em particular. Será que Renata vai conseguir superar seu passado e iniciar uma nova jornada mostrando uma nova versão de si mesma – ou insistirá em seus velhos erros?
Observação da Pequena: Tem cara de ser bem leve e repleto de lições.

– As férias da minha vida (Clara Savelli – Intrínseca) 
Sinopse: É sobre a história de três amigas, que embarcaram em um resort no Caribe. Na bagagem, lembranças, descobertas e paixões inesquecíveis. Um mês de sol, praia, partidas de vôlei e tranquilidade… A República Dominicana era a descrição perfeita do paraíso. No entanto, o universo parece ter outros planos, que envolvem surpresas, reviravoltas e, quem sabe, até um novo amor.
Observação da Pequena: Teve lançamento recentemente, mas não consegui ir. Tem cara de ser bem lindo e aquele livro que a gente vai suspirar muito e tirar várias lições!

67274074_370481766999370_6642066360899731456_nCrédito das Imagens: Saraiva e Amazon Brasil 
Crédito da montagem: Pequena Jornalista

Por fim, mas não menos importante. Vou falar um pouco de uma das autoras nacionais que ocupa o topo da minha lista de favoritos: Fernanda França! Tive até a honra de ser leitora beta. Ela é uma das pessoas mais queridas que conheço e me faz um bem danado cada livro que leio da Fê! Muito obrigada por ser tão incrível e por cada parágrafo escrito. 

67324690_2376703512656088_7147636728067522560_nCrédito da imagem: Pequena Jornalista

E aqui vai uma outra listinha com outros escritores nacionais (alguns estão na minha listinha de preciso ler também): Teca Machado, Paula Pimenta, Rê Lustosa, Laura Conrado, Thati Machado, Fred Elboni, Thalita Rebouças, Bruna Vieira, Matheus Rocha, entre outros! Aliás, deem chance a autores nacionais. Sério! A gente tem muita qualidade no quesito escritor brasileiro. E a gente precisa prestigiar esses verdadeiros heróis. Afinal, um livro é capaz de salvar uma vida sim. 

É isso, pessoal. Gostaram? Podem opinar à vontade!
Ah! Me indiquem autores nacionais também, ok? Aliás, quem vocês querem ver aqui no PJ Entrevista? =)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Pequena Escritora – Dicas

Fan Page ♥  Instagram


0
22.07.2019
* Pequena Escritora #3: Like oculto! ♥

Pequena Escritora #3(Por Carol Daixum)

“Like: palavrinha que deu o que falar semana passada, né? Confesso que na hora que o Insta ocultou, foi estranho e ainda é meio diferente não ver quem curtiu o post de tal pessoa, tipo do meu namorado hahaha. Ainda bem que posso ainda matar a curiosidade e conferir quem curtiu os meus posts. Ufa! \o/

Agora falando de uma forma mais séria. Acho que essa novidade vai fazer bem a nossa saúde mental sim. Like (número) é legal, um elogio, sem dúvida. Porém, não pode ser o fundamental. O que coordena a nossa vida! Acho que a partir de agora, os posts vão ser mais leves, sem tanta cobrança e o conteúdo, que prezo muito, vai ser mais valorizado. Pensando por esse lado, pontinho extra para o Tio Mark, mesmo achando que ele também têm outras intenções com esse novo ciclo.

Mas sabe o que mais me chamou atenção nisso tudo? Acho que se 4 ou 5 pessoas confessaram que vão sentir saudade do número de likes, foram muitas! O pessoal que não trabalha muito com isso, nem tocou tanto no assunto, mas influenciadores digitais, a maioria disse que nunca foi de ligar muito para isso e que era besteira. Eu acho bem válido mudar de opinião. É saudável e muito importante! Porém, alguns comentários me deram a impressão de uma leve mentirinha, sabe? Nesse meio tem muito modismo e é uma das coisas que mais desanima!

Por exemplo, há um tempinho feed organizado era vida e hoje bem desvalorizado. Agora, os comentários vão estar em alta, mas se um dia decair, a melhor coisa, para muitos, é falar que nunca ligou e pronto! Acho que esse ponto não é muito legal! A mesma coisa serve para Blogs. Quem trabalha com internet, tem que inovar constantemente, sem dúvida. Porém, se tal pessoa quiser continuar com aquela plataforma, deixa ela em paz, sabe? Eu amo meu blog e não vou largá-lo apenas porque ele não está mais em alta. O Youtube, apesar de eu ser uma frequentadora assídua, me deixa tímida. Acho que o máximo que vou conseguir gravar é para o IGTV e olhe lá.

Porém, essa não é a questão central. O que me incomoda, sem querer cair no mesmo erro, é o julgamento. Entrar com tudo no modismo e tacar pedra para tudo quanto é lado. Como falei, mudar de opinião é fundamental, mas passe isso para o seu seguidor de uma forma positiva, que faça ele refletir e não se sentir o mais errado. Seja sincero, espontâneo. Isso, no final, é o que vale de verdade.

Então, se você ficou meio assim com o Tio Mark ocultando os  likes, sem problemas, viu? E entenda, que toda mudança é boa e que o Insta, sem querer ser muito brega, é apenas uma fatia da nossa pizza família. E tudo é questão de adaptação, viu? Quanto aos posts: tente se cobrar menos e invista no conteúdo, principalmente, se essa é uma ferramenta de trabalho. E lembre-se: escute o que é válido e o mais importante… Seja feliz e siga, mais do que nunca, o que te faz bem e leve! ;-)”

***

Pessoal, desde semana passada, eu tinha algumas opiniões. Algumas mudaram, outras permaneceram e, por enquanto, esse é o meu veredito sobre esse assunto! ^^ Ah! E é uma crítica construtiva, sem a intenção de cair no mesmo erro. Acho que tem bastante gente que falou a verdade, mas algumas, eu fiquei com uma pulguinha atrás da orelha e me fez refletir bastante.
E vocês? O que acham disso tudo? Podem opinar à vontade! ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Por um amor todos os dias!

Fan Page ♥ Instagram   


0
12.06.2019
* Pequena Escritora #2: Por um amor, todos os dias! ♥

IMG_8528-12-06-19-18-51Por Carol Daixum (Texto)
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

“Desde novinha, eu sonhava com o meu príncipe encantado. Idealizava declarações, passeios e comemorações dignas de chick lit em pleno Dia dos Namorados! Aliás, já passei muito essa data sozinha. Algumas, de boa na lagoa. Outras, eu queria ter um papo reto com o tal do Santo Antônio! Detestava quando alguém me dizia que era só eu não esperar, que iria aparecer na hora certa. Nem antes, nem depois! Minha mãe, era mestre nesse discurso!

Hoje, o clichê que tanto escutei, é um dos que eu mais acredito. Acho que talvez, se eu tivesse encontrado antes, não daria certo! Afinal, o amor é lindo, mas vai além dessa data. É preciso um monte de coisinhas para sustentar um relacionamento. Tem de ter companheirismo. Paciência! Entender, que o outro é diferente de você e tudo bem! Opiniões distintas fazem parte e nem tudo são flores. Até mesmo, o Dia dos Namorados, que a propósito quase ninguém conta, mas: fica tudo cheio. O trânsito insuportável e cinema, nem pensar. Se a gente não tiver cuidado, o estresse pode tomar conta. Ano passado, minha primeira comemoração “12 de junho” com o meu namorado, foi incrível, mas sabia que a gente teve de jantar às 17h, porque os outros horários estavam lotados? Surreal. Claro, que foi maravilhoso, mas por ser a primeira vez e tal. Então, ter foco apenas nesse detalhe, pode ser um caminho bem perigoso.

Falando nisso, saiba que entrar em um relação é: estar perto, porém, dar espaço quando necessário! É amar, até mesmo, as imperfeições (Na medida certa, claro). É dividir o dia, é perguntar como foi o trabalho. É fazer planos! É ceder. É conversar, coisas sérias e discutir se a Rainha Elizabeth assiste Netflix ou não. É saber que têm dias perfeitos e outros que o clima fica meio chato, mas que depois volta tudo ao normal. É rir! É tirar foto. É pegar a mania do outro. É aprender muito. Todos os dias! É conseguir ser você, em uma versão mais leve e ainda mais feliz! É fazer quase tudo junto, mas sem perder a individualidade. É saber que aquela pessoa tem uma TPM daquelas e que o outro talvez ronque um pouquinho hahaha.

Então, se você não tem ninguém, por enquanto, seja por opção ou não, relaxa. Parece clichê, eu sei. Mas um dia vem! Talvez não no cavalo branco, porém, na forma real, viu? Mas é justamente isso que torna tudo mágico. E quando ele chegar, eu espero, do fundo do meu coração, que seja um amor de todos os dias e não só nessas datas comemorativas. Por que amor é isso! Ah! E aproveita. Namorar é maravilhoso, mas estar na sua própria companhia e curtir é fundamental.”

***

Um feliz Dia dos Namorados para todos os casais apaixonados! E um beijo especial para o meu namô, que torna tudo mais leve e divertido, até nos dias mais complicados. Obrigada por me ensinar tudo e muito mais. Te amo, todos os dias. ♥♥♥ E para quem está sem boy magia e tal, aproveita muito o dia também, viu? Você merece!!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Felicidade

Fan Page ♥ Instagram   


1
16.05.2019
* Pequena Escritora #1: Felicidade! ♥

PJ - Frase MaioPor Carol Daixum (Texto)
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

“Quem nunca confundiu felicidade com ausência de problemas? A pequena que vos bloga? Inúmeras! E, com certeza, você, inconscientemente, também! Mas tá tudo bem, viu? Acho que isso é o normal do ser humano mesmo. Ser feliz, muitas vezes, parece impossível por conta desse pensamento. Felicidade tem de ser, obviamente, um caminho sem uma pedra sequer.  E aí dela se aparecer!

E quem nunca sentiu que estava tudo “perfeito”, mas sei lá…. Faltava algo? Eu, mais uma vez, inúmeras. E mais uma vez: você também! E acho que essa sensação é a prova de que, mais uma vez, a felicidade nada tem a ver com a ausência de problemas.  Ah! E também tem aquela história: se eu tiver tal coisa, aí sim… Vou ser 100% feliz. Mas e aí: você ou eu conto a verdade? Depositar a felicidade em algo ou alguém é uma atitude que nada ajuda nessa busca que, de fato, será eterna se pensar assim!

Ser feliz, por mais clichê que soe, é prestar atenção nos mínimos detalhes diante de tudo. Mesmo que o mundo esteja desabando por trás das cortinas ou não! É olhar o bonito, por trás de tanta coisa “blergh”, por exemplo. Essa palavra que tanto prezamos e desejamos, muitas vezes está lá, estampada na nossa cara. E a moral desse texto? Depois de refletir muito, cheguei a uma conclusão temporária: felicidade, na real, tem a ver com espontaneidade. Quando você se toca, ela está: linda, leve e solta para você. E se quiser prendê-la, basta querer. Vai aos poucos, sem pretensão rígida. Só vai, que ela vem, viu?

***

Pessoal, como contei no começo da semana, estou tentando mudar o rumo do meu sonho de escrever livros, que na real estava paradinho. Daí, uma das dicas que eu li (e adaptei), foi começar a escrever no blog. Já fiz isso algumas vezes, mas acabei deixando esse tipo de post para lá. Enfim, é um teste! Podem opinar à vontade, ok? Inclusive, sobre o tema!  Lembrando que todos esses pensamentos, me ajudam muito também. E sei o quanto a teoria é difícil na prática. Então, de forma alguma, quero dizer que tudo é fácil. Mas vale a gente tentar, né? ^^

Beijos, Carol.

Post Antigo: Amanhã

Fan Page ♥ Instagram   


2
13.05.2019
* Pequena escritora: 4 dicas que estou seguindo e/ou quero seguir! ♥

Quem me conhece um pouquinho, sabe que um dos meus grandes sonhos é escrever livros e publicá-los (óbvio hahaha). Tenho inúmeros rascunhos e ideias a mil na minha cabecinha, porém, ainda não consegui sentar o bumbum na cadeira e começar a escrever de uma vez por todas. Mas aos poucos, isso está mudando e estou dando os primeiros passos, mesmo que (ainda) bem curtinhos. Se você também passa por isso (ou conhece alguém) e quer alguma ajudinha extra, trouxe quatro dicas que estão me inspirando a transformar esse desejo em realidade! Vamos lá? Bom post. ;-)

Dicas Escritas - PJ - 3Crédito da Imagem: Print IGTV

Para começar, como uma boa leitora, amo seguir autores dos meus livros favoritos. Mas estou amando mesmo seguir escritores, que não falam apenas dos seus livros, mas dão dicas de escrita mega úteis. Ou pessoas que realmente entendem do assunto. Por exemplo, a Camila Fremder, do livro “Adulta sim, madura nem sempre”. Adoro o conteúdo que ela cria para o o IGTV sobre o tema. São conselhos que ajudam mais do que a gente imagina e isso para quem está travada é maravilhoso.

E sabe uma dica que tem me ajudado bastante a não esquecer das ideias que surgem no meio da rua ou durante a madrugada? Bom, em um de seus vídeos, ela sugere criar um grupo só com a gente mesmo (futuro escritor, no caso). Surgiu algum nome de personagem ou diálogo tem que ter no seu livro? Escreve no grupo para você resgatar depois, sem correr o risco de dar branco na hora da escrita. Ah! Se não souber como faz: cria o grupo, adiciona alguém que não vai te achar doida por excluir segundos depois e pronto. Tem me ajudado muito!!

Dicas Escritas - PJ - 4

E a terceira dica é um pouco lógica, mas que preciso praticar URGENTEMENTE: ler livro sobre escrita. Um que estou louca para ler e que está na minha lista há séculos é esse da Ana Holanda. Com certeza, algo bom a gente tira com essas leituras. Quem souber de outros livros e tal, só acrescentar nos comentários!

Dicas Escritas - PJ - 1

Dicas Escritas - PJ - 2Crédito das Imagens: Pequena Jornalista

Por fim, mas não menos importante: há alguns meses, vi a Raffa, do canal “A menina que comprava livros”, postar a foto desse planner de escrita (da lojinha P.S Dois Pontos). Achei o máximo e fui logo garantindo o meu. Recebi na última quinta-feira e me deparei com páginas para completar nomes de personagens, ambientes do seu livro, rascunhos rápidos, meta de palavras, páginas e tal. Por enquanto, preenchi bem pouquinho, mas assim que tiver mais completinho e eu tiver uma opinião mais formada se ajuda mesmo (no meu caso, claro), conto no blog, ok? Mas a princípio acho que é um incentivo a mais

***

É isso, pessoal. :) E complementando a dica número 1, tenha sempre ao redor pessoas que acreditam no seu sonho. Meu namorado, família e amigos mais próximos sempre me incentivam e isso faz total diferença. ♥♥Enfim… Aos poucos, se Deus quiser e o meu medo de colocar a mão na massa (com medo de julgamento e tal, mas isso é um tema para outro post) passar, vou atualizando as minhas dicas! E quem tiver conselhos, mais uma vez: fique à vontade para compartilhar!! ^^

Beijos, Carol.

Post Antigo: Mania louca de escritora

Fan Page ♥ Instagram  


1

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019