12.06.2019
* Pequena Escritora #2: Por um amor, todos os dias! ♥

IMG_8528-12-06-19-18-51Por Carol Daixum (Texto)
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

“Desde novinha, eu sonhava com o meu príncipe encantado. Idealizava declarações, passeios e comemorações dignas de chick lit em pleno Dia dos Namorados! Aliás, já passei muito essa data sozinha. Algumas, de boa na lagoa. Outras, eu queria ter um papo reto com o tal do Santo Antônio! Detestava quando alguém me dizia que era só eu não esperar, que iria aparecer na hora certa. Nem antes, nem depois! Minha mãe, era mestre nesse discurso!

Hoje, o clichê que tanto escutei, é um dos que eu mais acredito. Acho que talvez, se eu tivesse encontrado antes, não daria certo! Afinal, o amor é lindo, mas vai além dessa data. É preciso um monte de coisinhas para sustentar um relacionamento. Tem de ter companheirismo. Paciência! Entender, que o outro é diferente de você e tudo bem! Opiniões distintas fazem parte e nem tudo são flores. Até mesmo, o Dia dos Namorados, que a propósito quase ninguém conta, mas: fica tudo cheio. O trânsito insuportável e cinema, nem pensar. Se a gente não tiver cuidado, o estresse pode tomar conta. Ano passado, minha primeira comemoração “12 de junho” com o meu namorado, foi incrível, mas sabia que a gente teve de jantar às 17h, porque os outros horários estavam lotados? Surreal. Claro, que foi maravilhoso, mas por ser a primeira vez e tal. Então, ter foco apenas nesse detalhe, pode ser um caminho bem perigoso.

Falando nisso, saiba que entrar em um relação é: estar perto, porém, dar espaço quando necessário! É amar, até mesmo, as imperfeições (Na medida certa, claro). É dividir o dia, é perguntar como foi o trabalho. É fazer planos! É ceder. É conversar, coisas sérias e discutir se a Rainha Elizabeth assiste Netflix ou não. É saber que têm dias perfeitos e outros que o clima fica meio chato, mas que depois volta tudo ao normal. É rir! É tirar foto. É pegar a mania do outro. É aprender muito. Todos os dias! É conseguir ser você, em uma versão mais leve e ainda mais feliz! É fazer quase tudo junto, mas sem perder a individualidade. É saber que aquela pessoa tem uma TPM daquelas e que o outro talvez ronque um pouquinho hahaha.

Então, se você não tem ninguém, por enquanto, seja por opção ou não, relaxa. Parece clichê, eu sei. Mas um dia vem! Talvez não no cavalo branco, porém, na forma real, viu? Mas é justamente isso que torna tudo mágico. E quando ele chegar, eu espero, do fundo do meu coração, que seja um amor de todos os dias e não só nessas datas comemorativas. Por que amor é isso! Ah! E aproveita. Namorar é maravilhoso, mas estar na sua própria companhia e curtir é fundamental.”

***

Um feliz Dia dos Namorados para todos os casais apaixonados! E um beijo especial para o meu namô, que torna tudo mais leve e divertido, até nos dias mais complicados. Obrigada por me ensinar tudo e muito mais. Te amo, todos os dias. ♥♥♥ E para quem está sem boy magia e tal, aproveita muito o dia também, viu? Você merece!!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Felicidade

Fan Page ♥ Instagram   


0
16.05.2019
* Pequena Escritora #1: Felicidade! ♥

PJ - Frase MaioPor Carol Daixum (Texto)
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

“Quem nunca confundiu felicidade com ausência de problemas? A pequena que vos bloga? Inúmeras! E, com certeza, você, inconscientemente, também! Mas tá tudo bem, viu? Acho que isso é o normal do ser humano mesmo. Ser feliz, muitas vezes, parece impossível por conta desse pensamento. Felicidade tem de ser, obviamente, um caminho sem uma pedra sequer.  E aí dela se aparecer!

E quem nunca sentiu que estava tudo “perfeito”, mas sei lá…. Faltava algo? Eu, mais uma vez, inúmeras. E mais uma vez: você também! E acho que essa sensação é a prova de que, mais uma vez, a felicidade nada tem a ver com a ausência de problemas.  Ah! E também tem aquela história: se eu tiver tal coisa, aí sim… Vou ser 100% feliz. Mas e aí: você ou eu conto a verdade? Depositar a felicidade em algo ou alguém é uma atitude que nada ajuda nessa busca que, de fato, será eterna se pensar assim!

Ser feliz, por mais clichê que soe, é prestar atenção nos mínimos detalhes diante de tudo. Mesmo que o mundo esteja desabando por trás das cortinas ou não! É olhar o bonito, por trás de tanta coisa “blergh”, por exemplo. Essa palavra que tanto prezamos e desejamos, muitas vezes está lá, estampada na nossa cara. E a moral desse texto? Depois de refletir muito, cheguei a uma conclusão temporária: felicidade, na real, tem a ver com espontaneidade. Quando você se toca, ela está: linda, leve e solta para você. E se quiser prendê-la, basta querer. Vai aos poucos, sem pretensão rígida. Só vai, que ela vem, viu?

***

Pessoal, como contei no começo da semana, estou tentando mudar o rumo do meu sonho de escrever livros, que na real estava paradinho. Daí, uma das dicas que eu li (e adaptei), foi começar a escrever no blog. Já fiz isso algumas vezes, mas acabei deixando esse tipo de post para lá. Enfim, é um teste! Podem opinar à vontade, ok? Inclusive, sobre o tema!  Lembrando que todos esses pensamentos, me ajudam muito também. E sei o quanto a teoria é difícil na prática. Então, de forma alguma, quero dizer que tudo é fácil. Mas vale a gente tentar, né? ^^

Beijos, Carol.

Post Antigo: Amanhã

Fan Page ♥ Instagram   


2
13.05.2019
* Pequena escritora: 4 dicas que estou seguindo e/ou quero seguir! ♥

Quem me conhece um pouquinho, sabe que um dos meus grandes sonhos é escrever livros e publicá-los (óbvio hahaha). Tenho inúmeros rascunhos e ideias a mil na minha cabecinha, porém, ainda não consegui sentar o bumbum na cadeira e começar a escrever de uma vez por todas. Mas aos poucos, isso está mudando e estou dando os primeiros passos, mesmo que (ainda) bem curtinhos. Se você também passa por isso (ou conhece alguém) e quer alguma ajudinha extra, trouxe quatro dicas que estão me inspirando a transformar esse desejo em realidade! Vamos lá? Bom post. ;-)

Dicas Escritas - PJ - 3Crédito da Imagem: Print IGTV

Para começar, como uma boa leitora, amo seguir autores dos meus livros favoritos. Mas estou amando mesmo seguir escritores, que não falam apenas dos seus livros, mas dão dicas de escrita mega úteis. Ou pessoas que realmente entendem do assunto. Por exemplo, a Camila Fremder, do livro “Adulta sim, madura nem sempre”. Adoro o conteúdo que ela cria para o o IGTV sobre o tema. São conselhos que ajudam mais do que a gente imagina e isso para quem está travada é maravilhoso.

E sabe uma dica que tem me ajudado bastante a não esquecer das ideias que surgem no meio da rua ou durante a madrugada? Bom, em um de seus vídeos, ela sugere criar um grupo só com a gente mesmo (futuro escritor, no caso). Surgiu algum nome de personagem ou diálogo tem que ter no seu livro? Escreve no grupo para você resgatar depois, sem correr o risco de dar branco na hora da escrita. Ah! Se não souber como faz: cria o grupo, adiciona alguém que não vai te achar doida por excluir segundos depois e pronto. Tem me ajudado muito!!

Dicas Escritas - PJ - 4

E a terceira dica é um pouco lógica, mas que preciso praticar URGENTEMENTE: ler livro sobre escrita. Um que estou louca para ler e que está na minha lista há séculos é esse da Ana Holanda. Com certeza, algo bom a gente tira com essas leituras. Quem souber de outros livros e tal, só acrescentar nos comentários!

Dicas Escritas - PJ - 1

Dicas Escritas - PJ - 2Crédito das Imagens: Pequena Jornalista

Por fim, mas não menos importante: há alguns meses, vi a Raffa, do canal “A menina que comprava livros”, postar a foto desse planner de escrita (da lojinha P.S Dois Pontos). Achei o máximo e fui logo garantindo o meu. Recebi na última quinta-feira e me deparei com páginas para completar nomes de personagens, ambientes do seu livro, rascunhos rápidos, meta de palavras, páginas e tal. Por enquanto, preenchi bem pouquinho, mas assim que tiver mais completinho e eu tiver uma opinião mais formada se ajuda mesmo (no meu caso, claro), conto no blog, ok? Mas a princípio acho que é um incentivo a mais

***

É isso, pessoal. :) E complementando a dica número 1, tenha sempre ao redor pessoas que acreditam no seu sonho. Meu namorado, família e amigos mais próximos sempre me incentivam e isso faz total diferença. ♥♥Enfim… Aos poucos, se Deus quiser e o meu medo de colocar a mão na massa (com medo de julgamento e tal, mas isso é um tema para outro post) passar, vou atualizando as minhas dicas! E quem tiver conselhos, mais uma vez: fique à vontade para compartilhar!! ^^

Beijos, Carol.

Post Antigo: Mania louca de escritora

Fan Page ♥ Instagram  


0

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019